Ministro da Saúde autoriza que equipe de transplante de Recife atenda menina”Brunninha” de Natal com apoio de UTI aérea

Menina “Brunninha”,  de sete anos, paciente que tem sua identidade preservada, aguarda uma doação de órgão. De acordo com o médico e diretor da Associação dos Amigos do Coração da Criança(Amico), a criança está entubada, inconsciente e só existem duas maneiras de salvar sua vida: a primeira é ter uma doação de órgão compatível com o seu; e a outra é conseguir um aparelho que custa R$ 400 mil para mantê-la em estado grave na UTI do hospital até que o doar apresente um coração compatível para ela.