Geral

Guarda Municipal faz operação de combate ao comércio ilegal de animais silvestres em feira de Natal

Foto: Semdes

O Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) realizou uma operação na feira livre do Parque dos Coqueiros, na Zona Norte da capital, com o objetivo de combater o comércio ilegal de aves silvestres, que está se tornando cada vez mais comum nas praças de comércio popular da cidade.

A ação foi motivada por denúncias e mobilizou duas viaturas do Grupamento Ambiental da GMN. Os guardas agiram cercando a entrada e saída da feira e todas as bancas foram vistoriadas na operação, porém não foi encontrado nenhum comerciante de animais silvestres no local. A desconfiança das guarnições é que de alguma forma os responsáveis pelo comércio ilegal foram informados da chegada das equipes e partiram em rota de fuga.

De acordo com o coordenador do Gaam/GMN, CGA Isaac Cruz, a imensa maioria dos animais silvestres resgatados em feiras livres são pássaros. Esse tipo de espécies são mais atrativos para o comércio e muitas vezes é possível resgatar aves que estão até mesmo em processo de extinção. Nesses casos, a multa por animal chega a R $5 mil.

O coordenador explicou que muitas vezes os pássaros são encontrados em situação de maus tratos. Alguns doentes ou feridos, sem alimento e água adequados, e ainda presos em pequenas gaiolas superlotadas. “Essa prática é danosa ao meio ambiente e é crime, por isso pedimos às pessoas que não comprem nem vendam animais silvestres, e se tiverem conhecimento desse tipo de crime denunciem”, solicitou.

O tráfico de animais silvestres é a terceira atividade de comércio ilegal que mais movimenta dinheiro no mundo, ficando atrás apenas do tráfico de drogas e de armas. Segundo a ONG Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, cerca de 38 milhões de animais são retirados anualmente do seu habitat, somente no Brasil. São 12 milhões de espécies distintas e estima-se que 90% desses animais cheguem a óbito logo após retirados da natureza.

O crime é previsto na Lei Federal 9.605/98 e o cidadão pode denunciar esse tipo de delito nos números 190 (Centro Integrado de Operações em Segurança Pública – Ciosp) ou 181 (Disk Denúncia – Polícia Civil).

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Coreia do Norte lança 260 balões com lixo e fezes para a Coreia do Sul

Seul (Coreia, República da), 29/05/2024.- Uma foto disponibilizada pelo Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul mostra lixo anteriormente transportado por balões, presumivelmente enviado pela Coreia do Norte, encontrado em Seul, Coreia do Sul, 29 de maio 2024. Cerca de 90 desses balões foram descobertos até agora, segundo fontes militares e policiais, acrescentando que continham lixo e outros resíduos.Foto: EFE/EPA/ROK JCS

A Coreia do Norte lançou nesta quarta-feira (29) 260 balões que caíram na Coreia do Sul. Esquadrões antibombas e especialistas em armas químicas constataram que eles carregavam lixo – incluindo fezes de animais.

Foi a resposta norte-coreana aos balões enviados pelo Sul, que transportam panfletos, dinheiro, remédios e pen drives com seriados e vídeos musicais.

Através da KCNA, a Coreia do Norte disse que os balões foram uma retaliação a uma campanha de propaganda em curso de desertores e ativistas norte-coreanos na Coreia do Sul, que enviam regularmente insufláveis ​​contendo folhetos anti-Pyongyang, alimentos, medicamentos, dinheiro e pen-drives carregados com vídeos de música K-pop e dramas além da fronteira.

Kim Yo-Jong, irmã do líder norte-coreano, Kim Jong-Un, emitiu um comunicado na mídia estatal KCNA, criticando Seul como “vergonhosa e descarada” por criticar os balões enquanto defende a liberdade de expressão de seus cidadãos.

Os balões começaram a ser vistos sobrevoando o território sul-coreano na noite de terça-feira (28). Segundo o governo da Coreia do Sul, alguns balões conseguiram chegar a uma província no sudoeste do país.

Imagens divulgadas pela imprensa da Coreia do Sul mostram balões brancos amarrados a sacos plásticos com lixo. Os militares afirmaram que encontraram resíduos como garrafas de plástico, baterias, peças de sapato e fezes.

As autoridades acreditam que o envio dos balões para a Coreia do Sul seja uma resposta a uma ação semelhante promovida por ativistas sul-coreanos e desertores da Coreia do Norte.

Com informações de g1 e UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Imposto de Renda 2024: 5,8 milhões de contribuintes ainda não entregaram declaração

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Mais de 5,8 milhões de contribuintes ainda não entregaram a declaração do Imposto de Renda 2024. O prazo termina nesta sexta-feira (31).

A Receita Federal recebeu mais de 37,1 milhões de declarações até as 7h16 desta quinta-feira (30). A meta é chegar a 43 milhões até o fim do prazo.

Quem perder o prazo fica sujeito ao pagamento de multa para regularizar a situação. Aqueles que não conseguirem entregar a declaração na data correta terão que aguardar até a reabertura do sistema da Receita, às 8h do dia 3 de junho.

O contribuinte fica sujeito ao pagamento de uma multa mínima de, no mínimo, R$ 165,74, válida para as declarações sem imposto a pagar. Para quem dever imposto, a mordida do Leão pelo atraso é maior: a multa varia entre 1% ao mês e 20% do valor devido, mais os juros proporcionais à taxa Selic vigente, atualmente em 10,75% ao ano.

O contribuinte que entregar a declaração com atraso tem 30 dias para quitar as pendências. O pagamento deve ser realizado pelo Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) gerada ao transmitir a declaração atrasada.

Nos casos daqueles com imposto a restituir, também existe a cobrança da multa. No entanto, o pagamento da dívida pode ser abatido do valor a ser reembolsado pela Receita Federal.

Pouco mais de 40% dos contribuintes utilizaram a declaração pré-preenchida. Ela economiza tempo e evita erros, segundo a Receita, e quem a usar terá prioridade para receber a restituição.

A entrega da declaração pode ser feita desde o dia 15 de março. O download do programa está disponível no site da Receita.

UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bastidores: aliados veem ‘impotência’ do governo Lula em vetos que não ocorria nem com Bolsonaro

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Líderes partidários da base governista na Câmara avaliam que na sessão de vetos desta terça-feira, 29, houve uma “sensação de impotência” do Palácio do Planalto que não ocorria nem na gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro, quando o Congresso assumiu controle total da agenda legislativa. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve uma série de derrotas no plenário – a principal delas foi a derrubada do veto à limitação da “saidinha” de presos do regime semiaberto.

Um líder que apoia o governo afirmou, sob condição de anonimato, que o Planalto deveria ter centrado todas as forças para manter o veto à saída temporária dos detentos, considerada como “questão de honra” no Planalto. Em vez disso, de acordo com o parlamentar, a articulação política tentou negociar vários vetos ao mesmo tempo, o que acabou gerando a profusão de derrotas.

Essa liderança lembrou que, apesar de a gestão anterior também não ter contado com uma base sólida no Legislativo, o então líder do governo Bolsonaro no Congresso, o senador Eduardo Gomes (PL-TO), conseguia “entrar numa sala e sair de lá com os acordos fechados”.

Para outro aliado do governo, no entanto, houve uma escolha deliberada por parte da articulação do governo de não depositar esforços nas “pautas de costumes”, como as saídas temporárias.

Segundo essa avaliação, a “visão do todo”, ou seja, das conquistas do governo desde início até aqui no Congresso, é positiva. Essas vitórias incluem as aprovações do arcabouço fiscal e das medidas arrecadatórias no ano passado.

Outro líder partidário também considerou que a derrota já estava precificada, e que a bancada governista já havia sido avisada do resultado das votações ao entrar no plenário.

Como mostrou a Coluna do Estadão, o líder do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), entrou na mira do PT, que atribuiu ao senador a culpa pela derrota na sessão de vetos. Líderes da Câmara costumam reclamar que Randolfe não os procura para negociar as pautas prioritárias de Lula.

Essa interlocução com as lideranças da Câmara tem sido feita, nas últimas semanas, mais pelo novo líder da Maioria no Congresso, o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), que tem mais trânsito político na Casa.

Além da “saidinha”, o Congresso também derrubou um veto à proibição de uso de recursos públicos para promover, por exemplo, ações contra a chamada “família tradicional” e para a realização de abortos em casos não previstos em lei, além de invasões de terras, pautas caras ao bolsonarismo, à Frente Parlamentar Evangélica e à Frente Parlamentar da Agropecuária.

Um dia após a sessão, Lula reuniu-se com Randolfe e os líderes do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), e na Câmara, José Guimarães (PT-CE), para fazer um balanço. O diagnóstico foi de que há uma ofensiva conservadora em curso no País, que encontra eco no Congresso.

Nessa conversa entre o presidente da República e os parlamentares, ficou decidido que o núcleo político do governo terá uma reunião fixa toda segunda-feira com Lula.

“Fizemos esse balanço. Deliberamos, inclusive, uma dinâmica de encontros que vamos passar a ter semanalmente. O núcleo político do governo, o ministro Padilha, além de mim, os líderes Wagner e José Guimarães, conversando com o presidente e quais ministros forem necessários ser chamados”, disse Randolfe.

Jaques Wagner já havia dito que Lula queria uma melhora na “organização” da articulação política do Palácio do Planalto com o Congresso. “Toda segunda-feira, vamos passar a ter uma reunião ordinária do núcleo político de governo com o presidente da República”, explicou Randolfe.

Assim como essas reuniões, somente neste ano ministros do governo passaram a se reunir periodicamente com a base na Câmara. O primeiro encontro ocorreu em 22 de abril, num jantar, onde vice-líderes do governo reclamaram aos ministros Alexandre Padilha (Relações Institucionais) e Rui Costa (Casa Civil) de falta de proximidade com o Planalto.

Tanto Wagner quanto Randolfe consideram, contudo, que o governo saiu vitorioso na sessão conjunta ao conseguir manter o veto ao calendário de pagamento de emendas impositivas (obrigatórias) que tornaria o Orçamento da União ainda mais engessado.

“Acabei de sair da sala dele (Lula). Ele está absolutamente tranquilo. Ele tem 78 (anos), já apanhou, já comemorou, já chorou, já riu. Então, não assusta isso”, afirmou o líder do governo no Senado.

“Todos sabemos que matéria econômica tramita de um jeito e matéria que eu vou chamar, genericamente, de costumes, tramita de outro. Qual é a base? Depende do tema”, minimizou.

Para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o governo precisa “organizar sua base da melhor forma possível” no Legislativo. De acordo com o senador, a sessão de vetos demonstrou “força considerável” da oposição, mas também não significa necessariamente um enfraquecimento do Executivo.

Estadão Conteúdo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Partidos com ministérios deram mais votos contra do que a favor do governo Lula em votações de vetos presidenciais no Congresso

Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Os senadores e deputados de partidos que têm ministérios na gestão Lula (PT) deram, em conjunto, mais votos contra do que a favor ao posicionamento do governo em 3 das 4 votações nominais ocorridas no Congresso Nacional nesta terça-feira (28).

Ao todo, 12 partidos têm representantes em ministérios.

Veja os números:

  • Derrubada do veto de Lula à lei que proíbe as saidinhas de presos: os partidos com ministério deram 173 votos contra o governo, e 123 a favor;
  • Manutenção do veto de Bolsonaro à criminalização das fake news eleitorais: 197 votos contra o governo Lula (manutenção do veto), e 125 a favor;
  • Derrubada do veto de Lula a trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que tenta restringir gastos do governo que poderiam ofender valores conservadores: 124 votos a favor e 242 contra;
  • Manutenção do veto de Lula ao trecho da LDO que impunha um calendário para pagamento de emendas parlamentares: 220 votos a favor e 79 contra, em única vitória do governo nas votações nominais.

Total por partido

Os 12 partidos que comandam ministérios somaram o seguinte placar de votos contrários ao governo nas quatro votações nominais:

  • PP: 151
  • PSD: 143
  • UNIÃO: 139
  • Republicanos: 121
  • MDB: 85
  • PDT: 27
  • PRD: 16
  • PSB:7
  • PT:2
  • PCdoB: 0
  • PSOL:0
  • Rede:0

O PP foi o partido que mais deu votos contrários na maioria das votações: 151. Já o PSOL e o PCdoB foram os únicos a dar todos os votos a favor nas quatro votações.

 

Mesmo o PT, partido de Lula, teve dois votos contrários ao governo.

Votações simbólicas

Além das três derrotas em votações nominais no Congresso, o governo federal também perdeu outras duas votações simbólicas na Câmara. Nas votações simbólicas, não são computados os votos individuais.

A Câmara aprovou um projeto que suspende trechos de decreto de Lula sobre armas e permite clubes de tiro a menos de 1 km de escolas;

Os deputados também aprovaram um projeto de lei que taxa em 20% compras de até US$ 50 em sites internacionais – Lula era contra, mas disse que aceitava negociar;

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Chuva destrói pequena ponte entre Touros e Rio do Fogo

Uma pequena ponte que liga Touros a Rio do Fogo foi destruída em razão das fortes chuvas que caíram na região.

As imagens circulam em grupos de WhatsApp acompanhadas de áudio que recomendam a busca por outro trajeto para ir de um município ao outro.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Bolsonaro pedirá a Moraes fim de restrição a conversas com Valdemar da Costa Neto

Foto: Cristiano Mariz/Agência O Globo

A defesa de Jair Bolsonaro (PL) formula uma petição para o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes para tentar derrubar a restrição de encontros entre o ex-presidente e o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Confira horários das missas de Corpus Christi em Natal e no interior do RN

Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

A Arquidiocese de Natal divulgou os horários das missas de Corpus Christi, celebração da Igreja Católica que acontece na quinta-feira (30).

Na capital potiguar e no interior do estado, há uma programação especial das igrejas para o dia.

Segundo a Arquidiciocese de Natal, em todas as paróquias haverá uma programação especial, que envolverá missa, procissão, adoração e bênção do Santíssimo Sacramento.

A data de Corpus Christi representa o único dia do ano em que o Santíssimo Sacramento sai às ruas em procissão.

Nesse dia, grupos de fiéis também se reúnem para ornamentar pisos das igrejas ou trechos de ruas com os tradicionais tapetes artesanais, por onde o cortejo do Santíssimo Sacramento passará.

Catedral: missas e procissão

Na Catedral Metropolitana de Natal, haverá missa, às 8h, seguida de adoração ao Santíssimo Sacramento, até à tarde. Às 16h, será celebrada a missa solene, presidida pelo arcebispo Dom João Santos Cardoso.

Após a celebração, os fiéis sairão em procissão com o Santíssimo Sacramento fazendo o seguinte roteiro: Av. Deodoro da Fonseca, Praça Pedro Velho (Rua Potengi), Av. Prudente de Morais, Rua Apodi e Av. Deodoro da Fonseca.

No percurso serão realizadas três paradas para bênção do Santíssimo Sacramento: em frente ao Hospital Infantil Varela Santiago, Praça Cívica e a última na Catedral Metropolitana.

Veja os horários da missas em Natal e no interior:

Natal

  • Catedral Metropolitana – 8h e 16h
  • Cristo Rei (Conjunto Pirangi) – 7h e 19h30
  • Jesus Bom Pastor (Bom Pastor) – 7h30 e 16h
  • Nossa Senhora Aparecida (Neópolis) – 7h
  • Nossa Senhora da Apresentação (Cidade Alta) – 7h e 16h30
  • Nossa Senhora da Assunção (Guarapes) – 16h
  • Nossa Senhora da Candelária (Candelária) – 8h
  • Nossa Senhora da Conceição (Mãe Luiza) – 17h
  • Nossa Senhora de Fátima (Parque das Dunas) – 16h30
  • Nossa Senhora de Lourdes (Petrópolis) – 9h
  • Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Quintas) – 16h
  • Nossa Senhora dos Impossíveis (Cidade Satélite) – 17h
  • Nossa Senhora dos Navegantes (Redinha) – 8h
  • Sagrado Coração de Jesus (Morro Branco) – 7h e 17h
  • Santa Luzia (Boa Esperança – Capela Sta Maria Madalena) – 7h
  • Santa Rita de Cássia dos Impossíveis (Ponta Negra) – 8h e 16h
  • Santana (Soledade 2) – 17h
  • Santo Afonso Maria de Ligório (Conj. Mirassol) – 17h
  • Santo Antônio de Pádua (Parque dos Coqueiros) – 17h
  • São Camilo de Léllis (Lagoa Nova) – 16h
  • São Francisco de Assis (Cidade Satélite) – 17h30
  • São João Bosco (Gramoré – capela de São Felipe) – 17h30
  • São José (Cidade Nova) – 17h
  • São Pedro Apóstolo (Alecrim) – 17h
  • São Tiago Menor (Conj. Santarém) – 17h
  • São Tomé Apóstolo (Conj. Cidade do Sol) – 17h

 

Região Metropolitana

 

  • Nossa Senhora da Conceição (Nova Parnamirim) – 16h
  • Nossa Senhora de Fátima (Parnamirim) – 7h e 18h
  • Nossa Senhora do Carmo (Parque das Nações) – 18h
  • Nossa Senhora Virgem dos Pobres (Emaús) – 17h
  • Santo André de Soveral (Jardim Aeroporto) – 16h
  • Santo Antônio (São Gonçalo do Amarante) – 17h30
  • São João Batista (Vila de Ponta Negra) – 7h e 16h
  • São Lucas (Conj. Amarante – São Gonçalo do Amarante) – 16h
  • São Mateus Moreira (Cidade Verde) – 16h
  • São Miguel Arcanjo (Extremoz) – 16h

Interior

  • Área Pastoral da Virgem e Mártir Santa Luzia (Touros) – 16h
  • Área Pastoral Nossa Senhora das Dores (Ceará-Mirim) – 6h30 e 17h30
  • Área Pastoral Nossa Senhora de Fátima (Ceará-Mirim) – 19h
  • Bom Jesus dos Navegantes (Touros) – 17h30
  • Divino Espírito Santo (Vera Cruz) – 17h
  • Imaculada Conceição (Lagoa Salgada) – 17h
  • Imaculada Conceição (Nova Cruz) – 18h30
  • Nossa Senhora da Conceição (Canguaretama) – 16h
  • Nossa Senhora da Conceição (Guamaré) – 19h30
  • Nossa Senhora da Conceição (Lajes) – 17h30
  • Nossa Senhora da Conceição (Maxaranguape) – 15h
  • Nossa Senhora da Conceição (Santa Maria) – 19h
  • Nossa Senhora da Conceição (Santo Antônio) – 17h
  • Nossa Senhora da Conceição (São Rafael) – 17h
  • Nossa Senhora da Conceição (São Tomé) – 16h
  • Nossa Senhora da Penha (Monte Alegre) – 16h
  • Nossa Senhora da Piedade (Espírito Santo) – 16h
  • Nossa Senhora das Graças (Afonso Bezerra) – 16h
  • Nossa Senhora de Fátima (Passa e Fica) – 19h
  • Nossa Senhora do Livramento (Taipu) – 17h
  • Nossa Senhora do Ó (Nísia Floresta) – 17h
  • Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Barcelona) – 16h
  • Nossa Senhora do Rosário (Alto do Rodrigues) – 17h
  • Nossa Senhora dos Navegantes (Rio do Fogo) – 16h
  • Nossa Senhora dos Prazeres (Goianinha) – 16h
  • Nossa Senhora Mãe dos Homens (João Câmara) – 17h
  • Sagrado Coração de Jesus (Bom Jesus) – 18h30
  • Santa Rita de Cássia (Santa Cruz) – 16h
  • Santa Teresinha (Lagoa D’Anta) – 17h
  • Santa Teresinha (Tangará) – 6h e 16h
  • Santana e São Joaquim (São José de Mipibu) – 17h
  • Santo Antônio de Lisboa (Tibau do Sul) – 19h30
  • São João Batista (Arez) – 16h30
  • São João Batista (Montanhas) – 16h
  • São João Batista (Pendências) – 18h
  • São José (São José de Campestre) – 16h
  • São José Operário (Jandaíra) – 19h30
  • São Paulo Apóstolo (São Paulo do Potengi) – 17h30
  • São Paulo Apóstolo (Pedro Avelino) – 16h
  • São Pedro Pescador (Baía Formosa) – 16h
  • São Vicente Férrer (Itajá) – 17h
  • Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes (Galinhos) – 10h
  • Igreja de Santo Antônio (Serrinha) – 17h
  • Nossa Senhora de Fátima (Jaçanã) – 9h
  • Sagrado Coração de Jesus (Poço Branco) – 8h30
  • Santuário de Santa Rita de Cássia (Santa Cruz) – 10h

g1-RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisa

Haddad é mais bem avaliado que Lula dentre eleitores de Bolsonaro

Foto: Sérgio Lima/Poder360

Pesquisa PoderData mostra que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, tem conseguido, diferentemente do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), furar a bolha do grupo que elegeu o petista em 2022 e se viabilizar como possível sucessor de Lula ao Planalto nas eleições de 2026.

Apesar da queda em sua avaliação positiva, registrada pelo levantamento, quando são analisados os resultados de sua avaliação no eleitorado que declara ter votado no ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no 2º turno das eleições de 2022, há uma forte discrepância na avaliação desses eleitores.

Nesse grupo de eleitores bolsonaristas, 25% consideram o trabalho de Haddad como “ótimo” ou “bom”. Já o atual chefe do Executivo só é bem avaliado por 9% desse grupo. O levantamento foi realizado de 25 a 27 de maio de 2024.

O descontentamento do grupo com Haddad é bem menor do que em relação a Lula. Enquanto 28% dos bolsonaristas consideram o trabalho do ministro “ruim” ou “péssimo”, a avaliação negativa ao presidente salta para 76%.

alt

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 25 a 27 de maio de 2024, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram realizadas 2.500 entrevistas em 211 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%.

Poder360

Opinião dos leitores

  1. Quem quizer se enganado fique a vontade.
    Esse aí, foi o pior prefeito de São Paulo.
    Todo petista desse naipe é canalha
    Tô fora.
    Sou de direita e ponto final.
    Se aparecer um canalha na dieita candidato a presidencia, não voto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Feriado: Rodoviária de Natal espera movimento de 10 mil passageiros

Foto: Adriano Abreu

Para o feriado desta quinta-feira, 30, em alusão ao dia de Corpus Christi, a administração do terminal rodoviário de Natal, estima que o movimento de viajantes aumente em até 15%. Isso representa um movimento de até 10 mil embarques entre essa quinta e a segunda-feira. Na tarde desta quarta-feira, o movimento ainda era considerado normal.

A data, assim como o Carnaval e a Páscoa, não tem um dia fixo para acontecer. É celebrada pelos católicos 60 dias depois do feriado de Páscoa. Contudo, não se trata de um feriado nacional. Em Natal, é feriado municipal, mas para o governo do Estado do RN é decretado como ponto facultativo, assim como na maioria das cidades que param nesta data. Na sexta-feira (31), tanto em Natal, quanto na administração estadual, será ponto facultativo.

Para trabalhadores do setor público e outros que conseguiram se programar, será possível transformar a data em feriadão, englobando a sexta-feira, o sábado e o domingo. “A movimentação no terminal Rodoviário de Natal ainda é considerada normal, mas estamos com uma expectativa de aumento de público a partir desta quinta-feira.

Estimamos embarcar aproximadamente 10 mil passageiros neste período. Isso equivale a um aumento de 15% comparado ao feriado de Corpus Christi de 2023”, explicou a diretora do terminal, Sabrina Dellaqua.

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sexo, drogas e jogos: usuários alegam que Ozempic os tornou impulsivos

Foto: Getty Images

Após uma coleção de efeitos colaterais estranhos do Ozempic ter aparecido, inclusive com a criação do meme “cabeça de Ozempic”, o uso da medicação ganhou mais um possível evento adverso bizarro.

Usuários do remédio na Inglaterra dizem ter se tornado mais impulsivos depois de começar a aplicá-lo. Em alguns casos, eles culpam o Ozempic pelo “desejo intenso” de participar de aventuras sexuais ou de praticar jogos de azar.

O comportamento imprudente supostamente motivado pelo medicamento foi associado até à vontade de pedir divórcio.

Um artigo publicado em 22 de maio no Quarterly Journal of Medicine e escrito pelo professor de medicina molecular Raymond Playford, da Universidade de West London, na Inglaterra, registrou os casos e associou o uso do remédio ao impacto na personalidade.

O professor sugere que o uso de remédios como o Ozempic (que replicam a ação do hormônio GLP-1 no organismo) pode resultar em alterações cognitivas na tomada de decisões dos usuários.

Embora a pesquisa tenha sido apenas observacional, ou seja, feita a partir do relato dos participantes aos médicos, a explicação encontrada por Playford é que o remédio pode levar a um aumento de dopamina no cérebro, o hormônio da felicidade.

“As alterações metabólicas resultantes do déficit calórico e da rápida perda de peso combinadas com os efeitos diretos da droga na função cerebral podem estar gerando impactos na tomada de decisões e aumento do risco de distúrbios do controle dos impulsos”, sugere o texto.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *