Saúde

Mais 156 mil doses de vacinas contra Covid-19 chegam ao RN nesta sexta-feira (22)

Foto: Reprodução / Sesap

No início da tarde desta sexta-feira (22), a Secretaria de Estado de Saúde Pública recebeu 156.780 doses do imunizante da Pfizer. O quantitativo será distribuído na manhã de sábado (23) para todos os municípios.

Os lotes garantem a segunda dose e também a dose de reforço dos idosos, pessoas imunossuprimidas e trabalhadores da saúde, além da continuidade da vacinação das crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos.

“É importante ressaltar que além da dose de reforço, as pessoas que não procuraram as unidades básicas de saúde para completar o esquema vacinal com a segunda dose, precisam garantir a imunização, procurando o mais rápido possível o posto mais próximo de sua casa. Só assim vamos conseguir avançar ainda mais na imunização da população do Rio Grande do Norte”, alerta a coordenadora de Vigilância em Saúde, Kelly Lima.

De acordo com a plataforma RN+ Vacina hoje existem 205.039 pessoas com doses atrasadas, ou seja, que só tomaram a primeira dose e não completaram o esquema vacinal dentro do prazo estabelecido.

Hoje o Rio Grande do Norte conta com 2.485.217 pessoas parcialmente vacinadas, com a primeira dose, o que representa 78% da população acima dos 12 anos e 1.693.812 pessoas totalmente vacinadas, 53% desse grupo. Até o momento foram aplicadas 4.281.296 doses dos imunizantes contra a Covid-19. É importante sempre destacar que a vacina é a forma mais eficaz de combate à pandemia.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde envia mais 2,6 milhões de doses aos estados

Foto: © Geovana Albuquerque / Agência Saúde DF

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (6) que distribuiu um lote de 2,6 milhões de doses da vacina da Pfizer destinadas à segunda aplicação. O objetivo é acelerar o cumprimento do ciclo vacinal da população. Pelos cálculos da pasta, cerca de 17 milhões de brasileiros que já deveriam ter tomado a segunda dose ainda não tomaram.

“A falta da segunda dose prejudica o efeito esperado das vacinas na proteção contra o vírus e aumenta o risco de sintomas mais graves e óbitos pela doença. A segunda dose deve ser tomada mesmo se houver atraso no intervalo recomendado pelos laboratórios”, informou a pasta.

Os lotes da Pfizer serão entregues para todos os estados e para o Distrito Federal a partir desta quarta-feira e a distribuição segue até sexta-feira (8). Os detalhes desta distribuição constam no 55º Informe Técnico da pasta.

Até agora, de acordo com o Ministério da Saúde, foram distribuídas mais de 300 milhões de doses para todo Brasil. Desse total, de 147 milhões de brasileiros tomaram a primeira dose, o que representa quase 94% dos 158 milhões de brasileiros adultos. Mais de 95 milhões completaram o ciclo vacinal.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap orienta que municípios iniciem a aplicação da terceira dose em idosos com 70 anos ou mais no RN; mais 79.136 vacinas são distribuídas

Foto: SESAP/ASSECOM

O Rio Grande do Norte vacinou 100% dos idosos acamados e localizados em instituições de longa permanência com a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Em virtude do êxito, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) orienta que os municípios iniciem a aplicação da terceira dose em idosos com 70 anos ou mais, ou seja, de forma escalonada iniciando pelos mais velhos.

A Sesap realiza no início da tarde desta quarta-feira(29) a distribuição de mais um lote de vacinas contra a Covid-19, dando continuidade à campanha estadual de vacinação.

Serão distribuídas 79.136 doses de imunizantes contra o coronavírus, das quais 61.656 são vacinas da Pfizer destinadas para adolescentes de 12 a 17 anos; aplicação da terceira dose ou dose de reforço para os idosos com 70 anos ou mais, bem como, a destinação de doses para a completude do esquema vacinal com a D2.

Além disso, a Sesap realizará a distribuição de mais 17.480 doses do imunizante AstraZeneca/Oxford para a aplicação da segunda dose.

Opinião dos leitores

  1. Para vacinar a terceira dose em idoso só depois de seis meses de ter vacinado a segunda dose?Tenho essa dúvida @

  2. Assinaram o atestado que as vacinas não protegem ninguém. Estamos em setembro e indo para a terceira dose.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

FOTOS: Nova carga de vacinas contra a Covid-19 com 85.620 doses chega ao RN

Fotos: Divulgação/Sesap

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebeu, na tarde desta sexta-feira (24), mais dois lotes de vacinas contra a Covid-19. A carga total conta com 85.620 imunizantes, sendo 71.370 da Pfizer e 14.250 da Astrazeneca.

As vacinas serão entregues pela Sesap aos municípios ainda neste sábado, cumprindo padrão de distribuição dentro das 24h.

A distribuição servirá para garantir celeridade no seguimento da campanha de vacinação.

De acordo com a plataforma RN+ Vacina, até o fim desta tarde, 3.691.870 tinham sido aplicadas, para um total de 1,3 milhão de moradores do estado imunizados.

 

Opinião dos leitores

  1. Obrigado Bolsonaro, obrigado Bolsonaro, obrigado Bolsonaro, se fossemos esperar por Fátima Bezerra e o Consórcio Roubeste comprar vacinas, já estaríamos debaixo de sete palmos, por falta de hospitais e insumos.

    1. O pior é que dep. e senadores aqui do nosso RN, remanejaram a verba da reta tabajara pra compra de vacinas, mas não compraram uma única dose. Aconteceu que, ficamos sem as obras e sem a compra das vacinas.
      Então, cadê a grana, pra onde ela foi?????

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Quase 200 mil doses de vacinas contra a Covid são distribuídas no RN

Fotos: Divulgação/Sesap

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribui nesta terça-feira (21) um novo lote de vacinas contra a Covid-19. Com o apoio logístico das forças de segurança, estão sendo entregues aos municípios 194.990 doses de imunizantes.

Neste lote segue mais uma parte para o reforço na imunização de idosos e, pela primeira vez, dos imunossuprimidos. São pouco mais de 24 mil doses da Pfizer, sendo 15.846 para os idosos acima dos 70 anos e 8.196 voltadas aos imunossuprimidos. Outras 89.688 doses do mesmo laboratório estão sendo destinadas para completar o esquema vacinal da população em geral.

O restante do lote conta com 41.150 Coronavac/Butantan e 40.110 AstraZeneca/Fiocruz, todas para segunda dose, incluindo, no caso da AstraZeneca, grupos como os trabalhadores do setor industrial, do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) e dos Correios, assim como o restante da população que tomou este imunizante.

A plataforma RN+ Vacina registrava, até o início desta tarde, 3.579.211 doses aplicadas no estado. São pouco mais de 2,27 milhões de pessoas que receberam pelo menos a primeira dose e 1,3 milhão que completaram o esquema de imunização ou tomaram a dose única, apontando, respectivamente, para coberturas de 85% e 48% do público estimado.

Opinião dos leitores

  1. BG!!
    Esse lote já é da que Fátima GD comprou???
    Tomara!
    Finalmente.
    Kkkkkkkkkkk
    A petezada pira!
    Arrumem outra narrativa!
    Essa já foi vencida.
    Qual a próxima?
    Mito Mito Mito
    2022 a 2026.
    No primeiro turno viu??
    ehehehehe
    Chupa!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap distribui vacinas para dose de reforço pelo RN para Pfizer, Coronavac/Butantan e Astrazeneca/Fiocruz

No início da tarde dessa sexta-feira (17), a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribuiu o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 para a aplicação da dose de reforço.

Foram encaminhadas aos municípios 20 mil doses de Pfizer. A Sesap orienta que a vacinação de reforço deve começar pelos idosos acamados e aqueles que vivam em instituição de longa permanência.

Além dessas para o reforço, ainda estão sendo distribuídas, para segunda dose, mais 73.750 unidades, sendo 28.200 da Pfizer, 18,840 de Coronavac/Butantan e outras 26.710 de Astrazeneca/Fiocruz, imunizante que voltou a ser entregue pelo Ministério da Saúde.

Assim, totalizam-se 93.754 doses que a Sesap, com apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, encaminha com objetivo de dar continuidade à campanha de vacinação no Rio Grande do Norte.

Parte dessas vacinas foram recebidas no fim da tarde dessa quinta-feira (16). Chegaram ao estado 67.780 doses, sendo 39.780 da Pfizer e 28 mil Astrazeneca/Fiocruz.

Até o fim desta manhã, a plataforma RN+ Vacina registrava pouco mais de 3,49 milhões de doses aplicadas em solo potiguar. São 2,24 milhões de pessoas que receberam ao menos uma dose, alcançando 84% do público-alvo. O recorte entre os maiores de idade vacinados com duas doses ou dose única é de 47% dos adultos, o que representa 1,25 milhões de moradores do RN.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Queiroga critica estados por aplicar vacinas em jovens sem autorização da Anvisa

Foto: Myke Sena/MS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quinta-feira (16) que a recomendação pela suspensão da vacinação contra Covid-19 de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades se deve pela notificação de casos de eventos adversos em jovens que receberam imunizantes que não foram do Pfizer.

Segundo o ministro, a vacinação deste público foi ‘intempestiva’ e ao menos 3,5 milhões de adolescentes teriam sido imunizados com vacinas que não eram a recomendada, a da Pfizer. Destes, mais de 1.500 teriam sofrido eventos adversos.

Diante destes números, Queiroga disse que resolveu tomar a medida porque o Ministério da Saúde não pode se responsabilizar por erros de imunização dos estados.

“Não dá para o ministério da saúde se responsabilizar por condutas que são tomadas fora das recomendações sanitárias do país. Não aplica vacina que não tem autorização da Anvisa e mãe não levem seus crianças para sala de imunização para tomar vacina que não tem autorização da anvisa porque nós não vamos aceitar isso”

O Ministério da Saúde recomendou a suspensão da vacinação contra Covid-19 de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades no país, em nota técnica publicada nesta quarta-feira (15). Passa a ser recomendada a vacinação nesta faixa etária somente em adolescentes que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Não dá para entender esse governo inepto: num dia esse ministro diz que SOBRAM vacinas e no dia seguinte critica quem amplia a vacinação…

    1. É um energúmeno mesmo. Aposto que nem leu a matéria e está aí conversando aresia.

    2. Jonatas gado véi amestrado: li sim. Faltou vacina da Pfizer para imunizar corretamente o público adolescente. Logo, não tem vacina sobrando como ontem o ministro mencionara…

    3. Esquerdopata irresponsável é assim, sequer consegue racionar sobre a matéria.
      O que tem que ser feito é a vontade da esquerda, aprovação da anvisa, comprovação científica, parecer da OMS só se for para atender aos palpites dos políicos e jonalistas que apoiam os corruptos, caso contrário, tem que ser ignorado.
      O povo mostrou no 7 de setembro que estão ao lado da verdade, por mais que a esquerdalha grite, esperneie e dê escândalo. Segue o mimimi

    4. Gênio!! Sempre com opiniões aprumadas.!! Consegue falar muito dizer pouco…mas essa é a idéia…. um espécie de Faustão na versão escrevedor…

    5. Então se sobra vacina deve usar em todo mundo. Mesmo sem autorização. Mente brilhante.

    6. João: esquerdopata é seu genitor gado adestrado. O governo federal continua inepto quanto às vacinas. O que o dia 7 de setembro tem a ver com isso? Mas por falar nisso, vc recebeu seus CEM reais e a camisa do MINTO das rachadinhas ou foi só com a cara e a coragem idolatrar seu bandido arregão de estimação?

      Deco e Neco (Dupla dinâmica): Mantenho o mesmo questionamento. O ministro fala num dia que sobra vacina e no outro que falta? Pense num ministro aprumado!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Mais de 148 mil vacinas contra a Covid-19 foram distribuídas aos municípios do RN nesta terça-feira

Foto: Divulgação/Sesap

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) entrega aos municípios potiguares a partir do início da tarde de terça-feira (14) 148.562 doses de imunizantes contra a Covid-19. O trabalho mantém o compromisso do Governo do Estado em agilizar a entrega e manter o ritmo da campanha de vacinação.

As vacinas, que seguem o mesmo esquema de logística montado com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar, estão divididas em lotes tanto para primeira como para segunda doses.

São 83.982 unidades da Pfizer destinadas ao início do esquema vacinal de adolescentes entre 12 e 17 anos que vivem no Rio Grande do Norte. Outras 27.240 vacinas do mesmo tipo são para a segunda dose. E mais 37.340 doses da Coronavac/Butantan também servirão como D2.

Para esta semana ainda, a Sesap aguarda o envio por parte do Ministério da Saúde do carregamento que será utilizado para abrir o processo de reforço da imunização entre os idosos.

Até o fim da manhã desta terça, a plataforma RN+ Vacina contava com 3.375.187 doses aplicadas no estado. O trabalho de imunização chegou a 2,20 milhões de pessoas, que tomaram ao menos uma dose. O total de pessoas vacinadas com as duas doses ou a dose única chegou a 1,17 milhão, o que representa 44% do público-alvo da campanha.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

MAIS 86.580 DOSES: RN recebe nova carga de vacinas da Pfizer e imunização para adolescentes deverá ser ampliada

Foto: Divulgação/Sesap

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) inicia esta semana com um reforço na campanha de vacinação contra a Covid-19. O estado recebeu na manhã dessa segunda-feira (13) mais 86.580 doses da Pfizer.

Todo o carregamento é voltado para a primeira dose e deverá ampliar o atendimento aos adolescentes que estão iniciando sua vacinação no Rio Grande do Norte na semana passada.

A Sesap e os municípios acertaram o escalonamento da imunização para os menores entre 12 e 17 anos, iniciando pelos jovens com comorbidades.

Até esta manhã, a plataforma RN+ Vacina registrava 3,33 milhões de doses aplicadas no estado. A campanha já atingiu 82% do público-alvo (2,19 milhões de pessoas) com ao menos uma dose e 43% com a imunização completa (1,14 milhão de pessoas).

Para esta semana, a Sesap aguarda também o envio por parte do Ministério da Saúde do carregamento de vacinas que serão destinadas à dose de reforço dos idosos.

 

Opinião dos leitores

  1. Espero q Natal baixe para as comorbidades a partir dos 12 anos logo.
    Tem que acelerar esse muído logo.
    Queremos nossos filhos vacinados para poderem retornar às aulas presenciais.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap distribui vacinas da Pfizer e Coronavac no RN nesta sexta-feira; total de 89.318 imunizantes

Dando continuidade a campanha de imunização contra a Covid-19 a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribuiu na manhã desta sexta-feira (10) novas doses das vacinas da Pfizer e Coronavac/Butantan.

De acordo com a Nota Técnica nº68 este lote se destina a: População Geral na faixa etária de 18 anos e mais; Crianças e Adolescentes de 12 a 17 anos; trabalhadores da Indústria; dos Transportes Coletivos; lactantes com crianças de até 12 meses e trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social – SUAS.

A Sesap recomenda aos municípios realizar busca ativa e ações comunitárias para identificar cidadãos acima de 18 anos não vacinados com D1 ou em atraso para D2, até que se alcance o quantitativo total da população prevista nas estimativas e atualizações do Plano Estadual para Operacionalização da Vacina contra a COVID-19.

Foram distribuídas 33.530 doses da Coronavac/Butantan e 55.788 da Pfizer, destinadas entre primeira e segunda, conforme orientações da Nota Técnica.

Na quinta-feira (9), em reunião ordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), foi pactuada a expansão da vacinação para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos, de forma decrescente priorizando os portadores de deficiência, com comorbidades e privados de liberdade. A vacina da Pfizer é a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a faixa etária de 12 a 17 anos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap distribui vacinas contra Covid-19 para imunização de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades e deficiências

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribui, a partir da manhã desta sexta-feira (10), a primeira carga de vacinas contra a Covid-19 para atender os adolescentes que moram no Rio Grande do Norte.

Os jovens entre 12 e 17 anos serão imunizados com doses de Pfizer. O primeiro lote que será entregue aos municípios chegou ao estado nesta quinta-feira (9), com 19.890 unidades.

Como o quantitativo não é suficiente para atender todo o novo público a ser vacinado, a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que reúne Sesap e municípios potiguares, decidiu que a prioridade será para atender os adolescentes com comorbidades e deficiências, de forma decrescente dentro da faixa etária.

A medida segue a orientação do Plano Nacional de Imunizações (PNI), apontada desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19 no país.

De acordo com a pactuação feita na CIB, os municípios que tiverem doses à disposição poderão avançar no início do processo de imunização entre os adolescentes.

Durante a reunião, também ficou acertado o escalonamento para a aplicação da dose de reforço nos idosos, planejada para começar no próximo dia 15. A partir do quantitativo de vacinas a ser entregue pelo Ministério da Saúde, os municípios deverão priorizar os idosos acamados, depois seguir por idade até chegar aos 70 anos.

Distribuição

Junto ao lote de Pfizer para os adolescentes, a Sesap também fará a distribuição de doses da Coronavac/Butantan que chegam ao RN nesta quinta-feira à tarde. São 34.200 vacinas, divididas por igual entre primeira e segunda doses.

Este lote não faz parte da carga que está bloqueada pelo Ministério da Saúde para inspeção.

Com essas unidades da Coronavac, o RN totaliza 54.090 doses recebidas nesta quinta-feira, após incorporar mais de 135 mil doses na primeira semana de setembro.

De acordo com a plataforma RN+ Vacina, até meados desta manhã 2,1 milhões de moradores do estado tomaram ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19, representando 81% dos adultos. Com dose única ou as duas doses, a fração é de 39% da população adulta (1.054.949 pessoas). O total de doses aplicadas e registradas pelos municípios na plataforma é de 3,2 milhões.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Fiocruz recebe IFA para a fabricação de 4,7 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca

Foto: © Reuters/Rachel Wisniewski/Direitos Reservados

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu na manhã desta segunda-feira (30) mais um carregamento do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) usado para a a fabricação da vacina Oxford/AstraZeneca contra a covid-19.

A remessa chegou às 5h50 da manhã ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro e foi levada para a fábrica do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

A Fiocruz calcula que o IFA recebido hoje poderá ser usado para produzir 4,7 milhões de doses da vacina. Apesar disso, as instalações de Bio-Manguinhos devem continuar operando abaixo de sua capacidade total, já que a disponibilidade do insumo é menor que a capacidade produtiva do instituto.

Desde o início do ano, a fundação já entregou 91,9 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Foram entregues 4 milhões de doses importadas da Índia e 87,9 milhões produzidas em Bio-Manguinhos.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

FOTOS: RN recebe mais 131.590 doses de vacinas contra a Covid entre Coronovac/Butantan e Pfizer

Fotos: Paulo Nascimento

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebe nesta quinta-feira (26) mais uma carga de vacinas contra a Covid-19. O reforço para a campanha de imunização no Rio Grande do Norte conta com 131.590 doses, entre unidades da Coronovac/Butantan e da Pfizer.

A primeira carga chegou ao estado pouco após o meio-dia, com 76.600 doses da Coronavac/Butantan. O lote é dividido por igual entre primeira e segunda doses, com a estimativa de atender mais de 38 mil potiguares com a imunização completa.

O segundo carregamento conta com 54.990 doses da Pfizer, sendo 43.290 para segunda dose e 11.700 para primeira, e é esperado no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, às 15h.

Assim, os lotes recebidos hoje pela Sesap ficam divididos entre 50 mil vacinas para primeira dose que vão ampliar a cobertura entre os grupos etários e outras 81.590 doses que são para completar o esquema de imunização.

As vacinas serão processadas pela equipe da Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) para a distribuição dentro do tempo hábil, garantindo a manutenção da campanha de vacinação em todo o RN.

Os lotes deverão reforçar o segundo Dia D para vacinação, com foco na segunda dose, pois cerca de 59 mil pessoas estão em atraso para completar o esquema de imunização. Foi sugerido pela Sesap aos municípios que o novo mutirão aconteça no próximo sábado (28). Na tarde de quarta-feira (25), a equipe técnica da secretaria esteve reunida virtualmente com conselhos municipais de saúde para discutir estratégias.

A plataforma RN+ Vacina recebeu, até o fim da manhã desta quinta-feira, o registro de 2.893.590 vacinas contra a Covid-19 aplicadas nos 167 municípios potiguares. São 2.062.001 pessoas com ao menos uma dose de imunizante aplicada, representando 77% do público-alvo da campanha (acima de 18 anos), sendo 831.589 vacinadas com as duas doses ou com dose única.

 

Opinião dos leitores

  1. Parabéns ao Governo Estadual pela excelente logística na distribuição das vacinas. Não fosse a letargia do Governo Federal em adquirir os imunizantes, milhares de mortes teriam sido evitadas.

  2. O sonho da esquerda era que essas vacinas não viessem para terem a narrativa pronta. Agora ficam bem caladinhos.

    1. Da esquerda nao. Era o presidente que não queria vacina. Fale o certo.

    2. O MINTO das rachadinhas só queria comprar vacinas superfaturas com uma bela propina… E sequer as vacinas indianas do “esquema” eram aprovadas pela ANVISA… O esquema foi descoberto e o que o presidente inepto fez: decretou sigilo de 100 anos do contrato… É muita “onestidade” para um homem só kkkk

  3. Já ficou algo tão comum essa chegada de vacinas que ninguém sequer comenta mais. As narrativas mentirosas da esquerdalha vão caindo TODAS. O governo Bolsonaro está salvando o Brasil, contra toda essa oposição anti-patriótica.

  4. PARABÉNS, GOVERNO FEDERAL!! Não fosse o esforço e expertise do Ministério da Saúde e Forças Armadas para aquisição e distribuição, ainda estaríamos esperando por respostas, como a dos respiradores, que nunca chegou…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

IMUNIZAÇÃO COVID (D2): Natal amplia Pfizer para quem recebeu 1ª dose até 03 de junho, Oxford quem vacinou até 5 de junho e CoronaVac segue quem completou 28 dias

Foto: Alex Régis/Secom

Nesta terça-feira (24) Natal vacina com a segunda dose da Pfizer as pessoas que receberam a primeira dose até o dia 03 de junho. Para se vacinar, a população pode se dirigir a uma das 35 salas de vacinação ou um dos drives Via Direta, Sesi, Palácio dos Esportes e Nélio Dias, que também contam com salas para pedestres. Apenas o drive de Arena das Dunas não dispõe do imunizante da Pfizer.

O público desta terça-feira, apto a receber a D2 da Oxford, são as pessoas que receberam a primeira dose até o dia 05 de junho.

Com relação à Coronavac, quem completou 28 dias da primeira dose já pode receber a segunda dose.

Primeira dose

Além da segunda dose dos três imunizantes disponíveis em Natal, as pessoas a partir de 18 anos que ainda não se vacinaram podem procurar um dos pontos de vacinação e receber a primeira dose.

A SMS Natal orienta ainda que antes de sair de casa o cidadão acesse o site https://vacina.natal.rn.gov.br/ e clique no link quem pode se vacinar hoje, pois lá tem todas as informações da vacinação do dia.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

“Uma parte morrerá”, diz Roberta Lacerda sobre crianças vacinadas contra a Covid; médica ainda fala em perda de 30 anos na expectativa de vida

Foto: Reprodução/Twitter

A médica potiguar Roberta Lacerda, que ganhou fama durante a pandemia por defender o tratamento precoce, criticou neste fim de semana a vacinação contra a Covid-19 em crianças e adolescentes – que já começou nos Estados Unidos e deve ser iniciada no Brasil nas próximas semanas, com aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Citando o pesquisador ucraniano Vladimir Zelenko, crítico da vacinação e também defensor do tratamento precoce, a infectologista do RN cravou que crianças vacinadas contra a Covid perderão 30 anos na expectativa de vida por causa do desenvolvimento de cânceres e doenças auto-imunes. Ela não explica, contudo, como chegou a tal conclusão.

“Dr. Zelenko avisa: Esta é uma conspiração (não teoria) para sacrificar crianças. Uma parte morrerá. Uma parte será lesada permanentemente. Uma parte ficará infértil. Eu postulo que o tempo de vida dessas pequenas vítimas que sobrevivem será reduzido em 30 anos por causa do câncer e doenças auto-imunes. As crianças sobrevivem cobiçosas em quase 100% sem tratamento. Este é o pior crime da história humana”.

Mais detalhes em matéria na íntegra AQUI.

Com 98 FM

Opinião dos leitores

  1. Engraçado ver os doutos comentadores não conseguirem expressar seus argumentos sem usar termos chulos. Valentes atrás do teclado.

  2. Eu fiquei curado tomando a ivermectina e a cloroquina, todos da minha família tomaram e foram curados.

    1. KKKKKKKKKKKK. Percebe-se o seu conhecimento científico a respeito do assunto… Todos eles tomaram água e banho quando doentes também? Então a água curou todos?

  3. “Eu entendo a preocupação dos pais em querer que seus filhos sejam vacinados, mas temos que nos certificar de que estamos fazendo o melhor e mais seguro para as crianças”, disse Dr. Chip Walter, pediatra da Duke University e investigador dos testes da Pfizer.

  4. Dra… infelizmente a senhora se perdeu antes, agora tenta aparecer denovo? Agora conta outra novidade. A senhora vai tentar uma vaguinha na Assembléia Legislativa, Câmara Federal ou Senado pra 2022?

    1. Se ela for candidata (o que parece óbvio que deseja ser ao acenar para os negacionistas) terá uma grande chance de passar vergonha já que o apoio e as bandeiras do MINTO das rachadinhas não elegeu nem vereador em 2020…

  5. Esse médico ucraniano Vladimir Zelenko é o mesmo que defende cloroquina , aquela droga que não serve de nada pra covid… Essa médica não poderia se basear em estudos da FDA, Agência Europeia de Medicamentos (EMA) ou até Anvisa não? Haja terraplanismo!

    1. Mané fudido, vai procurar o que fazer! Vive falando merda neste blog.

  6. Médica competente e dedicada. É triste ver alguns imbecis tratando essa profissional com suas costumeiras molecagens e ataques grosseiros. A que ponto chegou o Brasil.

    1. Triste mesmo é ver canalha idiotizado defendendo uma profissional que alega fatos sem amparo científico algum, especialmente pq tem gente na gadolândia que acredita e não toma vacina mas prefere tomar ivermectina e até cloroquina como tratamento “precoce” (coisa que só existe em país de terceiro mundo com governos ditatoriais) e até como tratamento “preventivo”… Isso pode causar mortes sabia?

    2. Esse sujeito tem umas 5 palavras que dominam seu vocabulário de molecagens. Se ganhasse 1 real por cada postagem delas por aqui, estaria rico. Ganharia mais do que os pixulecos que recebe do político seu patrão.

    3. Direita bovina, Cobre alto para merecer sua mamatinha já que está cada dia mais difícil o pessoal aceitar suas mentiras e idolatria pelo MINTO das rachadinhas… E cuidado com Xandão viu! Diferentemente de vc, não preciso defender, nem depender, muito menos idolatrar político, ainda mais os que são bandidos como os que vc defende…

  7. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Essa médica achou pouco defender remédio SEM NENHUMA comprovação e agora vem falar sobre vacinas sem nenhum fundamento científico nem lógico! Deve estar querendo se candidatar a algum cargo eletivo da bolha da gadolândia para inventar tanta teoria sem sentido algum…

    1. E não é que agora, os idiotas perderam a modestia? Respeite a doutora, carniça

    2. Deco, respeito profissionais coerentes e que fundamentam suas opiniões especialmente quando estão contra o FDA, Anvisa, Agência Européia e suas opiniões podem representar mais mortes entende?

    3. CAFAJESTE imbecil passa o dia soltando achincalhe vai te rear vagabundo analfabeto. Respeite para ser respeitado.

    4. Paulo seu canalha de M… , eu tenho que respeitar a médica que vive atentando contra a ciência só pq vc é um negacionista que não sabe nem pesquisar com seus cascos é? Vagabundo analfabeto deve ser você e sua ascendência e descendência bovina KKKKK

    5. Paulo Gado véi, vá pesquisar com seus cascos para saber que a médica negacionista não merece respeito quando defende remédio sem efeito e condena vacinas testadas e aprovadas por órgãos competentes… E vagabundo analfabeto é sua ascendência e descendência bovina abestado KKKK

  8. Conspiração globalista-maçônica-comunista-reptiliana! Sacrifício de crianças em culto a Moloch! Direita e esquerda são dois braços dos plutocratas, imperadores do império financeiro.

    1. Meu Deus, a que ponto chegamos, o CRM deveria fazer alguma coisa, isso não pode ficar sem explicação, pata muitos, o gado em boa parte, acredita, vindo de uma médica, onde diabos essa criatura se formou? É a parte podre da humanidade, ela tem q explicar que pesquisa se baseou ou se aprendeu essa ruindade na faculdade’ que acredito que não foi.

    2. Amigo, não é só pesquisa, são planos do governo mundial para dizimação da população e implantação do novo comunismo! Conluio entre maçonaria, ONU, comunistas e Soros.

    3. Stalin tentou aplicar essa técnica de forma mais violenta e deu no que deu.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

FOTOS: RN recebeu mais de 140 mil doses de vacinas contra a Covid nesta segunda-feira

Fotos: Paulo Nascimento

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebeu na manhã desta segunda-feira (23) 140.170 doses de vacinas contra a Covid-19. Os lotes chegaram ao Rio Grande do Norte em dois voos separados, contando com unidades da Astrazeneca/Fiocruz (59.750), Pfizer (42.120) e Coronavac/Butantan (38.300).

O carregamento é dividido entre unidades para primeira e segunda doses, sendo em maior parte para completar o esquema vacinal dos potiguares. São 92.940 vacinas para a segunda dose e outras 47.230 destinadas a ampliar o processo de vacinação por faixa etária.

As equipes da Sesap vão processar e separar os lotes de vacina para realizar a distribuição o mais rápido possível, mantendo o ritmo de imunização no RN.

Até o início da manhã desta segunda-feira, a plataforma RN+ Vacina tinha recebido o registro de 1,98 milhão de pessoas vacinadas com ao menos uma dose, representando 74% do público-alvo da campanha. Os completamente vacinados são 29% da população acima dos 18 anos, representando pouco mais de 787 mil pessoas.

Dia D tem mais de 11 mil vacinados

No último sábado (21) os municípios do Rio Grande do Norte vacinaram um total 11.881 pessoas com a vacina contra a Covid-19. O dia “D” foi sugerido pela Sesap na tentativa de diminuir a fila dos que ainda não tomaram a segunda dose da vacina, necessária para garantir uma imunidade mais eficaz contra o coronavírus.

De acordo com o portal RN+ Vacina, são 57.232 pessoas que estão com a segunda dose em atraso em todo o estado. Os municípios com maior número de cidadãos com a segunda dose em atraso são: Natal (21.314), Mossoró (5.829), Parnamirim (3.669), São Gonçalo do Amarante (2.346), Macaíba (2.227), Açu (1.269) e Ceará-Mirim (1.087).

 

Opinião dos leitores

  1. Mas o Genoocida é contra vacinas….péra, mandou mais de 2.000.000 p/cá…vige…gente, preciso de outra narrativa…

  2. OBRIGADO PRESIDENTE BOLSONARO, dando show no envio de vacinas para imunizar o povo potiguar, se estivéssemos dependendo das vacinas compradas pela GOVERNADORA não teríamos um único braço vacinado e ainda estaríamos todos sendo ameaçados por essa doença.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *