Justiça aprova candidatura de Larissa Rosado à reeleição

Deputada Larissa Rosado faz pronunciamento na Assembleia Legislativa - João Gilberto - AL

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) confirmou, hoje à tarde (31), a candidatura à reeleição da deputada estadual Larissa Rosado (PSB). O TRE afastou o pedido de impugnação da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) e deferiu o registro da postulação.

A decisão do plenário do TRE, por unanimidade, é embasada em julgamento do pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que, no último dia 1º, proclamou que Larissa não cometeu irregularidade na eleição de 2012, como era acusada, e afastou inelegibilidade contra ela, por 5 votos a 2.

O advogado Marcos Lanuce explica que a situação jurídica da deputada já estava resolvida desde o dia 1º, na conclusão do julgamento no TSE. E justifica o pedido de impugnação, feito no último dia 15, à ausência, naquele momento, da decisão publicada (acórdão) do tribunal.

“O TSE não publicou o acórdão porque entrou em recesso no mesmo dia do julgamento, e a Procuradoria Eleitoral entendeu que não havia informação oficial nos autos. Mas, comprovamos com documentos, daí, não haver motivo para a candidatura ser vetada pela Justiça”, explica.

Ao receber a notícia, a deputada disse que já estava confiante na obtenção do registro. “Sempre me mantive tranquila porque, além de ter certeza que não cometi nenhum abuso eleitoral, o TSE já havia resolvido minha situação jurídica”, lembrou a pessebista.