Tragédia na Noruega – Mais de 80 mortos

Muito triste essa tragédia na Noruega. Como um ser humano é capaz de uma coisa dessas? Segue cobertura da Folha de São Paulo:

A polícia da Noruega identificou como um norueguês “fundamentalista cristão”, com “opiniões hostis ao islã”, o suposto autor do duplo atentado cometido nesta sexta-feira em Oslo e em uma ilha vizinha à capital, que causou pelo menos 91 mortes, segundo novo balanço da polícia.

O suspeito, detido após o massacre na ilha e identificado pela imprensa local como Anders Behring Breivik, de 32 anos, agiu sozinho, segundo as investigações policiais em curso.

Em uma busca em seu domicílio após os ataques, a polícia encontrou várias mensagens postadas na internet com conteúdo ultradireitista e anti-islã, segundo declarações policiais à cadeia pública NRK.

Testemunhas relataram ao mesmo meio que o agressor entrou no acampamento juvenil social-democrata com uniforme da polícia e se identificou como tal para ter acesso ao local.

Durante a madrugada, a polícia apresentou o cálculo de 84 vítimas na ilha de Utoya, onde centenas de jovens de entre 14 e 17 anos participavam de um acampamento da juventude social-democrata, o partido do primeiro-ministro Jens Stoltenberg. Mais de 20 estão internadas, a maioria em estado grave.

O ataque na ilha ocorreu por volta das 10h30 de Brasília, duas horas depois do atentado a bomba no complexo governamental de Oslo, que deixou sete mortos e 15 feridos.

A explosão estourou vidraças no edifício de 17 andares onde fica o escritório do primeiro-ministro e também do Ministério do Petróleo, que está em chamas.

O prédio do tabloide “VG” e outras publicações norueguesas, que fica próximo, também foi danificado.

“Vi que as janelas do edifício do “VG” e da sede do governo estouraram. Há pessoas ensanguentadas nas ruas”, disse um jornalista da rádio estatal NRK, que está no local.

“Há vidro por toda a parte. É o caos total. As janelas de todos os edifícios dos arredores voaram pelos ares”, afirmou o jornalista da NRK Ingunn Andersen, que a princípio pensou que o estrondo fosse um terremoto.

As imagens divulgadas pelos jornais noruegueses mostram os destroços acumulados em frente ao edifício da “VG”. Já as cenas filmadas por noruegueses nos momentos após a explosão mostram grande correria e pânico nas ruas.

“PIOR QUE A SEGUNDA GUERRA”

O primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, classificou neste sábado de a “pior tragédia desde a Segunda Guerra Mundial” o duplo atentado perpetrado ontem em Oslo e na vizinha ilha de Utoya, com um balanço de pelo menos 87 mortos.

Stoltenberg fez a declaração em um pronunciamento à população na manhã deste sábado, após a Polícia ter indicado que 84 pessoas morreram na ilha, onde centenas de jovens participavam de um acampamento da juventude social-democrata, o partido do primeiro-ministro.

“Foi um ataque ao paraíso da minha juventude, transformado agora em um inferno”, acrescentou o político, que antes do atentado marcara uma visita à ilha hoje, lugar que visitou quando era jovem para participar de acampamentos.