FOTOS: Governo emite decretos e envia à AL projetos de lei de combate à corrupção

Fotos: Elisa Elsie

A governadora Fátima Bezerra assinou nesta terça-feira, 12, medidas que regulamentam ações do Estado para a prevenção e combate à corrupção. São quatro medidas propostas pela Controladoria Geral do Estado (Control/RN), sendo dois Projetos de Lei Complementar e dois decretos.

Os Projetos de Lei criam a Lei de Prevenção e Combate à Corrupção no âmbito estadual e o Departamento de Combate à Corrupção da Polícia Civil. Os decretos disciplinam a transparência ativa no Governo do RN e a adesão à Estratégia Nacional de Prevenção à Corrupção que vai alinhar o Estado às ações de prevenção e combate à corrupção no âmbito nacional, permitindo também o repasse de verbas federais com esse objetivo.

“Estamos assumindo o desafio de vencer a desorganização administrativa. Estamos cumprindo a legislação, com zelo, transparência e honestidade”, afirmou a governadora Fátima Bezerra ao assinar os projetos de Lei que serão enviados para aprovação da Assembleia Legislativa, e os decretos, no auditório da Control.

Fátima Bezerra explicou que as medidas tomadas hoje representam “coerência entre o discurso e a prática do Governo. São medidas em total sintonia com o programa de governo, como prometido. Agimos conforme acordos firmados com o Movimento Articulado de Combate à Corrupção, o Marcco, com o Ministério Público e com o Tribunal de Contas. O nosso governo tem compromisso pautado na ética, na transparência, nos princípios constitucionais e na seriedade. É obrigação nossa trabalhar para servir a sociedade. É nosso dever e está na Constituição. Infelizmente, uma cultura deformada se instalou na administração pública e é isto que estamos combatendo”.

A governadora também registrou que a atual administração contratou servidores para a Controladoria: “Nos move o desejo de contribuir para melhorar as condições de vida do povo do RN. Vivemos um momento especial no RN, trabalhando por uma gestão transparente, honesta e eficiente, que é o nosso dever. Impessoalidade, transparência, publicidade e eficiência da gestão pública são os princípios constitucionais que precisamos cumprir. Estamos tentando superar culturas e valores distorcidos que se baseiam na prática do quanto mais desorganização mais facilidade para mal feitios. E isso não podemos admitir”.

O controlador Pedro Lopes disse que as medidas são necessárias por que a atual gestão “herdou uma estrutura administrativa sem controle, inclusive nos hospitais. E o descontrole abre espaços para impropriedades. Estamos criando soluções, organizando a contabilidade e fortalecendo o controle interno. São todas medidas de prevenção e combate à corrupção. O governo trabalha efetivamente com o pé no chão, promovendo a organização administrativa e a gestão responsável, prevenindo e combatendo a corrupção em busca do estado de bem-estar social”.

A delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Gomes, disse que as divisões de Combate à Corrupção e à Pirataria e a de Inteligência irão atuar em parceria técnica com a Controladoria Geral do Estado “com inovação para trazer transparência, zelo com o patrimônio público, respeito e probidade, antenados com os objetivos e metas do Governo que tem como prioridade o combate a corrupção e a transparência dos gastos públicos”.

O ato de assinatura dos projetos e decretos contou com a presença do vice-governador Antenor Roberto, do controlador Geral do Estado, Pedro Lopes, do secretário de Segurança e Defesa Social, Francisco Araújo, da delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Gomes, do secretário adjunto do Planejamento, George Câmara, e de representantes do Marcco, dos ministérios públicos e dos tribunais de contas da União e do Estado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil acima de tudo disse:

    O povo é estranho mesmo, não sou PT e detesto esse partido, mas se a governadora está envolvida em corrupção, o povo mete o pau, ela cria mecanismos de combate a corrupção, o povo mete o pau. Não dá para entender essa galera não.

  2. Anderson disse:

    KKKKKKKKK
    O RN está ralo! O PT elaborando Decretos e Projeto de Lei de Combate a CORRUPÇÃO. Essa deve ter sido a piada da semana!

  3. Pedro disse:

    Essa mequetrefe defensora do maior corrupto do Brasil, vir falar em combate a corrupção é uma afronta a inteligência dos norteriograndenses, devia comprar uma passagem de volta à Paraíba e se emendar, pagando o que o estado deve aos servidores públicos, essa semana soube de uma familia, de funcionários públicos, que passou 04 dias sem energia por não ter como pagar a conta. E ela viajando para lavar os pés de um ladrão, denunciado por seu braço direito (Palloci) + um ruma de empreiteiros e subordinados e ex amigos. Devia até ter vergonha em estar perto desse rapaz que a desrespeitou, usando palavra chula (gre….. Duro), se bem que aí ele não errou, mais invadiu a sua intimidade, por isso desrespeitou.

  4. natalsofrida disse:

    A maior piada do século. Esse povo ainda imagina que todos são idiotas
    Comunas mentirosos.

  5. #Lula Na Cadeia sempre disse:

    Rindo até 2045 ….esses PTralhas gritam ladrao lula livre ..e vem falar em projeto de combate à corrupção 🤣

  6. Zanoni disse:

    Só foi Lula ser solto que a governadora cuidou da corrupção. Eu disse, Lula é foda!!!

  7. Cigano Lulu disse:

    Mas ela não é governadora pelo partido mais corrupto da história da humanidade?
    Só pode ser piada pronta.

  8. PAULO disse:

    PROJETO CONTRA A CORRUPÇÃO DOS OUTROS…..KKKKKKKKKKKK….ESSE PT ME MATA DE RIR…………KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  9. Luciana Morais Gama disse:

    Isso é pra enganar os bestas. O PT é o partido mais corruPTo que existe.

  10. Tertu disse:

    A mais importante medida contra a impunidade da corrupção é a prisão em 2a instância, e isso ela é totalmente contrária. Portanto, não devia nem falar nisso, penalizar os corruptos como fizeram maluf, deixaram ele recorrer em instâncias possíveis e inimagináveis, nisso a sentença só transitou em julgado depois dele com quase cem anos, então já não podem nem prender, igualmente vai ser o comparsa da governadora, somente perto de cem anos ele paga pela roubalheira que promoveu no país, se não morrer.

  11. Delano disse:

    Papagaio de pirata na cola!

    • Flauberto Wagner disse:

      E sorrindo de quem e de quer? Pois se eles não reconhecem a prisão em segunda instância como punição contra a corrupção, aí vão querer que nos fazer crer em mais uma lei do faz de conta.

  12. Antenado disse:

    É pra rir???

Marinha envia seus dois maiores navios para auxiliar no combate ao vazamento de óleo no Nordeste

 Foto: Lucas Landau/Reuters

Os dois maiores navios da Marinha do Brasil saem do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (4) em direção ao Nordeste do país para ajudar no combate ao vazamento de óleo que atingiu as praias da região. A medida foi tomada mais de 60 dias após o óleo chegar à costa brasileira.

O primeiro, Atlântico, deixa o Arsenal de Marinha, na Zona Portuária do Rio, ao meio-dia. O segundo, o navio-doca multipropósito Bahia, deixará a Base Naval do Mocanguê, na Baía de Guanabara, às 15h. Além dessas duas grandes embarcações, uma fragata, seis aeronaves e um terceiro navio também sairão do local.

No total, duas mil pessoas participarão da missão – sendo 670 fuzileiros navais. Os fuzileiros irão desembarcar para participar da limpeza das praias, manguezais e arrecifes.

O Atlântico e a fragata vão trafegar pelo litoral nordestino em patrulha e monitoramento das águas, com exceção do Bahia – este, por ser um navio-doca, e também por questões de logística, ficará atracado no Porto do Suape, em Recife.

A previsão é que os navios cheguem no Nordeste no dia 10 deste mês.

Mais de 300 praias atingidas

O óleo já atingiu 314 localidades da orla brasileira. No total, o Ibama afirma que 110 municípios foram afetados em todos os 9 estados do Nordeste: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

A Federação Internacional de Poluição por Petroleiros (ITOPF, na sigla em inglês) tem um guia público de boas práticas para a limpeza de locais contaminados. O órgão já atuou em mais de 800 vazamentos causados por navios em 100 países diferentes nos últimos 50 anos. Segundo o ITOPF, a limpeza manual é a mais indicada para o caso das manchas de óleo no Nordeste.

“A melhor técnica aqui é a limpeza manual, para ser seletivo e reduzir o dano ambiental, considerando a natureza do óleo e dos substratos contaminados. Máquinas como tratores podem ser usadas onde for possível, mas é preciso levar em consideração os possíveis efeitos no meio ambiente, inclusive em ninhos de tartarugas”, diz Richard Johnson, diretor técnico do ITOPF.

Reincidência

Um terço das mais de 280 localidades atingidas pelo óleo no Nordeste chegaram a ser limpas, mas viram a poluição retornar ao menos uma vez. Ao todo, 83 praias e outras localidades tiveram a reincidência da contaminação, o que representa 29,5% dos locais afetados pelo petróleo cru que começou a surgir no fim de agosto.

A praia que mais sofreu com grandes resíduos de óleo, segundo os balanços do Ibama, foi Jandaíra, na Bahia. A localidade foi a que mais vezes apareceu nos relatórios com o status que equivale a manchas maiores que 10% da praia. Ao todo, em 18 relatórios do Ibama algum ponto dessa praia, que fica próxima à divisa com Sergipe, apareceu com manchas grandes: a primeira, em 4 de outubro, e na segunda-feira (28) da semana passada.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Frederico Bruno Pereira de Lima Duarte disse:

    Gosto desse governo, muito pela rápida e pronta resposta aos problemas apresentados … né Seu Jair?

  2. Fonsa disse:

    Agora, né! Governo irresponsável. Depois que o óleo se alastra por quase todo litoral nordestino.

Guarda Municipal intensifica combate a paredões de som em postos de combustíveis em Natal

Foto: Divulgação

O Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) está intensificando o patrulhamento na área de postos de combustíveis da capital onde está ocorrendo frequente utilização de paredões de som automotivo. Uma ação realizada na noite desta terça-feira (29/10), resultou na apreensão de um equipamento que estava acionado num posto de combustível situado na Avenida da Integração, nas proximidades do Parque da Cidade do Natal.

Os guardas municipais foram acionados via Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e ao chegaram no local da ocorrência flagraram o paredão de som ligado num veículo modelo Peugeot 208 Active, enquanto o responsável fazia uso de bebida alcoólica com outras pessoas. “Informamos ao proprietário sobre a proibição e ao responsável pelo posto também, porém no local já foram registradas diversas reincidências desse tipo de transgressão”, comentou a coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria.

O paredão de som foi recolhido pelos guardas municipais e levado para o setor de apreensão na sede administrativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), onde foi registrada a ocorrência. O responsável pelo descumprimento da lei municipal 6.246/2011 é passível de multa que pode variar de 300 a 3.000 unidades fiscal de referência (Ufir).

Outro agravante é que o proprietário de veículo flagrado perturbando o sossego público pode ser multado sem a necessidade de medição dos decibéis, com base em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Nessa situação, basta que o agente registre no auto de infração a forma de constatação da transgressão. A infração é considerada grave, registra cinco pontos na CNH e tem penalidade pecuniária de R$ 195,23.

O subcomandante de Segurança da GMN, Carlos Cruz, lembrou que as equipes de patrulhamento do Grupamento Ambiental da GMN estão 24h realizando rondas na cidade e qualquer flagrante desse tipo de delito o cidadão pode denunciar ligando para o telefone 190 do Ciosp que as viaturas do Gaam serão acionadas para averiguar a denúncia. “Nesse caso o cidadão não precisa se identificar, basta orientar o local e a ação delituosa”, concluiu o subcomandante Cruz.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Irany gomes disse:

    Tem que apreender e botar fogo nessas porcarias que tiram o sossego alheio.

FOTOS: Câmara Municipal de Parnamirim reforça combate a maus tratos de animais e homenageia protetores

Fotos: Divulgação

Uma tarde dedicada à promoção da conscientização sobre o combate aos maus tratos dos animais e homenagens as pessoas que dedicam suas vidas à causa animal. Assim foi a audiência pública seguida de solenidade realizada pela Câmara de Parnamirim na última quinta-feira(10). A ação foi de propositura das vereadoras Ana Michele e Vandilma Oliveira.

A audiência pública reuniu demais parlamentares da Câmara de Parnamirim, protetores de animais, representantes de ONGs animal, Zoonoses, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, entre outras autoridades.

A vereadora Vandilma Oliveira presidiu a audiência pública. Ela abriu os discursos ressaltando a postura dos vereadores do município, principalmente os da frente parlamentar em defesa dos animais, por abraçarem a causa. “Uma atitude louvável desta casa legislativa em trazer ao público de Parnamirim uma temática de extrema relevância, pois não estamos tratando somente dos sentimentos dos animais, mas, sim, de saúde pública e meio ambiente. Enquanto Frente Parlamentar estamos todos de parabéns”, disse a parlamentar.

Já Ana Michele ressaltou a necessidade dos poderes públicos estarem integrados na busca por mais investimentos para a causa animal. “É necessário à destinação de recurso, legislação (criação de leis), de emendas, apoios, promoção de eventos e mais diversas iniciativas, além da criação de um calendário permanente no município de feiras de adoção e mutirões de castrações”, afirmou a vereadora.

O chefe de investigação da Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente(DEPREMA), Mário Pérsico, descreveu como é feito o trabalho de resgate de animas em situação de maltratos. “Temos diversas dificuldades, desde a apuração das denúncias por falta de testemunhas até a disponibilidade de locais para abrigarmos os animais resgatados”, frisou.

Ainda durante a audiência o debate se estendeu com as falas de representantes do Zoonoses municipal e ONGs, além de protetores animais. Todos enfatizaram a luta por mais políticas públicas eficientes no combate aos maus-tratos animal.

Ao final da audiência, 15 protetores de animais foram homenageados com certificados de reconhecimento na luta pela causa animal.

Corpo de Bombeiros controla incêndio florestal em Ceará-Mirim após seis horas de combate

Foto: Redes sociais

O Corpo de Bombeiros controlou na madrugada desta quinta-feira (10) um incêndio florestal que atingiu área estimada em 40 hectares no município de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal. O combate as chamas durou mais seis horas – entre 18h30 dessa quarta(09) e 2h(desta quinta). Não houve registro de prédios atingidos e pessoas feridas.

Na ação, duas equipes, em duas viaturas e ajuda de voluntários e carros-pipa cedidos pela prefeitura foram necessárias para árduo controle da situação. O impacto do fogo na fauna e na flora ainda serão apurados. Da mesma forma, a origem do incêndio.

Somente em outubro, até a terça-feira (8), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 60 focos de incêndios no RN. Em agosto foram 52 e em setembro 81 contra um em junho e quatro em julho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcio disse:

    Logo os caminhões carregados de cana-de-açúcar começam a escoar a produção. Segue o jogo.

  2. Arthur disse:

    Logo os Bolsominios vão dizer que é culpa das ONG's de esquerda!!!

    • Cidadão disse:

      Zarthur, é ao contrário.
      Logo os Ptralhas irão colocar culpa no governo federal.
      trabalhe com a mente.

  3. JSL disse:

    Florestal? que floresta tem?

  4. Bento disse:

    Incrível, eu também

  5. Fernando disse:

    Logo o PT, vai dizer que a culpa é de Bolsonaro!!!

Secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, alerta prefeitos para intensificar o combate ao sarampo

Foto: Divulgação

O secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, divulgou nesta sexta-feira (27), em primeira mão em Mossoró, onde o governo se instalou, que a Sesap estará lançando nos próximos dias um conjunto de ações como parte da promoção à saúde no sentido de proteger a vida principalmente de crianças, com a presença do Ministério da Saúde.

Segundo Cipriano Maia, “nós temos hoje o problema do sarampo, e faço um chamamento de todos os prefeitos para a necessidade de intensificar a cobertura vacinal em seus municípios, assim como as arboviroses, outra preocupação nossa”.

O secretário fez essa fala na reunião que participou na II Unidade Regional de Saúde (Usarp) com a participação de prefeitos da região Oeste. A reunião contou com a presença também da coordenadora de Programas Estratégicos e do RN+Saudável, Teresa Freire, que abordou o que é o programa e seus objetivos.

“Quando se fala de RN+Saudável estamos tratando de um programa que diz respeito a qualidade de vida da população, conforme o próprio conceito do SUS, e isso se faz através de políticas públicas”.

Sobre os consórcios Interfederativos de Saúde, Cipriano Maia ressaltou a sua importância e disse que não se trata de uma solução, mas que contribuirá com a gestão do SUS no Rio Grande do Norte para que se fortaleça a integração sistêmica para o melhoramento do atendimento a população. “Para que os consórcios Interfederativos de Saúde tenham sucesso é preciso a adesão de todos”.

RN+Saudável

Teresa Freire disse que o programa foi lançado no último dia 18 pela governadora Fátima Bezerra e objetiva um olhar mais amplo para a saúde envolvendo todos os órgãos de governo e a sociedade. De acordo com ela o RN+Saudável trabalha com quatro eixos de atuação: cultura da paz; estilo de vida; ambientes saudáveis e; inclusão e equidade. Trinta municípios já aderiram ao programa que pretende atingir todo o Estado.

Papiloscopistas do ITEP-RN integram equipe do programa “Em Frente, Brasil” no combate a crimes violentos

Fotos: Divulgação

As papiloscopistas do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), Luciana Lima de Freitas e Maria Suely Alves da Silva Lino estão representando o Rio Grande do Norte no programa nacional “Em Frente, Brasil”, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com foco no combate aos crimes violentos no país. Elas integram equipe da Força Nacional de segurança que desenvolve o projeto piloto na cidade de Cariacica, no Espírito Santo.

“Me sinto muito lisonjeada de representar a perícia do meu estado e o ITEP-RN, onde já estou há 30 anos. É um grande desafio atuar neste plano nacional de enfrentamento e combate à violência, mas iremos trabalhar com muita dedicação e empenho nesta nova missão”, destacou Luciana Freitas que já foi sub-coordenadora de Identificação do ITEP-RN e atuou na identificação biométrica de detentos.

Luciana que já tinha experiências em operações nacionais, como a “Operação Acolhida” desenvolvida em Boa Vista-RR, por 11 meses, em que chefiava o setor de Perícia Criminal foi novamente convidada para coordenar a área pericial no novo programa de segurança lançado na última semana em cinco cidades brasileiras com alto índices de violência, entre elas Cariacica-ES.

Suely Alves atuava no setor de Necropapiloscopia do ITEP-RN e tem longa experiência no trabalho de identificação, o que a levou a atuar também na equipe da Força Nacional em Boa Vista-RR e agora em Cariacica-ES auxiliando nas atividades de perícia criminal.

“Em Frente, Brasil”

O “Em Frente,Brasil” propõe uma nova estrutura para as políticas públicas de estado, direcionadas ao combate da criminalidade violenta com foco nos territórios, a partir da implementação de soluções customizadas às realidades regionais.

A proposta alia medidas de segurança pública a ações sociais e econômicas, para promover a transformação das realidades socioeconômicas das regiões, por meio da cooperação e da integração, obtidas pelas parcerias firmadas com estados e municípios, além da participação de outros ministérios, que auxiliarão para o alcance dos resultados previstos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joaozinho disse:

    ??? pra coletar com tinta uma digital precisa desse camuflado de guerra e pistolas?

G7 diz que valor para combate a incêndios na Amazônia é de R$ 82 milhões

FOTO: NASA via EFE / 21.8.2019

O G7 anunciou nesta segunda-feira (26) que o valor mobilizado para o combate aos incêndios na Amazônia é de US$ 20 milhões (cerca de R$ 82 milhões).

O anúncio se trata de uma correção da quantia inicialmente divulgada pelo presidente da França, Emmanuel Macron, que havia dito que os membros doariam 20 milhões de euros — e não dólares — para a luta contra as queimadas. Se liberado em euros, o valor equivaleria a cerca de R$ 91 milhões.

Plano para países afetados

A medida compõe a primeira etapa de um plano em parceria com os países afetados para que essa região disponha dos meios necessários “agora que mais necessita”, disse Macron, em entrevista coletiva ao lado do presidente do Chile, Sebastián Piñera.

Além disso, Macron afirmou que a França oferecerá meios militares para as tarefas de controle do incêndio.

“No próximo mês, construiremos uma iniciativa para a Amazônia que será apresentada oficialmente na Assembleia Geral da ONU com todos os países da região”, manifestou.

Já Piñera se declarou “muito contente” pelo acordo com as democracias mais industrializadas e com os países amazônicos para o combate aos incêndios e lembrou que agora é muito necessário o reforço de cooperação pela Amazônia.

A segunda etapa, diante da Assembleia Geral da ONU, contará com a colaboração do Chile para iniciar o processo de reflorestamento, “respeitando a soberania, mas cooperando para cuidar melhor” da biodiversidade”, comentou Piñera.

R7, com EFE

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cade as respostas disse:

    Vou repetir as perguntas pertinentes que Renan fez nesse site, ele postou:
    VAMOS AOS FATOS:
    Informações OFICIAIS começam a ser divulgadas, pois até o final do ano de 2016, eram proibidas, escondidas, ignoradas, manipuladas.
    Dados do INPE revelam que a Amazônia teve 125 mil quilômetros quadrados desmatados nos 8 anos do governo Lula.
    O recorde foi em 2004, quando o INPE registrou em apenas um ano desmatamento de 27,7 mil quilômetros quadrados, equivalente ao Estado de Alagoas, SEM QUE TENHAMOS OUVIDO PROTESTOS DE ONGs ou líderes europeus.
    O Instituto Imazon diz que nos últimos 12 meses foram desmatados 05 mil km2, ou seja, 66% a MENOS que a média anual do governo Lula.
    Qual a fonte? Consultem os sites, blogs, está na mídia.
    Estão entendendo que a mídia paga fez? Omitiu os fatos, não revelou os acontecimentos, afinal eram agraciadas com os repasses milionários dos recursos públicos e ficavam omissas, caladas e indiferentes ao que acontecia na Amazônia.
    Não vi ninguém contestar, pois a situação da Amazônia era de "venda territorial" do Brasil, tudo nas mãos das ONGs, muitas estrangeiras, que apenas exploravam o solo brasileiro sem repor -1 árvore. Se estivessem repondo a vegetação, não existiria tanto desmatamento.

    • Said disse:

      Parabéns pela postagem, é isso mesmo onde rola dinheiro fácil rola sacanagem,vamos mudar essa triste realidade.

Câmara Municipal de Parnamirim define programação com foco ao combate à violência contra mulher

Fotos: Divulgação

Nos próximos dias 20 e 21 de agosto, das 8h às 17h, a Câmara Municipal de Parnamirim realizará uma programação alusiva a Semana de Combate à Violência contra a Mulher. A sede da casa legislativa abrigará diversas ações, como palestras educativas, atendimentos jurídicos, psicológicos e sociais.

O evento compõe a programação do Agosto Lilás,e além da Câmara, através da Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres, conta com a parceria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e do Ministério Público. “De forma histórica, estaremos também abrindo as dependências da Câmara para abrigar as ações voltadas ao combate à violência contra a mulher. Então, é de fundamental importância a participação da população no engajamento dessa causa”, convocou o presidente da Câmara, vereador Irani Guedes.

De acordo com a presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres da Câmara, vereadora Ana Michele, o Brasil é o quinto país com mais vítimas de feminicídio do mundo, enquanto o Rio Grande do Norte e Sergipe lideram o ranking nacional. “Após esta programação vamos continuar nos reunindo para elaborar políticas públicas de apoio a estas mulheres”, afirmou.

A programação contará com diversas atividades na casa legislativa, como Seminário, Exposição fotográfica, rodas de conversa e oficinas, ação conjunta com o Projeto Se cuida Parnamirim, além de visitas técnicas da Frente Parlamentar ao CREAS, DEAM, Maternidade Divino Amor e ao Juizado da Violência Contra Mulher.

Confira a programação:

· Dia 20/08/19 – Manhã

· Seminário “Vire a página: seja autora de uma nova história” – 08h às 12h.

Ø Coffee Break.

Ø Exposição fotográfica intitulada “Ele não te ama” – Fotógrafa Kalina Veloso.

Ø Exposição de Artesanato – CCAPAR (Cooperativa de Costureiras e Artesãs de Parnamirim).

Ø Apresentação Cultural – “A Carne” – Célia Bombom.

Ø Abertura oficial do Seminário.

Ø Mesa Redonda 1: Sociojurídico. – 09h às 10h.

Coordenadoras da Mesa: Vereadora Kátia Pires e Vereadora Rhalessa Cledylane Freire dos Santos.

· “Racismo e Violência Contra à Mulher” – Elizabeth Lima da Silva, Assistente Social, Mestre em Políticas Pública e uma das fundadoras do Movimento Negro do RN.

· “O Fortalecimento da Rede de Proteção à Mulher no Município de Parnamirim” – Andréia Farias, Pedagoga e Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) de Parnamirim/RN.

Mesa Redonda 2: Emprego, Renda, Empreendedorismo e Empoderamento Feminino. 10h às 11h.

Coordenadoras da Mesa: Vereadora Ana Michele de Farias Cabral e Vereadora Raimunda Nilda da Silva Cruz.

· “O Empreendedorismo e o Empoderamento Feminino: expectativas e desafios” – Maria Betânia Valladão de Sousa, Engenheira de Alimentos, Advogada, Mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Especialista em Gestão Pública e Advogada do Gabinete da Vereadora Kátia Pires.

· “Pacto Brasil Mais Empreendedor” – Larissa Marques, Mestre em Gestão da Inovação e Diretora de Inovação da CDL Jovem Natal.

Ø Mesa Redonda 3: Saúde. 11h às 12h.

Coordenadoras da Mesa: Vereadora Vandilma Maria de Oliveira e Vereadora Fativan Alves Moura de Paula.

· “O Acolhimento à Mulher Vítima de Violência” – Ângela Cristina Oliveira Pinto, Profª Mestre em Serviço Social.

· “Violência Contra às Mulheres e O Impacto do Racismo na Saúde: Desafios na Rede de Enfrentamento” – Profª. Mariah da Apresentação Nascimento da Silva, Coordenadora do Curso de Enfermagem da UNINASSAU de Parnamirim.

· “Humanização, Dignidade e Acesso aos Serviços de Saúde às Mulheres Vítimas da Violência” – Profª. Juliana Raquel Silva Souza, Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Especialista em Enfermagem do Trabalho e Coordenadora de Graduação em Enfermagem do Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN).

Dia 20/08/2019 – Tarde:

Ø Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) – 14h.

Acolhimento e atendimento às mulheres colaboradoras da Câmara Municipal de Parnamirim.

Dia 21/08/19:

Manhã – 09h às 12h. / Tarde – 14h às 17h.

Ø Rodas de Conversa:

· “O que é violência doméstica?”.

Facilitadora: Mítia Costa Montenegro, Psicóloga, Arquiteta e idealizadora do Projeto Social Doe Amor.

· “Empoderamento Feminino”.

Facilitadora: Andréia Farias, Coordenadora do CREAS de Parnamirim.

· “Os desafios da Mulher Negra no Brasil”.

Facilitadora: Silvana dos Anjos – Coordenadora Municipal da Igualdade Racial, Giselma Omilê – Coordenadora Estadual de Igualdade Racial, Elizabeth Lima da Silva – Assistente Social, Mestre em Políticas Públicas e uma das fundadoras do Movimento Negro do RN e Mãe Lúcia de Nanã.

Ø Atendimentos Jurídicos, Sociais e Psicológicos.

· Plantão Psicológico e Social;

>Realização das Práticas Integrativas Complementares em Saúde (PICS);

· Orientação Jurídica;

· Ação de Vacinação de acordo com o Calendário Vacinal do adulto;

· Realização da Glicemia Capilar e Aferição da Pressão Arterial;

· Estrutura anatômica para abordar a Saúde da Mulher;

· Unidade Móvel da Polícia Civil.

 

FOTO: PF combate crime de pornografia infantojuvenil através da internet em Natal e apreende HD’s de três notebooks

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira, 13/06, em uma residência do bairro Planalto, Zona Oeste da capital potiguar, um mandado judicial de busca e apreensão expedido pela 14ª Vara da Justiça Federal/RN, com o objetivo de reprimir delito de armazenamento e/ou compartilhamento de imagens e vídeos de pornografia infantojuvenil através da internet.

Conduzida pela delegacia especializada em crimes virtuais da PF no Rio Grande do Norte, a investigação teve início há cerca de quatro meses quando, por meio de monitoramento do ambiente virtual, foi possível detectar um intenso trânsito de arquivos de conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Em face do ocorrido foram obtidas pistas indicativas do provável local onde o crime estaria sendo praticado, o que possibilitou a PF representar judicialmente pela expedição do mandado de busca cumprido nesta data.

Na casa vistoriada foram apreendidos HD’s de três notebooks, os quais serão agora submetidos a análise pericial e, caso venha ser comprovado que os seus usuários mantinham armazenados e/ou compartilhavam arquivos de pedofilia no meio cibernético, poderão eles responder criminalmente pelos delitos tipificados nos artigos 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/90), cujas penas somadas, em caso de condenação, podem alcançar até 10 anos de reclusão.

FOTO: Guarda Municipal apreende paredão de som e recolhe veículo em ação de combate a poluição sonora na Avenida Senador Salgado Filho

Foto: Divulgação

Um paredão de som automotivo foi apreendido pela Guarda Municipal do Natal (GMN) enquanto estava acionado nas proximidades de um posto de combustível situado na Avenida Senador Salgado Filho, ao lado da Universidade Potiguar (UNP). A ação ocorrida nessa quinta-feira (23), resultou ainda no recolhimento de um veículo modelo Corsa, onde o equipamento de som se encontrava instalado.

Na ocasião, sete homens que estavam no grupo responsável pelo acionamento do som foram alvos da intervenção dos guardas municipais lotados no Grupamento de Ação Ambiental da GMN, que identificaram o proprietário do automóvel e realizaram revista pessoal em todos os suspeitos envolvido na ocorrência. Um fato constatado pelos guardas foi a presença de menores de idade, que faziam uso de bebidas alcoólicas.

Segundo a coordenadora do Grupamento de Ação Ambiental da GMN, Francineide Maria, o paredão de som e o veículo foram recolhidos e entregues aos cuidados da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), que passa a ser responsável pelos procedimentos legais de guarda, multa e encaminhamento no processo. “Estamos diariamente combatendo esse tipo de delito, porém muitas pessoas ainda insistem em desrespeitar a lei e sofrem as punições legais previstas”, lamentou.

A titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, Sheila Freitas, ressaltou que as ações integradas de combate a poluição sonora realizadas pela Guarda Municipal, Semurb e a Companhia Independente de Proteção Ambiental da Polícia Militar (Cipam) estão semanalmente apreendendo paredões de som e evitando o uso irregular desses equipamentos que ferem uma lei municipal, como também uma legislação federal relacionada a poluição sonora. “Esse é mais um trabalho que a Prefeitura está intensificando e a população de Natal vem aprovando essa medida que zela pelo sossego do cidadão”, informou.

O maior número de registro de apreensões de paredões de som está localizado durante os finais de semana. Nesses momentos, é formada uma força-tarefa integrada para atender as solicitações e denúncias informadas pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). Para o cidadão denunciar esse tipo de violação pode entrar em contato com o número 190 (Ciosp) que as viaturas do Grupamento de Ação Ambiental da GMN serão acionadas para averiguar a ocorrência. A denúncia pode ser feita também pelo 181 (Disk Denúncia – Polícia Civil) ou 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorge disse:

    Normalmente quem vende droga e quem compra não são presos? Entenderam meu raciocínio? Se não pode ter paredão de carro, quem instala não deveria se responsabilizar?

    • Dai paciência senhor disse:

      Vender som não é crime, agora perturbar a paz dos outros é….

    • Gil disse:

      Concordo. Inclusive, estou fazendo uma petição online pedindo a prisao do dono da Tramontina por vender facas e do Governo do Estado do RN, por autorizar o funcionamento da Caern, que fornece água, com a qual as pessoas podem matar as outras, afogando-as.
      Imagine só o que os fabricantes de carros vão fazer quando todos começarem a serem presos pelos crimes que os motoristas cometem no trânsito.

  2. Netto disse:

    Alguém bem que poderia desenvolver um tipo de arma de pulso eletromagnético direcional para tostar à distância essas porcarias (sem danos colaterais).

  3. Antonio Turci disse:

    Essa coisa absurda chamada "paredão" usada indiscriminadamente, em qualquer lugar ou hota, desculpem-me, constitui um dos mais execráveis exemplos de grosseria, de falta de educação, de desrespeito à vida e ao ambiente civilizado.

Operação de combate ao crime organizado cumpre mandados em MG, SP, MS, PR e RN

Foto: Reprodução/Globocop

Policiais civis tentam cumprir 25 mandados de prisão e 30 de busca e apreensão em cidades de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (19). A ação tem por objetivo prender chefes de facção criminosa de São Paulo com atuação em vários estados. Até as 8h, seis ordens de prisão foram cumpridas em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A investigação começou em junho do ano passado, após ataques a ônibus e locais públicos. Em Minas, foram mais de 100 atentados. Levantamento da Polícia Civil identificou, no mês passado, que 2,2 mil integrantes dessa facção criminosa agiam somente em cidades mineiras.

Pela manhã, policiais estiveram em dois pavilhões da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem. Dentro da unidade, as ordens de prisão eram para seis investigados que já estavam presos por crime anterior. No local, também foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão.

Em Minas, também há ordens judiciais para as cidades de Uberaba e Campo Florido, Triângulo Mineiro, Passos, Ouro fino e Três Corações, no Sul do estado.

A investigação é coordenada pelo delegado Marcus Vinicius Leite, da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Um balanço da operação e mais detalhes devem ser divulgados ainda na manhã desta terça-feira (19), em Belo Horizonte. A delegacia integra o Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp).

G1 – MG

ÉREBO: PF faz operação em presídios de Roraima e Rio Grande do Norte em combate atuação de facção criminosa

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira(27) a Operação *Érebo, que tem o objetivo de desarticular lideranças regionais de facção criminosa que atua dentro e fora do sistema prisional em todo o país.

A PF cumpre 45 mandados de prisão preventiva e 4 mandados de busca e apreensão, no município de Boa Vista/RR e em Mossoró/RN. Os mandados foram expedidos pela Vara de Entorpecentes e Organizações Criminosas da Justiça Estadual em Roraima, após representação da Autoridade Policial pelas medidas.

Com as investigações, iniciadas em 2017, a PF identificou e mapeou a estrutura da organização criminosa em Roraima, monitorando as principais lideranças que agiam no estado. Os elementos angariados em Inquérito Policial permitiram a identificação dos mentores responsáveis pelos diversos atentados que ocorreram em Roraima entre 29 e 31 de julho deste ano, além do cometimento de outros crimes, principalmente o próprio crime de participação em organização criminosa, o tráfico de drogas e a associação para o tráfico.

No período foram realizados ataques a diversos órgãos públicos e empreendimentos particulares em vários municípios do estado, inclusive a uma delegacia de polícia e a um destacamento da PM, além de bancos e outros.

As ordens para os atentados partiram de dentro da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, maior penitenciária de Roraima, e foram dadas após a autorização do responsável pela organização no Estado, que se encontrava preso no Presídio Estadual de Piraquara, no Paraná.

O monitoramento dos líderes na região permitiu, ainda, que a PF, em parceria com outros órgãos de segurança pública do estado – a PM e a Divisão de Inteligência e Captura da Secretaria de Justiça de Roraima – impedisse o acontecimento de outros atentados planejados pelos investigados, destacando-se o incêndio do pátio onde ficam os ônibus de transporte coletivo de Boa Vista e a destruição dos veículos e maquinários envolvidos com a coleta e o processamento de lixo do estado. Foi impedida, ainda, uma fuga em massa da Penitenciária Agrícola programada para 29 de julho deste ano.

A operação contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate a Organizações Criminosas (GAECO) do Ministério Público do Estado de Roraima, do Departamento Penitenciário Nacional, da Divisão de Inteligência e Captura e de Agentes Penitenciários da Secretaria de Justiça e Cidadania de Roraima.

 

Operação de combate a organizações criminosas resulta em pelo menos 12 presos, a maioria, no Oeste potiguar

Pelo menos 12 pessoas foram presas no início desta quarta-feira(12) durante uma operação de policiais civis e militares, em combate a organizações criminosas, crimes de homicídio e tráfico de drogas. De acordo com a Polícia, até as 7h30, a maioria das prisões ocorreu em Umarizal, na região Oeste potiguar, enquanto uma em Parnamirim, na Grande Natal.

A operação Armagedom, intitulada pelas forças policiais, contou com a participação de 108 policiais e ainda o auxílio do helicóptero Potiguar 1. Além de mandados de prisão, os agentes também cumprem mandados de busca e apreensão. Drogas também foram apreendidas na ação policial.

 

Cientistas tentam combater zika com radiação

aedesUma experiência que já permitiu erradicar outros insetos, como a mosca da fruta em regiões da Argentina e da África do Sul e a mosca do melão em Okinawa, no Japão, começa a ser testada no Aedes aegypti, mosquito vetor de doenças como zika vírus, dengue e chikungunya. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), responsável pelo experimento, planeja esterilizar, através de radiação, mosquitos machos como forma de diminuir a quantidade de insetos. Mosquitos provenientes do Brasil, Indonésia e Tailândia já foram enviados ao laboratório da AIEA em Seibersdorf, 35 quilômetros ao sul de Viena, Aústria.
A experiência funciona da seguinte forma: os machos esterilizados, mas ainda ávidos de sexo, são soltos em zonas específicas com a missão de seduzir as fêmeas. A cópula, infértil, leva então a um processo natural de extinção. “É como uma forma de planejamento familiar para insetos”, explicou Jorge Heindrich, chefe da divisão para o controle de insetos parasitas do organismo, que lidera um grupo de cientistas de vários países.
Apesar de ser bem sucedida no passado, a experiência ainda enfrenta dificuldade. Primeira porque é preciso separar as fêmeas dos machos, que precisam ser esterilizados com o uso da radiação quando estão em um estado larvário. Para consegui-lo, os especialistas da AIEA trabalham em um processo há vários anos utilizando cobalto 60 ou raios X. Outro questionamento é se os machos “tratados” do Aedes serão suficientemente fortes para competir com os insetos selvagens para atrair a fêmea.
“Temos demonstrado que a técnica é eficaz em pequena escala: podemos atuar na periferia de uma cidade, quiçá até em uma localidade de 250.000 pessoas. Agora temos que ampliar a escala”, afirma a entomologista Rosemary Lees, uma das pesquisadora. Atualmente, há dois experimentos de campo em desenvolvimento pela AIEA. Um no Sudão, em uma região agrícola afetada endemicamente pela malária, e outro na ilha francesa de La Reunión, após a forte epidemia de chikungunya, também transmitido pelo Aedes aegypti, entre 2005 e 2006.
A eficácia aumenta, afirmam especialistas, sobretudo combinada com outros métodos, incluindo a utilização de inseticida para reduzir a população de mosquitos.Em fevereiro, será realizada uma reunião no Brasil com estados-membros da AIEA, especificamente países da América Latina, para estudar as possíveis aplicações do processo para lutar contra o vírus do zika.

Fonte: Agência Brasil

Governo e prefeituras definem medidas para combate aos efeitos da seca

reunião governoO Governo do Estado reuniu nesta segunda-feira (21), na Governadoria, prefeitos das cidades em colapso no abastecimento de água.  O encontro teve como principal objetivo operacionalizar as ações que serão realizadas nas áreas urbanas dos  municípios afetados com a seca, buscando alternativas para resolver o problema e garantir o acesso à água para a população.

O Governador Robinson Faria abriu a reunião destacando as medidas adotadas pelo Estado. “Estivemos em Brasília na semana passada e entregamos ao ministro da integração um relatório da parte emergencial e das metas do Governo para ações de convívio com a seca em curto e médio prazo. Essa é uma questão que o Governo tem tratado com a seriedade que merece. Já investimos, do tesouro estadual, mais de R$20 milhões e agora queremos contar com a ajuda do Governo Federal. Chamamos os prefeitos aqui para formamos uma parceria e assim otimizar os resultados do combate aos efeitos da seca no Rio Grande do Norte”, disse. As ações emergenciais da Operação Vertente, que irá distribuir água através de carros-pipa, foram detalhadas pelo Coronel Dantas, Coordenador da Defesa Civil.

A captação da água será feita em reservatórios monitorados pela Caern, como os localizados em Apodi, Vera Cruz e Macaíba.  Já o transporte será realizado por carros-pipa geomonitorados, que deverão ser contratados por meio de licitação. Dependendo da cidade que precisa de abastecimento o transporte poderá se dar por um raio de até 200 km. O abastecimento nas zonas urbanas dos municípios em colapso acontecerá por meio de centros de distribuição centralizados (chafariz ou caixas d’água), ficando a cargo das prefeituras o controle do abastecimento, assim como o teste de potabilidade. Para isso, deverão ser formadas comissões municipais com três integrantes, sendo um da prefeitura, um da comunidade, além do Coordenador Municipal de Proteção e Defesa Civil.

A Operação Vertente atenderá as áreas urbanas dos municípios: Antônio Martins, João Dias, Luís Gomes, Paraná, São Miguel, Tenente Ananiais, Pilões, Carnaúba dos Dantas, Acari, Currais Novos, Jardim de Piranhas, Timbaúba dos Batistas, Alexandria, Ouro Branco, São José do Seridó, Caicó, Equador, Alexandria. O plano macro para o enfrentamento dos efeitos da seca no Rio Grande do Norte, contemplando ações emergenciais, deve beneficiar 153 municípios potiguares. Três pontos principais compõem o plano. No primeiro deles, o estado pretende equipar, perfurar e comprar materiais para poços; o segundo diz respeito à forragem e ração animal, principalmente para os pequenos agropecuaristas; e o terceiro se refere à operação de carros-pipa. Para a Secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, o momento é de unir forças. “Apesar da distribuição de água ser responsabilidade dos municípios, o Estado vai apoiar as ações e ajudar no que for possível. O Governo vai estabelecer uma parceria na Operação Carro-Pipa na Zona Urbana e agilizar a instalação de poços”, afirmou.

A força-tarefa conta com o Gabinete Civil do Governo do Estado, as secretarias de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, da Agricultura, além do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), da Companhia de Águas e Esgotos (Caern), do Instituto de Gestão de Águas (Igarn), e da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn). Os trabalhos terão execução da Defesa Civil, a partir de recursos estaduais e federais.