Feliciano chama de “histeria coletiva” as críticas à possível indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada nos EUA

(Foto / Arquivo: Gabriela Korossy/Câmara )

Marco Feliciano escreveu para a Folha de S. Paulo um artigo em que defende a indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada brasileira nos Estados Unidos.

“Para além da histeria coletiva que toma conta do establishment brasileiro, que diariamente tenta ganhar ‘no tapetão’ o poder que perdeu nas urnas, a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro para chefiar a embaixada brasileira em Washington deve ser analisada sob o prisma da racionalidade administrativa, assim como todos os negócios de Estado”, escreve o deputado do Podemos.

“Com apenas 35 anos, e pela atual conjuntura o presuntivo herdeiro político do pai, Eduardo praticamente abre mão de seu futuro político ao se isolar a 7.000 quilômetros de Brasília, tudo para se doar ao Brasil e às ideias que acredita”, acrescentou ele.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marionete disse:

    Até ontem Feliciano era figura carimbada nas nomeações do PT.
    Maravilhoso ver como Dilmanta se morde com a indicação de Eduardo para embaixador, que coisa fantástica. Antes a ideia não me parecia interessante, mas a turma dos esquerdopatas, amantes dos corruptos estão contra, já começo a ver a indicação com outros olhos.
    Mas não vi qualquer grito de horror dos Dilmantas quando o filho de um ex presidente que era funcionário de zoológico virou, do nada, milionário sem ter recebido herança, nem tirado na sorte. Bem como seus irmãos, passaram a elite social brasileira sem ter profissão conhecida.
    Interessante ver como os olhos conseguem prever o futuro e não sabem nada sobre situações muito estranhas de passado recente

  2. Dilmanta disse:

    Heresia pura o que publica esse Pastor político Marco Feliciano,… além de babar os ovos do Bozo, ainda tem a enorme ignorância de defender um golpista que vai trocar sua carreira política temporária(pois sabemos que ele pode não se eleger mais) por um emprego fixo e permanente na diplomacia.. além de que ele estará abrindo as portas para o nepotismo escancarado. Estudar e galgar promoção no trabalho, que é bom ele não fez…

    • Cigano Lulu disse:

      "Estudar e galgar promoção no trabalho, que é bom …" sabe quem fez?
      Adivinhou quem disse Dias Toffoli!

COMENTE AQUI