Fake se deu mal no Twitter

Qualquer Coincidência é Mera Semelhança.

Retirado do Site Olhar Digital:

Segundo o jornal The Guardian, o Twitter teve que passar por cima do anonimato de um usuário, devido a uma batalha por difamação. De acordo com o o jornal, o microblog foi forçado a entregar os dados pessoais de um vereador britânico acusado de difamar autoridades locais, por meio de diversas contas anônimas.

A ação foi levada ao Supremo Tribunal da Califórnia pelas autoridades do município de South Tyneside, na Inglaterra, que, por sua vez, ordenou ao Twitter que divulgasse o email, nome e número de telefone do autor dos comentários. Esta é a primeira vez que o microblog cedeu à pressão legal para identificar usuários anônimos.

Ahmed Khan, o vereador de South Tyneside e também morador do município, acusado de ser o autor das mensagens, recebeu um email do Twitter no início do mês, informando-o que o site havia entregue suas informações pessoais às autoridades. O vereador nega ser o autor dos posts difamatórios sobre o município e sobre outros conselheiros locais.

“Se o conselho toma esse tipo de atitude contra um de seus próprios conselheiros, simplesmente porque não gostam dele, qual é a esperança que nos resta para a liberdade de expressão e privacidade?”, disse Khan ao jornal. “Isso não só viola os meus direitos humanos, mas potencialmente viola os direitos humanos de todos que me mandaram mensagens no Twitter”, completou.

O vereador ainda disse ao jornal que não teve conhecimento de que o caso estava sendo levado ao Tribunal da Califórnia e só ficou sabendo que teria que se defender quando o próprio Twitter o avisou. “Eu tinha apenas 14 dias para me defender da causa, voar 6 mil milhas [da Inglaterra aos EUA] e contratar um advogado às minhas custas”, revelou.

O jornal entrou em contato com responsáveis pela rede social, mas não teve retorno. O microblog agora está sendo alvo de uma grande polêmica sobre privacidade e liberdade de expressão na internet.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Diogo disse:

    Parece que a moda de Vereador plantando mentiras pra barganhar uma boquinha não é só em Natal

  2. Artur disse:

    Será mesmo preciso fakes para criticar o governo da prefeita? Pensei que já tinha visto de tudo.

  3. Mariana Paiva disse:

    Fica a dica para os vereadores de Natal que contrataram pessoas para fazer fakes para atacar a Prefeita, bem como, deputadinho vermelho que contratou estudante de jornalismo da UFRN pra fazer um axército de fakes contra a governadora Rosa. MUITO CUIDADO… HAHAHAHA. VÃO SE FERRAR!

    • resposta a Mariana disse:

      Cara Mariana, o político que contratar alguém estará jogando dinheiro fora, pois não precisa, até porque não somos BURROS E CEGOS para perceber o que a onda verde e rosa vem fazendo pela cidade. Nossa manifestação é reflexo do elas fazem HAHAHA! Se houver algum político aê contratando alguém não precisa meu caro, porque temos o prazer de fazer todos os comentários verídicos, sem maquiar o q as mulheres do poder fazem, assim fazemos valer a DEMOCRACIA!! hahaha

COMENTE AQUI