Motorista de aplicativo, jornalista relata quatro horas de pavor sob mira de armas em sequestro em Natal

O jornalista Rafael Araújo passou por momentos de pânico neste sábado, quando ficou quatro horas sob a mira de armas e sequestrado por bandidos, que utilizaram seu carro para realizar assaltos em Natal e região metropolitana.

Rafael é jornaslita, mas está atualmente na ocupação de motorista de aplicativo.

“Me liberaram aqui no matagal perto de uma festa e me deram 50 reais para voltar para casa e mandaram eu vazar, sem olhar para trás”, descreveu ele em mensagem de áudio no WhatsApp.

A última localização de Rafael, antes do ocorrido, havia sido em Neopólis, quando ele acionou o código de ajuda da Uber.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Rafael, é melhor vc Jair se acostumando.
    Pior é o seu candidato o PRESODENCIÁVEL LULADRÃO. ?

  2. Paulo disse:

    Realmente, apesar de não gostar mais vejo que é a hora de Bolsonaro.

  3. Severo disse:

    Bandido dando dinheiro, isso tá mau contado.

  4. Severo disse:

    Muito estranho, o bandido dar $50, 00 reais

  5. Binho disse:

    Que "estoria" mais mal contada, os bandidos deram até 50 reais pra ele. O negócio tá estranho!

  6. Luiz disse:

    #BOLSONARONELES

  7. Leonardo Heydmann Barata disse:

    Minha solidariedade a um dos melhores jornalistas da primeira metade do século 21 no RN.

  8. Vendo certo disse:

    Por isso que temos que acabar com essa Piedade e bandidolatria com criminosos, apoiar mais a polícia e desconstruir a falsa cultura dos direitos humanos de só proteger bandidos, esquecendo das vítimas e atacando os policiais, e sendo omisso com outras questões como a seca, a falta de moradia, o aborto criminoso, os homicídios, os dependentes químicos, DESTRUINDO A IMAGEM DA POLÍCIA como se não precisasse dela durante séculos.

COMENTE AQUI