Economia

Indústria de biscoitos assina protocolo com prefeitura para instalar fábrica em São Gonçalo

Foto: Divulgação

A indústria de biscoitos recheados Vitamassa assinou Protocolo de Intenções com a Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante/RN para implantar uma unidade fabril na cidade. No documento, assinado no último 18 de dezembro, a empresa também requisitou incentivos fiscais e concessão de área no distrito empresarial da prefeitura, localizado no entorno do Aeroporto Internacional Governado Aluízio Alves.

O diretor da Vitamassa, Celso Duarte Junior, destacou que a escolha por São Gonçalo se deu pela proximidade do aeroporto, o que, segundo ele, facilita o acesso ao porto de Natal. O administrador elogiou a expansão de infraestrutura que o município está realizando. “Um plano de investimentos que inclui a nova estrada da produção, que será construída este ano pelo Governo do Estado, infovia, rede de água, esgoto, novas vias expressas e pontilhões”, disse.

De acordo com o prefeito Paulo Emídio, o Paulinho, esses investimentos são necessários para atrair empresas. “Todas essas obras são do Programa de Ações Estruturantes de São Gonçalo do Amarante, o Paes, que será viável através de um financiamento externo. Nossa gestão tem uma estratégia de desenvolvimento muito clara: trocar imposto por emprego. Isso significa estruturar o município, melhorar o ambiente de negócios e oferecer incentivos para atrair empresas e gerar emprego e renda. E a Vitamassa já é um resultado claro de todo esse planejamento”, observou.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Vagner Araújo, aproveitou para enfatizar a intensa articulação que o governo municipal vem mantendo com o setor produtivo, apresentando vantagens comparativas de investir em São Gonçalo. “Temos mantido estreito diálogo com segmentos industriais, logísticos, comerciais e de serviços. Apresentamos São Gonçalo como a cidade do presente e do futuro. Geografia privilegiada, infraestrutura de transporte multimodal, áreas disponíveis, boa oferta de água, energia, infovia e a prefeitura com capacidade de investimento e seriedade pra dar segurança jurídica aos empreendimentos”, pontuou.

Opinião dos leitores

  1. SGA depois do aeroporto esta bombando.
    Agradeçam ao ex-deputado Henrique, vejam SGA antes e depois do aeroporto e tirem suas conclusões.
    Reconhecam, facam uma estátua para o homem em frente ao aeroporto

    1. Realmente um aeroporto que demorou e custou três vezes mais que o previsto, acho que só tem tempo e dinheiro para fazer uma estátua de papelão.

    2. Ah, deixa de ser hipocrita O aeroporto que prejudicou uma cidade inteira pelo deslocamento desnecessário até o “fim do mundo”. Sem dizer os turistas que são roubados entre idas e vindas. Esse aeroporto era de carga, mas quando descobriram que não haveria carga, logo inventaram essa baboseira que só enriqueceu o próprio Henrique Alves. Se fizerem uma estátua ela será cravada de fezes de pombos!!!!

  2. Aos gestores e aos representantes da indústria de biscoitos vitamassa atentem que tem gás natural canalizado farto nas mediações do aeroporto pelo peograma eatatal RN Gás + .

  3. A gestão de SGA está de parabéns. Além de obter o melhor resultado (vale salientar, o melhor município da Grande Natal no IEGM), onde foi referencia em obras, agora mostra como fomentar a economia.

    1. É??
      Mas o senador Jean Poul Apagado Prates e Fernando Lucena e contra a fomentar empresas.
      Olhe o que o vereador meia boca ta dizendo logo aqui em cima.
      E o senador é contra a Havan.
      Dois malucos sem projetos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

PEC das Drogas avança na Câmara, enquanto STF debate o tema; proposta foi aprovada por 47 a 17 na Comissão de Constituição e Justiça

Foto:  Brenno Carvalho / Agência O Globo

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou, nesta quarta-feira, por 47 votos a 17, o relatório que cria uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para incluir a criminalização do porte de drogas na Constituição, independentemente da quantidade. O texto foi aprovado pelo Senado em abril, em um embate direto com o Supremo Tribunal Federal (STF), que tem julgamento em curso sobre o assunto.

Relator do projeto na CCJ, o deputado Ricardo Salles (PL-SP), manteve o texto do Senado em seu relatório e agora uma comissão específica será criada para discutir o seu mérito. Depois desta etapa, estará pronta para ser votada no plenário.

No STF, o placar está em 5 votos a 3 pela descriminalização da posse e porte da maconha, um entendimento, até o momento, divergente da proposta que tramita no Congresso. A PEC prevê inclusão da criminalização do porte de qualquer quantidade de droga na Constituição.

Na CCJ, deputados divergiram sobre o tema. O relator do texto, Ricardo Salles, afirmou que os usuários têm responsabilidade direta sobre crimes cometidos por traficantes.

— A sociedade brasileira está tomada por esse problema de usuários de drogas, que são, ao fim e ao cabo, aqueles que incentivam o tráfico e os crimes a eles relacionado — disse o parlamentar.

O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) definiu o argumento de Salles como “mesquinho”.

— Quem fala isso provavelmente toma seu uisquinho à noite para relaxar, o que já foi considerado crime — afirmou.

Atualmente, a Lei das Drogas determina que é crime adquirir, guardar, ter em depósito, transportar, carregar, semear, cultivar, ou colher drogas para consumo pessoal. O delito não é punido com prisão, mas com penas mais leves como prestação de serviços comunitários e medidas educativas de comparecimento a programa ou curso educativo sobre os efeitos das drogas.

No entanto, a lei não define a quantidade específica para diferenciar o usuário do traficante. Na prática, a questão fica em aberto e fica a cargo de avaliação da Justiça. Por esse motivo, o Supremo passou a julgar a questão.

O que é proposto na PEC

Em resposta ao STF, que tem julgamento do tema em curso, o texto de autoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), eleva o tema ao texto constitucional.

A PEC, aprovada com 53 votos a favor e 9 contra no Senado, prevê que seja inserida na Constituição a determinação de que é crime a posse ou porte de qualquer quantidade de droga ou entorpecente “sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar”.

O texto prevê que seja “observada a distinção entre o traficante e o usuário pelas circunstâncias fáticas do caso concreto, aplicáveis ao usuário penas alternativas à prisão e tratamento contra dependência”. Na prática, repete o teor da lei atual e não define critérios objetivos para diferenciar o consumo do tráfico.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Secretário demitido diz que foi pressionado pelo governo para comprar arroz: “bode expiatório”

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O agora ex-secretário de Políticas Agrícolas do Ministério da Agricultura, Neri Geller, disse nesta quarta (12) que foi pressionado pelo governo para organizar o leilão que comprou 263 mil toneladas de arroz importado e que foi anulado na terça (11) por suspeitas de irregularidade. Ele afirmou que está sendo usado como “bode expiatório” do fracasso do leilão.

Geller pediu demissão do cargo após se levantar a suspeita de privilégio ao filho dele, Marcello Geller, sócio de uma das corretoras que participaram do leilão. O certame foi vencido por quatro empresas ao custo de R$ 1,3 bilhão, sendo que três delas não operam no mercado de compra e venda de grãos.

Ele foi o responsável por organizar o leilão, e disse que a Casa Civil e o Ministério da Agricultura o pressionaram para comprar tamanha quantidade de arroz mesmo sob fortes críticas do agronegócio.

“Foi mal conduzido, em momento de egos aguçados. [A quantidade foi] uma decisão da Casa Civil junto com o ministro [Carlos] Fávaro certeza. Agora, como que se deu lá eu não consegui participar, porque o ministro puxou esse assunto 100% pro gabinete. Mas, quem decidiu obviamente não fomos nós”, disse em entrevista à BandNews TV.

O ex-secretário afirmou, ainda, que as condições técnicas para a realização do leilão “não foram seguidas”, confirmando uma fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a interlocutores que participaram da reunião mais cedo que anulou o leilão.

Geller disparou que “sem dúvida” que as regras não foram seguidas, e que “faltou organização, faltou orientação”. “Se você buscar nos anais das reuniões que nós fizemos, lógico que foram reuniões internas, as posições técnicas não foram seguidas. […] Foi de forma muito açodada”, apontou.

Neri Geller confirmou que já se sabia que 78% da safra de arroz do Rio Grande do Sul havia sido colhida e estava nos armazéns dos produtores, e que o restante estava fora das regiões fortemente atingidas pelas enchentes. “Teve uma queda de apenas 500 mil toneladas”, pontuou.

Apontou, ainda, que se sabia também que a região Centro-oeste do país teve crescimento de 30% na produção de arroz e que havia também a produção dos outros países do Mercosul. “[O leilão] deveria ser feito de forma mais escalonada”, completou.

“Bode expiatório”

O ex-secretário também negou qualquer tipo de favorecimento ao filho e ao sócio, Robson Almeida de França, que foi seu assessor há quatro anos. Neri Geller diz que o empresário começou a atuar no leilão de grãos depois de deixar o gabinete e, inclusive, participou de outros leilões no ano passado.

“Então, aqueles valiam e agora não vale mais”, questionou dizendo que falou com Robson na noite da última sexta (7), quando começou a surgir a suspeita, e que ficou triste com a repercussão. “Eu vou sair como bode expiatório dessa questão? Eu não vou aceitar de forma nenhuma”, disparou.

Ele ainda pediu que a Polícia Federal investigue se houve qualquer direcionamento por parte dele, ressaltando que tem uma carreira política de mais de 30 anos que não pode ser desprezada.

Neri Geller foi ministro da Agricultura no governo Dilma Rousseff (PT) e ex-deputado federal, além de ter sido um dos principais articuladores para aproximar Lula do agronegócio durante a campanha eleitoral de 2022. Ele chegou a ser cotado para o ministério, em um setor que majoritariamente apoiou a reeleição do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A decisão de importar arroz foi tomada após as enchentes no Rio Grande do Sul, estado responsável por 70% da produção nacional do grão. Embora 80% da colheita já tivesse sido realizada antes das chuvas, as enchentes impactaram significativamente a logística e o transporte do cereal para o restante do país.

No último final de semana, a Conab havia determinado que as quatro empresas vencedoras do leilão deveriam comprovar capacidade técnica e financeira para intermediar a compra, que custou R$ 1,3 bilhão ao governo.

Gazeta do Povo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

TCU aprova contas do governo Lula em 2023, mas auditoria técnica aponta distorções de R$ 23 bilhões

Auditoria técnica do TCU apontou distorções de R$ 20 bilhões nas contas do governo Lula | Foto: Antonio Leal/ TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou com ressalvas, nesta quarta-feira, 12, as contas de 2023 do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O relator foi o ministro Vital do Rêgo.

As ressalvas se devem a distorções de R$ 23 bilhões encontradas pelos técnicos do tribunal. Tratam-se, basicamente, de erros de metodologias de cálculos feitos pelo governo. Além disso, a auditoria apurou R$ 153 bilhões em limitações de escopo no ativo total. Neste caso, são valores que o TCU não conseguiu confirmar a qualidade do número apresentado. Na prática, isso acabou por impactar as demonstrações contábeis da União, segundo o tribunal.

O exame das contas do Presidente da República é realizado anualmente pelo TCU. Geralmente, as contas são aprovadas com ressalvas, como ocorreu neste ano. A última vez que o tribunal recomendou a reprovação ocorreu em 2016 – referente ao exercício de 2015 –, durante a gestão de Dilma Rousseff (PT). Na ocasião, a decisão se baseou em 10 irregularidades identificadas pelo TCU, incluindo o atraso nos repasses aos bancos públicos, o que ficou conhecido como “pedaladas fiscais”.

A sessão desta quarta-feira contou com as presenças do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, da ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, e do 1º vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rêgo, filho do ministro do TCU que relatou o processo.

Em seu voto, o ministro Vital do Rêgo apontou para a sobrecarga da Previdência no orçamento da União, destacando o elevando custo dos militares. “Nenhum dos sistemas previdenciários tem sido capaz de prover a cobertura dos respectivos benefícios, mas desponta, nesse aspecto, o Sistema de Proteção dos Militares, cuja relação entre receitas e despesas, em 2023, foi de apenas 15%, tendo arrecadado R$ 9 bilhões em contraponto a uma despesa de R$ 59 bilhões. No caso do RPPS, a relação de cobertura foi próxima de 42%”, assinalou.

“A disparada da Dívida Pública Federal em 2023 revela o quanto pode ser um contrassenso que o Estado abra mão de receitas, mediante a concessão de novos benefícios tributários, ao mesmo tempo em que se endivida, pagando juros”, afirmou.

O relator destacou cinco desafios do País que devem ser objeto de atenção nos próximos anos:

  1. Aumento da produtividade e geração de renda;
  2. Melhoria da qualidade das instituições públicas para aumento da eficiência governamental;
  3. Reforma fiscal e política fiscal responsável;
  4. Educação pública de qualidade para requalificação da força de trabalho;
  5. Redução das desigualdades.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

[VÍDEO] Deputado Bilynskyj se exalta após Pimenta fazer alusão a caso de violência doméstica: “o senhor é mentiroso, bandido e criminoso”

O deputado Paulo Bilynskyj se exaltou, nessa terça-feira (11/6), após uma fala do ministro-chefe da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande Do Sul, Paulo Pimenta, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Pimenta respondeu se a esposa do ministro o acompanhou no roteiro pelo Rio Grande do Sul: “Sim, sou ministro de Estado, participo de eventos públicos e muitas vezes a minha esposa me acompanha… Não posso dizer o mesmo do senhor, não é? Porque… o senhor acha que tem alguma coisa estranha nisso? Inclusive eu tenho uma relação muito boa com ela, de respeito”.

Bilynskyj se envolveu, em maio de 2020, em um caso de violência doméstica. Sua namorada, à época, Priscila Barrios, o atingiu com 6 tiros e se matou em seguida, segundo a Polícia Civil de São Paulo. O Tribunal de Justiça de SP arquivou o caso.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Em nova assembleia, servidores técnico-administrativos da UFRN decidem manter greve; paralisação iniciou em 14 de março

oto: divulgação/Sintest

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) decidiram, em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (12), continuar a greve.

A decisão foi tomada após a avaliação da proposta apresentada pelo Ministério da Educação na terça-feira (11) para a reestruturação da carreira dos técnicos das instituições de ensino superior.

A proposta mantém a política de não conceder aumento em 2024, com reajustes previstos de 9% em janeiro de 2025 e 5% em abril de 2026. Além disso, o tempo de progressão será reduzido de 18 para 12 meses, com aceleração a cada cinco anos, permitindo que um servidor chegue ao topo da carreira em 15 anos.

Os servidores técnico-administrativos defendem que o reajuste seja iniciado a partir deste ano. A greve da categoria foi deflagrada em 14 de março. Além dos técnicos, os docentes da UFRN também estão paralisados. A suspensão das aulas foi iniciada em 3 de abril.

O movimento é organizado pelo Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior do Rio Grande do Norte (Sintest). Uma nova assembleia está marcada para a próxima quarta-feira (19), às 9h, no auditório da Reitoria da UFRN.

Novo Notícias

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura de Natal cria nova Cozinha Comunitária na Zona Oeste

Foto: Alex Régis

A Prefeitura do Natal abriu uma nova Cozinha Comunitária. Operacionalizado pela Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Semtas), por meio do seu Departamento de Segurança Alimentar (DAS), o programa tem como objetivo reduzir os níveis de desnutrição e proporcionar alimentação de qualidade para a população.

Localizada no bairro Cidade Nova, a nova cozinha comunitária terá capacidade de atender diariamente até 200 indivíduos, com almoço de segunda a sexta-feira, totalizando 1.000 refeições por semana e 4 mil refeições por mês. O cardápio oferece um prato digno, seguro e completo nutricionalmente. Além disso, cursos serão promovidos para os beneficiados, dentro de uma proposta sustentável de geração de emprego e renda.

“O programa da Cozinha Comunitária faz parte da nossa política de Segurança Alimentar, composta por outras ações, como o Banco de Alimentos, que completou dois anos recentemente. São ações ainda necessárias para nos ajudar a combater a vulnerabilidade nutricional de muitas famílias”, aponta o prefeito Álvaro Dias.

Esse é o segundo equipamento social descentralizado de Segurança Alimentar e Nutricional na cidade, e há expectativas de abrir outros nas demais regiões.

Titular da Semtas, a secretária Andréa Dias também explica a importância do programa. “Hoje, a Cozinha Comunitária tem estratégia inovadora de combate à insegurança alimentar, atendendo não só crianças, mas também jovens, adultos e idosos em situação de vulnerabilidade social, pessoas que foram escolhidas através de uma triagem das famílias em situação de extrema pobreza”, detalha.

“É importante lembrar que as Cozinhas Comunitárias são equipamentos públicos que integram a Rede Operacional do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN), do qual estamos concluindo a adesão ainda nesse semestre”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

‘Assumo a responsabilidade que é cuidar do outro’, diz médica que improvisou respirador com embalagem de bolo em bebê

Fotos: Igor Jácome/g1 | reprodução

Atuando na medicina há quase 9 anos, principalmente em hospitais públicos e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Rio Grande do Norte, a médica Ellenn Salviano diz que tomou a atitude de usar uma embalagem de bolo como um capacete de oxigênio para salvar a vida de um bebê de três meses em Santa Cruz, no Agreste potiguar.

“Ali estou nos meus braços com o amor de alguém. Quando saio de casa e deixo meus três filhos, assumo a responsabilidade que é cuidar do outro. Então eu não podia olhar para aquela mãe e dizer não podemos”, disse a profissional ao g1.

“É muito fácil chegar e dizer: mãezinha, o desfecho foi ruim. Me desculpe, porque não somos um hospital materno-infantil, porque não temos recursos para o seu filho e o SUS não tem vaga”, complementa.

O paciente deu entrada no hospital municipal de Santa Cruz no sábado (8). Na manhã da segunda-feira (10) a médica entrou no plantão da unidade e percebeu que a criança estava em um estado muito grave.

De acordo com Ellenn, o bebê já estava com cianose, uma condição médica que afeta o paciente com má oxigenação do sangue, e apresentava manchas roxas na pele.

Opinião dos leitores

  1. Sendo uma médica foi bem reconhecida pelo trabalho que fez por ser de cargo alto, na ocasião se a criança vem a Óbito certamente a maioria aqui ia pedir a prisão e cassação de diploma da mesma. O famoso passa pano;

  2. Falar mal dos profissionais que improvisam pra salvar uma vida é fácil, quero ver é fazer o que eles fazem

  3. Município que foi gerido por anos como prefeito o atua deputado Tomba. Que foi o seu sucessor foi a sua esposa acorda povo de santa cruz.

  4. A Dra. Ellenn Salviano está de parabéns. O mundo precisa de pessoas dedicadas com o bem-estar do próximo.

  5. Essa tem a medicina no coração! Parabéns, doutora! O RN se orgulha de ter alguém abnegado nos quadros da saúde!

  6. Parabéns pra essa Mae, Médica e ser humano fantástico é isso que temos que entender, se colocar em prol do outro.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Agreste: ex-prefeito João Wilson assume presidência da Federação PSDB/Cidadania em Canguaretama

Em Canguaretama, o PSDB que é presidido pela ex-vereadora Irmã Lila e o Cidadania, de Sérgio Henrique Barbosa uniu-se em Federação, como determina o estatuto dos dois partidos. O ex-prefeito João Wilson Ribeiro, o João Careca (PSDB) foi designado como novo presidente.

As convenções municipais destinadas à escolha dos candidatos a prefeito, vice-prefeito, vereador e deliberação sobre coligações deverá ser feita de forma presencial, virtual ou híbrida, no período de 20 de julho a 5 de agosto de 2024, sendo convencionais da Federação PSDB/Cidadania com direito a voto os membros do respectivo colegiado municipal, nos termos dos artigos 12 e 13 do estatuto: João Wilson – Presidente e Irmã Lila – Vice-presidente. A ex-primeira-dama Emanuelle Ribeiro de Tesoureira e o empresário Tiago da Construção, como secretário. Outros membros do PSDB e do Cidadania também foram designados pela direção estadual.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Dólar avança e supera R$ 5,40, após fala de Lula sobre situação fiscal

Foto: Divulgação / FII Institute

O dólar avançou, na contramão do mercado lá fora, após declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a situação fiscal no país. Lula afirmou em evento no Rio que “o aumento da arrecadação e a queda da taxa de juros permitirão alcançar a meta de déficit sem comprometer os investimentos”.

A declaração gerou desconforto no mercado, que interpretou que o equilíbrio nas contas públicas viria com mais impostos, e não a partir de corte de gastos. Com isso, o dólar, que estava caindo após a divulgação de inflação nos EUA abaixo da expectativa, inverteu e subiu, alcançando R$ 5,42 na máxima do dia.

O Ibovespa, que estava subindo, passou a cair e chegou à mínima do ano, abaixo de 120 mil pontos.

Também pesou no humor do mercado a decisão do Senado na véspera de devolver parte da MP do PIS/Cofins ao Executivo. A MP limitava o uso de créditos tributários usados para compensar pagamentos de impostos.

Com isso, o governo esperava elevar a arrecadação, mas a má repercussão da medida, especialmente entre empresários, fez o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, devolvê-la. Para o mercado, o movimento foi visto como uma derrota do ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

— Estamos arrumando a casa e colocando as contas públicas em ordem para segurar o equilíbrio fiscal. Aumento da arrecadação e queda da taxa de juros permitirão alcançar a redução do déficit sem comprometer os investimentos — disse o presidente na abertura do FII Priority Summit, evento organizado pelo Future Investment Initiative Institute.

O instituto é uma entidade sem fins lucrativos financiada pelo Fundo de Investimento Público (FIP), ligado ao governo da Arábia Saudita. O evento é realizado no Rio pela primeira vez, no hotel Copacabana Palace.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Cada vez que abre a boca é um desastre econômico, cada passo dado é um gasto público exorbitante… Que Deus nos dê forças pra aguentar o nine até 2026

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Youtuber petista que espalha fake contra Bolsonaro tem ordem de prisão decretada

Foto: reprodução

Peça chave do escândalo que se tornou a versão petista do Gabinete do Ódio, o influenciador Thiago dos Reis, de 36 anos, tem prisão decretada no Brasil. A informação foi trazida pelo jornalista Dinarte Assunção no Jornal das 6 desta terça-feira (11).

Filiado ao PT desde 2017, o youtuber é alvo de 15 processos ajuizados desde 2022 por adversários políticos, empresários e servidores públicos, que se dizem vítimas de calúnia e difamação e pedem, no total, R$ 447 mil em indenizações por danos morais.

Também é procurado por haver contra ele uma ordem de prisão decretada em uma ação movida pelo próprio pai, que alega ter sido abandonado pelos filhos após ser declarado interditado por problemas psiquiátricos e de alcoolismo.

Thiago não foi localizado pela Justiça. Nas redes sociais, ele afirma que passa uma temporada no México, para onde teria se mudado para escapar de “ameaças de bolsonaristas”.

MODUS OPERANDI

Youtuber, Thiago dos Reis acumula 1 bilhão de visualizações no YouTube e possui 1,5 milhão de inscritos em seu principal canal na plataforma, o “Plantão Brasil”. O modus operandi do influenciador, usando notícias falsas e textos sensacionalistas.

Nos últimos cinco anos, o youtuber publicou 9,8 mil conteúdos. Os vídeos costumam ter montagens sensacionalistas nas fotos de capa, fatos distorcidos e títulos falsos ou descontextualizados.

O youtuber, que tem a família Bolsonaro como um dos principais alvos, já afirmou, por exemplo, que o empresário Luciano Hang matou a própria mãe durante a pandemia de covid-19 (ela morreu após ser internada com a doença) e que a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro comprou um sapato de R$ 20 mil com dinheiro público em Dubai.

96 FM Natal

Opinião dos leitores

  1. Quer saber quem é o indivíduo, pergunta se é a favor ou contra Bolsonaro. Tire suas conclusões!

  2. O plantão Brasil é o melhor e maior canal de esquerda…
    A gadaiada fica loooouca…🤣🤣🤣

    1. Alienado detectado. Educação de Paulo Freire observada, a partir do que escrevera…

  3. Vixe! Se fosse um youtuber bolsonarista seria perseguição né? E quando é um petista, é justiça ou perseguição? KKK

    1. A prisão dele não é por conta das fake News comprovadas que ele espalha, sim por ter abandonado o pai idoso. Procura se informar, jumento batizado! Você não sabe que a quadrilha pode mentir a vontade!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *