Ex-presidente do Flamengo é condenado a devolver 18 milhões ao clube

A Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro manteve a condenação de Edmundo Santos Silva, ex-presidente do Flamengo. Em 2011, o clube venceu um processo contra o dirigente por conta de gastos sem comprovação entre 1999 e 2001. De acordo com a decisão, Edmundo Santos Silva terá que ressarcir o clube em 18,7 milhões de reais. Mas ainda cabe recurso ao STJ.

Por Lauro Jardim