Embaixador da China promete resolver ‘burocracia’ e diz ‘que não há nenhuma discussão política ou diplomática com o Brasil’, diz Pazuello, sobre vacinas

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que se reuniu por duas vezes com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, nessa quarta-feira (20), para tratar sobre vacinas contra a Covid-19. “Estamos em negociação diplomática com a China”, disse.

“[O embaixador] colocou pra mim que não há nenhuma discussão política ou diplomática no assunto, e sim burocrática. Ele vai encontrar onde está esse entrave e vai ajudar a destravar”, explicou Pazuello. As declarações foram dadas durante o evento de lançamento do programa ImunizaSUS, na manhã desta quinta-feira (21).

O ministro disse ainda que a previsão de entrega de insumos para o Butantan, prevista em contrato, é para o dia 10 de fevereiro. E para a Fiocruz, até dia 31 de janeiro. Segundo ele, o ministério se empenha em antecipar essas entregas. “Ainda não está atrasada, mas nós estamos nos antecipando ao problema.

Com CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Natalense disse:

    Presidente do Brasil é uma vergonha!

  2. Chico disse:

    Eu já sabia!!!
    Tudo não passa de fofoca da imprensa.

  3. Tico de Adauto disse:

    Governo federal desastrado.

  4. Biró disse:

    Isso é só o calça colada querendo aparecer. Soltar a narrativa que faltou vacina e ele resolveu o problema. Quem é que não sabe disso? Nem tem mais graça a narrativa da esquerda.

  5. Tico de Adauto disse:

    Alguém acredita no paraquedista Pinocchio?

    • Emerson Fonseca disse:

      Fala para o Gado Minion, vamos esperar a próxima " falácia "

COMENTE AQUI