Igreja Católica pede audiência com governador para tratar da luta salarial da UERN e demais servidores

Os líderes da Igreja Católica do Rio Grande do Norte subscreveram ao governador Robinson Faria ofício em que pedem audiência para tratar dos direitos da UERN e dos servidores que se encontram em dificuldades financeiras pelos atrasos salariais. O texto é assinado pelo arcebispo de Natal, dom Jaime Vieira Rocha, e pelos bispos de Mossoró e Caicó,  dom Mariano Manzana e dom Antonio Carlos Cruz, respectivamente.

“Mais do que buscar compreender a temática em tela, a Igreja Católica objetiva contribuir na construção de caminhos para a solução do problema que ora se apresenta”, diz a nota, cuja íntegra vai abaixo.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Frasqueirino disse:

    Hipocrisia…

  2. Junior disse:

    Em reunião na assembleia no clube tiradentes foi avisado q não existe nenhuma perspectiva de salários para os policiais militares. O que será de nós.

  3. Natal sofrida disse:

    Deviam se preocupar com os padres pedófilos. Só politicagem. Hipócritas!

  4. joao disse:

    Se privatizar resolve… e ainda sobra pra igreja…

COMENTE AQUI