“Desfalque” do Flamengo na final de turno, Abel vai passar por novo procedimento e ficará mais uns dias internado

Abel Braga deixa Maracanã de cadeira de rodas após se sentir mal — Foto: CELSO PUPO/ESTADÃO CONTEÚDO

Abel Braga terá de passar por novo procedimento nesta sexta-feira. O treinador do Flamengo, que passou mal no fim do Fla-Flu, será submetido a uma ablação por cateter. Não se trata de uma cirurgia, mas sim de um procedimento cuja duração é de quatro horas e que consiste na queima do tecido cardíaco que apresenta arritmia. Abel fica internado até domingo.

Renato Gaúcho, no início deste ano, e o ex-jogador Renato Abreu, em 2012, passaram pelo mesmo procedimento. À época meia do Flamengo, Abreu demorou 18 dias para voltar a treinar, mas evidentemente se tratam de situações diferentes.

Nesta quinta-feira, Abel passou por eletrochoques e realizou outros exames. Dormiu no início da tarde e está acompanhado da esposa, Cláudia, de Marquinhos Lopes, amigo e ex-preparador de goleiros do Fluminense, e de assessores.

Há a expectativa de que Abel fique à beira do campo na próxima quarta-feira, às 21h30, contra o Peñarol, no Maracanã. Certo mesmo é que está fora da final da Taça Rio, entre Flamengo e o vencedor do duelo entre Bangu e Vasco. A decisão está marcada para domingo, às 16h.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] “Desfalque” do Flamengo na final de turno, Abel vai passar por novo procedimento e ficará mais … […]

Justiça dá 5 dias ao Flamengo para evitar interdição e bloqueio

A Justiça do Rio de Janeiro garantiu ao Clube de Regatas do Flamengo um prazo de cinco dias para se defender e impedir a interdição total do Centro de Treinamento do Ninho do Urubu e o arresto de R$ 57,55 milhões.

Os pedidos de interdição e de bloqueio dos bens foram feitos pelo Ministério Público Estadual e pela Defensoria Pública do Estado, no último dia 20.

Justiça concedeu ao Flamengo 5 dias para se defender e impedir a interdição total do Ninho do Urubu (Arquivo/Ricardo Moraes/Reuters/direitos reservados)

Um incêndio atingiu um dos alojamentos do centro de treinamento, no último dia 8, matando dez atletas de base do clube e ferindo outros três.

O Ministério Público e a Defensoria pediram a interdição até que as instalações estejam completamente seguras e regularizadas junto ao Corpo de Bombeiros e prefeitura do Rio.

Já o arresto foi solicitado para que seja viabilizada a indenização dos familiares das vítimas, pedida pela Defensoria.

O juiz Bruno Monteiro Rulière atendeu a um pedido do Flamengo para que o clube tenha o prazo para se defender.

Agência Brasil

 

VÍDEO: Jornalistas criticam postura do Flamengo em meio a crise após tragédia do Ninho do Urubu

Assista aqui

A postura do Flamengo em meio à crise após a tragédia do Ninho do Urubu foi alvo de críticas da bancada do Redação SporTV desta quinta-feira. O apresentador Marcelo Barreto reclamou do trabalho de comunicação do clube para dar explicações à sociedade.

– Se o Flamengo tem tanto dinheiro, por que não pode pagar o que o Ministério Público pediu? O Flamengo pode ter uma explicação absolutamente razoável, mas a gente precisa ouvir. Se a gente não ouvir, não vai saber – disse.

O jornalista Francisco Aiello também chamou atenção para o prejuízo do clube em termos de imagem por conta do episódio. Xico Sá criticou a negativa do Rubro-Negro à proposta de indenização feita pelas autoridades.

– Todo o Brasil sabe que o Flamengo tem dinheiro. Ficar nessa negociação, nessa mesquinhez, fica pesado – afirmou Xico Sá.

– O histórico recente do Flamengo é de um clube bem administrado. Desde 2013 a gente ouve que o Flamengo é modelo de gestão, administrativamente organizado. Essa construção de imagem está sendo arranhada. Quanto mais demora, o estrago é maior – completou Aiello.

Sportv

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Helio disse:

    Verdade. E,isto não paga em nada as vidas que se foram. Acho que Flamengo tem que pagar ás familias e tem que ser pelo topo que MP esta pedindo e não aquela mesquinharia que eles estão
    oferecendo.

Flamengo confirma a autoridades ausência de alvará e vai se responsabilizar por atletas em incêndio no CT

Foto: Reprodução

Os representantes do Flamengo que se reúnem na tarde desta segunda-feira com autoridades no Ministério Público confirmaram a ausência de alvará no Centro de Treinamento Ninho do Urubu. O documento estava vencido na sede da Gávea.

A nova gestão do clube se abriu ao diálogo com os órgãos presentes no encontro – Polícia Civil, Bombeiros, Prefeitura e Defesa Civil. A intenção é deixar claro que o Flamengo vai responder por tudo e se responsabilizar pela morte de dez jovens em um contêiner usado como alojamento.

Para a obtenção de alvará, é necessário o Certificado de Aprovação do Corpo de Bombeiros, ainda pendente, e considerado em processo de regularização pela entidade e pelo clube.

Em outra frente, o Flamengo já quer sinalizar que está levantando as possíveis indenizações às famílias dos jogadores mortos, antes mesmo de qualquer investigação apurar as causas do incêndio. Quem está à frente desse assunto é o vice-geral Rodrigo Dunshee.

Além dele, foram ao encontro com autoridades o presidente Rodolfo Landim, o presidente do Conselho Deliberativo, Antonio Alcides, o CEO Reinaldo Belotti e o vice-jurídico da gestão anterior, Flavio Willeman.

O Globo

 

#Forçafamiliaresmeninosdabase: Flamengo só poderia usar área incendiada do CT como estacionamento; autorização concedida pela prefeitura não permitia construção de alojamento no local

A área em que o Flamengo construiu o alojamento de suas categorias de base que pegou fogo na manhã desta sexta (8) tinha permissão da prefeitura para funcionar apenas como estacionamento. A Folha apurou que a autorização foi concedida no ano passado. Pelo menos 10 pessoas morreram no incêndio.

O Flamengo ainda não se manifestou sobre o assunto. A Prefeitura do Rio divulgou em nota que a atual licença do CT tem validade até oito de março de 2019.

“A área de alojamento atingida pelo incêndio, não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada. No projeto protocolado, a área está descrita como um estacionamento. Não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios”, diz a prefeitura, que informou também que irá abrir ” um processo de investigação para apurar as responsabilidades”.

Segundo informações iniciais, entre as vítimas estão funcionários do clube e jogadores das categorias de base. O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter o incêndio às 5h17 e atingiu a ala mais velha do CT, que servia de alojamento para as categorias de base e recebia jogadores de 14 a 17 anos de idade. As chamas foram controladas às 6h.

O primeiro atendimento aos feridos foi feito no Hospital Municipal Lourenço Jorge. Segundo a secretaria de saúde do Rio, a vítima em situação mais grave é Jonathan Cruz Ventura, 15, que tem cerca de 30% do corpo com queimaduras de terceiro grau. Ele será transferido para o Hospital Municipal Pedro 2º. Os outros feridos, Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14, e Francisco Diogo Alves, 15, estão em situação estável e, a pedido do Flamengo, serão transferidos para um hospital particular.

O vice-governador do Rio, Cláudio Castro, esteve no Ninho do Urubu na manhã desta sexta e afirmou que a principal suspeita no momento é de que uma pane no aparelho de ar-condicionado do alojamento tenha causado o incêndio.

Nota da Prefeitura do Rio de Janeiro:

Sobre o processo de licenciamento do Centro de Treinamento Presidente George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, a Prefeitura vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1) A atual licença do CT tem validade até 08/03/2019;

2) A área de alojamento atingida pelo incêndio, não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada.

3) No projeto protocolado, a área esta descrita como um estacionamento;

4) Não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios;

5) Por determinação da legislação em vigor, a coordenação de licenciamento informa que só há inspeção neste tipo de edificação em casos de denúncia;

6) A Prefeitura vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades.

Folha de São Paulo

 

Alojamento incendiado do Flamengo seria desativado neste mês

Foto: Fabiano Rocha

O alojamento em que estavam os meninos do sub-15 e sub-17 do Flamengo, vítimas do incêndio deste madrugada, era um contêiner, resquício da primeira fase do novo Ninho do Urubu, o Centro de Treinamento do clube em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio.

No início desta década, todas as dependências que atendiam ao futebol no Ninho do Urubu, tanto da base quanto dos profissionais, eram formadas por contêineres – estruturas temporárias que dispunham de janelas e ligação com ar condicionado. Em novembro de 2010, o clube iniciou sua primeira campanha para angariar fundos para instalações definitivas, vendendo “tijolinhos” entre torcedores, num esforço que foi acelerado principalmente nas gestões Patricia Amorim (2010-12) e Bandeira de Mello (2013-2018), sobretudo com a venda da sede do Morro da Viúva, no Flamengo, aprovada em 2017 e oficializada em 2018, para a construtora Cyrela.

Em dezembro de 2018, o clube inaugurou o novo módulo para o futebol profissional no Centro de Treinamento. Elogiada por sua modernidade, ela permitiu que as outras instalações fossem dedicadas à base. Ainda assim, havia uma previsão de que essas estruturas fossem desativadas ainda em fevereiro, com a transferência dos meninos para o antigo módulo usado pelos profissionais desde 2016.

“Normalmente, você tem cerca de 30 garotos, divididos por várias categorias de idade, instalados nessas estruturas. São meninos que chegam para avaliação, que moram longe, às vezes até de outros Estados, e acabam ficando ali, porque o clube oferece essa estrutura”, afirmou Júnior, comentarista do Grupo Globo e ex-jogador do Flamengo.

Oficialmente batizado como Centro de Treinamento George Helal, o terreno foi comprado com a venda de Júnior ao Torino-ITA, naquele ano.

O Flamengo determinou luto oficial e bandeiras a meio mastro. Os treinos foram cancelados.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo martins disse:

    No Brasil as evidências, geralmente trágicas, terminam desmentindo o passado, comumente eivado de incompetência e cinismo sem controle.

Flamengo se manifesta pela primeira vez após tragédia no CT

Parentes e amigos buscam maiores informações. FOTO: José Lucena/Agência Estado/08-02-19

O Flamengo se manifestou pela primeira vez após o incêndio incêndio desta manhã no centro de treinamento do clube, em Vargem Grande, zona oesta do Rio de Janeiro, e publicou no twitter uma mensagem reconhecendo a tragédia em suas dependências.

Ainda sem publicar uma nota oficial, o clube deu a seguinte declaração. “O Flamengo está de luto.”

O incêndio deixou pelo menos dez mortos, segundo o Corpo de Bombeiros. Três pessoas foram resgatadas e os feridos foram levados ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

O incêndio deixou pelo menos dez mortos, segundo o Corpo de Bombeiros. Três pessoas foram resgatadas e os feridos foram levados ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Entre as vítimas estão adolescentes, com idades entre 14 e 17 anos, que dormiam nos alojamentos das categorias de base do clube.

Na porta do CT, parentes e amigos esperam por maiores detalhes da diretoria e das autoridades.

O incêndio deixou pelo menos dez mortos, segundo o Corpo de Bombeiros. Três pessoas foram resgatadas e os feridos foram levados ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

R7

 

Meia potiguar Rodriguinho se anima com valores, e se aproxima de acerto com o Flamengo

Foto: Parceiro / Agência O Globo

O meia Rodriguinho, de 30 anos, deu sinal positivo para a investida do Flamengo, e no clube as duas chapas favoritas aguardam a eleição de sábado para avançar na contratação do jogador para reforçar o elenco em 2019. O interesse no jogador foi noticiado pelo Globoesporte.com e confirmado pela reportagem.

Ex-jogador do Corinthians, o meia está no Pyramids FC, do Egito, mas é pouco aproveitado. Por isso, já informou através de seus representantes que vê com bons olhos a vinda para o futebol brasileiro.

Os grupos da situação e oposição estão perto de um acordo. A chapa rosa, de Ricardo Lomba, vem conversando sobre o meia desde que Paquetá sinalizou que não ficaria. Já a chapa roxa, de Rodolfo Landim, iniciou os contatos recentemente.

Rodriguinho viria para a lacuna no meio-campo deixada por Paquetá. O possível reforço assinaria por três anos com um salário na faixa de R$ 700 mil, teto para o elenco atual.

Para fechar a contratação o Flamengo precisará pagar ao clube do Egito uma quantia alta. Ele foi comprado por R$ 23 milhões. O clube carioca, no entanto, dispõe de caixa após a venda do próprio Paquetá, e o orçamento anual está previsto em mais de R$ 600 milhões.

Extra – O Globo

 

Flamengo sofre mais uma derrota no STF e não é reconhecido Campeão Brasileiro de 1987; ministro Marco Aurélio, que é rubro-negro, rejeitou pedido do clube

Foto: Ailton de Freitas/Agência O Globo/04-10-2018

O Flamengo sofreu mais uma derrota no Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de ser reconhecido pela Justiça como campeão brasileiro de 1987. O relator, ministro Marco Aurélio Mello, que é rubro-negro, negou recurso do clube. Ele alegou questões técnicas para manter decisão da Justiça Federal que declarou o Sport como único campeão.

Em julgamentos anteriores, a Primeira Turma do STF, composta por cinco ministros, entre eles Marco Aurélio, já havia negado pedidos do Flamengo para dividir com o Sport o título de 1987. A última vez foi em dezembro do ano passado, confirmando uma decisão tomada oito meses antes pela própria Primeira Turma.

Em 2011, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que reconhecia apenas o Sport, estendeu o título ao Flamengo. Antes disso, a Justiça já tinha definido o clube pernambucano como único campeão. Assim, diante do novo posicionamento da CBF, o Sport foi à Justiça Federal, saindo-se vencedor.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Gabriel disse:

    O título é do SPORT Club do Recife e Pronto.
    Pelo Sport Tudo !!!+

  2. João Batista disse:

    Mais um cheirinho para a conta.

  3. paulo martins disse:

    Taí para que sere o nosso colendo STF (Sistema Totalmente Falido).

Flamengo é o time que mais fatura no Brasil; veja ranking por receita

O Flamengo não é só o time com mais torcedores no Brasil, mas também o que mais faturou dinheiro no país em 2017. Essa é a conclusão de um levantamento realizado pela empresa Sports Value, com os 20 maiores clubes brasileiros, ao qual EXAME teve acesso com exclusividade.

A pesquisa revelou que, no ano passado, o time carioca apresentou uma receita de R$ 648 milhões, seguido pelo Palmeiras (R$ 503 milhões), São Paulo (R$ 408 milhões) e Corinthians (R$ 391 milhões).

A análise mostrou, ainda, que juntos, os 20 times geraram R$ 5,05 bilhões no ano passado, frente aos R$ 4,85 bilhões de 2016. Foi a primeira vez que os clubes ultrapassam a marca de R$ 5 bilhões em receitas.

Veja a seguir o volume de dinheiro movimentado pelos times brasileiros durante o ano de 2017 e também nos últimos seis anos.

Ranking por Receita Total (clique aqui ao término do texto na íntegra)

Exame

Fifa ignora mundiais de Santos, Flamengo, Grêmio e São Paulo; Corinthians é único bicampeão

A nova Fifa do presidente Gianni Infantino não reconhece como “oficial” o título do Palmeiras de campeão mundial de clubes, de 1951, e nem qualquer outro disputado no Japão durante os anos 1960 e 1990. Para a organização com sede em Zurique, apenas os vencedores dos torneios a partir de 2000 são “considerados oficialmente pela Fifa como campeões mundiais de clubes”.

Num comunicado enviado ao Estado, a entidade máxima do futebol afirma que reconhece o torneio vencido pelo clube paulista nos anos 50 como o primeiro campeonato de clubes de dimensão mundial. Mas esclarece que são apenas aqueles que venceram o torneio a partir de 2000 que são considerados pela entidade como oficialmente “campeões mundiais de clubes”.

Diplomática, a Fifa não deixa de dar certo valor aos torneios que existiam antes de 2000. Mas nunca os tratando como competições ou títulos oficiais.

“Em seu encontro em São Paulo no dia 7 de junho de 2014, o Comitê Executivo da Fifa concordou com o pedido apresentado pela CBF para reconhecer o torneio de 1951 entre os clubes da Europa e da América do Sul como a primeira competição de clubes de dimensão mundial, e o Palmeiras como seu vencedor”, disse.

“A Fifa reconhece e valoriza as iniciativas de estabelecer competições de clubes de dimensões mundiais ao longo da história”, disse a entidade. “Esse foi o caso de torneios envolvendo clubes europeus e sul-americanos, como a pioneira Copa Rio, jogada em 1951 e 1952, e a Copa Intercontinental”, afirmou.

Apesar dos elogios, a entidade esclarece que não pode conceder sua chancela de “oficial” a essas iniciativas. “Entretanto, não foi até 2000 que a Fifa organizou o estreante Mundial de Clubes da Fifa, com representantes de todas as seis confederações”, explicou. “Os vencedores dessa competição, que passou a ser organizada anualmente a partir de 2005, são aqueles considerados oficialmente pela Fifa como campeões mundiais de clubes”.

Em 2015, o Estado havia feito a mesma consulta para a Fifa. Naquele momento, porém, a resposta fora diferente. A entidade se limitou naquele momento a esclarecer que reconhecia o torneio de 1951 como a primeira competição de dimensão mundial, sem qualificar se havia uma diferença entre aqueles vencedores e os atuais.

Em 2014, em conversa com a reportagem, o ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, chegou a informar que enviaria um certificado a cada um dos campeões mundiais desses demais torneios, reconhecendo seus feitos.

R7, com Estadão

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ROBINHO C.G disse:

    SE O FLAMENGO TEM MUNDIAL EM 81 , O VASCO TAMBEM TEM EM 53/57 .

  2. Fernandez disse:

    Flamengo NÃO tem mundial!

  3. observator disse:

    só dá bandido e todo lugar principalmente na fifa. o time que tiver torcida numerosa que defenda seus titulos com unhas e dentes, e o que vale! maior torcida maior o grito, e isso o multicampeao flamengo tem de sobra

  4. Daniel disse:

    Qual a novidade??? Respondendo ao Rafael, a FIFA teve vários casos de corrupção na era Blater, o mesmo que prometeu a venda de um mundial pra um time pequeno.

  5. Cornélio Safadão disse:

    Flamengo Não tem Mundial

  6. Rafael disse:

    Fifa é aquela envolvida em inúmeros casos de corrupção? Ah, ok, grande m…. essa "chancela"!

Vasco é o campeão dos clássicos no RJ, Flamengo, por ironia, é vice, diz pesquisa

2015-813372307-2015-813286462-Extra_Eventos_Marcelo_Theobald_A_DCIM_100EOS1DFoto: Marcelo Theobald

A torcida do Vasco tem mais motivos para comemorar. Além de ter conquistado um Estadual que não ganhava há 12 anos, de ter sido campeão nos 450 anos do Rio, de ter derrotado o Botafogo pela primeira vez numa decisão de título carioca e de ter quebrado a escrita de três anos sem triunfos sobre o Flamengo, o time de São Januário recuperou a condição de campeão dos clássicos do futebol carioca, de acordo com o escritor e pesquisador Alexandre Mesquita.

Em parceria com Jefferson Almeida, Mesquita já publicou livros como “Clássico Vovô”, “Um Expresso chamado Vitória” e “Almanaque dos Velhos Brasileirões”, entre outros. Os dois vêm pesquisando o histórico dos jogos entre os grandes times já há alguns anos, na expectativa de lançarem mais uma publicação.

— Com os 2 a 1 sobre o Botafogo no último domingo, o Vasco alcançou 426 vitórias em clássicos, passando o Flamengo, que tem 425. O Vasco tem essa condição principalmente por causa da grande diferença, de mais de 40 vitórias sobre o Botafogo. Assim, mesmo que o Flamengo tenha cerca de 15 vitórias a mais que os seus adversários, a vantagem que os vascaínos têm sobe os alvinegros compensa isso — calculou. — Neste Campeonato Estadual, o Vasco realizou um feito que não conseguia desde 2005, o de vencer três clássicos consecutivos.

Resumindo os números apurados, o Vasco obteve 426 vitórias e 351 derrotas, com um saldo de 75. O Flamengo tem 425 triunfos e 369 insucessos, com saldo de 56, e o Fluminense, 366 vitórias e 324 derrotas, com saldo de 42. O Botafogo, por sua vez, apresenta um balanço negativo de 89 derrotas, com 319 resultados positivos e 408 negativos. Em seu detalhado levantamento, Mesquita e Almeida incluem partidas realizadas desde 1905 (o Campeonato Carioca começou a ser disputado em 1906, mas alguns clubes já haviam disputado amistosos antes). Outro detalhe relatado pelos pesquisadores é o fato de que eles também computaram quatro partidas vencidas por WO (não comparecimento do rival), como as do Vasco sobre o Flamengo, em 1997 e 1998; e uma sobre o Botafogo, e 1998; e a do Flamengo sobre o Vasco, em 1934.

— Levamos em consideração todos os jogos por competições oficiais (inclusive Torneio Início, onde o tempo de jogo era menor) de Copa Libertadores da América, Campeonatos Brasileiros, Estaduais, Torneios Municipais, Torneios Relâmpagos, competições e partidas amistosas em que os clubes tenham usado seus uniformes oficiais — afirmou Mesquita.

Ainda segundo o escritor, até 2012, a vantagem já era dos vascaínos.

— Mas nos anos de 2013 e de 2014, o Vasco foi mal nos clássicos, e o Flamengo o ultrapassou, até o Vasco retomar a liderança este ano — contou. — Os números nos clássicos variam. Nos últimos 15 anos, por exemplo, Vasco x Botafogo tem feito um confronto mais equilibrado, ao passo que Vasco x Fluminense, no mesmo período, tem sido muito favorável ao Vasco. Se nos próximos 15 anos, os vascaínos continuarem levando grande vantagem sobre os tricolores, poderão abrir uma diferença parecida com a que eles têm sobre o Botafogo.

TODOS OS NÚMEROS DA PESQUISA:

* Vasco x Botafogo

147 Vasco

98 Empates

91 Botafogo

* Vasco x Fluminense

145 Vasco

110 Empates

112 Fluminense

* Vasco x Flamengo

148 Flamengo

106 Empates

134 Vasco

* Flamengo x Botafogo

132 Flamengo

119 Empates

110 Botafogo

* Flamengo x Fluminense

145 Flamengo

129 Empates

125 Fluminense

* Fluminense x Botafogo

129 Fluminense

112 Empates

118 Botafogo

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fina Ironia disse:

    No total, o Vasco pode ter 426 vitórias contra 425 do Flamengo, porém se observarmos o confronto do rubro-negro carioca com os seus principais adversários ele não perde para nenhum deles, inclusive contra o clube cruzmaltino (FLAMENGO 148 x 134 VASCO, FLAMENGO 132 x 110 BOTAFOGO e FLAMENGO 145 x 125 FLUMINENSE). Assim sendo, esse "título" do clube da Colina é discutível e depende do ponto de vista de quem o analisa.

Copa do Brasil: Flamengo desembarca em Natal e treina nesta terça mirando o América

Untitled-8Reprodução

Após desembarque no aeroporto de São Gonçalo na tarde desta segunda-feira (29), com cerca de 100 torcedores, o Flamengo ficará hospedado em um hotel da Via Costeira e nesta terça-feira (30), realizará um treino a partir das 15h30, no estádio Frasqueirão.

O rubro-negro carioca enfrenta nesta quarta-feira (1º de outubro) o América, às 22h, no estádio Arena das Dunas, em jogo válido pela fase quartas de final da Copa do Brasil. O jogo, na ocasião, deve quebrar o recorde de público pós-Copa, que pertence ao ABC, no jogo contra o Vasco, de 28.200 torcedores, na classificação potiguar para a mesma fase também na Copa do Brasil. Cerca de 31 mil torcedores são esperados.

Em 15 de outubro, Flamengo e América voltam a se enfrentar, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, às 22h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Humberto disse:

    Qual o hotel que o FLAMENGO ira ficar.?

Flamengo deve R$ 386,4 milhões e quer pagar R$ 900 mil por mês para Robinho, destaca blogueiro

 

Robinho-getty-imagesFoto: Getty Images

Se o povo brasileiro tivesse a mesma mamata dos clubes de futebol na hora de pagar as contas, com certeza o País já teria quebrado. Não haveria empresa ou governo que resistisse a tanta inadimplência.

O que acontece no dia a dia do nosso esporte beira o ridículo. Vejam só o exemplo do Flamengo.

Segundo o jornal italiano Tuttosport, o Rubro-Negro é hoje a primeira opção para contratar Robinho até o fim do ano. Haviam outros times interessados no atacante, mas as negociações esfriaram um pouco porque, digamos, o custo-benefício de Robinho não é dos melhores hoje em dia.

Ele já não é mais um menino. E pede uma pequena fortuna para deixar a Itália. Aos 30 anos, Robson não aceita ganhar muito menos de R$ 1 milhão por mês de salários.

E qual é o único clube que continua na briga para contratar o rapaz? O Flamengo, é claro. Sim, o Fla, conhecido por não pagar suas dívidas. E que deve bizarros R$ 386,4 MILHÕES em impostos ao governo.

Só pode ser brincadeira o clube com a maior dívida do Brasil querer contratar um dos jogadores mais caros do País, não é? Pior que não.

Já está montado um projeto para dividir o salário do jogador em cotas, divididas por três empresas. Cada uma bancaria R$ 300 mil por mês para compôr a fortuna. Como viria o retorno disso? Com vendas de camisa, ações de patrocinadores, entre outras coisas.

Ou seja, mesmo sem dinheiro e devendo uma grana, o clube consegue se manter ativo e comprar jogadores que estão muito além de suas possibilidades. Bem que eu queria ter o mesmo privilégio todo fim de mês.

Apesar de ter diminuído o salário de seu treinador, já que Luxemburgo vai ganhar ‘apenas’ (dói escrever isso) R$ 350 mil, metade do que ganhava Ney Franco, o Fla continua com o pensamento megalomaníaco.

A zona do rebaixamento e a possibilidade real de cair para a segunda divisão fizeram a diretoria abandonar os planos iniciais, mais ‘pés no chão’. Agora, na hora do ‘ou vai, ou racha’, o jeito é gastar o que não tem pra tentar resolver o problema.

Os garotos da categoria de base não estão resolvendo o problema do time. Do time campeão da Copa São Paulo de futebol júnior em 2011, poucos foram aproveitados e se destacaram no profissional.

Mas Robinho é o cara certo?

Com R$ 900 mil por mês, quantos jogadores menos badalados e mais brigadores poderiam ser contratados?

Tudo isso só mostra o seguinte: nós somos é muito trouxas, mesmo. Trabalhamos, ralamos para pagar contas, perdemos noites de sono pensando nos compromissos. Enquanto isso, os clubes continuam fazendo a festa. Quanto mais devem, mais gastam fortunas, mais contratam.

Por isso, temos mesmo é que acompanhar de perto a proposta da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, que, nos próximos dias, deve ser votada em regime de urgência. Pela nova legislação, os clubes poderiam parcelar as dívidas ao longo de 25 anos, com juros de longo prazo (TJLP).

Em contrapartida, os clubes se comprometem a seguir o chamado “fair play financeiro”. Devem apresentar constantemente certidões negativas de débito. Se não cumprirem os pagamentos previstos, os clubes perderiam pontos no Campeonato Brasileiro.

A possibilidade do rebaixamento sumário foi descartada em composta pelos presidentes de clubes, representantes do governo e dirigentes da CBF. Mas, mesmo assim, já é um avanço.

Vamos ver o que vai rolar. Estamos de olho.

#somostodospalhaços

Íntegra em http://esportes.r7.com/blogs/blog-do-gustavo/2014/07/30/flamengo-deve-r-3864-milhoes-e-quer-pagar-r-900-mil-por-mes-para-robinho/

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    É por isso que sempre defendo nas conversas informais um TETO PARA JOGADOR DE FUTEBOL, como existe no funcionalismo público, ou seja, nenhum jogador ganharia mais que 100 mil por mês, isso faria com que os clubes se equilibrassem nas suas finanças e que não estivessem a beira da falência como o Flamengo, que tem a maior torcida do Brasil, e vive com o pires na mão…

GRAVE(FOTOS): Mulher de árbitro que apitará final entre Flamengo e Vasco diz que Crulzmaltino já pode ‘comemorar o vice’

mulher-arbitro-marcelo-lima-henrique-01

A semana do jogo decisivo do Campeonato Carioca começou acirrada, mas não por parte dos jogadores do Flamengo ou Vasco. A mulher do árbitro Marcelo de Lima Henrique, que apitará a final do Estadual, no próximo domingo, fez provocações em uma rede social nesta segunda-feira.

Torcedora do Cruzmaltino, Sandra Henrique afirmou que o clube já pode comemorar mais um vice-campeonato, no mínimo. A partida acontecerá no Maracanã, às 16h.

“A torcida já pode parar de xingar o juiz e começar a erguer a voz impulsionando seu time. Tenho certeza”, escreveu no Facebook, para logo responder nos comentários deixando claro que se trata do Vasco. “Quanto ao vice, isso já é certo, mas vamos esperar domingo que vem. Qualquer coisa a gente comemora o campeonato como vice de novo mesmo”.

mulher-arbitro-marcelo-lima-henrique-5

Em fotos publicadas em 2012 e 2013, Sandra aparece com a bandeira do Vasco no Engenhão. Nos comentários, a mulher deixa claro que o marido não é torcedor do mesmo time que ela, dando a entender que ele torce para o Flamengo. Numa discussão com um torcedor, que perguntou quanto Marcelo Henrique queria receber para parar de roubar, a esposa do árbitro respondeu:

“Para de cagar pela boca, querido. Você não tem cacife para cobrir a oferta. Não deve ter nem emprego. Se tivesse ocupado e não tentando ser engraçado aqui”, respondeu a um torcedor.

mulher-arbitro-marcelo-lima-henrique-1No primeiro clássico entre Flamengo e Vasco da final, o jogo terminou 1 a 1. O árbitro Rodrigo Nunes de Sá foi criticado pelos jogadores do Flamengo, pela direção e pela torcida rubro-negra. Mas Sandra também falou mal do companheiro de profissão do marido.

“Show de lambança hein! Só 22 fazem parte do show, mas é muita gente querendo aparecer. FRACO!”, escreveu Sandra Henrique.

mulher-arbitro-marcelo-lima-henrique-2

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manuel Sabino disse:

    Não entendi o drama. O Vasco (e o Flamengo também) já tem o vice-campeonato assegurado pelo fato de estar na final. Quem ganhar domingo será campeão. Quem perder será vice. Então, o mínimo é o vice-campeonato. O que ela falou tá certinho. Tão procurando cabelo em ovo. A mulher não iria dizer que o MARIDO vai roubar o TIME DELA pôxa!

    • Hoje disse:

      eu já vejo de outra forma, o vasco já é vice pelo fato que vai pegar o flamengo e sabe que não tem como vencer um time tão superior a ele..

De olhos nas cifras(R$), Flamengo quer jogar Copa do Nordeste, diz presidente

 Que tal se dividir no verão entre o Rio e o Nordeste? Este roteiro faz parte dos planos do Flamengo, mas não há nada de férias e praias nisso. O presidente Eduardo Bandeira de Mello admitiu seu desejo de incluir o clube carioca na Copa do Nordeste.

“Se, de alguma maneira, pudesse. Isso requer um planejamento mais detalhado e criatividade para se conseguir viabilizar”, afirmou à Folha sem fazer previsões de quando isso poderia acontecer.

“Ele perguntou se havia possibilidade. Por enquanto, acho que não. No futuro podemos pensar. Primeiro, precisamos consolidar a competição, que está voltando agora. Depois, poderia haver dois convites”, disse o presidente da Liga do Nordeste, Alexi Portela Júnior.

A arrecadação com estádios cheios e cotas de participação interessou o Flamengo. Cada equipe recebe R$ 350 mil pelos seis jogos da primeira fase. O campeão embolsa R$ 1,8 milhão. Passagens e hospedagens para jogos fora de casa são bancadas pela organização.

“Por jogo, a Copa do Nordeste paga muito mais do que a Série B”, compara Portela Júnior.

O dirigente flamenguista não teme críticas e um possível descrédito em relação ao torneio no caso de não se obedecer o critério da restrição a times nordestinos.

“Não vejo problema com isso. O Flamengo é um clube nacional, disparadamente o de maior torcida do país, tem mais torcedores fora do que dentro do Rio de Janeiro. Das 27 unidades federativas, é o time mais popular em 24”, afirmou, citando Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná como as exceções.

Não faltam exemplos em que o futebol se rendeu a motivos políticos e econômicos para contradizer a geografia.

13217652A seleção e os clubes da Austrália se exibem em competições da Ásia, e não da Oceania. O Japão já jogou a Copa América. Times nordestinos do Piauí e do Maranhão atuavam na Copa Norte. Os do sudestino Espírito Santo, na Copa Centro-Oeste. Clubes goianos se acostumaram a disputar o Campeonato do Distrito Federal.

Japoneses, malaios, chineses e sul-coreanos lutaram pelo título de Cingapura. Franquias canadenses foram incluídas na liga dos EUA. Galeses reforçam o Campeonato Inglês. Os mexicanos se dividem entre os torneios sul-americanos e os das Américas do Norte e Central.

TRADIÇÃO NORDESTINA

Torneios entre clubes nordestinos acontecem desde meados do século 20. Entre 1997 e 2002, a Copa do Nordeste foi admitida pela CBF como parte do calendário dos clubes da região. Ao ser retirada, provocou uma disputa judicial. Um acordo a ressuscitou em 2010.

Atualmente, a competição reúne 16 equipes de sete dos nove Estados nordestinos: Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Ficam fora Piauí e Maranhão.

Os participantes se classificam exclusivamente a partir dos Estaduais. Vencedor do ano passado, o paraibano Campinense, por exemplo, não obteve vaga para a edição de 2014.

“É uma coisa que não acho justa. O campeão deveria se garantir automaticamente, e seu Estado perderia uma vaga, mas estamos discutindo isso com a CBF e as federações”, disse Portela Júnior.

CALENDÁRIO

Uma opção para o Flamengo conciliar duas competições no início da temporada seria jogar seu Estadual com o time reserva, como faz agora, e disputar a Copa do Nordeste no caso de não estar na Taça Libertadores da América.

Os suplentes rubro-negros estrearam com vitória por 1 a 0 sobre o Audax domingo, no Maracanã, pela Taça Guanabara, e nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), visitarão o Volta Redonda.

Um ano após assumir a presidência do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello acredita que seja possível manter todas as atuais competições do calendário do futebol brasileiro, porém defende que elas sejam mais rentáveis.

“As despesas estão cada vez maiores”, avaliou. Uma das maiores preocupações alegadas pelo seu grupo político, aliás, tem sido controlar os gastos do clube carioca.

O dirigente rubro-negro prefere Estaduais com menos datas, e considera que eles cabem juntas numa temporada com Brasileiro de 20 clubes, Copa do Brasil, Libertadores, férias e pré-temporada. Mas ele cobra um aperfeiçoamento.

Também se mostra favorável às reivindicações do Bom Senso F.C. por maior intervalo entre as partidas. “É razoável conseguir isso. Não podemos sacrificar o patrimônio do clube”, afirmou.

Em relação à extensão do calendário dos clubes menores, aguarda o crescimento do debate. “Eu gostaria de ouvir mais sugestões. Ainda não vi alguma que me convencesse”.

Folha