“Não tem confusão, não. Está tudo tranquilo”, diz Rodrigo Maia, sobre atrito entre Congresso e Governo

FOTO: ANDRESSA ANHOLETE

Rodrigo Maia, em Madri, conversou rapidamente com a imprensa e negou qualquer tipo de atrito entre o Congresso Nacional e o governo de Jair Bolsonaro:

“Não tem confusão, não. Está tudo tranquilo.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sandra disse:

    Bandido esse tal de Botafogo.

  2. joão carlos disse:

    queria saber se os podres do inhonho não serão expostos?

  3. Fabrício disse:

    Depois da foto dele em jantar na companhia de Toffoli, João Dória e Alcolumbre em Paris, uma declaração assim, deve colocar todos em alerta máximo no governo. Alguém já viajou para fora do país e "por acaso" se encontrou com um grupo de brasileiros para um jantar, sem antes está previamente marcado e com objetivo traçado?
    Com o detalhe que Rodrigo Maia viajou as custas dos cofres públicos, zero de despesas, tudo pago pelos impostos recolhidos.
    O povo precisa de um Rodrigo Maia????????

  4. Flávio Soares disse:

    Esse tipo de parlamentar o Brasil não precisa. Faz tudo pelo poder e nada pelo povo, chega, basta!
    Tem discurso enganador, mente convenientemente e faz tudo contra o governo e suas reformas.
    Engaveta todo e qualquer projeto contra corrupção.
    Quando coloca um projeto que prevê punição aos corruptos, coloca o Dep. Freixo, acreditem se quiser, para ser o relator. O resultado todos sabem, o projeto é todo desfigurado e vira uma piada.
    Vive de criticar o governo e suas propostas, mas não admite ser chamado nem de Nhonho, seu sócia. Coloca todo tipo de obstáculo contra o governo e quando é criticado fala em ameaça a democracia, é uma palhaçada atrás da outra.
    Se esse deputado não estivesse na presidência da câmara travando os projetos a bem do Brasil e melhor para o povo brasileiro, já teríamos um país muito melhor. Ele faz questão de ser um entrave, um deputado a serviço do atraso do país, em nome da velha e retrógrada política que vem afundando o Brasil

  5. Raimundo Roberto Inácio de Melo disse:

    Acredita quem quiser, ele falando isso é que tá o perigo.

COMENTE AQUI