Avenida Engenheiro Roberto Freire ganhará faixa compartilhada para bikes e ônibus

Foto: Divulgação

Uma parceria entre a Prefeitura do Natal e o Governo do Estado do Rio Grande do Norte está viabilizando a criação de uma faixa compartilhada para bikes e ônibus na Av. Roberto Freire – região Sul da capital.

A faixa compartilhada segue o mesmo modelo das propostas criadas nas avenidas Prudente de Morais e Hermes da Fonseca pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e será implantada nos dois lados da via que liga a cidade à enseada de Ponta Negra.

O projeto conta com a parceria do Detran/RN, da Secretaria de Infraestrutura, do Departamento de Estradas e Rodagem, da Secretaria Municipal de Mobilidade e da Associação de Ciclistas do Rio Grande do Norte (ACIRN).

Antes da entrega oficial, os órgãos parceiros envolvidos realizarão vivências entre operadores de ônibus e ciclistas para simular como será a relação entre os dois tipos de veículos dentro da faixa compartilhada. Essas vivências serão realizadas nas garagens das operadoras que administram as linhas de ônibus que transitam na via.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    O gado que anda de carro acha lindo quando vai para o exterior e vê as ruas tdas com ciclovias e organizadas mas quando é para fazer na sua cidade ele se revolta pois para ele é mais importante olhar pro umbigo.

  2. Beto Araújo disse:

    Alguém tem que nivelar as tampas de bueiros. O CORNO que asfalta as vias deve andar de helicóptero. Não tem suspensão e nem pneu que aguente.

  3. Diego disse:

    Não basta pintar e sinalizar a via… É preciso recapear, principalmente no sentido ponta negra, cheio de ondulações e buracos.

    Quem vai a João Pessoa percebe a diferença abissal entre as duas capitais, em JP você corta a cidade de norte – sul em ciclovias totalmente seguras e nos finais de semana a orla de Cabo Branco é interditada num certo horário para o tráfego de carros, proporcionando lazer para a população. Várias capitais já realizam essa interdição.

  4. Azevedo disse:

    Parece piada, cadê as faixas de pedestre e a sinalização vertical dessa avenida, pois as mesmas não existem faz tempo.

  5. Tonho disse:

    Pobre Natal. A poucos anos atrás essa avenida e ser totalmente reformada com viadutos, elevados, rotatórias, etc. O projeto acabava com os semáforos. O dinheiro para a reforma já estava no cofre e o valor era 220 mi. Veja em que resultou. Uma simples faixa para ônibus e bicicletas. Muito caro para a Verba anunciada.

  6. servidor de direita disse:

    era só o que faltava, que saco essa cidade meu amigo, os caras só querem andar no meio da rua, não tem jeito. uma avenida que já estava ruim de andar agora essa palhaçada!

  7. Adriano disse:

    Não consigo entender como vão colocar uma via exclusiva pra trafegar ônibus e bicicleta. Será que não entendem que um é maior que o outro. São pesos e cargas desproporcionais.

    Certo.mesmo seria uma via no canteiro Central pras bikes…longe de pedestres e veículos.motorizados.

  8. chega disse:

    enquanto isso a Av das FRONTEIRAS NO PANATIS E UMA TABUA DE PIRULITO….PREFEITO PEBA

  9. Antonio Barbosa Santos disse:

    De novo vemos o privilégio de uma minoria contra a maioria.
    Resultado de uma Administração pública fraca e sem pulso.
    Bicicleta é na ciclovia mas qdo elas são feitas os ciclistas ignoram.

  10. Calígula disse:

    Eu tenho uma bicicleta vermelha, eu adoro monta nela.

  11. Antonio Turci disse:

    ABSURDO. O Poder Público não pode se submeter aos gostos de quem gosta de passear de bicicleta.

    • Manoel disse:

      Aos desavisados e ignorantes (no sentido lato e stricto sensu), sugiro que antes de emitir opiniões, leiam as LEIS: nº 9.503/1997 (para saber respeitar as leis de trânsito) e a nº 13.724/2018. Vejam que é OBRIGATÓRIA a implantação de ciclovias, ciclofaixas, faixas compartilhadas, devidamente sinalizadas (inc. II do Art. 5º), dentre outras formas previstas de estimular o uso de bicicletas! Não se trata, portanto, de mero capricho dos ciclistas que andam de bicicleta por lazer, por esporte ou por necessidade!

    • Gustavo disse:

      Lá vem os playboys ciclistas cheios de "legalidade". São os mesmos que não hesitam em andar na contramão, subir sobre calçadas pondo em perigo os pedestres, passar no sinal vermelho, etc, etc, etc. "Leis" pros demais, nunca para eles.

  12. BoresCarlofi disse:

    Eu quero uma CICLOBURRO ou uma CICLOVALO, preciso me locomover "num burro e no meu carralo donzelo" os bixim precisam de baias exclusivas"

  13. David disse:

    Porque não criar faixa de ciclistas nas ruas paralelas a Roberto freire, iria ter impacto zero no trânsito e menos risco de vida aos ciclistas. A não ser que a administração estadual se diverte com o caos, não duvido muito.

  14. Braulio Pinto disse:

    Das possíveis soluções, a pior. Com três pistas de rolamento o trânsito já é difícil. Vejam a Bernardo Vieira no que se transformou. Passo diariamente na Roberto Freire e já foi possível constatar que muitos motoristas não respeitam essa "exclusividade" da faixa direita. Ciclovias inteligentes e com investimento mínimo utilizam o canteiro central, com ordenamento e sinalização. Mas aqui estão sempre a reinventar a roda.

  15. Valter disse:

    Eu acho errado. Os carros transportam mais pessoas que os ônibus, então não justifica uma faixa exclusiva para ônibus !!! Esse espaço servirá somente para multar, ou seja, arrecadar dinheiro. Não resolve nada no trânsito, mas vai piorar.
    Já as bicicletas, a prefeitura deveria conseguir junto ao Exército, o recuo do terreno na margem da Av. Eng. Roberto Freire e criar um faixa para bikes.

    • Ebenezer disse:

      Verdade! Se o lance das bicicletas é saúde e menos poluição, não custa nada o Parque ceder uma faixa estreita, 5 metros que seja, pra fazer a ciclovia. Daí não tem conflito ônibus x ciclista, nem INVIABILIZA a Roberto Freire (e bairros dela dependentes) com congestionamentos monstruosos!!!

  16. Cabo Silva disse:

    Essa modinha de ciclismo tem data certa pra acabar: quando começar a vacinação.

    O uso recreativo e noturno vai desaparecer.
    Ninguém é louco de usar bicicleta pra ir trabalhar, nesse sol escaldante.

    • Ciclista anti Bozo disse:

      Mesmo em cidades com administração retrógrada em que não há condições apropriadas, a pratica do ciclismo vem crescendo exponencialmente, seja como lazer ou atividade esportiva ou como meio de transporte mesmo. Se derem condições de segurança e praticidade então, aí vai ser de cabo a rabo.

  17. Paleo disse:

    So em Natal um ABSURDO desses e anuciado como solucao. Onde alguem pode acreditar que juntar onibus e bicicletas numa mesma faixa e viavel? Isso e insano e irresponsavel, vao esperar pessoas morrerem pra acabar com isso? A capital potiguar vai na contra mao de tudo, nao tem orla e nao tem ciclovias como qualquer cidade do mundo. Isso e revoltante, o MP atrapalha licenciamentos gerando inseguranca e afugentando investitores mas isso eles deixam passar? Que cidade e essa? Que Estado e esse? Ate quando o RN vai ser essa provincial?

  18. Carlos disse:

    Uma coisa "superinteligente" dos administradores da cidade. Colocar ônibus e bicicletas em uma mesma faixa. Usem a faixa central, igual à Fortaleza, bandijumento.

  19. Paulor disse:

    Parabéns Prefeito, Natal era para incentivar a pratica esportiva,, precisamos ampliar mais essas vias em toda Natal.

  20. Ebenezer disse:

    Essas "vivências", para serem realistas, tem que incluir fechadas, buzinada e xingamentos! Motoristas ignorantes X ciclistas que se acham donos da pista = o confronto do século!

  21. Gustavo disse:

    Não existe lobby tão pesado nesta cidade quanto o dos ciclistas.

    Quem passou pela Roberto Freire neste final de semana viu o desatino. Basicamente nenhum ônibus (sao poucas as linhas que passam no local), quase nenhuma bicicleta, mas congestionamentos gigantescos nas duas faixas da esquerda que foram estreitadas. Um crime contra o fluxo normal da avenida, e, como sempre, sem um claro estudo prévio da adequação, incluindo linhas de ônibus, numero total de pessoas transportadas por todos os modais, etc.

    Um desastre.

  22. Adriana Mendonça disse:

    Meu. Querido deixe pelo menos funcionar, você é muito negativo, querido.

  23. Oswaldo disse:

    Pense numa Mega de final de ano para os moradores da ZS! Engarrafamento sentido zona sul vai começar na ponte nova!

    • Jk disse:

      Com certeza! Vai virar o trânsito Indiano. Nada contra os ciclistas até pq sou praticante de esportes. Mas a cidade não tem estrutura pra pedal em horários de pico. E o que vejo, é que tem ciclistas que praticam suas atividades em horários inadequados, fazendo que os motoristas tenham mais um ponto de atenção e, sem contar que prejudicam a circulação dos automóveis. Não custa nada, pedalar após às 20:00hs

COMENTE AQUI