Agaciel manda lembranças para a turma do MDB de Garibaldi, Sarney e Calheiros

por Dinarte Assunção

O Tribunal de Contas da União vai arrastando há cinco anos o julgamento que apura superfaturamento de R$ 14 milhões em contratos firmados quando Agaciel Maia e o deputado  federal e ex-senadoe Efraim Morais cuidavam do gerenciamento da casa.

Auditoria do TCU concluiu que os valores foram exorbitantes para contratação de serviços de informática terceirizados na época em que Renan Calheiros, Garibaldi Filho e José Sarney se alternaram no comando da Casa.

Nenhum dos três é requerido.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. carlos disse:

    E O R.N-COM SUA POPULAÇÃO ZEBU-VAI COMEÇAR MAIS UMA VEZ-REELEIÇÃO PARA TODOS-

  2. Ferreira disse:

    Rapidez só contra Lula e o PT.
    E muitos ainda acreditam que a Justiça é igual para todos…
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Dollynho disse:

      Cunha e Cabral presos e Lula solto.
      E a rapidez é contra Lula (faz aí um malabarismo para refutar isso, faz).
      Faz sentido sim, abiguinho.

    • Braga disse:

      O que dizer de Paulo Preto, o super-Geddel do PSDB?

      "Finalmente começa aparecer parte da dinheirama de corrupção dos 20 anos de predomínio absoluto dos governos do PSDB em SP", diz o colunista Jeferson Miola ao comentar a informação de que o ex-presidente da Dersa Paulo Preto, operador do PSDB, tinha R$ 113 milhões escondidos, mas não em um apartamento como Geddel Vieira Lima, mas em contas transferidas da Suíça para as Bahamas; "Paulo Preto, 'amigo de longa data do ministro Aloysio Nunes Ferreira [Relações Exteriores] e diretor da Dersa nos governos Alckmin, em 2005 e 2006, e Serra, de 2007 a 2010'. Com os 113 milhões que tinha escondido nas Bahamas, Paulo Preto vale mais que o dobro do Geddel. Paulo Preto é o super-Geddel do PSDB".

  3. André Luiz disse:

    Escancara ainda mais a parcialidade do TCU em seus julgamentos..

COMENTE AQUI