Governo e Sinpol não chegam a acordo e agendam nova reunião; greve segue

Governo e o Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol) não chegaram a um acordo e as greves da Polícia Civil e dos servidores do Instituto Técnico e Científico de Polícia irá prosseguir no Rio Grande do Norte.  Em reunião de 3 horas nesta segunda-feira (26), o único ponto acertado foi uma nova tentativa de conversa, nesta quinta-feira (29), às 16h.

Segundo o Sinpol, o governo não apresentou proposta à categoria, e alegou não ter tido tempo de juntar dados técnicos para elaboração de uma proposta.

O governo foi representado pelo chefe da Casa Civil, Carlos Rosado. Também estiveram presentes na reunião vários deputados e o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta.

O Sinpol exige dentre outras coisas a convocação imediata dos delegados, escrivães e agentes aprovados em concurso, envio do estatuto do Itep para AL e a reestruturação das Delegacias.