O Globo demite ao menos 40 profissionais em novo passaralho

O início da semana está sendo conturbado para os profissionais de O Globo. Nesta segunda-feira, 7, fontes informaram ao Portal Comunique-se que ao menos 40 colaboradores teriam sido dispensados, entre baixas em Brasília e no Rio de Janeiro, tendo atingido as editorias de ‘Economia’ e ‘Rio’, além das áreas de fotografia, vídeos, online e comercial.

A apuração mostra que o jornalista Paulo Roberto Araújo, que foi chefe de reportagem do veículo, está entre os desligados. O repórter Alessandro Lo-Bianco, responsável por revelar a atuação da máfia que aliciava chineses para trabalho escravo e descobriu o esquema do uso de carne de cães na produção de pastéis no Rio de Janeiro, também foi demitido, ao lado dos colegas Matheus Carrera e Taís mendes.

A informação é de que o passaralho vai continuar e as equipes serão enxugadas em janeiro, fevereiro e março, quando novas demissões devem ser promovidas pelo diário, em um processo de integração com a Editora Globo. As baixas são esperadas também para outros departamentos da Infoglobo. Procurado, O Globo preferiu que não comentar os desligamentos.

Fonte: Portal Comunique-se

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carvalho disse:

    Parece que a situação não está muito boa para a Globo.
    Demitiu recentemente da GloboNews o Sidney Rezende e antes o Eduardo Grillo.

    • Val Lima disse:

      Tirou a Christiane Pelajo do Jornal da Globo….encurtou a estadia de Renata Ciribelle em Nova York…. a situação econômica do Brasil provocou escassez de anunciantes principalmente verbas federais (CE,BB,Correios,Petrobrás q por sinal demitiu vários jornalistas q prestavam assessoria) nos grandes veículos de comunicação o que infelizmente acarreta "efeito dominó" nas filiadas e afiliadas país afora….

  2. Val Lima disse:

    Infelizmente a crise afeta todos os setores…. a minha surpresa foi a saída de Paulo Roberto Araújo… profissional da mais alta competência ,com uma história dentro do veículo….agora imagine o que não deve estar passando na cabeça dos demais funcionários neste instante ,ao saber que novos cortes (desligamentos) ocorrerão no início do próximo ano….aja angústia…uma pena….

COMENTE AQUI