Bispo católico critica especial de Natal do Porta dos Fundos “A primeira tentação de Cristo”, que insinua Jesus gay e relacionamento com Satanás: “Cancele a Netflix”

Gregório Duvivier e Fábio Porchat no ‘Especial de Natal Porta dos Fundos: A primeira tentação de cristo’ Foto: Divulgação

Jesus (Gregório Duvivier) está prestes a completar 30 anos, e é surpreendido com uma festa de aniversário quando voltava do deserto acompanhado do namorado, Orlando (Fábio Porchat) . Essa é a premissa do “Especial de Natal Porta dos Fundos: A primeira tentação de Cristo” , no ar na Netflix desde 3 de dezembro.

A sinopse da comédia de 46 minutos não agradou a alguns setores religiosos. No Change.org, um abaixo-assinado com 293 mil assinaturas pede o “impedimento” do especial por “ofender gravemente os cristãos”, sem dar mais detalhes.

Já Dom Henrique Soares da Costa , atual bispo da Diocese de Palmares, em Pernambuco, iniciou uma campanha pelo cancelamento de assinaturas da Netflix.

Leia mais:  Após filme com Jesus gay, Porta dos Fundos e Netflix são alvo de boicote

“Então, como Bispo da Igreja, eu exorto vivamente aos cristãos: neste Natal, proclame seu amor, sua fé, seu respeito em relação a Nosso Senhor Jesus Cristo; mostre que seu amor por Ele é real e ativo: cancele a assinatura da Netflix e lá, no menu apropriado, explique o motivo: “desrespeito por Jesus Cristo”, “desrespeito pelo cristianismo”, etc. Se você realmente crê e ama ao Senhor, não há outra atitude a tomar…”, escreveu o bispo em sua página no Facebook.

Procurado pela reportagem, o ator Gregório Duvivier ironizou, por mensagem de WhatsApp, a realização do abaixo-assinado contra o especial.

— Sim, vi que são quase 300 mil pessoas. Acho que fizemos algo errado, porque é muita pouca gente. Da próxima vez, acho que vale pegar mais pesado. O Porta tem quase 20 milhões de inscritos. 300 mil é um fiasco. Mas de qualquer jeito, vale pra medir a audiência. Pelo menos 300 mil pessoas viram. É mais que a base de apoio do Bolsonaro — respondeu.

Desde 2013, o Porta dos Fundos publica especiais de Natal todo dezembro. O filme do ano passado, “Se beber, não ceie”, venceu o Emmy Internacional por melhor comédia no final de novembro. Na véspera da cerimônia que consagrou o filme, Fábio Porchat (que vive Jesus no especial de 2018), comemorou a indicação.

— É muito bom concorrer com uma sátira religiosa nesse momento do Brasil em que as pessoas estão dizendo muito “não pode”. A gente vai lá e faz uma das coisas que mais “não pode” no mundo, porque para a gente, no humor, tudo pode — comentou.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Devalde Ulisses disse:

    Com certeza a mão de Deus vai pesar sobre eles e vai doer em suas almas

  2. Douglas disse:

    O nome disso é sacrilégio!!!

    • Rodrigo Mainardes Ribeiro disse:

      Ih amiguinho… Deus tá bem mais ocupado com pastores que usam o nome Dele pra enriquecer, padres pedófilos e supostos cristãos homofóbicos do que com humoristas, pode ter certeza.

  3. José Eudes disse:

    Falta de respeito com um país que 90% da população é cristão. Isso é a turma que gosta de da fundo, que faz isso.

  4. Silva disse:

    Se fizer comédia com gay, negro, mulher, deficiente, imigrante não pode mas contra cristão não tem nada de mais, isso é hipocrisia, preconceito, discriminação, cristofobia sim !

  5. Bento disse:

    Dois grandississimo FDP .
    Dois caga pau
    Aguardem os castigos.

  6. Acorda Brasil disse:

    Não são esses mesmos "progressistas" que clamam pedindo respeito por toda bizarrice? Canalhas hipócritas. Escória moral.

  7. Cigano Lulu disse:

    A bispada católica prefere viver submersa no oceano da hipocrisia religiosa a reconhecer o talento e a verve criativa que caracterizam o humor brasileiro.

  8. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Eu acho é lindo.

  9. Nando disse:

    Não é questão ideológica! É falta de respeito.

    • Rodrigo Mainardes Ribeiro disse:

      Errado. É uma sátira. O velho testamento diz que mulher menstruada é impura. Eu considero isso ofensivo. Nem por isso saio fazendo mimimi sobre o velho testamento. Saia da caixinha, mente fechada.

  10. aof disse:

    Cancelando a Netflix!

  11. Esquerda mi mi mi disse:

    É a esquerda que a igreja Católica adora!
    E agora, Sr. Bispo?

Justiça condena Nego do Borel a indenizar motorista de Uber após profissional se sentir zombado em vídeo

Foto: Instagram / @negodoborel

Nego do Borel, de 27 anos, foi condenado pela Justiça por danos morais e terá que pagar R$20 mil ao motorista da Uber Wellington Gomes depois de fazer um vídeo em que estaria zombando do profissional. O vídeo foi publicado nas redes sociais do cantor no dia 31 de janeiro de 2018. O cantor irá recorrer da decisão.

Procurada por QUEM nesta quarta-feira (21), a assessoria de imprensa do cantor divulgou o seguinte comunicado: “O processo ainda está em curso e o cantor Nego do Borel não se pronunciará em respeito às partes e ao judiciário. Os vídeos que o cantor publica em suas redes sociais sempre buscam descontrair os envolvidos e os seus seguidores. Jamais com a intenção de submeter quem quer que seja a qualquer constrangimento”.

Os vídeos usados para provar a atitude de Nego foram apagados do Youtube após o processo, tendo sido alvos apenas por Wellington, que conseguiu comprovar a atitude do funkeiro na Justiça.

O processo, de número 1002139-51.2018.8.26.0009, que corre na 4ª Vara Cível – Foro Regional IX – Vila Prudente, em São Paulo, descreve o conteúdo dos vídeos apresentados pelo motorista, que alega ter sido zombado por Nego durante uma corrida. “O réu passou a fazer perguntas e afirmações como: ‘Será que nós vamos passar por lá? Ali naquela casa de show que o dono da casa é um tal de vai lhe enrabar e vai lhe enrabando?'”.

Wellington contou que Nego filmou toda a situação, que ele descreveu como ‘vexatória e humilhante’. “Tendo em conta que o autor não é personalidade notória em nível nacional ou regional, a conduta do réu lhe causou danos no círculo de relacionamentos em que se insere, cuja repercussão espacial se dá em maior parte – senão integralmente – na localidade em que se domicilia, que deve ser reputado como local do dano para fins de fixação da competência de acordo com a regra de competência insculpida no artigo 53, inciso IV, alínea “a” do Código de Processo Civil”.

OUTRAS POLÊMICAS

Não é a primeira vez que Nego se vê envolvido em polêmicas. Em novembro de 2018, uma idosa pediu na Justiça uma indenização de R$ 95 mil por danos morais após ser alvo de uma ‘brincadeira’ do funkeiro, em 2014, e ter sua imagem exposta na internet.

Na ocasião, a idosa disse que esperava um parente no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, quando o cantor, “usando um agasalho com capuz, atirou-se sobre ela, gritando como se fosse tombar sob ela, saindo às gargalhadas, sob o riso e gracejos de outras pessoas que o acompanhavam, causando-lhe um grande susto, que desencadeou uma aceleração cardíaca, só controlada após fazer uso de calmante”.

À época, a assessoria do cantor informou que o caso era antigo e que o cantor não falaria sobre o assunto.

Em janeiro deste ano, a youtuber e transexual Luisa Marilac elogiou Nego em uma foto postada pelo funkeiro no Instagram, na qual ele aparecia sem camisa. O cantor acabou ofendendo a transexual ao chamá-la de ‘homem’.

“Cada dia que passa você é mais gato, homem”, comentou Marilac. “Você é um homem gato também. Parabéns, deve estar cheio de gatas”, respondeu Nego, que foi duramente crticado nas redes sociais, inclusive por celebridades.

Após o episódio, ele publicou um vídeo pedindo desculpas pela situação. “Luisa, quero te pedir desculpas do fundo do meu coração pelo o meu comentário. Realmente, errei, me perdoa. É um jeito meu que estou tentando mudar aos poucos, a gente vai mudando, lapidando aos poucos”, disse ele na ocasião.

Globo, via Quem

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Toni disse:

    E NEGO DO BOREL O NOME E NEGO DO BOREL E UMA CELEBRIDADE NÃO TA VENDO E DO FUNK COMPRE O DISCO DELE VOÇE VAI GOSTAR SO MUSICA BOA CADA UMA MELHOR QUE A OUTRA KKKKKKKKKKKKKK ACREDITE SE QUISER!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Olimpio disse:

    Um sem futuro.

  3. Curitiba ja disse:

    Quem danado é negro do borel????