Temer admite erro em divulgação, mas reitera discurso de áudio Dilma e Temer

size_810_16_9_michel-temerO vice-presidente Michel Temer reconheceu nesta segunda-feira (11) que enviou de maneira equivocada áudio no qual antecipou discurso sobre vitória no impeachment, mas disse que, independentemente do que ocorra na votação do próximo domingo (17), continuará sustentando o mesmo discurso da gravação.

Em rápida entrevista à imprensa, o peemedebista explicou que, a pedido de companheiros do partido, gravou discurso que poderia fazer caso o pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff fosse aprovado no plenário da Câmara dos Deputados. Na hora de repassar para um amigo, no entanto, acabou enviando a um grupo de parlamentares peemedebistas.

“Eu reitero que aquilo que disse seria exatamente o que eu fiz no passado e continuarei a fazer independentemente do que aconteça no domingo”, disse. “Ainda que o governo federal continue tal como está, continuarei sustentando as mesmas teses. Não mudei um centímetro daquilo que falei no passado”, acrescentando.

O peemedebista disse não acreditar que o discurso altere o resultado da votação do domingo (17) e fez uma provocação ao ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, que chamou o vice-presidente de “golpista”.

“Não vou responder, certas afirmações não merecem a honra da minha resposta”, disse.

Em conversa com a Folha, o ministro disse que o discurso de Temer “revela a trama golpista que o vice e sua turma vêm demonstrando há semanas”.

“Estou estupefato. Ele está confundindo a apuração de eventual crime de responsabilidade da presidente Dilma com eleição indireta. Está disputando votos e transformou o processo numa eleição indireta para conseguir votos em favor do impeachment. Esse áudio demonstra as características golpistas do vice”, declarou Berzoini.

Fonte: Folhapress

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ceará Mundão disse:

    Foi o PT que escolheu o Michel Temer pra vice e o PMDB como seu principal aliado no governo. Ocorre que os fatos posteriores à eleição demonstraram a prática de crimes de responsabilidade pela Presidente da República e ninguém deve apoiar atitudes criminosas. O PMDB faz o que todos os brasileiros deveriam fazer: condenar a prática de crimes e afastar-se de seus executores.

  2. Na bandeira do meu país não existe a cor vermelha disse:

    Todo castigo para o PT é pouco.

  3. Brasil, Meu país NÃO será dos fascistas! disse:

    Golpista rasteiro!

  4. Ricardo disse:

    Esse é o Golpista da vez. Junto com Eduardo Cunha, Henrique Alves, Moreira Franco e o restante da banda podre do PMDB. É o partido mais fisiologista e golpista que existe. Umas verdadeiras ratazanas. Mas o povo e os movimentos sociais saberão dar a resposta. Não vai ter golpe. Vai ter Democracia.

  5. Carlos Augusto disse:

    Temer Silvério dos Reis
    PMDB – Partido da traição

COMENTE AQUI