FOTOS: Prefeitura de Parnamirim inicia fiscalização para verificar cumprimento de normas em combate ao COVID-19

Fotos: Ney Douglas

Com o intuito de cumprir as novas determinações de segurança estabelecidas pelos órgãos de saúde, com relação à propagação do novo coronavírus, a Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (SESDEM), realizou na manhã desta quinta-feira (21) uma blitz fiscalizatória em todos os ônibus que circularam pela BR 101. A ação contou com a parceria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (CPRE).

O município vem tomando todas as medidas necessárias, não só para atender aos casos suspeitos e confirmados mas, principalmente, para prevenir o contágio do vírus e, por isso, está investindo fortemente nas ações de prevenção. Segundo o coordenador de transportes da SESDEM, Herbert dos Santos, a iniciativa de hoje surgiu em virtude da necessidade de cumprimento do Decreto nº 6.236 de 29 de abril de 2020, que estabelece o uso obrigatório de máscara. Os agentes também estarão atentos com relação à nova capacidade permitida, ou seja, o número ideal de passageiros, para evitar aglomeração, com base no decreto Estadual.

De acordo com ele, a Prefeitura não está medindo esforços para orientar a população com medidas como a ação de hoje, que é predominantemente educativa. “É preciso conscientizar. Não estamos aqui para punir. Nosso esforço é para minimizar e conter o dano causado pelo vírus”, afirmou.

A ação, que teve início às 7h, foi concentrada no Km 103, em frente ao posto Dudu, e funcionará ao longo de toda a manhã. Foram inspecionados todos os interbairros (linhas 1,2,3,4 e 5) e intermunicipal, uma média de quatro ônibus a cada 10 minutos. Estavam presentes a Guarda Municipal, agentes e fiscais de trânsito, Defesa Civil e a brigada pré militar, prestando serviço voluntário.

O representante da Polícia Rodoviária Federal no local, Olinto Neto, informou que o cenário é preocupante, mas o saldo é positivo. “As pessoas estão mais atentas. Estão fazendo o uso da máscara, higienização e mantendo o afastamento. Até o momento, somente um ônibus passou com excesso de passageiro e foi advertido”, disse.

De acordo com Olinto, mesmo com a situação do vírus, que é prioridade, os agentes não podem fechar os olhos para as normas de trânsito, também fundamentais para a segurança da população. “Estamos aproveitando o momento para verificar a documentação e o estado de conservação do veículo, bem como a situação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O policial salientou que condutores com a CNH vencida a partir de 19 de fevereiro não serão penalizados, em virtude da deliberação nº 185 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que prorrogou o prazo da renovação como consequência da pandemia.

Francisco Sales, motorista há dez anos, vê a iniciativa como muito importante. “Não me importo em parar na blitz. Eu preciso trabalhar, mas quero trabalhar com segurança. Não quero correr risco e precisamos de orientação”, afirmou o condutor da linha 1.

Questionado sobre um possível transtorno com relação ao horário, o passageiro João Batista, que trabalha em Emaús, disse que a ação é necessária. “Muita gente está achando que é brincadeira. Mas não é. É real. Tem que fiscalizar mesmo”, disse ele.

Vale ressaltar que os diversos agentes conduziram os trabalhos com agilidade para evitar engarrafamento. Foram distribuídas máscaras no local e repassados todos os cuidados corretos na higienização das mãos e do veículo.

Governo Federal libera R$ 15 bilhões para combate à pandemia de coronavírus

Hospital de campanha no Maracanã: reforço contra o coronavírus Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo

O governo federal liberou, por meio de duas Medidas Provisórias (MPs), R$ 15 bilhões para ações de combate ao novo coronavírus do Ministério da Saúde. Parte dessa verba deve ser usada para atender indicações de deputados do centrão, segundo fontes do governo.

Uma MP foi publicada ontem, na terça-feira, e outra nesta quarta-feira, 20 de maio. Duas outras medidas provisórias, em março e abril, já haviam liberado R$ 14,3 bilhões de incremento ao orçamento da saúde destinados exclusivamente para o combate à doença.

Estados e municípios aguardam também a sanção do projeto de lei de socorro financeiro, aprovado no Congresso no início de maio, que prevê a destinação de R$ 60 bilhões. O governo federal tem negociado com estados condições para liberar o auxílio.

Nas últimas semanas, o governo pediu a deputados aliados indicações de quais municípios deverão receber parte da verba emergencial do combate ao coronavírus do Ministério da Saúde. Deputados de diversas legendas ouvidos pelo GLOBO relatam ter indicado cidades para receber cerca de R$ 10 milhões.

O Globo

PF combate célula de facção criminosa paulista no RN; atuação na execução de homicídios, tráfico de drogas, roubos, tráfico e comércio clandestino de arma de fogo e até planejamento de ataques a servidores federais

Fotos: Divulgação/PF

A Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado, coordenada pela Polícia Federal e composta por Policiais Federais, Policiais Civis, Policiais Militares e Agente Penitenciários Federais, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), e em ação consorciada com os Grupos Táticos Operacionais de Pau dos Ferros, Patu e Alexandria, com o 5º Batalhão de Polícia Militar de João Pessoa/PB, e com a Delegacia da Polícia Civil de Pau dos Ferros, deflagrou nesta quinta-feira, 14/5, a Operação Flare, com o objetivo de desarticular célula de liderança de facção criminosa paulista no Rio Grande do Norte.

Mais de 50 policiais cumprem 4 mandados de prisão preventiva e 9 mandados de busca e apreensão nas cidades de Natal/RN, Pau dos Ferros/RN e João Pessoa/PB no começo dessa manhã. Os mandados judiciais foram expedidos pela 8ª Vara Federal em Mossoró/RN.

As investigações revelaram que tais indivíduos, além de possuírem estreito envolvimento em ações criminosas, sobretudo aquelas cometidas com a utilização de armas de fogo, planejavam ataques a servidores públicos federais no Estado, sendo apurado, também, que os investigados aprovaram a execução de diversos homicídios no Rio Grande do Norte, alguns com requinte de crueldade, além de terem atuado fortemente no tráfico de drogas, roubos, tráfico e comércio clandestino de arma de fogo, sempre buscando a expansão territorial das áreas de dominância da facção em diversas localidades do RN.

Todos os presos possuem antecedentes criminais, alguns deles, inclusive, se encontravam foragidos da Justiça, enquanto um outro era monitorado por tornozeleira eletrônica.

Cabe registrar que, no ano de 2019, a mesma cooperativa criminosa intencionou promover ataques dentro do sistema prisional potiguar, incentivando a violência contra integrantes de facções rivais e estimulando o confronto com forças policiais do Rio Grande do Norte, fato objeto de investigação da Operação Extração, deflagrada em setembro daquele ano, pela Força-Tarefa coordenada pela PF.

Em virtude dessa articulação, cinco membros da cúpula da organização criminosa foram transferidos para o Sistema Penal Federal em março de 2020.

Apesar das restrições impostas pela pandemia, a Polícia Federal e as demais forças policiais seguem atuando em sintonia contra o crime organizado no Estado do Rio Grande do Norte.

Prefeitura de Ceará-Mirim inicia campanha educativa em combate ao COVID-19 e se destaca pelo baixo número de casos

Foto: Divulgação

Com o objetivo de intensificar ainda mais e dar continuidade às ações de enfrentamento ao novo Coronavírus (COVID-19), a Prefeitura Municipal de Ceará-Mirim iniciou, nesta quarta-feira (13), a campanha “Ceará-Mirim unida contra o Coronavírus”. O município é destaque na Grande Natal pelo menor número de casos confirmados ao citar cidades como: Natal (908), Parnamirim (175), São Gonçalo (69), Extremoz (33), Macaíba (30), São José (27), contra 14 casos em Ceará-Mirim, dados no dia do lançamento da ação educativa.

Aliada a todas as medidas já adotadas como a instalação de pias, em diversos lugares públicos, para que a população tenha acesso à higienização adequada, desinfecção das ruas e locais com maior circulação de pessoas, entrega de máscaras e aplicação de álcool, serão iniciadas blitz de conscientização em diversos pontos estratégicos da cidade.

Além disso, a partir desta semana a Prefeitura inicia uma série de lives em seus canais oficiais de comunicação, com o objetivo de interagir e informar a população. Serão realizadas lives com temáticas da educação, saúde, recreação, infanto juvenil, alimentação saudável, condicionamento físico, entre outras.

Ainda será disponibilizado um especialista da área da saúde para prestar atendimento online, voltado exclusivamente para dúvidas e orientações em relação a COVID-19.

“Todos os dias estamos desenvolvendo estratégias para auxiliar no enfrentamento do Coronavírus. Essa campanha é mais uma ação de conscientização. Acreditamos que quanto mais informada a população estiver, mais eficaz será a prevenção. Além disso, as lives e o atendimento de saúde online serão uma forma de interagir com os cearamirinenses e manter alguns serviços em funcionamento, ainda que de forma virtual. A cidade é a menor com número de casos confirmados da Grande Natal”, comenta o prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bosco disse:

    São medidas necessárias e positivas!

Governador do Piauí anuncia ‘lei seca’, proibição da venda de bebida alcoólica, e medidas mais rígidas de combate à Covid-19

Wellington Dias — Foto: TV Clube

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), anunciou no começo da tarde desta quarta-feira (13), em entrevista à TV Clube, novas medidas, mais rígidas, de combate ao coronavírus.

Entre elas, a ‘lei seca’ a partir desta sexta-feira (15), às 0h, proibindo a venda de bebidas alcoólicas em todo o estado. A comercialização fica restrita até o domingo (17).

Além da ‘lei seca’, Wellington Dias citou outras medidas mais rígidas que começam a valer a partir de sexta-feira, dia 15 de maio, e valem até o domingo, dia 17. São elas:

Suspensão do transporte intermunicipal

Novos horários de funcionamento para postos de combustível (ainda não anunciado)

Serviços de borracharias com regras de higiene e funcionamento

Bancos e lotéricas fechados

Obras de construção civil, exceto emergenciais, paradas

Barreiras nas divisas com regra de quarentena. Quem vier de outro estado ao Piauí, terá que ficar em isolamento, acompanhando por órgãos de saúde, e fazer testes de Covid-19.

Wellington explicou que o Piauí não terá, “nesse instante”, o lockdown, o bloqueio total de circulação de pessoas, uma medida mais rígida que o isolamento social. “Queremos uma oportunidade para uma alternativa intermediária, antes de uma medida como essa, do para tudo. Estamos dialogando com os prefeitos”, explicou Dias.

As novas medidas anunciadas nesta quarta, segundo o governador, devem frear o crescimento de Covid-19 no estado. São mais de 1.600 casos confirmados, com uma estimativa de 17 mil infectados, segundo uma pesquisa por amostragem, e 57 mortes.

“O objetivo é que estamos um crescimento do coronavírus, tivemos um isolamento que caiu 10 pontos (percentuais), são 180 mil pessoas a mais transitando. Queremos reduzir, ter menos 200 mil pessoas transitando, e elevar o Piauí para mais de 50% de isolamento social”, comentou Wellington, ao detalhar as novas medidas.

“Isso para ter menos propagação do coronavírus, menos pessoas adoecendo que demandam os hospitais. Chegamos nessa semana a 47% da nossa capacidade ocupada de UTI, acendeu a luz amarela. Não queremos entrar em colapso”, continuou.

Lei seca

Wellington explicou que a venda de bebida no Piauí deve reduzir a quantidade de acidentes, que têm lotado as UTIs dos hospitais. “Bares que vendem (bebida alcoólica), pessoas que se aglomeram, que estavam transitando bêbadas, entupindo as UTIs de saúde. Nesse caso, será tratado como crime. Isso nós vamos coibir”, argumentou o governador, sobre os motivos de decretar a lei seca no período.

Transporte intermunicipal suspenso

Além disso, Wellington também anunciou a suspensão do transporte intermunicipal. O transporte intermunicipal também está proibido a partir de sexta, dia 15 de maio.

“Sexta, sábado e domingo não haverá ônibus saindo de qualquer lugar do Piauí de uma cidade para outra, vamos fazer essa interdição. Somente as ambulâncias, transportes de abastecimento de carga serão permitidos”, explicou Wellington Dias.

Serviços essenciais

Wellington afirmou que na sexta, sábado e domingo haverá uma restrição dos serviços essenciais. “Farmácias, panificadores, supermercados funcionam. Postos de gasolina nós vamos restringir os horários. Borracharias vamos fazer regramento quanto à higienização. Outros serviços param: bancos, loterias e áreas da construção civil, exceto obras emergenciais”, disse.

Há também um estudo sobre a possibilidade de rodízio em algumas cidades de acordo com a placa do veículo. Na terça, quinta e sábado, apenas placas com o final ímpar. Na segunda, quarta e sexta, apenas placas com o final par podem circular.

Decretos determinam distanciamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Escolas, universidades e a maior parte do comércio, assim como serviços públicos, suspenderam as atividades. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

Com G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luca disse:

    Absurdo. O Governador do Piaui agora vai legislar sobre matéria penal, usurpando matéria reservada a União? E ainda, como a quantidade de acidentes está aumentando com o isolamento social de quase 50%? As justificativas para o decreto são pífias. O judiciário precisa ser provocado para assegurar o exercício das liberdades individuais. Caso contrário, não demora para que seja regulado até o que se vai comer e beber.

  2. Antonio Turci disse:

    Senhor Francisco, é isto mesmo que a esquerda quer: restringir a liberdade dos cidadãos,inclusive a liberdade de pensar. Estes "princípios" estão bem claros nos "ensinamentos" de Marx, Lênin, Stalin, Gramsci et caterva.

  3. Paulo Roberto disse:

    Francisco, deixamos de ser uma Federação, acho que somos mesmo uma esculhambação.

  4. Chico disse:

    Vcs não terão mais direitos, só permissões.
    Prometeram que iam botar só Têca, vão acordar com Nenhuma.

  5. Francisco Alves disse:

    A Constituição Federal foi para o esgoto. Não tarda vão tentar proibir o cidadão de pensar.

    • Chico disse:

      O argumento do "eu queria que fossse com alguém da sua família" serve para: a) censurar; b) prender; c) tirar o seu ganha-pão; d) tirar os bens que vc adquiriu; e) lhe privar de tomar decisões de caráter familiar. Tudo o que os autoritários querem (sim, e de quebra, tirar uma boa grana de isso tudo).

Prefeitura de Parnamirim reforça importância do isolamento social para combate ao novo Coronavírus

A Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesad) reforçou nesta segunda-feira (11), que a população continue seguindo as medidas de isolamento social. As medidas, determinadas através de decreto publicado no Diário Oficial do Município (DOM), são extremamente necessárias para evitar a disseminação do novo Coronavírus, causador da Covid-19.

De acordo com Thulianne Lopes, Coordenadora do setor de Vigilância em Saúde da Sesad, o reforço se faz necessário, principalmente, para aquelas pessoas que testaram positivo para o vírus, aquelas com casos em investigação e as que tiveram contato com esses dois grupos.

“Estamos percebendo que as pessoas estão relaxando quando às medidas de contenção do vírus. É importante frisar que o isolamento social continua sendo uma das principais medidas para evitar a propagação da doença”, disse.

A coordenadora destaca ainda que a prefeitura tem adotado várias medidas de combate ao novo vírus. A mais recente foi a determinação para o uso obrigatório de máscaras pela população. Além disso, a Prefeitura também realiza a fiscalização do cumprimento das medidas.

“Agentes da Guarda Municipal com apoio da Polícia Militar estão nas ruas para orientar a população para evitarem qualquer tipo de aglomeração e em casos necessários manter a distância mínima de um metro entre as pessoas”, acrescentou.

Como forma de potencializar essa fiscalização a Prefeitura conta ainda com um canal de denúncias que podem ser feitas através do telefone 3272-1124.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dilermando disse:

    Tem que fazer uma ação conscientizadora na Petra Kelly. É só dar uma passada lá após as 16h que a prefeitura vai ver o mundo de gente caminhando tudo junto na rua… Dificulta até a passagem de veículos… Por isso que Nova Parnamirim concentra a maioria dos casos de COVID em Parnamirim. Lamentável…

Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas no combate ao desmatamento

Foto: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro autorizou a atuação das Forças Armadas, em operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), no combate ao desmatamento ilegal e a focos de incêndio na Amazônia Legal. O decreto foi publicado nesta quinta-feira (7) no Diário Oficial da União.

Os militares atuarão no período de 11 de maio a 10 de junho em ações preventivas e repressivas na faixa de fronteira, terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos estados da região. As ações ocorrerão de forma articulada com os órgãos de segurança pública e as instituições públicas de proteção ambiental.

A atuação poderá ainda ser estendida a outras áreas a pedido dos governadores. A Amazônia Legal engloba os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão.

Realizadas exclusivamente por ordem expressa da Presidência da República, as missões de GLO das Forças Armadas ocorrem por tempo limitado nos casos em que há o esgotamento das forças tradicionais de segurança pública.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número de alertas de desmatamento na Amazônia Legal foi maior nos primeiros meses de 2020, em relação ao ano passado. Em março, por exemplo, as áreas em alerta saíram de 251,42 km² em 2019 para 326,49 km² no mesmo mês deste ano.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nono Correia disse:

    Deve ser para ajudar os desmatadores.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    Era pra autorizar as FAs no combate à corrupção.

Toffoli, sobre combate à pandemia: “O país conseguiu conduzir muito bem essa situação”

Foto: Reprodução/Facebook

Dias Toffoli disse a Jair Bolsonaro, Paulo Guedes e aos empresários que também entende que o Brasil precisa começar a discutir um plano para a retomada da atividade econômica.

“A semana que vem completamos dois meses [de crise]. O país conseguiu conduzir muito bem essa situação”, afirmou o presidente do STF. “Apesar daquilo que aparece na imprensa, a verdade é que as instituições funcionaram, os ministérios funcionaram, o SUS funcionou.”

Ele disse ainda:

“O que os senhores trazem aqui é a necessidade de termos um planejamento. Eu já disse publicamente isso e já conversei com o presidente. Um planejamento que seja organizado na volta da economia e do crescimento.”

Toffoli falou na possibilidade de criação de um “comitê de crise envolvendo a federação, os Poderes, junto com o empresariado, os trabalhadores”. “Pensar nessa necessidade que temos de traduzir em realidade esse anseio de trabalhar, produzir e manter empregos”, disse.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cidadão pagador de impostos disse:

    E milhares de brasileiros morrendo…

Isolamento social e medidas de higiene: Caern orienta combate à Covid 19 com uso racional da água

Foto: Caern/Assecom

O isolamento social e as medidas de higiene são fundamentais para a redução da curva de contágio da Covid 19. Neste momento, todas as famílias travam a batalha da limpeza para eliminar o inimigo invisível. A equipe da Gerência de Qualidade do Produto em Meio Ambiente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) orienta sobre como manter a higiene sem desperdiçar água.

Com a informação certa, as famílias se protegem e evitam o uso descontrolado da água. É uma tendência mundial que o consumo de água aumente durante a pandemia, pois as ações de limpeza são intensificadas. Daí a importância de adotar posturas corretas quanto ao uso da água.

De acordo com o gerente de Qualidade do Produto e Meio Ambiente, Francisco Canindé de Morais Filho, a água é fundamental para eliminarmos o vírus e por isso devemos pensar nela como nossa principal aliada. “Durante a realização de tarefas, devemos fazer o planejamento das ações e não usar a água de forma desordenada”, ressalta.

Francisco Canindé, que é engenheiro químico, coordena as equipes que realizam testes laboratoriais em todo o Estado para atestar a qualidade da água e realizam trabalho de educação ambiental. Uma das integrantes da equipe é a socióloga Marília Adelino, que relata que a Organização Mundial de Saúde já enfatizou a importância e a centralidade da lavagem frequente das mãos com água e sabão como sendo a principal medida de proteção contra a doença Covid-19.

“Mais uma vez, a água vem nos provar a sua importância e sua centralidade para a manutenção da vida no planeta, e por isso, precisamos usá-la de forma consciente, evitando desperdícios”, acrescenta Marília. Abaixo orientações para que possamos contribuir para a economia de água, preservando a nossa saúde. Assim como água e sabão são grandes aliados na lavagem da mão e do corpo, a água sanitária é aliada na limpeza de superfícies. Fique atento ao rótulo da água sanitária, pois ela deve ter a concentração de cloro ativo de 2% a 2,5%. Lembre-se também da importância da diluição do produto como medida protetiva contra as alergias. Na rua ou quando não puder lavar as mãos, use álcool gel 70.

Orientações

• Na lavagem das mãos: mantenha a torneira fechada enquanto ensaboa as mãos. Esse processo de lavagem das mãos deve durar, em média, 20 segundos para garantir a eficiência da limpeza. Por isso a importância de fechar a torneira e evitar o desperdício de água;

• Na limpeza das pias, torneiras, maçanetas, chaves, interruptores, superfícies em geral: utilize uma solução antisséptica caseira composta por 25 ml de água sanitária diluída em um litro de água. Basta colocar em um recipiente com tampa ou borrifador e aplicar nas superfícies com um auxílio de um pano macio;

• Na limpeza das embalagens dos produtos comprados em supermercados: as embalagens podem ser lavadas com água e sabão ou pode ser utilizada a mesma solução citada anteriormente. Com o auxílio de um borrifador lance a solução das embalagens e após 20 segundos remova o produto com um pano macio;

• Na desinfecção de frutas e verduras: Antes de armazená-las na sua casa, lave as verduras com um sabão/detergente líquido neutro, enxugando-as e secando-as bem. Antes de consumir esses alimentos pode ser utilizada uma solução de sanitização composta por uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água.

• A higiene e desinfecção de frutas e verduras pode ser feita colocando-as em um recipiente com essa solução durante.10 minutos. Dessa forma, os alimentos estarão prontos para consumo, sem a necessidade do uso de água para a lavagem individual, a cada vez que forem consumidos;

• Na lavagem das roupas: ao chegar em casa, coloque as roupas usadas dentro de sacos plásticos e acondicione em cestos com tampa. Não misture as suas roupas utilizadas na rua com as dos outros membros da sua família. Realize a lavagem quando tiver uma quantidade suficiente para preencher a máquina. Isso ajudará a reduzir o consumo, sem comprometer a saúde da família. A lavagem individual de cada peça de roupa requer uma quantidade muito maior de água, elevando o consumo;

• Na limpeza de solas de sapato, pisos e áreas abertas: Uma solução composta por 50 ml de água sanitária diluída em um litro de água potável é suficiente para realizar a assepsia das solas dos calçados utilizados na rua, bem como para a desinfeção de áreas abertas.

Covid: MPF quer fiscalização de carreatas no RN para evitar aglomerações ou prejuízos no combate à pandemia

O Ministério Público Federal (MPF) emitiu uma recomendação à Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Norte, à Polícia Militar e à Secretaria de Trânsito de Natal para que fiscalizem e impeçam a realização de quaisquer carreatas que venham a resultar em aglomerações ou prejudicar o combate à pandemia do novo coronavírus, na capital e interior do estado. Indivíduos e organizações vêm convocando a população – através das redes sociais – para participar de manifestações coletivas contra as medidas de isolamento social, em diversos municípios potiguares.

A orientação é que os policiais observem principalmente a possível ocorrência de crimes como o de “causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos” (artigo 267 do Código Penal, pena de 10 a 15 anos de reclusão); infração de medida sanitária preventiva (art. 268, um mês a um ano de detenção e multa); ou desobediência (art. 330, detenção de quinze dias a seis meses e multa). Sem contar as infrações ao artigo 253-A do Código de Trânsito Brasileiro (usar qualquer veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização do órgão ou entidade de trânsito).

A recomendação, assinada pelo procurador da República Fernando Rocha, abrange todas as ruas e estradas do território potiguar e enfatiza que evitar as aglomerações é uma das medidas mais relevantes apontadas pelas organizações de saúde nacionais e internacionais, diante da doença que já resultou na morte de mais de 140 mil pessoas em todo o planeta, sendo aproximadamente 2 mil no Brasil.

O documento destaca que o isolamento social tem sido a principal ferramenta na busca por retardar a velocidade de propagação da covid-19, preservando ao máximo o sistema público de saúde, que já se encontra saturado em diversos países e em alguns estados brasileiros. O MPF alerta sobre o risco de que, “neste momento, uma contaminação simultânea de grande parte da população do RN pela covid-19 leve a um colapso do sistema de saúde, tanto público como suplementar, em face da virtual insuficiência de profissionais, de equipamentos, de insumos e de medicamentos”.

Manifestações semelhantes já foram promovidas em cidades como Brasília, Curitiba e Ribeirão Preto, dentre outras, “gerando aglomerações e contatos físicos entre os manifestantes, acirrando conflitos e gerando reações violentas, potencializando, assim, os riscos à ordem social, à segurança e à saúde pública”, adverte o procurador.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silvio. disse:

    O MP Ta errado!!

  2. JR Laranjeiras disse:

    O MPF tá certíssimo, que coisa louca esse povo pedindo para abrir comércio e voltar a ter uma vida normal em meio a uma Pandemia, coisa de gente louca mesmo. Em Mossoró o médico que falava abertamente sobre a volta das pessoas as ruas, infelizmente não vai mais poder voltar para seus entes queridos, ele faleceu em decorrência do covid-19, uma pena, mas a verdade é essa minha gente, vamos ter cuidado, pois o vírus não quer saber de nada, quer mesmo é se instalar no nosso organismo e matar nossas células.

  3. Manoel disse:

    Isso mesmo! Tá certo: prende quem quer trabalhar e solta os vagabundos que estão presos!!! 👏👏👏👏

  4. Cabo Silva disse:

    Cadeia neles!

Estado divulga resultado de processo seletivo e convoca 888 profissionais da saúde em combate ao coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou na edição desta quinta-feira, 16, do Diário Oficial do Estado (DOE), o resultado da análise curricular referente ao processo seletivo simplificado para reforçar o sistema de saúde pública do Rio Grande do Norte durante o período de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com a Coordenadoria de Recursos Humanos da Sesap, inscreveram-se no processo 3.540 profissionais, dentre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, biomédicos, técnicos de enfermagem e de radiologia, higienista hospitalar e maqueiros. Foram selecionados cerca de 2.500 profissionais para cobrir, inicialmente, 888 vagas do Edital, gerando um quadro de reservas para as necessidades do plano de contingência de enfrentamento à Covid-19.

As chamadas serão feitas imediatamente por ordem de prioridade do plano de contingência. Eles serão contratados pelo período de seis meses e atuarão em quatro regiões de saúde do Estado, ampliando a assistência hospitalar e o processo de abertura de leitos de UCI e UTI planejados para atender pacientes com a Covid-19.

Diário Oficial do Estado

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pacheco disse:

    Esses profissionais irão receber qdo e como?

Presidente do Twitter anuncia doação de US$ 1 bilhão para combate do coronavírus

Jack Dorsey, presidente e fundador do Twitter, poderia estar à beira de uma batalha com acionistas da empresa — Foto: Toby Melville/Reuters

O presidente-executivo do Twitter, Jack Dorsey, vai doar US$ 1 bilhão de dólares de sua participação na empresa de pagamentos Square para ajudar nos esforços de combate aos efeitos da pandemia de coronavírus.

Em uma série de tuítes, Dorsey afirmou que a quantia representa cerca de 28% de sua fortuna e será doada para o fundo de caridade que criou, Start Small, que vai concentrar suas atenções sobre renda básica universal e saúde e educação de meninas.

Dorsey, que por anos manteve privados seus esforços de caridade, afirmou que todas as doações para e do fundo serão tornadas públicas.

O executivo, cuja fortuna é avaliada em US$ 3,3 bilhões pela Forbes, afirmou ainda que está doando sua participação na Square em vez de no Twitter porque ele possui uma parcela maior da empresa de meios de pagamento.

Na semana passada, o presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezzos, havia anunciado a doação de US$ 100 milhões para ajudar a combater a fome nos Estados Unidos durante a pandemia do novo coronavírus.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cidadão Natalense disse:

    Uma vez folheando um livro (acho que era "Pai Rico, Pai Pobre"), li que depois do primeiro bilhão qualquer bilhão a mais que alguém conquiste não faz diferença prática alguma em sua vida. Não há como uma pessoas gastar os rendimentos desse dinheiro todo.

  2. Vergonha disse:

    Algum petista doou algo ?? Daniela mercury, Chico Buarque, esses PTralhas que amam a lei ROUNET? Não adoram dinheiro público

    • Dede Costa Gournnon disse:

      E você, doou o que?

    • Ricardo disse:

      Fedeu!
      Esse Dedé Costa é do naipe dos PTRALHAS,
      Se entregou em 2 palavras

    • Dede Costa Gournnon disse:

      E se eu for, qual é o problema? Vai mandar me matar?

    • Rodrigo disse:

      Quanta ignorância das pessoas que defendem esquerda, direita, fico triste lendo algumas colocações aqui, realmente o povo está sem noção de respeito ao próximo.

Câmara Municipal de Natal realiza campanha de conscientização e combate ao coronavírus

O momento atual pede atenção especial de cada um de nós. Ficar em casa, manter a higienização e o uso de equipamentos de proteção individual são alguns dos cuidados que devem ser tomados para se prevenir contra o coronavírus e também não espalhar o vírus para outras pessoas.

Pensando nisso, a Câmara Municipal de Natal está realizando uma campanha de conscientização e combate ao Covid-19. As orientações estão sendo publicadas nas redes sociais oficiais da Câmara e veículos de comunicação.

Nas peças, a Casa explana dicas de como tornar nosso cotidiano mais seguro diante da exposição ao vírus e reforça a importância do isolamento social para combater o Covid-19. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, interromper o movimento da população faz ganhar tempo e reduzir a pressão nos sistemas de saúde. Portanto, a decisão mais segura é ficar em casa o máximo de tempo possível.

Outra orientação é ter cuidado redobrado com as chamadas “fake news” sobre o novo coronavírus. Em época de pandemia, notícias falsas podem proliferar em velocidade parecida com a propagação do vírus. O único remédio para atacar esse conteúdo falso é realmente consumir informações de canais de credibilidade. As instituições de saúde podem ser uma excelente fonte de notícias, como a Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde, Secretarias Estaduais e Municipais, comunidades acadêmicas, assim também como as redes oficiais da Câmara de Natal, que divulgam conteúdo educativo de acordo com informações oficiais dos organismos de saúde já citados.

Juiz bloqueia fundo eleitoral e partidário e põe verba à disposição do combate ao coronavírus

O juiz federal Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara Federal Cível de Brasília, determinou, nesta terça, 7, o bloqueio dos fundos eleitoral e partidário – valores não poderão ser depositados pelo Tesouro Nacional. Na mesma decisão, afirmou que o montante fica à disposição do governo Jair Bolsonaro para ser usado ‘em favor de campanhas para o combate à Pandemia de coronavírus – COVID19, ou a amenizar suas consequências econômicas’.

Em janeiro, o presidente sancionou integralmente o Orçamento de 2020, que inclui o Fundo Eleitoral. Conhecido como “fundão”, o dispositivo prevê gasto de R$ 2 bilhões para financiar as campanhas dos candidatos nas eleições municipais de outubro. O valor de R$ 2 bilhões foi aprovado pelo Congresso em dezembro do ano passado.

Já o Fundo Partidário foi aprovado no valor de R$ 959 milhões.

A decisão do magistrado acolhe ação popular do advogado Felipe Torello Teixeira Nogueira.

Segundo o magistrado, a ‘pandemia que assola toda a Humanidade é grave, sendo descabidas, aqui, maiores considerações sobre aquilo que é público e notório’. “Que tem afetado de forma avassaladora a vida do país”.

“Além da pandemia, e por causa dela, a crise econômica não é mais uma perspectiva. É concreta, palpável. Milhões de trabalhadores informais, autônomos e vários outros, em todo o país, já passam por dificuldades de ordem alimentar inclusive. O fechamento da maioria dos segmentos do comércio, nas maiores cidades brasileiras, tem gerado quebra e desemprego em massa. A economia preocupa tanto ou até mais do que a própria epidemia”, escreve.

De acordo com o juiz, os ‘sacrifícios que se exigem de toda a Nação não podem ser poupados apenas alguns, justamente os mais poderosos, que controlam, inclusive, o orçamento da União’.

“Nesse contexto a manutenção de fundos partidários e eleitorais incólumes, à disposição de partidos políticos, ainda que no interesse da cidadania (Art. 1º, inciso II da Constituição), se afigura contrária à moralidade pública, aos princípios da dignidade da pessoa Humana (Art. 1º, inciso III da Constituição), dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa (Art. 1º, inciso IV da Constituição) e, ainda, ao propósito de construção de uma sociedade solidária (Art. 3º, inciso I da Constituição)”, escreve.

Do Judiciário ao Congresso

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Luis Felipe Salomão negou nesta segunda, 6, pedido do partido Novo para destinar recursos do fundo partidário para o combate ao novo coronavírus. A verba, no caso da legenda, seria de R$ 34 milhões.

A transferência do fundo partidário para o combate ao coronavírus foi levada ao TSE após o Novo não conseguir incluir emenda na PEC do Orçamento de Guerra que permitiria o repasse de recursos do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral.

O uso da verba do fundo eleitoral para o combate à pandemia está em discussão nos partidos que possuem as maiores bancadas na Câmara dos Deputados. A proposta tem sido cogitada pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), junto com a redução do salário dos Poderes.

Dos quatro partidos ouvidos pelo Estado, PT e PP se manifestaram a favor do uso do fundo eleitoral contra a doença, mas com algumas condições. O MDB avaliou a proposta como “possibilidade” e informou que discute o assunto. Já o PSL, apesar de não se dizer contrário, afirmou que há outras formas de remanejar o orçamento.

Na internet, petições populares também são a favor do uso das verbas para o combate ao coronavírus. Mais de 1,3 milhão de pessoas apoiaram abaixo-assinados no site change.org. As petições reuniram o total de assinaturas em apenas três semanas. Somente nas últimas 24 horas, mais de 5 mil pessoas se engajaram.

Fausto Macedo – Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Henrique Mosquito disse:

    Falta consciência na população, falta educação, falta respeito e acima de tudo cumprir as leis e as ordens emanadas pelo poder. Não falta informações, para se proteger . Infelizmente onde passamos contínua aglomeração de pessoas. O mundo hoje só tem duas opções. Ou se proteger do corona vírus, ou morrer dele.

  2. Maria Leonisse M de Andrade disse:

    Gratidão, que Deus seja louvado!Deus esteja contigo Sr Juiz Itagiba Catta Preta Neto!🙏🙇

  3. Diva disse:

    Mais uma autoridade que tem nome bíblico defendendo o povo brasileiro. Que Deus o ilumine, Sr. Salomão, e coloque mais adéptos às suas idéias para aprovar suas decisões nas mais diversas instâncias. Parabéns e gratidão.

    • Demer disse:

      Ta maluco! O EXCELENTISSIMO NEGOOOOOU a transferencia de recursos q o partido Novo queria fazer parao combate a pandemia. Uma SALVA DE PALMAS ao juiz CATTA PRETA, esse sim decidindo em prol do povo.

  4. Gari Aldair disse:

    Temos que torcer para que não seja botado abaixo, vamos saber agora qual o partido que será contrário .

  5. Flauberto Wagner disse:

    Enfim um juiz daquilo roxo é uma pena que nas instâncias superiores logo vão pôr a baixo a justa decisão.
    A gritaria dos políticos vai ser grande, quero ver quais iram se mostrarem na mídia reclamando da decisão do senhor juíz.

  6. Murilo Barros disse:

    Até que enfim uma boa notícia. Bendito seja esse Juiz Federal que tomou a decisão acertada.

  7. Esdras Lopes Saraiva disse:

    A maior imoralidade neste país é este fundo eleitoral/partidário, já não se concebe num país onde a fome e o desemprego campeia, ver estes marajás tirar do povo uma dinheirama que vão os eleger, para roubar o povo.

  8. Marcelo disse:

    Esse é arrochado

  9. Minha Opinião disse:

    Até que enfim o judiciário brasileiro faz alguma coisa a favor da população!Parabéns Sr Juiz Federal

  10. Tarcísio Eimar disse:

    Eita, cabra macho da P.

  11. Antonio Turci disse:

    Graças a Deus. Que não haja óbices e esse recurso seja direcionado para algo realmente importante – a saúde pública/combate ao coronavírus.

Sucesso no combate a Mers pode criar vacina contra novo coronavírus

FOTO: RECORD TV EMISSORAS

Pesquisadores da Universidade de Iowa e da Universidade da Geórgia, ambas instituições renomadas dos Estados Unidos, desenvolveram uma vacina que protege os ratos contra uma dose letal de Mers (síndrome respiratória do Oriente Médio), um parente próximo do coronavírus SARS-CoV2, causador da covid-19.

A vacina usa um vírus inofensivo para fornecer uma proteína do Mers nas células e gerar uma resposta imune no organismo. O sucesso do procedimento pode ser a chave para o desenvolvimento de vacinas contra outras doenças do coronavírus, incluindo a covid-19.

A equipe liderada por Paul McCray, professor de pediatria da Universidade de Iowa, e Biao He, da Georgia, testaram uma possível vacina em camundongos suscetíveis ao coronavírus Mers.

A vacina é um vírus inócuo que carrega a proteína que o vírus Mers usa para infectar células (a PIV5). Todos os camundongos vacinados sobreviveram a uma dose letal. Os resultados do estudo foram publicados em 7 de abril na revista mBio.

“Nosso novo estudo indica que o PIV5 pode ser uma plataforma útil de vacina para doenças emergentes por coronavírus, incluindo o SARS-CoV-2, o vírus que causa a pandemia contínua do COVID-19”, diz McCray.

O vírus Mers é mais mortal e fatal em cerca de um terço dos casos conhecidos, mas houve apenas 2.494 casos desde 2012, quando surgiu. Por outro lado, houve mais de 1,25 milhão de casos confirmados de covid-19 em todo o mundo desde que surgiu no final de 2019 em Wuhan, na China, e quase 70.000 pessoas morreram com a doença.

O PIV5, de acordo com os investigadores, está sendo investigado como uma vacina para outras doenças respiratórias, incluindo vírus sincicial respiratório (RSV) e influenza.

O fato de uma dose baixa da vacina ser suficiente para proteger os camundongos pode ser benéfico para a criação de um medicamento para imunização em massa.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Expedito Junior disse:

    BG divulga aquele quadro com os curados do coronavirus no mundo.

Segurança do RN já atendeu mais de 500 chamadas por descumprimento de prevenção e combate ao coronavírus; só em Natal, 358 ocorrências

Foto:Divulgação

Seguindo com as ações de combate a Covid-19, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) segue com as forças de segurança trabalhando todos os dias para apoiar os potiguares e tem contado com a ajuda da população para coibir práticas que vão contra as medidas de isolamento definidos pelo Governo do Estado.

Entre 18 de março e 5 de abril, um total de 522 chamadas, por descumprimento à lei de Combate à Doenças Contagiosas, foram atendidas no Centro Integrado Operações de Segurança Pública (Ciosp). A maioria delas, 358, aconteceu em Natal, mas também existem registros em Parnamirim (58), São Gonçalo do Amarante (25), São José do Mipibu (22), Macaíba (14), Nísia Floresta (14), Ceará-Mirim (12), Vera Cruz (7), Extremoz (6) e Monte Alegre (6).

Em portaria publicada no Diário Oficial do Estado, em abril deste ano (encurtador.com.br/jpIY6), a Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) e a Sesed definiram multas que chegam até R$ 50 mil para quem descumprir as medidas já estabelecidas em decretos por parte do Governo do RN.

A Sesed reforça que a população precisa seguir as recomendações do Governo do Estado para evitar a disseminação do coronavírus, que são baseadas nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde. Quem quiser denunciar o descumprimento dessas medidas, basta ligar para o 190.