Polícia

PM prende motorista de aplicativo suspeito de “arrastão” na zona Oeste de Natal

FOTO: PM/ASSECOM

Na madrugada desta segunda-feira (15), policiais militares do 9º Batalhão realizavam patrulhamento ostensivo e preventivo no bairro Planalto, zona Oeste de Natal, quando visualizaram o veículo GM/Agile, de cor prata, o qual havia sido usado em um “arrastão” a residência no bairro Dix-Sept Rosado.

Após abordagem e averiguações ficou constatado que o condutor, um homem, de 33 anos, motorista de aplicativo, participou do crime. O acusado confessou o roubo e disse dever a uma facção criminosa. Ele também assumiu várias práticas delituosas em companhia de mais quatro indivíduos durante a semana.

O condutor do Agile foi conduzido à Central de Flagrantes para os devidos procedimentos.

Um veículo Fiat/Uno Vivace, de cor branca, que havia sido subtraído durante o referido arrastão, foi localizado abandonado no bairro de Mãe Luíza, na zona Leste da cidade. Tal automóvel será devolvido ao seu proprietário.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=253102&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO que roda em redes sociais mostra motorista de rede de postos roubando combustível de caminhão da empresa

Fotos: Reprodução

A rede de postos Domingos e a Transportadora Domingos, que pertencem ao grupo de empresa Domingos, esclarece que foi vítima de furto de combustíveis praticados pelo seu ex-motorista, com ajuda de outros meliantes.

A nota ainda esclarece que a polícia impediu que infratores conseguisse lograr êxito total no delito.

O grupo ainda informa que sua assessoria jurídica representará judicialmente aqueles que caluniosamente fizeram publicar ou republicar vídeos nas redes sociais por prática de crime previsto na legislação brasileira, diante acusações inverídicas sobre o posto, inclusive, de adulteração de combustíveis.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

VÍDEO: Entregador é demitido em SP após se atrasar enquanto ajudava a salvar vida de motorista em acidente

O entregador Robsom dos Santos foi demitido de seu serviço por ter chegado atrasado. Segundo ele, o patrão não aceitou que ele tenha parado para ajudar motorista que sofreu um acidente de trânsito na rodovia Rio-Santos, na região de Bertioga, litoral norte de São Paulo.

Robsom conta que estava indo para o trabalho quando viu um carro que vinha logo atrás dele tentar uma ultrapassagem. O motorista do veículo perdeu o controle da direção, capotou várias vezes, cruzou duas pistas e caiu em um matagal.

O entregador não pensou duas vezes, e parou para prestar socorro. “O motorista corria risco de morrer afogado, então puxamos pelo braço”, conta. Durante o resgate, Robsom deixou o celular cair e acabou danificando. Mesmo assim, foi possível tirar fotos do local do acidente para mostrar ao patrão.

Robsom prestou apoio à vítima, e ficou no local por volta de meia-hora ajudando no socorro. Em seguida, foi ao trabalho. Quando chegou, o patrão não aceitou o atraso e o demitiu no mesmo dia. “Ele falou que o cliente sempre tem razão, e os clientes estavam reclamando”.

O entregador é pai de dois filhos, e dependia desse emprego para sustentá-lo, mas afirma que não se arrepende de ter parado para ajudar a vítima do acidente.

R7

Opinião dos leitores

  1. Foi o que o golpe trouxe para o trabalhador, capitalistas só olham para o seu umbigo, é isso que a raça desse Bozo despreparado tem para a nação, aí os otários levam fumo e gritam "mito, mito" …

  2. É bom verificar a outra versão. Tem muitos empregados que não valem nada, sempre se passam por vítimas.

    1. Perdeu uma oportunidade ficar quieto. Minion sendo Minion.

  3. Patrão sendo patrão.
    Com a terceirização e sem direitos trabalhistas, vai ser assim, de agora em diante…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia prende na Zona Sul suspeito de ser motorista do ônibus que atropelou e matou 19 pessoas no carnaval em Natal em 1984

Foto: Arquivo

O portal G1-RN destaca que policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) prenderam no fim da manhã desta terça-feira (26) um morador de rua que eles acreditam ser Aluízio Farias Batista, o motorista de ônibus que atropelou e matou 19 pessoas em um carnaval de rua em Natal em 1984 – há 37 anos.

O caso, um dos mais emblemáticos da história da cidade, ficou conhecido como a “Tragédia do Baldo”. Aluízio Farias Batista estava foragido desde a época do crime.

Um teste realizado pelo Instituto Técnico Científico de Perícia (Itep) ainda precisa confirmar a identidade do suspeito.

Os policiais chegaram até o suspeito após uma denúncia anônima que dava conta de que ele atualmente era morador de rua e vivia no bairro Neópolis, na Zona Sul. O setor de inteligência do Bope investigou e efetuou a prisão nesta terça na rua Agnaldo José de Barros.

Segundo o delegado de plantão Frank Albuquerque, o homem, que estava sem identificação, inicialmente negou que fosse Aluízio e se disse chamar João. Em seguida, segundo o delegado, ele confessou.

“Ele confessou que é o Aluízio e que tinha se escondido em Recife e voltou em 2012. Ele voltou achando que certamente não seria mais punido, que ia escapar da sentença, de ser preso, mas ele foi condenado há pouco tempo. E agora, graças ao serviço do Bope, ele foi preso”, disse.

O homem foi encaminhado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), onde passará por exames para ser identificado. Há um mandado de prisão em aberto contra ele com validade até 2029.

Veja mais detalhes AQUI em matéria na íntegra.

Opinião dos leitores

  1. Homi vão p favela do mosquito e Mãe Luíza prender traficante e deixem o velhinho morador de rua em paz.

  2. Ou serviço bonito esse da nossa polícia, pois na ânsia de bombar nas redes sociais ( o que hoje em dia é algo extremamente necessário para se viver) não tiveram o cuidado de primeiro ter a certeza através dos devidos exames de que se tratava mesmo do motorista foragido, daí o q fizeram? Estardalhaço nas redes sociais e na hora que a realidade vem a tona, cai tudo por terra, como diz lá no meu sertão, uma bufa n'água.

  3. Achei mais parecido com Dirceu, será que o menino está aqui no RN? Ele é o mestre dos disfarces, não seria de estranhar, governo do PT !!!!
    Em tempo: Notícias boas afirmam, de fato, ser infelizmente, apenas, mais um ser humano incapaz.

  4. Pense em um prisão ligeira!!! o cara cometeu um crime em 1984, portanto há quase 37 anos e polícia o meliante prendeu bem rapidinho, já em 2021. Pense em um serviço eficiente. Parabéns aos valorosos guerreiros da polícia.

    1. Prendeu não. Era um morador de rua. Foi só bufa da polícia. Mas disseram que daqui p 2050 prendem e vão trazer algemado kkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Motorista de aplicativo candidato a vereador nas últimas eleições é morto a tiros em Mossoró; polícia suspeita de latrocínio

Foto: Reprodução

O portal G1-RN noticia nesta sexta-feira(22) que um motorista de aplicativo e candidato a vereador nas últimas eleições foi morto a tiros na noite dessa quinta-feira (21), em Mossoró na região Oeste potiguar. O carro da vítima foi levado pelos criminosos. Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de latrocínio, que é o roubo com resultado de morte.

Uma viatura foi até o local e encontrou o corpo de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como “Espanta”, de 31 anos, caído no chão com marcas de tiros. Veja todos os detalhes AQUI em matéria completa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Corpo achado com marcas de violência em canavial é de motorista de aplicativo que estava desaparecido no RN

Um corpo de um homem encontrado em um canavial entre os municípios de Goianinha e Canguaretama na última sexta-feira (18) foi reconhecido por familiares como sendo do motorista de transporte por aplicativo Carlos Eduardo da Silva Texeira, de 19 anos, que estava desaparecido desde a quinta-feira (17).

Sem conseguir falar com o motorista, os familiares começaram a fazer buscas por ele e rastrear o seu veículo, que foi encontrado na sexta-feira (18) em Pipa, em Tibau do Sul. No mesmo dia, um corpo de um homem com sinais de violência foi encontrado dentro de um canavial entre os municípios de Goianinha e Canguaretama. O corpo foi reconhecido no último sábado (19) por familiares que foram até o Instituto Técnico-Científico de Perícia.

A Polícia Civil trabalha para tentar identificar os autores do crime e a possível motivação para o assassinato. Nenhum suspeito foi preso até agora.

Com G1-RN

Opinião dos leitores

  1. Perguntar a governadora se esse crime vai ficar impune, na morte do policial, com muita convicção ela fez essa afirmação, por sinal muito justa.

    1. Verdade amigo especialista, mas a governadora só falou aquilo porque o policial era militante da esquerda. Para os demais heróis mortos no RN ela nunca falou nada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Motorista da caminhonete envolvida em acidente que matou casal na Grande Natal se apresenta à polícia, informa PRF

Sargento da PM Severino Góis com a filha Gabriella, de 19 anos, que morreu em um acidente de moto neste sábado (28) em Macaíba — Foto: Arquivo da família

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou nesta segunda-feira(30) que o motorista da caminhonete envolvida no acidente que terminou com a morte de um casal na BR-226, em Macaíba, na Grande Natal, no último sábado (28) se apresentou à polícia horas depois da colisão. De acordo com os rodoviários, o homem de 61 anos se apresentou à Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, foi ouvido e o veículo periciado pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) antes de ser liberado. O caso está sob responsabilidade da Polícia Civil.

O acidente aconteceu após a moto em que estavam Gabriella Nascimento de Góis, de 19 anos, e João Vitor Lima da Silva, de 21, bater na lateral da caminhonete, que tentava atravessar a via. Com o impacto da pancada, o casal foi arremessado para dentro do veículo. Os dois morreram no local. Valem destacar que o trágico desfecho ainda ganhou mais um capítulo de absoluta tristeza, quando o sargento Severino Góis, de 54 anos de idade, da Polícia Militar foi chamado para a ocorrência do acidente e, ao chegar no local, percebeu que uma das vítimas era a própria filha.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Grande Natal registrou na manhã desta quarta o assassinato de um motorista de aplicativo

A Polícia Militar registrou na manhã desta quarta-feira(21) o assassinato de um motorista de aplicativo, por volta das 7h, no município de Extremoz, na Grande Natal.

Segundo a PM, informações dão conta que o homem foi retirado do carro e morto com um tiro na cabeça. Logo após, o assassino fugiu no veículo com o qual a vítima trabalhava e não foi encontrado pelos policiais militares que patrulharam a área.

A motivação do crime ainda é desconhecida. A Polícia Civil investiga o caso.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Motorista bêbado atropela duas ciclistas na BR-304 em Mossoró

A Polícia Rodoviária Federal registrou o atropelamento de duas ciclistas na manhã desta terça-feira (15) em Mossoró. De acordo com a PRF, o atropelamento aconteceu em um trecho urbano da BR-304, por volta das 7h, próximo à base da Petrobras. As vítimas ficaram feridas.

Segundo a PRF, as duas mulheres seguiam pelo acostamento da via, quando foram atingidas por um caminhão. No desfecho da ocorrência, foi constatado que o motorista estava sob efeito de álcool. O homem fez o teste do bafômetro, que indicou 1,1 mg por litro de sangue. Ele foi preso e conduzido à delegacia.

Vítimas

Uma das jovens teve apenas arranhões, enquanto a outra, que tem 26 anos, foi socorrida ao Hospital Regional Tarcísio Maia. A unidade não informou o estado de saúde dela, porém, segundo a PRF, aparentemente os ferimentos não eram graves.

Opinião dos leitores

  1. Esse deve ser mais um “cidadão de bem” que pedia o aumento do limite de pontos na carteira de motorista.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Motorista é condenado a pagar R$ 10 mil por danos morais a PM que atropelou em blitz da Lei Seca em Natal

Foto: Reprodução/PMRN

A 3ª Câmara Cível do TJRN, à unanimidade de votos, negou recurso e manteve sentença da 15ª Vara Cível de Natal que condenou um motorista a pagar a quantia de R$ 10 mil como reparação por danos morais em favor de um policial militar que foi vítima de atropelamento provocado pelo condutor do veículo parado em uma blitz da operação “Lei Seca”, em 2016.

Segundo o autor da ação, no dia 13 de março de 2016, na condição de policial militar, estava lotado na operação “Lei Seca” na Av. Engenheiro Roberto Freire, Capim Macio, em Natal, quando na madrugada, por volta das 3h40min, foi surpreendido com um motorista que, ao desrespeitar o comando verbal e sinais de parada, transpôs o bloqueio policial.

Com a ação, o condutor do veículo acabou atropelando o policial militar que estava a sua frente, que, com o impacto, foi arremessado para cima do capô do carro, um Fiat Palio de cor vermelha, conduzido pelo réu.

Em razão do atropelamento, bem como da queda do veículo em movimento, o autor contou que teve lesões, hematomas e luxações pelo corpo, assim como, teve um celular de uso pessoal e o Rádio HT da corporação militar completamente danificados no episódio.

O policial alegou também que, ao prender o motorista, este se encontrava sob o efeito de bebidas alcoólicas, uma vez que apresentava forte odor etílico, embora tenha negado se submeter à realização do teste de alcoolemia. Garantiu que todo o exposto se encontra devidamente registrado no Auto de Prisão em Flagrante de Delito lavrado na madrugada do dia 13 de março de 2016, dia da ocorrência, na 1ª Delegacia de Plantão Zona Sul.

Veja decisão AQUI em texto completo no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. R$ 10.000,00 é pouco, principalmente se for considerado o desrespeito total desse motorista para com o policial e o tempo desde a ocorrência.
    Na minha opinião nem era pra ter direito a dirigir.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

FOTO: Enxame de abelhas invade cabine, motorista perde controle e vira caminhão na BR-304, no interior potiguar

 Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que um enxame de abelhas invadiu a cabine de um caminhão e provocou um acidente na BR-304, próximo ao município de Lajes, na região central do Rio Grande do Norte, na manhã desta quinta-feira (30). Apesar do cenário de filme de terror, felizmente, ninguém ficou ferido.

Segundo informações da PRF, a invasão das abelhas no caminhão fez com o que o motorista perdesse o controle do veículo, que acabou virando na estrada.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Após carro ter sido encontrado incendiado, família procura por motorista de aplicativo desaparecido em Natal

Foto: Cedida/reproduzida via G1-RN

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(20) que o motorista por aplicativo Arlley Diego, de 24 anos, foi visto pela última vez no Guarapes, bairro onde mora na Zona Oeste de Natal. No final da tarde de sábado (18), Arlley saiu para uma corrida e logo deixou de responder a mensagens e ligações de familiares e amigos. O carro em que Arlley trabalhava foi encontrado ainda em chamas, na praia de Santa Rita, no litoral norte. “Ele tava conversando comigo e outro rapaz, colega da gente, e do nada ele recebeu uma chamada. Essa corrida durou até por volta de 23h, quando a gente recebeu uns vídeos do carro dele incendiado e não tivemos mais notícias dele não”, conta Edson Mendes, amigo de Arlley.

Na tarde de domingo (19), familiares e amigos do motorista de aplicativo se reuniram em uma praça, no bairro de Guarapes, em busca de informações sobre o caso. Pessoas próximas a Arlley acreditam que ele pode ter sido vítima de um assalto. Veja mais detalhes aqui em reportagem completa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

TRT-RN: Motorista vítima de assaltos é indenizado por desenvolver transtornos psicológicos

Foto: Ilustrativa

A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) reconheceu a relação entre a depressão e ansiedade de um motorista de ônibus com os assaltos constantes sofridos por ele em serviço, confirmando indenização de R$ 7 mil por danos morais.

De acordo com a desembargadora Joseane Dantas dos Santos, relatora do processo no TRT-RN, embora os transtornos psicológicos do empregado tenham fatores múltiplos, “o trabalho na empresa concorreu, ainda que de forma indireta, para o surgimento e consolidação da patologia”.

O autor do processo foi admitido pela Empresa de Transportes Nossa Senhora da Conceição Ltda. em fevereiro de 2012, na função de motorista/cobrador. No exercício da atividade, foi vítima de constantes assaltos, inclusive ficando sob a mira de arma de fogo.

Após o último assalto, em dezembro de 2018, ele foi diagnosticado com transtornos psicológicos (ansiedade e depressão) e afastado temporariamente do trabalho.

A desembargadora Joseane Dantas destacou que a perícia médica constatou “nexo concausal”, quando não é a única causa, entre os danos psicológicos do empregado com os assaltos sofridos por ele.

Ela ressaltou, ainda, que “motoristas e cobradores de ônibus urbanos trabalham expostos ao risco acentuado de sofrerem assaltos no desempenho de suas atividades”.

De acordo com ela, isso transforma a atividade regular da empresa de “risco à integridade física de seus empregados, sendo desnecessário perquirir a respeito da culpa para que se configure o dever de indenizar”.

A decisão manteve o julgamento inicial da 7ª Vara do Trabalho de Natal. O processo é o 0000531-94.2019.5.21.0007.

Opinião dos leitores

  1. Que maluquice é essa? A empresa pagar pelas falhas do estado?? A cada dia que passa percebo que vivemos num país sujeito a um tipo peculiar de socialismo! A iniciativa privada é perseguida a níveis estratosféricos!

  2. Que absurdo condenar a empresa pela segurança pública?
    Estes juízes vivem num mundo diferente do nosso.

  3. Qual a culpa da empresa pela insegurança pública?
    A justiça do trabalho devia deixar a empresa trabalhar.

  4. E a empresa Conceição vai acionar o estado?? Segurança Pública é dever do estado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Uber deve pagar 13º e férias a motorista, determina Justiça do Trabalho

(Bloomberg/Bloomberg)

A Justiça do Trabalho de São Paulo aceitou parcialmente o pedido que reconhece o vínculo empregatício entre motorista e a Uber. A juíza do Trabalho substituta Raquel Marcos Simões analisou os requisitos para a caracterização do vínculo empregatício entre ambos e decidiu que a empresa deverá pagar ao motorista o aviso-prévio, 13º salário, férias acrescidas de 1/3 e recolhimento do FGTS, acrescido da indenização de 40%, no período compreendido entre junho de 2016 a fevereiro de 2018.

Na decisão, a juíza reforça que a Uber não é apenas uma empresa de tecnologia, uma vez que não se recebe qualquer receita decorrente da licença de uso de seu software, cedido de forma gratuita aos clientes e motoristas. “Considerando que não há no negócio da ré remuneração pela licença de uso do aplicativo, cabe perquirir sobre qual a natureza da receita auferida pela Uber, que é cobrada dos motoristas”, afirma Raquel.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Esta empresa entrou pela porta dos fundos, infringindo várias leis, colocou taxitas e motoristas de carros particulares em guerra. A população aceitou a entrada pelo preço, mas hoje está vendo que a realidade é outra, Eles abusam do preço nas tarifas dinâmicas e também na questão da segurança dos usuários. Os grandes centros urbanos cada vez mais congestionados de veículos de outros municípios, que só procuram as capitais para trabalhar, causando uma insustentabilidade entre eles mesmo. Eliminando empresas de transportes em massa como os ônibus e vans escolares. O impacto ambiental também é um dos problemas gerado por esses aplicativos de veículos particulares, sem falar no sistema escravocrata que eles operam, levando 25% dos ganhos e só pagam 1% para algumas prefeituras.

    1. O mundo mudou, por isso que esse país não vai pra frente. Justiça do trabalho só atrapalha. 80% dos casos que vão a justiça do trabalho e fraude entre advogados e empregados.

      Tomara que as empresas de aplicativo feche e que o transporte individual seja como antes.

      Ônibus pra pobre e taxi pra rico. Por que antes do Uber quem andava de táxi?

  2. O que vai acontecer é que a UBER vai sair do Brasil. Não é Isso que eles querem? Parece que é melhor ter carteira de trabalho assinada e estar desempregado, do que não ter e estar empregado. Por isso é que trabalhadores do mundo todo vem para o Brasil para usufruir dos nossos direitos trabalhistas.

  3. O cara trabalha se quiser, no dia que tem vontade, na hora que quiser…seleciona as viagens que quer fazer, depois entra na justiça do trabalho atrás de vínculo empregatício???? Esse país vive em que século??? Ah atraso sem fim…

  4. Pronto.. vou processar o Estado, a Uniao ou prefeitura pelo meu 13 salario, afinal trabalho produzindo impostos pra manter esses entes e mereço estabilidade.

  5. BG
    O cidadão que gera emprego nesta republiqueta é um tremendo de um OTÁRIO, legislação capenga, direitos totais deveres ZERO.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Coronavírus: Motorista de Bolsonaro tem piora e é transferido para UTI

Foto: Divulgação

O motorista do presidente Jair Bolsonaro foi diagnosticado com coronavírus na última semana e, nesta quinta-feira (26) o quadro piorou. Ari Celso Rocha Lima de Barros estava em isolamento domiciliar e, nessa quarta-feira (25) foi internado no Hospital de Base.

Questionado sobre o caso durante coletiva de imprensa, Jair Bolsonaro disse que a pergunta foi uma provocação com o objetivo de desgastar a sua imagem e o indispor com a opinião pública. Ele ameaçou, ainda, cancelar a entrevista se jornalistas continuassem perguntando sobre o caso.

Com a piora do seu quadro, Ari será transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), referência para tratamento do vírus no Distrito Federal. A informação foi confirmada ao Jornal de Brasília.

Até então, o motorista estava em isolamento no Pronto Socorro do Hospital de Base.

Jornal de Brasília

Opinião dos leitores

  1. Como esse motorista contraiu a Covid 19?
    O "presidente imunologista" já disse que isto é uma gripezinha que cura com remédio para malária.
    E não deve ser verdade, pois o presidente cientista anda de carro com vidro blindado e o vírus não passaria para o motorista.
    Então, o motorista está muito bem assistido e orientado.

  2. Além do doutor, quem falou isso foi o nosso presidente atleta . Olhe que não é só a globo que está mostrando o crescimento do coronavirus, o SBT, Band, etc , também mostram os dados reais no mundo inteiro.

  3. É muito engraçado os eleitores do mito,na época do governo do pt e do impeachment de Dilma eles davam a maior audiência a rede globo(globo lixo hoje) e agora criticam a referida emissora quando fala do atual governo.

    1. Quando falava ou ainda fala de Lula ou de Dilma, está falando a verdade. mas quando fala do Mico…
      Cri, cri, cri…

  4. Realista vai ver as notícias pelo mundo e deixa de falar besteira, o número de mortes pelo planeta é uma realidade e a OMS talvez vc não sabe nem o que é está prevendo uma mortalidade fora de controle em números poder ser milhões, larga o zap e procura ser realista com o seu pseudo nome. o teu presidente tem que ficar clado só assim ele ajuda em alguma coisa.

  5. Nesse caso, ele teve como identificar, mas aqui no RN, se a pessoa tiver tossindo, vai ter que piorar para poder testar?
    Aonde ?
    Se trabalha com outras pessoas e demorar a identificar vai passar para outras pessoas.

    1. quem chamou de "gripezinha " foi renomado diutor da emissora que vc acredita em tudo que ela diz.

    1. Não teremos UTI's mas temos lindos e modernos estádios de futebol.

    2. Sim…todos os estádios serão transformados em hospitais….e ainda assim não vão dar conta.
      Quem viver, verá.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Em decisão inédita, TST diz que motorista não é empregado do Uber

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por unanimidade, a Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu nesta quarta-feira (5) negar o vínculo empregatício de um motorista com o aplicativo de transporte Uber. Trata-se da primeira decisão da última instância trabalhista sobre o tema.

A medida tem efeito imediato somente para o caso de um motorista específico, mas abre o primeiro precedente do tipo no TST, de onde se espera uma unificação do entendimento sobre o assunto na Justiça do Trabalho. Isso porque, em instâncias inferiores, têm sido proferidas decisões conflitantes a respeito dos aplicativos de transporte nos últimos anos.

Todos os ministros que participaram do julgamento no tribunal seguiram o voto do relator, ministro Breno Medeiros. Para ele, o motorista não é empregado do Uber porque a prestação do serviço é flexível e não é exigida exclusividade pela empresa.

Leia matéria completa no Justiça Potiguar aqui.

Opinião dos leitores

  1. Tinha tanto medo da JT, que só trabalhava com mulher e filhos. Agora vou pensar em oferecer uns dois empregos para estranhos,

  2. O cara trabalha no Uber, sem vínculo nenhum, trabalha a hora que quer e coloca a empresa na justiça. Estavam mal acostumados. Acabou a mamata, agora ficou ficou mais difícil tirar as tripas do coitado do empregador. Advogado que vivia disso vai ter que migrar p outra área. Talvez até abrir uma empresa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *