Assessor nomeado na Câmara Municipal de Natal, filho do dono do Senzala, solta nota de esclarecimento

Nota de Esclarecimento

Em virtude da repercussão de minha nomeação na Câmara Municipal de Natal, venho esclarecer o seguinte:

Meu nome é Amy Trajano de Carvalho Oliveira Júnior, filho de Amy Trajano de Carvalho Oliveira, empresário e proprietário do Senzala, conhecido por muitos na cidade.

Devo esclarecer que sou casado, pai de duas filhas e tenho me dedicado a manter minha família com dignidade.

Sempre tive minha vida profissional independente da do meu pai, passei grande parte da minha vida, inclusive, fora do Estado. E hoje, trabalho no segmento de assistência técnica de celulares, de onde tiro o meu sustento e o da minha família.

O Presidente Paulinho Freire, por sua vez, me deu a oportunidade de trabalhar na Câmara e poder melhorar a vida de minha família, o que agradeço publicamente, tendo procedido com a minha nomeação.

Só não imaginávamos que a maledicência humana iria deturpar tudo, realizar montagens e chacotas, fazendo a opinião pública acreditar que quem estaria sendo nomeado era o meu pai. Respeito meu pai, o amo imensamente, e tenho muito orgulho, pois criou e a mim e os meus outros cinco irmãos sozinho e com muito amor. No entanto, eu também tenho o direito de fazer outras escolhas, como fiz, e seguir minha vida pelos caminhos que a razão e meu coração me guiarem, construindo a minha história e minha imagem independente da dele ou de qualquer outro parente.

É injusto qualquer tipo de julgamento sem base, mas, mais injusto ainda é quando se acusa alguém somente pelo seu nome, sem avaliar seu caráter.

Amy Trajano de Carvalho Oliveira Junior

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fábio disse:

    "Chato" é aceitarmos passivamente esses cargos comissionados.

  2. Antonio Turci disse:

    Ridículo o que está sendo feito contra este cidadão. Amy é uma pessoa decente.

  3. Morgana disse:

    Que chato julgar sem saber da capacidade do rapaz, o pai por ser dono de qualquer que seja o segmento tb é gente

  4. Flavio Eduardo de Azevedo disse:

    E muita humilhação. Lamentável.

  5. Pedro disse:

    Esse que comenta ai deve ser aqueles esquerdistas da extrema, revoltados, que nunca conseguiu nada e fica soltando textos de revolta . O político nomeia quem ele quiser, que ele acha capaz e que seja de sua confiança. Faça um concurso , se quer um lugar assim e deixe de alfinetar.
    Minina se tiver achando ruim , dê uma rabissaca e saia chorando, gritando "oóó´vida injusta…"

  6. djalma disse:

    Excelente a nota. Pensar diferentemente é ser medieval, onde a pena passava de pai para filho. Mundo hipócrita que nos vivemos.

    • Aristeu disse:

      Realmente não vejo mal nenhum em ser dono de Casa de Drinks mas ele deveria esclarecer que o comercio está registrado no nome dele e não do pai. Ele empresta apenas o nome? tudo bem, mas deixe claro.

  7. Marcos disse:

    Manda ele fazer concurso público,,aí ele não precisa se preocupar com nada

  8. Empresário Sofredor disse:

    Comentário perfeito Arthur!

  9. Armando disse:

    Ser filho ou sócio de casa de drinks, de fato, não é desmérito. Mas que critérios técnicos qualificam o cidadão (que conserta celular) a ser ASSESSOR LEGISLATIVO?

    • Arthur disse:

      Natal é realmente uma província e a maioria do povo é daqueles que gastam 200 reais para o outro não ganhar 2 reais. E ainda temos que aguentar um comentário desse, como se um técnico em manutenção de celular não fosse capaz de ser Assessor Legislativo, esquecem que um analfabeto foi presidente da república.

COMENTE AQUI