Polícia

RJ: Operação mira quadrilha que vende drogas pelas redes sociais e aceita criptomoedas como pagamento

Alluan Araújo, o Alfafa, é apontado como o chefe da quadrilha Foto: Reprodução

Uma quadrilha que vendia drogas pelas redes sociais e até recebia criptomoedas como pagamento, para driblar os órgãos financeiros, é alvo de uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público do Estado na manhã desta sexta-feira. Intitulada Operação Batutinha, os agentes têm como objetivo cumprir 18 mandados de prisão e 31 de busca e apreensão. Os acusados atuavam em bairros nobres da Zona Sul do Rio e na Barra da Tijuca. Até as 8h30m, 11 homens já haviam sido presos.

Entre os detidos está Alluan Araújo, o Alfafa, apontado como o chefe da quadrilha. Ele foi encontrado em casa, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. Além dele, também foi preso o ex-policial militar Edmilson Gomes da Silva, apontado como o segurança do bonde.

De acordo com os investigadores, a quadrilha fazia os atendimentos pelo WhatsApp e aceitava pagamentos em criptomoedas. As moedas digitais mais utilizadas pelo grupo eram Bitcoin e Ethereum.

O grupo foi monitorado por pelo menos nove meses. As investigações apontaram “a existência de uma verdadeira sociedade empresária criminosa com sofisticada organização para aquisição, armazenamento e distribuição de drogas de alta pureza aos clientes finais que residem em regiões abastadas do Rio de Janeiro”, diz a Polícia Civil.

De acordo com os investigadores, a quadrilha investigada chegou a comprar armamentos, “incluindo fuzis de grosso calibre para proteção e emprego contra organizações rivais, contando ainda com a segurança do ex-policial militar para movimentações de entorpecentes e entregas de grandes valores em espécie”.

Durante o período investigação foram realizadas prisões em flagrante em bairros nobres, perícias criminais e papiloscópicas em veículos utilizados pelos indiciados, análise de conteúdos telemáticos de telefones apreendidos após quebras judiciais que culminaram com a conclusão do inquérito a denúncia dos suspeitos.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Operação da PF apreende mais de R$ 600 mil, veículos, moto de luxo e prende em Natal foragido da Justiça condenado por diversos crimes

Fotos: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) em ação integrada com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou na manhã desta quinta-feira, 16/9, na Grande Natal, a operação Conexão Audi objetivando prender um foragido Justiça de São Paulo, condenado por tráfico de drogas, roubo, sequestro e formação de quadrilha.

Cerca de 32 policiais federais e rodoviários federais cumpriram dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão expedidos, respectivamente, pela 2a. Vara da Justiça Federal/RN e pela Vara de Execuções Penais de São José do Rio Preto/SP, além do bloqueio de contas bancárias e sequestro de bens.

A investigação teve início em junho de 2020, a partir da abordagem de um motorista durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal na BR 320, em Campina Grande/PB. Naquela oportunidade, o condutor levantou suspeita por estar acompanhando um caminhão que tinha se envolvido em um acidente de trânsito quando levava um contêiner carregado de mangas e que seguia para exportação através do Porto de Natal.

Assim, tendo em vista as circunstâncias relacionadas às declarações prestadas no momento daquela abordagem e, levando-se em conta que nos últimos anos foram registradas diversas apreensões de drogas no porto de Natal, geralmente com enxerto de entorpecente em cargas de frutas a serem exportadas para a Europa, a Polícia Federal foi avisada e entrou nas investigações conseguindo descobrir a verdadeira identidade do acusado, bem como a sua localização em Natal, além de constatar que ele adquiriu nos últimos dois anos diversos bens como veículos, caminhões e reboques, munido de documentos e se passando por outra pessoa.

Também foi levantado que o investigado, foragido desde 2018 quando cumpria pena em regime semiaberto, possui antecedentes criminais por receptação, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Durante as buscas hoje realizadas os policiais apreenderam com o acusado um total de R$ 613.904,00 em espécie, uma pistola cal. 45, munições de igual calibre, 11 celulares, motocicleta, veículos de luxo, alguns dos quais, zero km e seis cavalos.

Além do cumprimento do mandado de prisão, o envolvido também foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo.

Após submetido a exame de corpo de delito no ITEP, o homem se encontra custodiado na sede da PF, onde aguarda o pronunciamento da Justiça

Não haverá entrevista coletiva.

Fotos: Divulgação/PF

Opinião dos leitores

  1. Se fosse preto, puta ou pobre, já tinha até o nome do instrutor da academia onde a sobrinha da vizinha treina.

  2. Todas essas operações da PF, MPF e PRF, só faz afirmar que a segurança pública do Rio Grande do Norte está entregue as baratas, ou seja, o sistema está falido, não existe repressão na base, aí o crime de toda espécie evolui para conotações nacionais e internacionais, precisando da intervenção de forças federais para combatê-lo. São muitos delegados e oficiais da PM dentro dos seus gabinetes ou instituições, longe do dia a dia das cidades e cidadãos, pois o correto seria todos operando junto a tropa nas ruas. Você não encontra um oficial da PM nas ruas, seja ele capitão, Major, Tenente Coronel ou mesmo um coronel fechado atuando junto a tropa nas ruas.

  3. Por que não diz o nome e mostra a foto se fosse pobre já tava na capa da revista

    1. Pergunta tola, hoje ou amanhã na audiência de custódia, vão liberar o inocente, e quem iria pagar pelos danos provocados na imagem do bacana, digénada, tempos em que filhos e aliados do presidente não são punidos por atos ilícitos, onde luladrão e seus filhos mais os condenados pela lava jato são liberados da cadeia, aonde queremos parar? Selva é pouco, trevas!

  4. Aqui em Natal, a maioria dos carros de luxo são oriundos de crime. Isso é fato. Trabalhar que é bom, não querem.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Operação da Guarda Municipal e Semsur remove e apreende bancas, containers, caixas e outros objetos no Alecrim e em Ponta Negra

Foto: Semdes

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) participaram nesse domingo (12) de uma operação integrada de ordenamento do espaço urbano compreendendo a área dos bairros do Alecrim e Ponta Negra. As intervenções apoiaram as equipes de fiscalização da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur).

A primeira ação dos guardas municipais e fiscais da Semsur ocorreu no cruzamento das Avenidas Coronel Estevam com a Presidente Quaresma, no Alecrim. No local, foi identificado uma aglomeração de ambulantes não autorizados ocupando uma extensa área de calçada onde estavam enfileiradas diversas bancas de madeira.

A medida mobilizou duas viaturas de patrulhamento móvel do Grupamento Ambiental da GMN e duas outras de fiscalização da Semsur, sendo removidas e apreendidas diversas bancas, containers, caixas e outros objetos que estavam ocupando o espaço público de maneira irregular. “A informação que tivemos é que um ambulante não autorizado estava ocupando a extensão da calçada, ao longo da qual dispunha várias bancas e as alugava a outros ambulantes irregulares para fins comerciais”, explicou o coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz.

Já na área de Ponta Negra, os guardas e fiscais fizeram uma varredura geral e nos locais onde foram encontradas ilegalidades ao longo do calçadão onde os responsáveis foram advertidos, sendo logo em seguida sanada as movimentações irregulares. O patrulhamento realizado pelos guardas municipais é orientado para a observação de qualquer movimentação estranha em área pública com o objetivo de evitar ações contrárias à legislação municipal em vigor. Todo o material apreendido foi levado para o pátio da Semsur.

A população pode contribuir com o combate a esse tipo de delito efetivando denúncias pelo número 190. No Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) há uma equipe de guardas municipais que repassam as informações para as unidades operacionais de patrulhamento da GMN e para o setor de fiscalização da Semsur.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns aos agentes públicos, estão agindo dentro da lei e fazendo valer o direito do cidadão transitar nas calçadas da cidade, livre de obstáculos. Mas tem que valorizar esses homens, dando a estrutura e condições necessárias para o bom desempenho do trabalho deles. Eles estão diariamente nas ruas nesse período de pandemia.

  2. Ranieri Barbosa não se pronunciou ainda? O secretário de Turismo Fernandes Fernandes colocou ele e os ambukantes que estão destruinfo o turismo da orla no lugar dele no último dia 08/9 na Câmara Municipal.. parabens servidores, apesar de não serem reconhecido pelo municipio estão tentando deixar nossas praias e ruas limpas.

  3. Enquanto isto os canteiros são verdadeiros bares.Na Zona Sul alegria para os comerciante também esperando um acidente.
    Turismo em Natal.

  4. Muito difícil reorganizar o Alecrim. Por maisque tentemos compreender a situação e a necessidade das centenas de comerciantes e ambulantes não é razoável a ocupaçãodos espaços públicos das Avenidas 2, 9 e 1.

  5. Só falta organizar a feira do carrasco nas quarta feira. Ali fica intransitável no dia da feira.

  6. A semsur está de parabéns, o prefeito está organizando a cidade. Agora prefeito, não engula corda de um vereador de natal, que acha que as feiras, os ambulantes e os profissionais autônomos são “gado dele. Hoje o prestígio dele junto a esta categoria é zero.

  7. Rapaz, ali na esquina da Av. 01 com a Av. 09, estava uma verdadeira feira livre. Diversas bancas em cima da calçada de uma farmácia, inclusive obstruindo a faixa de pedestre. Parabéns a semsur.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Operação do MPRN prende em SP integrante de grupo criminoso que aplica golpes pelo WhatsApp

Foto: Ilustrativa

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta sexta-feira (10) a operação Duas Etapas. Um homem de 53 anos foi preso preventivamente em São Bernardo do Campo/SP pelo crime de estelionato. A investigação do MPRN descobriu que ele mantinha contas bancárias para recebimento do dinheiro proveniente de golpes aplicados pelo WhatsApp.

O nome da operação é uma alusão ao recurso opcional (confirmação em duas etapas) que adiciona uma camada extra de segurança à sua conta do WhatsApp. Essa tela aparece após o usuário ter registrado seu número de telefone no aplicativo com sucesso. Após ativar a confirmação em duas etapas, o usuário poderá adicionar seu endereço de e-mail. Isso permite que o aplicativo envie um link para que o usuário possa redefinir seu PIN e ajuda a manter sua conta segura.

A operação Duas Etapas cumpriu mandados de prisão preventiva e também de busca e apreensão em São Bernardo do Campo. A ação conta com o apoio do Ministério Público de São Paulo (MPSP) e da Polícia Militar paulista.

O MPRN apurou que o homem preso agia como um “testa de ferro” do grupo criminoso. Ele abria contas bancárias e as disponibilizava para recebimento do dinheiro proveniente dos golpes e movimentação financeira. Ao todo, foram encontradas 12 contas mantidas por ele para cometimento do crime de estelionato. Essas contas revelam, ainda, uma movimentação financeira superior à condição do preso na ação, que trabalha como porteiro.

Uma das vítimas do estelionatário identificadas é um aposentado de 74 anos. No dia 25 de janeiro de 2020, o WhatsApp do genro dele foi clonado. Desconhecendo essa informação, o idoso, após solicitação de dinheiro pelos estelionatários, transferiu o valor solicitado para a conta fornecida nas mensagens. Acreditando que estivesse prestando auxílio ao genro em uma situação de emergência, o aposentado transferiu os valores solicitados.

O material apreendido na ação será trazido para o Rio Grande do Norte para análise por parte do MPRN. O homem preso já foi encaminhado para uma unidade prisional paulista, onde irá aguardar por decisão judicial.

Com MPRN

Opinião dos leitores

  1. Tem que deixar as pautas ideológicas de lado e agir de forma imparcial para atender toda a sociedade e não, apenas, um grupo político de esquerda.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PF prende homem acusado de fazer compras em plataformas digitais utilizando moeda falsa em Natal

Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 31/8, em Natal, a Operação Aleaquim objetivando prender um homem de 56 anos acusado de fazer circular moeda falsa através de compras efetuadas em anúncios on line. Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão expedidos pela 14ª Vara Federal/RN.

 

A investigação teve início tomando por base o período de 12/07 a 07/08/2021, quando o suspeito realizou pelo menos três transações comerciais que importaram em R$ 3.200 reais, pagas com cédulas falsificadas, as quais foram apreendidas pela PF após apresentadas pelas vítimas.

 

O modo como o homem agia era sempre o mesmo: escolhia vítimas em uma plataforma de comércio digital demonstrando interesse na aquisição de aparelhos celulares, sendo os encontros marcados para o interior de igrejas, o que passava “credibilidade e segurança” para as pessoas que foram enganadas. Além disso, as transações eram sempre feitas no período noturno e com rapidez, o que acabava dificultando o imediato reconhecimento das cédulas falsas por parte das vítimas.

 

No local da busca, onde foi preso, o envolvido teve apreendido um celular utilizado nas negociações, um simulacro de arma de fogo do tipo pistola, além de outros materiais de interesse da investigação.

 

O acusado vai responder pelo crime de introduzir moeda falsa em circulação (Artigo 289, § 1º do Código Penal), que prevê punição com pena de reclusão de três a doze anos, além de multa.

 

(*) O nome Aleaquim é alusivo ao nickname utilizado pelo suspeito nas transações da plataforma de comércio digital e anúncios on line. 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

CPI da Covid do RN solicita cópia de inquérito de operação da PF contra o Governo do Estado

A Comissão Parlamentar de Inquérito da covid-19, instalada na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, aprovou requerimento solicitando que a Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU) encaminhem cópia do inquérito da Operação Lectus.

Deflagrada nesta quarta-feira (25) , a operação apura fraudes em dispensas de licitações, peculato, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro através do desvio de recursos públicos federais que foram repassados ao estado do Rio Grande do Norte para o enfrentamento da covid-19.

A notícia, que é destaque na Tribuna do Norte, pode ser conferido com mais detalhes AQUI.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Em nota, Sesap diz que acompanha a apuração da Polícia Federal e da CGU sobre operação que investiga contratações de leitos de UTI para Covid

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), diz que acompanha a apuração ação da Policia Federal  e da Controladoria Geral da União, sobre a investigação de contratações de leitos de UTI, no Hospital Cel. Pedro Germano e no Hospital João Machado, firmados pelo Governo do Estado referentes ao enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Veja nota:

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) acompanha a apuração da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União cooperando com todas as informações requisitadas.

O processo corre em segredo de justiça, o que impede quaisquer outros posicionamentos da secretaria a respeito do caso. A Sesap aguarda os próximos passos e reforça que segue apoiando todo e qualquer procedimento de apuração promovido pelos órgãos públicos de controle, prezando sempre pelo bom trato do dinheiro público e pela saúde dos potiguares.

A Sesap continua o trabalho de enfrentamento à pandemia e reconhece o comprometimento e responsabilidade dos servidores, que têm atuado de forma ética na garantia da assistência à população do Rio Grande do Norte.

Opinião dos leitores

  1. tem jeito não, pt sempre pt, eles aprendem rápido com o chefe ,ha quadrilha miseravel, imagine se eles tivessem no poder comprando vacinas

  2. Tem um cara aí que decreta sigilo de cem anos quando começam a investigar as falcatruas dele …

    1. É Bolsonaro que faz isso é? Eu voto nele, se preciso for, duzentas vezes e vc fica caladinho só espiando e achando ruim, fazer o que?

    2. KKKK. Gosto de ver o gado assim atento quando falar do criminoso que eles idolatram… Muuuuuuuu

  3. Quem acessa esse blog sabe que as vezes alguns adoradores de corrupto como Zé Mané, Manoel F, José Tomaz, Santos, Nonô, entre outros, vivem de expor as narrativas criadas dentro dos grupos de esquerda.
    Partindo para acusações sem qualquer prova, apenas acusações levianas e muito pior, na maioria das vezes, soltam a criminosa acusação citando exatamente aquilo que alguém da esquerda praticou.
    Diante das notícias sobre as investigações em Natal, eles entraram em silêncio, não sabem como acusar os outros. Estão esperando as mentiras que serão criadas para justificar o injustificável e atacar a direita com aquilo que a esquerda praticou. Assim é a realidade que os zumbis da esquerda vivem, de resto, só injúria, difamação e calúnias e o desespero pela falta do usufruto dos recursos públicos.

    1. Direita Rachadinha lá vem vc mudar de pseudônimo novamente seu covarde miliciano digital! Eu não sou de esquerda (quero que a governadora e qualquer outro que roubou dinheiro público seja punido pelo que cometeu) , sou mais de direita que vc e seu MINTO das rachadinhas (o presidente que cometeu o CRIME de PECULATO), afinal, dia desses ele mesmo se disse do CENTRÃO (sim, aquele mesmo que roubava no governo do PT e agora manda e rouba no governo do seu MINTO). O mais zumbi de todos (na verdade GADO de chifre mesmo de tanto ser traído pelo seu político de estimação) e que vive postando aqui MENTIRAS para defender seu bandido de estimação é você seu CANALHA!

    2. Você ainda perde tempo?

      São robores ou perfis pagos para isso.

    3. Zé Mané, diferente de vc, só uso esse pseudônimo. Mas seus perfis estão sumidos hoje. Por que? Sua “chefa” está enfrentando dificuldades, moleque?

    4. Direita rachadinha vc usa vários pseudônimos e diferente de vc, eu não preciso ficar nem babando nem idolatrando político corrupto, seja esse político de esquerda, de direita ou de centro… Já você, deve pedir aumento de sua mamata pq defender a família das rachadinhas está cada dia mais difícil viu… Eu tb acho estranho como os seus perfis de milícia digital somem quando a postagem do Blog é sobre os crimes da família das rachadinhas… Vc tem que atuar mais cara senão tua mamata pode acabar viu! Muuuu

  4. Está só começando. A propósito, estou sentindo a ausência de vários pseudônimos que vivem postando asneiras por aqui. Seus patrões estão sendo investigados, “cumpanheros”? As “boquinhas” vão acabar. Aproveitem enquanto podem. Eu vou continuar com meu pijaminha. Kkkkkkkkkkkk

  5. Gente fato real. Onde esse povo do PT tem oportunidade de rouba, não foge a regra. Larápios. Que Deus cuide o povo honesto dessa terra. Será que terá algum ser vivo que ainda acredite nesse povo. ?

  6. Veja a diferença na postura entre um governo e outro. Se fosse o do cagão já teria xingado a mãe de policial, o avô da cgu, ameaçado o supremo, demitido delegado, tentado interferir nas investigações, inventado que tem certeza que a covid vem de calangos criados pela esquerda, lá em Cuba, comparticipação da China . Mas a postura é diferente, acompanha e espera a conclusão das investigações.

    1. Se não tem nada útil pra escrever, melhor não escrever nada! Ou você não soube que dória afastou um comandante da polícia militar de São Paulo, por uma suposta incitação a uma suposta manifestação? Não existe defesa prévia pra quem rouba, seja de que partido for, seja qual cargo ocupe. Não sei se leu, mas o cara do “bunker” de 51 milhões, acabou de ser “inocentado” pelo stf. A justiça tem ou deveria ser feita com todos, doa a quem doer. Agora, defender político ladrão que se comporta “eticamente” ante o crime em andamento, já se deduz que acredita na inocência do mesmo! Mesmo que sejam comprovadas as falcatruas, ainda vai continuar acreditando no que dizem, porque a ideologia continua “corporativista”.

    1. Para quem foi a mídia afirmar que haveriam 11 mil mortos no estado até maio/2020 pelo covid e 15 meses depois sequer está perto desse número, continuar a frente da saúde pública, é muito descaso com o povo.
      Mas assim são alguns governos, fala uma coisa, pratica outra e o povo gosta de ser feito de bobo, pois continuam votando nessas pessoas.
      Fico imaginando se tivessem construído o hospital de companha, que só servia se fosse dentro do arena das dunas, qual o cenário existiria?
      Tem muitas situações a serem investigadas é só o começo …
      Como fica a CPI na Assembléia e os deputados que não dão apoio vão dizer o quê a seus eleitores?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Secretária de administração e Fernando Mineiro se solidarizam em público com o secretário de saúde Cipriano Maia

Fotos: Reprodução

A secretária de Administração do Governo do Estado, Maria Virgínia Ferreira Lopes, e ainda Fernando Mineiro(secretário Estadual de Gestão de Projetos e Metas e Coordenador do Projeto Governo Cidadão), emitiram na manhã desta quarta-feira(25) mensagens de solidariedade ao secretário de Saúde, Cipriano Maia, após operação da Polícia Federal na Sesap.

Ninguém na imprensa citou o secretário como investigado, nem citou o seu nome por envolvimento em corrupção, nem como participante do esquema. Mesmo assim, secretários do governo Fátima saíram em defesa e solidariedade ao secretário de saúde.

Opinião dos leitores

  1. A CPI da assembleia vai ter muito trabalho pela frente. Esperando o circo da CPI do senado se manifesta sobre a roubalheira no RN.

  2. A solidariedade deve ser prestada aos que perderam amigos e familiares por causa da corrupção e incompetência do (des)Governo de Fátima Bezerra, vários morreram a espera de um leito o qual a governadora desviou.
    FATIMA GENOCIDA! FORA FÁTIMA

  3. Não vamos esquecer: centenas de pessoas morreram com covid19 no RN, à espera de um leito de UTI. Nem um hospital de campanha esse governo estadual montou, embora tenha recebido verbas para esse fim. Quem é o(a) genocida?

  4. A senhora Maria Virgínia foi precisa em suas colocações.
    Pena que mais uma vez a esquerda inverte as situações.
    A verdade é a palavra mais odiada pela política no nordeste, já as narrativas tem valor como se fato fosse virar. Sim a verdade aparecerá, as provas vão mostrar, pois até aqui tudo que existe é a negativa sobre todas essas acusações, agora investigadas, veiculadas na mídia a muito tempo.
    Estava lembrando quantos foram solidários aos ex ministros da casa civil nos governos de 2003 a 2016, todos acusados de corrupção e muitos condenados.

  5. Cade que Fernando Mineiro e Fátima foram solidaram com os familiares dos que perderam parentes sem um leito. Quem é o genocida mesmo? Impechment de FATIMA JÁ.

    1. Eu acho que quem vive se solidarizando com esses familiares é um cidadão chamado Bolsonaro, inclusive com as famílias das mulheres vitimas da violência machista plantada por ele.

    2. Votz José Lúcio, que chamou as companheiras de Grelo Duro foi Bolsonaro? 🤫🤫🤫🤫🤫🤫 manda prender o homem.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Operação da PF na Saúde do governo Fátima ganha repercussão nacional

Foto: Reprodução/Twitter

A Veja estampa em suas manchetes noticiário policial na saúde no Rio Grande do Norte, que mira a Sesap:

“A Polícia Federal deflagrou nesta quarta uma operação para desmontar um esquema de corrupção em contratos para ampliação de leitos de UTI de Covid-19 no Hospital Coronel Pedro Germano, em Natal, no Rio Grande do Norte.

Há indícios de fraudes em dispensas de licitações, peculato, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro. A empresa que fechou o negócio é investigada por ausência de capacidade técnica e operacional para o serviço e indícios de desvios.

Cerca de 50 policiais federais, além de auditores da Controladoria Geral da União estão cumprindo 10 mandados de busca e apreensão em Natal (RN), Mossoró (RN), João Pessoa (PB) e Bayeux (PB), além de duas medidas cautelares de afastamento do cargo público, ordens expedidas pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte.

“Com a investigação policial, que também contou com a participação da Receita Federal, restou demonstrada a existência de uma associação criminosa que direcionou duas contratações de leitos de UTI, no Hospital Cel. Pedro Germano e no Hospital João Machado, tendo por objetivo o desvio de recursos públicos federais destinados ao tratamento da Covid-19 que foram repassados ao estado do Rio Grande do Norte”, diz a PF.

Ainda segundo a PF, o esquema estaria infiltrado “na própria Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte, razão pela qual a Justiça Federal determinou o afastamento de duas pessoas de seus cargos no órgão”.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, por fraudes nas duas dispensas de licitação, peculato, corrupção ativa e passiva, além de lavagem de dinheiro e, se condenados, poderão cumprir penas superiores a 10 anos de reclusão”.

Radar – Veja

Opinião dos leitores

  1. Os pessoal desvia o dinheiro que foi enviado p/salvar vidas na pandemia, porém, o genocida é o cara que enviou o recurso…Çey…

  2. Esse governo do RN c/Fátima Bezerra já pagou os respiradores que nunca chegaram e agora essa corrupção n/SESAP e uma vergonha meu DEUS e muita gente passando fome e essa turma do PT do Lulaladrao não tem jeito e só roubo e esse bandido ainda tem a cara de pau de vir ao RGNORTE fazer o que vagabundo tem e que está preso

  3. Essa governadora, além de incompetente e sem atitude, é uma vergonha para o RN. Só aparece na mídia em situações vexatórias e associada ao que não presta. Já é motivo de chacota nacional, agora vai associar o nome do estado à corrupção? O povo potiguar precisa aprender a votar.

  4. Parafraseando Bolsovirus…
    “Veja a diferença na postura entre um governo e outro. Se fosse o do cagão já teria xingado a mãe de policial, o avô da CGU, ameaçado o supremo, demitido delegado, tentado interferir nas investigações, inventado que tem certeza que a covid vem de calangos criados pela esquerda, lá em Cuba, comparticipação da China . Mas a postura é diferente, acompanha e espera a conclusão das investigações.

    1. A maior diferença entre o governo Bolsonaro e o dessa Fátima Grelo Duro é justamente quanto à HONESTIDADE. O presidente mandou bilhões para o RN e precisamos saber o que essa senhora fez com esse dinheiro. Mas a gente até já pode imaginar.

  5. Infelizmente não dá em nada, que foi desviado muito dinheiro isso é sabido, difícil é provar, pois o roubo é muito bem feito e provar não dá em nada olha o Lula aí livre quer até voltar a ser presidente para completar o trabalho. Esse país não tem jeito mesmo.

  6. existe nos mandamento de deus uma palavra náo roube(quem defende corruptos estáo táo errado quanto o corrupto
    outra é a náo mate quem defende assasino e táo assasino quanto quem matou-outra náo dé falsos testemunho(mudar as leis para absorver um grupo é uma mudanças de comportamento para defender interesse da sua patota.é tipico de um ditador,se o brasileiro está como medo de uma ditadura “A DITADURA CHEGOU”na época da ditadura tinha dois partidos da ditadura no rn-arena vermelha e a verde,a verde desapareçeu depois que o regime casou os principais lideres da verde.neste estado náo existe ideologia-aqui no rn se acende uma vela a deus e outra ao diabo-e ao povo?ao povo páo e circo,carnaval.arenas das dunas e t c-tudo em nome da democrácia.

  7. Que ato falho da veja noticiando algo supostamente errado com político da esquerda.
    Acho que o responsável pela notícia deverá receber a demissão em breve, isso parece inadmissível dentro do grupo globo. Só quem erra são políticos da direita, mesmo sem provas, isso vem sendo posto desde início de 2019. O motivo todos conhecem, é público, dizem, a falta de entendimento entre os poderes e a mídia. Embora, nesse caso, o que faz o direcionamento das críticas, a valorização das narrativas, a omissão com a verdade, o desrespeito aos fatos, o descrédito midiático, se resume a falta de distribuição de verba pública para harmoniza tudo.
    Já pode culpar Bolsonaro?

  8. Começando a aparecer as merdas do governo Fátima, tudo isso pra malversar o dinheiro público, mas o objetivo principal, é a não realização dos procedimentos para culpar, nem que seja as custas de vidas, o presidente Bolsonaro. Agora todos começam a ver o quanto o governo PT faz mal a população, fico imaginando se Haddad ganha a última eleição como estaria o estado no meio de uma crise sanitária mundial? Graças a Deus Bolsonaro ganhou.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Operação da PF contra Sérgio Reis e Otoni de Paula foi autorizada por Alexandre de Moraes

Foto:  Divulgação Agência Câmara

A pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou uma operação contra envolvidos na mobilização de caminhoneiros prevista para 7 de setembro.

Mandados de busca e apreensão são cumpridos em 29 endereços do Rio e de São Paulo.

Um dos alvos dos mandados é o cantor Sérgio Reis, que gravou vídeos conclamando o movimento e dizendo que uma das pautas era forçar o impeachment de ministros do Supremo. Reis foi deputado federal na legislatura passada, de 2015 a 2019.

Também há buscas autorizadas em relação ao deputado Otoni de Paula (PSC-RJ). A Polícia Federal entrou na Câmara para cumprir este mandado às 7h30.

Jota

Opinião dos leitores

  1. Quem não consegue viver em um regime democrático e respeitá-lo que se mude para o Afeganistão.

  2. “Nós temos uma Suprema Corte totalmente acovardada.”(Lula)
    “ Vamos tomar o poder, que é diferente de ganhar a eleição.” (Dirceu)
    “ Sem derramamento de sangue, não haverá redenção.”(Benedita da Silva)

  3. A pedido do MPF. Grande dia! Ngm pode achacar a republica e achar que vai sair ileso. Muito bom!!!

  4. “Quando os nazistas vieram buscar os comunistas, eu fiquei em silêncio; eu não era comunista.

    Quando eles prenderam os sociais-democratas, eu fiquei em silêncio; eu não era um social-democrata.

    Quando eles vieram buscar os sindicalistas, eu não disse nada; eu não era um sindicalista.

    Quando eles buscaram os judeus, eu fiquei em silêncio; eu não era um judeu.

    Quando eles me vieram buscar, já não havia ninguém que pudesse protestar.” Martin Niemoller, pastor protestante,

  5. Os produtores de soja já declararam que não apoiam extremistas. Eles estão com medo do prejuízo financeiro resultante dessas insanidades defendidas pelo capitão tosco e seus seguidores.

    1. O jumento come capim e caga muita merda, vc só fala muita merda. O agronegócio vai muito bem, obg.

  6. Brasil interessante esse nosso, os ladrões soltos e os honestos presos, aí vai uma verdade interessante, só vão sobrar os jumentos.

  7. Se a democracia fosse verdadeira, nada disso estaria acontecendo! Mas mesmo sendo falha ainda impõe medo em muitos “neguinhos” Sérgio reis só tem tamanho! Otoni de Paula se diz pastor evangélico! Respeita a democracia corja de vagabundos!!

  8. Nessa toada de XANDAO vao prender o Brasil todinho, tomem cuidado nas estradas pois são vão sobrar os jumentos kkkkkkk.

  9. Ohhhh tocada de berrante errada essa que Sergio Reis deu… Depois de declarar apoio ao genocida é só ladeira abaixo!

    1. Vou concordar com você, ele cometeu o crime de falar, de omitir opinião. Deveria ter desviado recurso público, levado dinheiro na cueca, deixado dinheiro de corrupção em malas num apartamento, deveria ter financiado ditador. Foi burro, cometeu o crime de falar muitas verdades e está do lado político errado.

  10. É a gestapo amigos compatriotas, mesmo os de esquerda, acordem. A direita já votou na esquerda por dias melhores, a esquerda inteligente tem o dever de fazer o mesmo.

  11. Estou ansioso para ver o cabeça de ovo mandar prender um general. Mas como ele não tem peito para isso vou ficar só na ansiedade.

  12. Não tem boquinha com Moreas não…é caneta e PF no café da manhã..🤣🤣🤣
    Chora mais Bozominions…

    1. Calma Felipe, deixe a escalada dos opressores aumentar, tudo conforme esperado. Não cante vitória ainda. Aproveite seu entisuasmo e aconselhe mandar prender um coronel, um general, um ministro… O esperado é que continuem forçando para corda arrebentar. Vamos em frente dando demonstrações cada vez maior do autoritarismo que vem sendo exercido.

    1. Sua opinião e o que desce pelo esgoto não tem diferença. Vá aplaudindo o autoritarismo e não esqueça, ele vai entrar em sua casa.

    2. Joaquim P: já atendeu o chamado do berrante hoje? KKKKKKK. Omi, deixe de conversar besteira, eu sou honesto e não vivo defendendo crime nenhum… Já outros ameaçam instituições, a democracia, a República…

  13. Existe um novo tipo de democracia que alguns órgãos vem adotando, nos moldes do modelo opressor e autoritário do venezuelano, que além de ilegal, imoral é seletivo, uma vez que só atinge pessoas ligadas a direita, ou seja, declarada perseguição política. Tem TV e jornal que diariamente produzem fake news a nível nacional e nada, absolutamente nada é feito. Qual a razão? As fake news são feitas contra a direita, então pode!
    O rumo autoritário que o Brasil vem passando, reflete bem frases soltas por personalidades da esquerda, como: “Tomar o poder é diferente de ganhar no voto” ou “Eleição não se vence, se toma”. A cada dia fica mais evidenciado o rumo ditatorial que alguns estão adotando no Brasil.
    Para piorar, os que praticam, tomam ações, não respeitam os limites dos 03 poderes, tiram a liberdade de expressão, são as mesmas que dizem defender a democracia e acusam o Presidente de fazer tudo aquilo de errado que eles praticam diariamente. Até estudante formado em escola pública, com o péssimo nível do ensino capitaneado pela esquerda, consegue entender essa realidade.

  14. Sérgio Reis e Otoni de Paula cometeram o maior crime no Brasil atual, exerceram o direito a liberdade de expressão e se posicionaram ao lado do Presidente. Esses crimes estão previstos em que legislação?
    Se tivesse cometido corrupção e desviado, comprovadamente, bilhões dos cofres públicos, teria o perdão ou a sentença anulada. Os fatos são de conhecimento público

    1. Uma coisa é liberdade de opinião, outra coisa é pregar violência e vandalismo usando sua influência e capacidade de tanger uma boiada insana, ainda mais quando se trata de um exímio tocador de berrante.

  15. Deputado federal tem IMUNIDADE MATERIAL prevista na Constituição. Ele não está planejando um atentado terrorista, um assassinato ou um grande roubo a banco, está organizando uma MANIFESTAÇÃO POPULAR, a mais pura prática democrática. Estamos vivendo uma ditadura já faz tempo. Uma ditadura do STF, a pior de todas. Algo precisa ser feito para que voltemos a viver numa democracia.

    1. Será que o PGR petista Aras não analisou isso? Pq foi ele que solicitou a operação… E agora? o gado pira para explicar o porquê o MINTO das rachadinhas está reconduzindo um petista amigo de José Dirceu para a PGR… Seria pq ele é contra a LAVAJATO e qualquer coisa que seja para investigar corrupção?

    2. Aprenda a ler. O pedido foi da Procuradoria. Ou seja, de salgum procurador, cujo nome não consta no artigo. Ademais, sabemos que há indivíduos como vc em todas as instituições brasileiras. Infelizmente. E o próprio Aras também pode errar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

RASTREAMENTO DETECTA SITE: Operação da PF combate disseminação de pornografia infantojuvenil pela internet, cumpre dois mandados na Grande Natal e apreende aparelhos celulares

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 12/8, a Operação Golden Childhood, com o objetivo de combater a difusão de arquivos contendo exploração sexual de crianças e adolescentes por meio da internet. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal no município de Parnamirim/RN, em endereços ligados ao investigado, e que resultaram na apreensão de aparelhos celulares que serão submetidos a exame pericial.

ENTENDA O CASO

Em rastreamento na rede mundial de computadores, a ONG Safernet detectou que o usuário estaria mantendo site contendo imagens pornográficas infantojuvenis, na plataforma “blogspot”.

Após quebra de sigilo telemático autorizada pela Justiça Federal, e de levantamentos feitos junto a operadoras de internet, constatou-se que o mantenedor do site utilizava conexão de internet proveniente de empresa localizada na Grande Natal, o que motivou o pedido pela expedição de mandados de busca e apreensão.

CRIMES INVESTIGADOS

O investigado responderá pelos crimes de compartilhamento de arquivos contendo pornografia infantil, presente no art. 241-A da Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), cuja pena varia de 2 a 6 anos de reclusão e, se constatada pela perícia a existência de arquivos de pornografia envolvendo crianças e adolescentes, poderá ainda responder pelo crime previsto no art. 241-B, do mesmo Estatuto, cuja pena pode alcançar até 4 anos de reclusão.

(*) O nome da operação, traduzido, significa “infância de ouro”.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil deflagra operação e prende em Recife-PE suspeito de tentativa de fraude em concurso no RN

A partir de investigações realizadas pelo Departamento de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (DECCOR-LD) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, como parte da Operação “Nunca serão!”, a Coordenação de Operações e Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil do Estado de Pernambuco, prendeu, nessa quinta-feira (15), um homem de 41 anos, pela suspeita de tentar fraudar concurso público. A prisão aconteceu na cidade de Recife (PE), onde também foi cumprido um mandado de busca na residência do suspeito.

As investigações foram iniciadas após a prisão em flagrante de um homem de 39 anos, em Natal (RN), no último domingo (16), durante a aplicação das provas do concurso público da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, para os cargos de escrivão e agente, promovido pela Fundação Getúlio Vargas. Na ocasião, o candidato foi autuado em flagrante, na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, pela tentativa de utilizar, indevidamente, com o fim de beneficiar a si ou a outrem, conteúdo sigiloso de concurso público. A apuração prossegue para verificar se existem outras pessoas envolvidas na tentativa de fraude, a partir dos elementos obtidos com a busca e apreensão e os depoimentos colhidos.

De acordo com a delegada-geral Ana Cláudia Saraiva, as prisões reforçam o compromisso da Polícia Civil potiguar com a sociedade e com os candidatos, para garantir a seriedade do certame. “Todas as situações noticiadas pelos candidatos estão sendo investigadas, porém, até o momento, a única ocorrência constatada foi essa tentativa de fraude, que está sendo devidamente tratada. O concurso está sendo acompanhado de perto pela Polícia Civil do RN”, afirmou a delegada. Neste domingo (16), pela manhã e à tarde, serão aplicadas as provas para o cargo de delegado, em Natal.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Operação com polícia da PB e do RN cumprem mandados contra golpistas que lesaram 40 empresas

Uma operação conjunta da Polícia Civil da Paraíba e do Rio Grande do Norte cumpriu nessa segunda-feira, 12 de julho, cinco mandados de busca e apreensão em Campina Grande, João Pessoa e Natal (RN), em diligências que investigam uma associação criminosa que já causou um prejuízo de mais de R$ 10 milhões a 40 empresas.

A investigação da Operação Caduceo é da 12ª Delegacia Seccional (sede em Esperança-PB) e contou com o apoio da Divisão Especializada em Investigações e Combate ao Crime Organizado (Deicor/PCRN) e da Delegacia de Defraudações de João Pessoa.

Nas buscas, vários documentos também foram apreendidos para subsidiar o Inquérito Policial. De acordo com o delegado seccional Cristiano Santana, empresas de vários estados foram lesadas por esse grupo criminoso.

Veja mais detalhes AQUI no Blog do BG PB.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Prefeitura do Natal emite nota oficial após operação da Polícia Federal

NOTA OFICIAL

A Prefeitura do Natal esclarece que colaborou e disponibilizou todas as informações solicitadas pela Controladoria-Geral da União (CGU) que, dentro de suas atribuições, vem realizando auditorias em todas as pastas de saúde do país. E, a despeito da deflagração da operação que redundou no processo nº 080452768.2021.4058400, em trâmite na 14ª da Vara Federal de Natal, vem reafirmar que o processo de contratação é lícito.

Isso porque a aquisição dos equipamentos se pautou pela Lei nº 13.979/2020, que, mesmo editada para facilitar os processos de compras públicas de forma direta, sem concorrência, a SMS/Natal optou por realizar levantamento de preços de mercado, a fim de comprovar que a aquisição se daria do modo mais vantajoso e econômico possível, como de fato ocorreu, bastando comparar os preços ofertados pelos concorrentes.

Nessas circunstâncias, os ventiladores pulmonares da marca SPECTRUM foram comprados diretamente do representante do fabricante, no valor de R$ 108.000,00 (cento e oito mil reais), com reconhecida atuação na área de mercado, entregues em pleno funcionamento, cabendo ainda ressaltar que foram adquiridos no mês de maio do ano de 2020, época em que a Pandemia da Covid-19 estava no seu ápice, sobretudo diante da escassez de aparelhos no mercado.

E, no que diz respeito à funcionalidade dos respiradores, em que paira uma acusação de que os mesmos aparelhos seriam inservíveis, cabe ainda esclarecer que os aparelhos estão funcionando perfeitamente, inclusive sendo o aparato para o salvamento de inúmeras vidas humanas.

Na verdade, ao contrário do que foi interpretado pela CGU, a Empresa Lemonde, ofertou, sim, respiradores idênticos, da marca Philips, ao preço unitário de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais), conforme e-mails fornecidos à CGU pela própria SMS/Natal.

A referida empresa alega que desconhece o representante comercial que fez contato com a Secretaria de Saúde de Natal, porém, como a proposta da empresa não chegou nem perto do valor ofertado pela vencedora, a SMS não se obrigou a realizar a análise documental da Lemonde, tendo descartado a possibilidade de contratação, em razão desta não ter ofertado o menor valor, conforme a própria auditoria da CGU demonstrou.

Cumpre ressaltar, também, que os valores que redundaram nessa contratação chegaram a ser discutidos com o Ministério Público Estadual, justamente visando a evitar qualquer irregularidade no processo.

Por fim, a Prefeitura do Natal informa que irá colaborar buscando esclarecer qualquer irregularidade na aquisição dos respiradores, ao tempo em que confia na correção do Gestor da Saúde e sua equipe, que, durante sua larga experiência na vida pública, nunca foi alvo de qualquer investigação que desabonasse sua conduta, reiterando que, se comprovadas quaisquer irregularidades, os eventuais envolvidos serão devidamente responsabilizados, conforme a legislação vigente.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTOS: Operação desfaz aglomerações e faz apreensões em Ponta Negra

Fotos: Roberto Galhardo/Semsur

Em cumprimento ao decreto Nº 12.216/2021, da Prefeitura do Natal, que proíbe aglomeração e consumo de bebida alcoólica em espaço público como medida de contenção à Covid-19, a equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) realizou neste domingo (27), uma operação de fiscalização na orla da praia de Ponta Negra. Além dos fiscais da Secretaria, a ação contou com o apoio da Guarda Municipal de Natal, da Polícia Militar e da Polícia Civil.

De acordo com o chefe de Fiscalização da Semsur, Antônio Carlos Falcão, apesar de não ter ocorrido registro de prisão por desobediência ao decreto municipal, durante a operação foram retidos objetos, equipamentos e bebidas alcoólicas, além de desfazer vários focos de aglomeração. Foram apreendidas nove bicicletas que estavam abandonadas e amarradas ao guarda corpo do calçadão da orla de Ponta Negra, atrapalhando o passeio público; duas caixas-box, que estavam sendo usadas por grupos de pessoas que aglomeravam para consumir bebidas alcoólicas em torno delas, bem como garrafas de vodka (02), uísque (01), aguardente (03) e cervejas (12). As bebidas, que estavam sendo consumidas em espaço público, foram derramadas na frente dos usuários.

Por fim, houve apreensão e detenção, pela Guarda Municipal e pela PMRN, de cigarros de maconha, que estavam sendo usados no momento da operação. A Polícia Civil fez a averiguação e, em seguida, liberou os usuários.

 

Opinião dos leitores

  1. Já passou do tempo de acabar com essas apreensões bestas! E partir pra CIMA da bandidagem! Isso sim é que assusta e destrói Natal!

  2. Concordo plenamente com Neto. O que falou é a maior VERDADE. Houve uma festa grande na T da Raposa a semana passada, Som, Fogos , Zoeira até 2h da manhã e não apareceu ninguém para proibir.

  3. Queto ver a governadora e seus comandados irem acabar com as aglomerações nos pancadões lá em Mãe Luíza, Passo da Pátria, Toca da Raposa… Acabar com festa de gente de bem são uns leões, mas acabar festa de vagabundo, sao uns gatinhos.
    A teoria de que governos de esquerda gostam de bandido, a cada dia se concretiza mais. E, a polícia militar, infelizmente, totalmente dependente, fica a mercê dos mandos e desmandos.
    Sou a favor das polícias se tem independentes, seja ela qual for. Pq só assim, acaba essa patifaria de usarem as instituições de segurança pública para fazer palanque.

  4. Natal largada: Calçadões das praias urbanas são uma bagunça que afasta qualquer turista ! Já viraram terra de ninguém faz tempo e a cada dia piora mais… Natal vai assim perdendo seu destaque no turismo nacional e virando destino secundário …

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Operação da Polícia Federal em Alagoas e mais dois estados investiga desvio de dinheiro na compra de respiradores

 Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal realiza nesta quinta-feira (17) em Alagoas, Rio de Janeiro e Espírito Santo uma operação para investigar a contratação de empresa sem licitação para a compra de central de gases e respiradores para o hospital de campanha de Girau do Ponciano (AL), que atende pacientes com Covid-19. Segundo a PF, houve desvio de recursos enviados pelo governo federal no valor de R$ 250 mil.

Cerca de 80 policiais federais cumprem 19 mandados de busca e apreensão em:

Alagoas: Maceió (3), Girau do Ponciano (5), Arapiraca (3), Campo Grande (1)

Rio de Janeiro: Rio de Janeiro (4), Belford Roxo (1)

Espírito Santo: Alegre (2)

A reportagem do G1 tenta contato com a prefeitura de Girau do Ponciano. Os nomes dos alvos da operação não foram divulgados.

Segundo as investigações, a Operação Sufocamento quer desarticular um grupo criminoso que atuou nas simulações de dois procedimentos de dispensa de licitação do hospital de campanha, para o qual foram contratadas duas empresas sediadas no Rio de Janeiro.

Entretanto, as empresas contratadas não atuam no ramo de comercialização de central de gases, sendo na verdade um comércio de materiais de construção.

A investigação apontou que um único funcionário público recebeu, em apenas cinco meses (entre abril e agosto) R$ 264 mil dos cofres públicos de Girau do Ponciano, inclusive com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

O município de Girau, segundo a PF, recebeu R$ 9.508.040,52 do governo federal em 2020 para ações de enfrentamento ao novo coronavírus.

Os contratos investigados somam R$ 600 mil e os desvios, até então, seriam de R$ 250 mil. Além dos desvios, há evidências de outras irregularidades, como a ausência de cotações de preços nos procedimentos, propostas de preços simuladas, superfaturamento nas aquisições, notas fiscais graciosas, utilização de “laranja” na constituição da pessoa jurídica, fornecimento de respiradores obsoletos, dentre outras.

Além dos mandados de busca e apreensão, a Justiça determinou o sequestro de bens móveis e imóveis das pessoas físicas e jurídicas investigadas, assim como a proibição de acesso a qualquer órgão da Administração Municipal de Girau do Ponciano.

O nome da operação, Sufocamento, faz alusão tanto ao efeito devastador provocado pela Covid-19 nos pacientes como ao objetivo pretendido pela investigação de reprimir a atuação dos membros do grupo criminoso.

G1 – Alagoas

 

Opinião dos leitores

  1. FALTA A DO CONSÓRCIO DO NORDESTE, 48 MILHÕES, ONDE ESTÃO?
    VERBA FEDERAL, PORTANTO COMPETÊNCIA DA POLÍCIA FEDERAL.

  2. A questão é identificar onde ouve malversação de recursos públicos, não interessa a origem e o indivíduo envolvido, todos, literalmente todos, devem responder por isso. Não é possível que vivamos continuamente precisando de segurança, educação e saúde fornecidas pelos entes da federação e Não tenhamos as respostas e soluções que precisamos, o Brasil precisa e deve alijar da vida pública os ladrões de paletó, gravata, discurso fácil e mentiroso, que só os viciados nas tetas públicas gostam.

  3. Gostaria de saber quando vão chegar junto de Fatao e o Consorcio Nordestes. 5 milhoes em respiradores, mais de 1 ano, e ninguém faz nada. Cadeia neste petralha.

    1. Tá chegando, vamos ter calma, até o final do ano, acho que a PF chega por aqui.

  4. Agora a porca vai torcer o rabo. O estado da família Renan, um dos maiores bandidos do país, vai ter muita coisa o que explicar. Tá na hora desse safado ir pra cadeia, mais de 50 processos nas costas e esse FDP consegue se livrar de todos com o apoio do STF, corja de bandidos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *