Diversos

Isolamento social ainda é a melhor maneira de combater a Pandemia, reforça LAIS/UFRN

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O isolamento social comprova sua eficiência, tanto que os prognósticos iniciais apontados nos modelos matemáticos dinâmicos já apresentam cenários diferentes, porque atitudes estão sendo tomadas.

Sabemos que quando uma pessoa se cura da Covid-19 em meio à crise sanitária que estamos enfrentando é uma alegria e motivo para comemorar. Seguramente essa é uma boa notícia. No entanto, não podemos considerar as estatísticas em torno das curas do ponto de vista da Saúde Pública, nesse momento. Isso porque o cuidado deve ser direcionado àquelas pessoas que se internam, que sofrem e que morrem em virtude da doença.

A preocupação das entidades de saúde e dos pesquisadores é conseguir manter um equilíbrio e condições mínimas para a atenção na rede hospitalar que irá receber as pessoas que estão infectadas e que apresentem sintomas. São essas pessoas que de fato precisarão utilizar os recursos da saúde pública e é importante que eles não estejam colapsados.

“A questão dos curados só tem uma importância. É quando esse quantitativo chega a 70% da população absoluta da comunidade, se eles tiverem imunizados realmente, isso vai constituir uma barreira para que a epidemia continue. É o que chamamos de imunidade de rebanho. Mas estamos muito longe disso ainda”, explica o pesquisador do LAIS e epidemiologista da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ion Andrade.

O pesquisador ressalta, ainda, que não se pode analisar isoladamente o número de pessoas que estão curadas por conta de vários fatores que interferem na análise, como falta de testes e as subnotificações. Muito dos infectados que não desenvolveram sintomas poderiam ser tecnicamente considerados curados. “Isoladamente isso não tem valor nenhum. Na verdade, todas as pessoas que não vierem a falecer ficarão curadas”, reitera Andrade.

Com a ausência de vacinas ou um tratamento eficiente, a expectativa de controle definitivo para a Covid-19 é essa formação de imunidade de rebanho. Contudo, o epidemiologista alerta que essa imunidade deva ser alcançada com o alongamento da curva epidêmica (alongamento do tempo de contágio), já que a curva explosiva ameaça os serviços de saúde, gerando o colapso. Isso faz com que pesquisadores, cientistas e profissionais da saúde defendam a estratégia do isolamento social.

Existem vários modelos matemáticos de projeção dos infectados. Ion Andrade cita o modelo desenvolvido pelo professor do Departamento de Física da UFRN, José Dias, e destaca como os números variam conforme as estratégias adotadas e revelam pistas para a compreensão da realidade da doença onde não há testagem em massa.

“O modelo do professor José Dias considera que cada óbito projeta um determinado quantitativo de pessoas contaminadas. Então eles se utilizam dessa pista para saber quantos contaminados poderia ter em uma dada população de acordo com o primeiro óbito. A única forma de se ter esse dado de forma absoluta é a testagem em massa, mas essa não é uma realidade do Brasil”, relata Andrade.

Naqueles locais ou países onde existe a testagem em massa (que todas as pessoas da comunidade são testadas independente de apresentarem sintomas ou não) é possível uma apreciação de qual é o contingente da população que efetivamente está infectado ou contaminado.

Como ação, nesse momento, os cientistas defendem o controle social da doença, a informação da população feita com qualidade e a ampliação da curva epidêmica para evitar o colapso na saúde pública.

Modelo matemático de compreensão da Covid-19

O modelo matemático apresentado pelo astrofísico e professor do Departamento de Física da UFRN, José Dias, explica cenários possíveis sobre o comportamento do coronavírus em relação a densidade populacional do Rio Grande do Norte e considera fatores como a quantidade óbitos, medidas de políticas públicas e comportamento da população com ações sanitárias e isolamento social.

Esses indicadores mostram mudanças na curva de prognóstico de mortes, o que reforça a tese de que é vital a existência de tais ações, como o isolamento social, para o controle da letalidade da doença e o não colapso do sistema de saúde. Na ausência dos testes em massa, os modelos são as únicas formas de fato de entender melhor o sistema dinâmico que se apresenta na pandemia. As projeções vão se atualizando conforme os dados do comportamento da doença se modificam.

“Esses modelos apresentam também evidências reais do impacto do isolamento social nas curvas de óbito e de crescimento dos casos. Por tanto, sem a testagem de grande parte da população, os modelos matemáticos agem como uma bússola, uma lanterna que pode clarear o futuro e as ações que já foram feitas”, comenta o professor José Dias, em material divulgado em seu canal no Youtube.

José Dias destaca que é vital o cuidado na análise e divulgação das informações contidas nesses modelos para não gerar pânico na população. O pesquisador salienta, ainda, que eles são recursos matemáticos e científicos para compreender cenários sociais em suas relações dinâmicas. “Precisamos de um pouco mais de tempo para entender a dinâmica e ajudar o nosso estado a atravessar por essa crise, sobretudo em explicar a importância de se ter o isolamento social e de uma forma mais ampla combater essa desinformação que circula pelas redes sociais, atrapalhando as ações de saúde pública”, diz o físico.

Ele reforça que o prognóstico inicial que era assustador e pessimista se modificou porque parte população aderiu ao isolamento e ações de saúde pública foram tomadas. “O Brasil não é o país da inação, existe uma parte da população que entende o que é a palavra de um médico, de um cientista. Temos pessoas que são conscientes cientificamente. E isso faz a diferença”, comenta.

Pessoas curadas e o trabalho voluntário

A situação de pandemia gera temor em parte da população. Sabe-se que muita gente enfrenta dificuldades das mais diferentes para conseguir manter a subsistência em virtude do isolamento necessário. Nesse momento ações de solidariedade fazem a diferença.

Há uma possibilidade de que as pessoas que fiquem curadas se tornem imunes ao vírus, como acontece em outras viroses. Se isso de fato acontece a solidariedade pode ser um caminho a seguir.

Em alguns lugares essas pessoas, após o restabelecimento da imunidade, estão sendo convidadas a atuar em trabalhos voluntários, como apoio a doentes e nos locais onde se necessita de recursos humanos que não irão mais adoecer ou que possuem menor risco. Estar curado não quer dizer que a epidemia, que a Covid-19, ficou para trás. “Pode significar que essa pessoa mudou de papel. Ela pode ter um papel mais ativo na solidariedade que precisa acontecer”, reforça o infectologista Ion Andrade.

Por Thays Teixeira, doutora em Estudos da Mídia pelo Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Opinião dos leitores

  1. LAIS doutora mande isolar na Paraíba Fatao do GD, Cipriano espermatozoide imaturo, a equipe técnica da SESAP , e o resto do secretariado no cafundós do Judas. Aí vc estarão fazendo um bem danado ao RN, sim, tem que admitir que a catástrofe vai passar longe. Vão todos voltar ao primário para aprender matemática.

  2. É pra qui, que o Mandeta agora tem que mandar beijinhos e tchau tchau.
    Eita Mandeta, o teu dia chegou.
    Kkkkkkkk

  3. Não poderia dizer outra coisa, alinhamento total com o caos e os desonestos petralhas. Agora corta as verbas lá.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: RN possui 158 leitos críticos e 103 leitos clínicos disponíveis

Foto: Regulação/Sesap

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta de 12h10 desta terça-feira(28).

Neste período, não havia paciente com perfil para leitos críticos na lista de regulação. Nenhum aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 158 leitos críticos e outros 103, sendo clínicos.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra 01 morte por Covid nas últimas 24 horas; novos casos são 38

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta terça-feira (28). São 368.379 sendo destes, 38 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.335 no total, sendo 01 ocorrido nas últimas 24 horas, no município de Lagoa de Velhos. Na segunda-feira eram 7.334 mortes. Óbitos em investigação são 1.329.

Recuperados são 259.490. Casos suspeitos somam 175.996 e descartados são 733.671. Em acompanhamento, são 101.555.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS – INTERCEPTAÇÃO VIA CORREIOS: Cães da PF encontram 100 comprimidos de ecstasy ocultos em par de tênis em encomenda postal em Natal

Fotos: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal, com apoio da coordenação de segurança dos Correios, apreendeu nessa segunda-feira, 27/9, no centro de distribuição de correspondências da rua dos Tororós, em Natal, cerca de 100 comprimidos de ecstasy.

A ação aconteceu durante fiscalização de rotina e contou com a utilização dos cães detectores de drogas da PF, Ice e Iron, da raça pastor-belga-malinois, na inspeção das encomendas postais.

Os comprimidos da substância psicotrópica foram encontrados em uma das caixas e estavam acondicionados em um saco plástico, ocultos no interior de um par de tênis.

A Polícia Federal instaurou inquérito e busca agora identificar e prender os envolvidos na ação criminosa.

A última apreensão de ecstasy que a Polícia Federal havia feito no estado ocorreu na cidade de Caicó, na Região do Seridó, em fevereiro deste ano, quando 500 comprimidos da droga, também remetidos por via postal, foram interceptados.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

SINE oferta 34 vagas de emprego nesta terça-feira em Natal, região metropolitana e Mossoró

Para concorrer às vagas, o(a) candidato(a) deve acessar o seu cadastro via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS e presencial no SINE Matriz Candelária/RN em Natal.

Para outras informações ligue: (84) 3190-0783 e 3190-0788. O atendimento é de segunda a sexta, das 8:00h às 13:00h.

NATAL e REGIÃO METROPOLITANA – VAGAS PERMANENTES

ASSISTENTE DE LOGÍSTICA DE TRANSPORTE 1

ASSISTENTE DE VENDAS 1

CABELEIREIRO UNISSEX 2

CONTROLADOR DE PRAGAS 1

MASSAGISTA 6

MECÂNICO DE AUTO EM GERAL 1

MECÂNICO DE AUTOMÓVEL 3

MECÂNICO DE AUTOMÓVEL 1

MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO 2

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA 1

VENDEDOR PRACISTA 1

NATAL e REGIÃO METROPOLITANA – PCD – Pessoas com Deficiências

AJUDANTE DE MOTORISTA 2

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 1

AUXILIAR ADMINISTRATIVO 1

AUXILIAR DE ENGENHEIRO DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1

AUXILIAR DE LIMPEZA 2

PEDREIRO 1

RECEPCIONISTA ATENDENTE 1

SERVENTE DE OBRAS 4

MOSSORÓ E REGIÃO

PADEIRO 1

Total: 34

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Vinte e sete funcionários foram resgatados de mina da Vale no Canadá; operação continua

Foto: Divulgação/Vale

Vinte e sete dos 39 funcionários presos na mina da Vale em Sudbury, em Ontário, no Canadá, já foram resgatados na manhã desta terça-feira, informou a imprensa local. Mais cedo, a empresa havia divulgado uma nota informando o resgate de 19 trabalhadores. O restante do grupo, que está preso no subsolo desde domingo, quando um dano no elevador impediu seu retorno, está a caminho e deve chegar à superfície ainda nesta manhã.

“Agradecemos aos empregados afetados por sua paciência e perseverança e às equipes de resgate por sua dedicação e apoio incansáveis. Este tem sido um esforço de equipe incrível”, disse em comunicado nesta manhã Gord Gilpin, Chefe de Operações de Mineração da Vale em Ontário.

Segundo o presidente do sindicado de mineradores, Nick Larochelle, a equipe começou o trabalho no local às 7h do dia 26 e o incidente no poço ocorreu às 11h30. Na noite de segunda-feira, Larochelle confirmou que os funcionários começaram a chegar à superfície entre 19h e 20h, saindo por meio de uma escada secundária de saída.

Por volta das 21h, ele informou que alguns dos mineiros já estavam na metade do caminho para a saída e acrescentou que outra parcela do grupo iria demorar mais para deixar a mina porque precisa do auxílio da equipe de resgate.

Shawn Rideout, chefe da operação de resgate, informou em entrevista que os mineiros estavam trabalhando entre 914 e 1.220 metros de profundidade. O grupo que precisa ser resgatado com a ajuda de equipamentos precisa escalar até uma profundidade de 944 metros para ser içado em seguida.

— Nós vamos puxá-los usando cordas. Essa é uma situação para a qual treinamos o tempo todo. É a maneira mais segura possível de garantir que todos os 39 sejam resgatados — ressaltou em entrevista à CTV, acrescentando que remédios e alimentos foram enviados aos mineiros.

O governador de Ontário, Doug Ford Jr. se solidarizou com os funcionários em comunicado publicado na noite de segunda-feira.

“Nosso apoio aos 39 mineiros presos no subsolo em Sudbury, enquanto as equipes de resgate trabalham para trazê-los com segurança para a superfície. Entendemos que esse resgate levará algum tempo e estamos muito aliviados em saber que os mineiros não estão feridos”, escreveu no Twitter.

Situada na região de Worthington, a 40 quilômetros a oeste do complexo Copper Cliff da Vale, a mina Totten foi inaugurada em 2014 e emprega cerca de 200 pessoas que atuam na produção de cobre, níquel e outros metais preciosos.

Confira a nota da Vale na íntegra

A Vale informa que o retorno dos empregados à superfície na mina Totten em Sudbury, Ontário, Canadá continua nesta manhã após a subida bem sucedida de muitos deles durante a noite. Dezenove pessoas já voltaram à superfície no início desta manhã e o restante está a caminho.

No domingo, 39 empregados não puderam sair da mina devido a danos no eixo que abriga o meio de transporte (espécie de elevador) entre a superfície e o subsolo. Enquanto as condições no eixo eram avaliadas, os empregados se dirigiam a estações de refúgio subterrâneas como parte dos procedimentos padrão da empresa.

No domingo à noite, eles começaram a chegar à superfície por meio de um sistema de escada de saída secundária.

“Agradecemos aos empregados afetados por sua paciência e perseverança e às equipes de resgate de minas por sua dedicação e apoio incansáveis”, disse Gord Gilpin, Chefe de Operações de Mineração das Operações da Vale em Ontário. “Este tem sido um esforço de equipe incrível.”

Os demais empregados devem chegar à superfície ainda nesta manhã. Os que já voltaram à superfície estão saudáveis e estão ansiosos para voltar para casa. A saída dos empregados está sendo apoiada pela equipe de resgate de minas da Vale e pela Ontario Mine Rescue.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara de Parnamirim promove “Vereador Idoso por um dia”

Sessão Solene ocorre no Dia Municipal do Idoso, na próxima sexta-feira, 1º de outubro. Foto: Divulgação

No dia 1º de outubro, é celebrado o Dia Municipal do Idoso e, em comemoração à data, a Câmara Municipal de Parnamirim, realiza uma manhã de atividades para as pessoas idosas do município.

A programação começa às 8h, com vários serviços de Saúde, como telemedicina, nutricionista, eletrocardiograma, além da emissão da carteira de transporte do idoso e carteira de estacionamento. Às 10h, começa a Sessão Solene, na qual os idosos vão assumir as cadeiras do Plenário Dr. Mário Medeiros, sendo “Vereador por um dia”.

O evento está sendo promovido pela Frente Parlamentar em Defesa do Idoso, composta pelos vereadores Thiago Fernandes, Irani Guedes e Marquinhos da Climep, em parceria com o Conselho Municipal do Idoso. Para o vereador Thiago Fernandes, coordenador da Frente Parlamentar, disse que a data traz muita relevância para a cidade, na busca de promover e orientar a população sobre o envelhecimento saudável.

Dia Municipal do Idoso

A Lei Ordinária nº 2.163, de 17 de setembro de 2021, foi sancionada sem veto pelo Poder Executivo, e institui a criação do Dia Municipal da Pessoa Idosa, a ser celebrado anualmente no dia 1º de outubro. O projeto de lei que originou a referida lei foi uma proposição do vereador Thiago Fernandes. O projeto inclui a data no calendário oficial do município e tem como propósito sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento, trazendo como objetivo promover a proteção e os cuidados da pessoa idosa do município.

Serviço

Dia Municipal do Idoso (01/10)

Local: Câmara Municipal de Parnamirim

Horário: 8h às 12h

10h Sessão Solene

Atendimentos: telemedicina, eletrocardiograma, nutricionista

Prestação de serviços: Emissão de cartão de transporte do idoso, cartão de estacionamento

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Trabalhadores do DETRAN consideram proposta do Governo insuficiente, decidem continuar em greve e agendam caravana para Mossoró

Os trabalhadores do DETRAN-RN consideraram insuficiente a proposta apresentada pelo Governo e por isso decidiram continuar em greve. A deliberação foi tirada em Assembleia virtual na última sexta-feira (24/09). Na ocasião, foi avaliado o resultado da audiência entre o SINAI-RN e a direção da Autarquia ocorrida em 22 de setembro.

Após muita discussão, a Assembleia aprovou uma contraposta que prevê o pagamento dos valores da tabela do PCCR em duas parcelas, sendo a primeira em janeiro de 2022 – quando os efeitos financeiros do PCCR serão incorporados – e a segunda em dezembro do mesmo ano. A ideia será encaminhada pelo Sindicato ao Executivo.

Sobre a realização do Concurso Público, a categoria aguarda o recebimento das datas referentes ao cronograma apresentado pela direção da Autarquia.

A categoria ainda decidiu realizar uma caravana ao município de Mossoró nesta terça, 28 de setembro, tendo em vista que a cidade será sede temporária do Governo estadual entre os dias 28 e 30/09.

Proposta rejeitada

A proposta apresentada pela direção do DETRAN-RN ao SINAI e discutida durante Assembleia aponta que as perdas salariais acumuladas pela categoria – perdas avaliadas pelo Governo em 15% – serão repostas a partir da atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), sem considerar a inflação do ano em curso. Todavia, os trabalhadores reivindicam a reposição das perdas acumuladas de 2016 para cá e, conforme levantamento do Sindicato, essas perdas chegam a 26%.

Opinião dos leitores

  1. Nós PMs queremos também. O salário já está bom, pois fizemos um rapa no cofre do governo e sargento já ganha quase 10 mil, o que queremos agora é material, pois estamos com colete vencido, carro velho e com pneu careca, armas antigas, fardamento velho e puído.

  2. Esse é o Governo do Estado da Sra Fátima Bezerra, engana os servidores Estaduais e afaga os sindicalistas e os meios de comunicação.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

IFRN segue com inscrições abertas em processo seletivo para 3192 vagas em Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio

Foto: Reprodução

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Proen/IFRN) segue com inscrições abertas para o processo seletivo para Cursos Técnicos de Nível Médio na modalidade Integrada. Ao todo, são ofertadas 3192 vagas, distribuídas pelos 20 campi do Instituto, com ingresso no primeiro semestre letivo de 2022. A execução das etapas do processo seletivo ficará sob a responsabilidade da Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern).

Processo seletivo

O processo seletivo é aberto a portadores de certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou curso equivalente e abrangerá conhecimentos de Língua Portuguesa, Matemática e produção textual.

A seleção será realizada através da aplicação de provas presenciais. O Edital, porém, explica que, em caso de inviabilidade da aplicação das provas presenciais, dadas as condições sanitárias causadas pela pandemia da Covid-19, a seleção poderá ocorrer através da análise do histórico escolar do Ensino Fundamental dos candidatos.

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente de forma on-line, na Área do Candidato, por meio do endereço eletrônico https://inscricoes.funcern.org, no período das 14h do dia 15 de setembro até o dia 21 de outubro. No formulário de inscrição, os interessados deverão informar o número do documento de identificação oficial com foto e do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Serão considerados documentos de identificação: Carteira de Identidade, Carteira Profissional, Passaporte ou Carteira de Habilitação na forma da Lei nº 9.503/97. O documento destaca que os candidatos com Carteira de Identidade Infantil serão submetidos à identificação especial, na qual será realizada identificação por escrita.

Os candidatos deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 30, até o dia 22 de outubro de 2021. Para gerar o Boleto de Pagamento, será necessário acessar a Área do Candidato e selecionar a opção “Boleto”, que irá gerar o boleto bancário em formato PDF.

O período para requerimento da isenção da taxa vai de 15 de setembro a 3 de outubro deste ano. Para realizá-lo, o candidato deve acessar a Área do Candidato e preencher o formulário de Requerimento de Isenção, informando o número do NIS no cadastro no CadÚnico (com 11 dígitos). O resultado preliminar do requerimento será divulgado no dia 7 de outubro. Já o resultado final será anunciado no dia 14 do mesmo mês.

Os estudantes com inscrição homologada no ProITEC 2021 são isentos da taxa de inscrição, mas devem se inscrever como os demais.

Resultados

O resultado das provas de múltipla escola (Língua Portuguesa e Matemática) será divulgado no sítio do IFRN e no da Funcern, no dia 27 de dezembro de 2021. No dia seguinte, 28 de dezembro, serão divulgados os candidatos que terão sua produção textual corrigida. O resultado final do processo seletivo será anunciado no dia 24 de janeiro de 2022.

Acesse

Edital nº 41/2021

Área do Candidato

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura recebe R$ 17,7 milhões do Governo Federal para a obra de engorda da faixa de areia em Ponta Negra

Foto: Dênio Simões/MDR

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), empenhou mais R$ 17,7 milhões para ações de engorda e enrocamento na praia de Ponta Negra, um dos cartões-postais de Natal, no Rio Grande do Norte. O anúncio foi feito pelo ministro Rogério Marinho durante a apresentação do projeto para as intervenções, nessa segunda-feira (27). As ações vão fomentar o turismo na capital potiguar e dar mais segurança à encosta da faixa litorânea.

Os investimentos da União no empreendimento poderão alcançar até R$ 78 milhões. Desse total, R$ 75,1 milhões já foram empenhados pelo MDR, sendo que R$ 57,5 milhões foram garantidos desde 2020.

Após a assinatura do termo de empenho dos recursos, o ministro Rogério Marinho enfatizou o potencial impacto que as obras em Ponta Negra poderão levar para o estado.

“A maior e mais importante indústria que o Rio Grande do Norte tem é o turismo. E ela precisa ser respeitada, apoiada e fortalecida. Estamos falando de uma customização que vai mudar a face daquela praia e que vai permitir que quem mora em Natal se sinta à vontade para voltar a frequentar a praia de Ponta Negra”, destacou o ministro. “E que quem vem nos visitar se sinta confortável não só na sua estadia, mas se sinta confortável em trazer outros visitantes, que geram o que nós queremos, que é circulação de riqueza, geração de empregos e o desenvolvimento econômico como um todo”, ressaltou.

Os recursos serão destinados à construção de muro de contenção de erosões, rampas de acessibilidade e escadas, além da ampliação da faixa de areia ao longo de quatro quilômetros. As obras serão efetuadas pela Prefeitura de Natal. A previsão é que a licitação seja aberta em 16 de novembro, de acordo com o Executivo local.

A chamada engorda da praia de Ponta Negra consiste na ampliação da faixa de areia. Pelo projeto, ela terá 100 metros na maré baixa e de 30 metros a 50 metros quando a maré se elevar.

“Estamos vivendo um momento histórico para a nossa cidade, porque nenhuma obra era tão ansiada e aguardada como a da engorda da praia de Ponta Negra. A principal atividade econômica da cidade é o turismo e 80% dos empreendimentos turísticos estão naquela região. É um impacto enorme para Natal. Estamos fazendo a cidade avançar”, afirmou o prefeito de Natal, Álvaro Dias.

A orla da praia de Ponta Negra já recebeu investimentos para a execução de parte das obras na região. Uma delas foi o enrocamento ao longo de dois quilômetros da encosta da orla. Agora, mais 1.173 metros da encosta receberão o mesmo tipo de intervenção. A nova metodologia aprovada pelo MDR consiste na colocação de conjuntos de blocos de pedras ou outro material para proteger o talude contra a erosão das ondas. A obra também será composta por sete escadas, quatro rampas de acesso e 23 dissipadores de energia.

“Esta obra vai mudar a cara do turismo de Natal e do Rio do Grande do Norte. É um momento muito importante para todos os trabalhadores da indústria do turismo da cidade”, reforçou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Rio Grande do Norte, Abdon Gosson.

 

Opinião dos leitores

  1. Pq em BC a obra leva meses, sendo maior que a de Natal e na capital potiguar 3 anos ? Não entendo de jeito algum. E cadê o projeto para uma calçadão digno? Não tem também. Não tem como defender.

  2. Em Fortaleza a prefeitura fez isso e o mar já cobrou o preço, destruindo boa parte da faixa que foi construída. Que a situação sirva de lição e o projeto possa ser desenvolvido de forma sustentável no convívio entre o mar e a construção da expansão da orla.

  3. Eu só acredito quando tiver correndo em cima dessa “gordura”…Se sair, será fantástico para a cidade!

    1. Vai sair com certeza.
      Em Balneário Camboriú está sendo feito agora.
      Vc pode vê no YouTube ao vivo.
      Lá era também uma obra que se arrastava a anos.
      Boa parte ja está pronto, em breve 100%.
      É uma obra rápida.
      Muito rápida.
      Pelo menos lá é ligeiro, não sei aqui.
      Mas acredito que vai ser rápido como lá.
      Tá ficando espetacular.
      Vale a pena da uma conferida.

  4. Graças ao Presidente Bolsonaro, essa grande obra vai sair do papel.
    MITO É O CARA.
    MITO ATE 2026.

  5. Nessa velocidade que estamos vendo nessa obra, daqui para o fim do mundo essa engorda acaba… Ponta Negra que é o cartão postal de nossa cidade e de nosso Estado, virou uma vergonha para todo cidadão de bem. Um absurdo que os gestores municipais e estaduais recentes deixaram acontecer isso com aquele ponto turístico!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: PF faz a maior apreensão na fronteira de produto usado no refino de cocaína com capacidade para 10 toneladas de cloridrato da droga para o consumo

Foto: Polícia Federal/Reprodução

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal, realizou, nesta segunda-feira (27), a maior apreensão em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, de acetato de etila, cerca de 130 mil kg do solvente usado no refino de cocaína.

De acordo com a PF, que divulgou a apreensão nesta terça-feira (28), a carga estava em tambores de 200 litros, que seriam levados em cinco caminhões para a Bolívia. Os veículos foram apreendidos e um brasileiro preso.

A carga está avaliada em mais de R$ 1 milhão, e nas mãos dos traficantes custaria pelo menos o triplo do preço.

Com os insumos apreendidos seria possível produzir 10 toneladas de cloridrato de cocaína prontos para o consumo.

Segundo a PF, essa apreensão reforça o trabalho que as instituições vêm realizando nas fronteiras do Brasil com países produtores de cocaína, dificultando a produção do entorpecente, que possivelmente circularia em território nacional.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *