Judiciário

Justiça decreta prisão de policial que agrediu comerciante iraniano em SP; caso foi repercutido no Fantástico

FantascASSISTA AQUI

A Justiça de São Paulo decretou a prisão preventiva do policial civil José Camilo Leonel por tortura, ameaça, constrangimento ilegal, comunicação falsa de crime, denunciação caluniosa e abuso de autoridade. No fim de janeiro, o investigador da Corregedoria agrediu o comerciante iraniano Navid Saysan, dentro de uma loja de tapetes nos Jardins, em São Paulo, porque ele se recusou a devolver o dinheiro de um tapete. A agressão foi flagrada por câmeras de segurança.

A Secretaria da Segurança Pública foi acionada e até a publicação desta reportagem não informou se ele já havia sido preso.

Na decisão da juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira, da 4ª Vara Criminal, justificou a prisão de Leonel, entre outras coisas, porque ele tem “vasto trânsito com autoridades” apesar de ele ter se aposentado.

“Sem dúvida, assim sua conduta é extremamente grave, merecendo pronta e enérgica atuação estatal, até porque, com ela, sendo usados veículo e armamento públicos, seu ato travestido de oficial, o estado foi atingido, e embora ele tenha se aposentado, fato é que como ex-policial civil, ainda mais exercendo suas funções na Corregedoria da instituição, possui vasto trânsito entre os policiais e autoridades, e possui toda a condição de tumultuar ou inviabilizar a instrução processual, com intimidação da vítima ou testemunhas, conduta esta que se coadunaria com aquela da qual é acusado”, diz a decisão da juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira.

A advogada de Leonel, Eliana Rasia, disse que ainda participaria de audiência na Corregedoria e que ainda precisava se inteirar sobre o caso.

Apesar do Ministério Público ter pedido o arquivamento do caso contra a estudante de Direito Iolanda Delce dos Santos, que comprou um tapete na loja e acionou Leonel após não conseguir o dinheiro do produto de volta, a juíza da 4ª Vara Criminal não aceitou.

“Com o devido respeito ao entendimento do Drs. Promotores de Justiça que subscreveram a denúncia, entendo que há, sim, nos autos elementos de autoria e materialidade do delito de tortura, em concurso de agentes como o acusado, bem como do delito de constrangimento ilegal”

“Há filmagens indicando que ela teria chamado o acusado para o local […] bem como que anuiu com a conduta daquele, concorrendo efetivamente com os crimes”, diz a decisão.

Indiciamento

A Corregedoria da Polícia Civil indiciou, em março, o investigador pelos crimes de corrupção passiva, constrangimento ilegal, injúria e falsidade ideológica. A estudante de Direito Iolanda Delce dos Santos, que comprou um tapete na loja e acionou Leonel após não conseguir o dinheiro do produto de volta, também foi indiciada por constrangimento ilegal, falsidade ideológica e exercício arbitrário das próprias razões.

VEJA A CRONOLOGIA DO CASO:

21 de janeiro: A universitária Iolanda Delce dos Santos foi à loja do iraniano Navid Saysan tentar recuperar o dinheiro da compra de um tapete. Ela pagou R$ 5 mil pelo produto e queria o dinheiro de volta. Ela saiu da loja dizendo que iria chamar a polícia. O policial civil José Camilo Leonel chegou em seguida e agrediu o comerciante. Ele chamou o reforço do GOE. O iraniano deixou o local algemado.

14 de fevereiro: Reportagem do Fantástico mostra imagens das câmeras de segurança da loja de tapetes que mostram a agressão do policial civil ao comerciante. Após a confusão, os envolvidos foram pra delegacia do consumidor e para a corregedoria, onde foi feito um boletim de ocorrência.

15 de fevereiro: A Secretaria de Segurança Pública diz que o policial civil será afastado até o final da apuração dos fatos e que iria abrir inquérito contra a mulher.

16 de fevereiro: O policial civil é afastado por 180 dias.

18 de fevereiro: O iraniano Navid Saysan presta depoimento na Corregedoria da Polícia Civil e sai sem falar com a imprensa.

19 de fevereiro: Em entrevista ao G1, a advogada do comerciante diz que Iolanda foi vista em viatura da Polícia Civil antes de o policial agredir o iraniano.

22 de fevereiro: Reportagem do G1 revela que o policial civil José Camilo Leonel é sócio de uma empresa de segurança. Ele é um dos donos da Pentalpha Consultoria Técnica de Segurança e Investigação em Fraudes Contra Seguros Ltda., que tem como sócia administradora uma parente do policial, Zenaide Leonel dos Santos. Segundo a SSP, os policiais civis podem ser cotistas ou acionistas de empresas, de acordo com a Lei Orgânica da Polícia do Estado de São Paulo, mas não podem ser sócios administrativos ou gerentes. No mesmo dia, a secretaria recolhe o distintivo e a arma do policial.

10 de março: A Corregedoria da Polícia Civil indiciou o investigador José Camilo Leonel por causa da agressão ao comerciante iraniano Navid Saysan dentro de uma loja de tapetes em São Paulo. O policial civil é suspeito de cometer os crimes de corrupção passiva, constrangimento ilegal, injúria e falsidade ideológica.

2 de abril: A Polícia Civil confirma que o investigador conseguiu se aposentar.

8 de abril: O Ministério Público oferece denúncia contra José Camilo Leonel e pede que a aposentadoria dele seja cassada.

Agressão em loja

No começo de janeiro, o iraniano Navid Saysan, dono do comércio, levou socos e foi ameaçado com uma arma após discutir com o policial José Camilo Leonel. O motivo da briga seria a devolução de um dos tapetes da loja. O investigador foi chamado até o local pela estudante universitária Iolanda Delce dos Santos, de 29 anos, que pretendia devolver um tapete comprado em dezembro. Ela pagou R$ 5 mil pelo produto e queria o dinheiro de volta.

O comerciante, no entanto, sugeriu um crédito no mesmo valor, para a compra de outros produtos da loja. Segundo ele, a estudante recusou a proposta e disse que chamaria a polícia. Ela foi até o lado de fora do comércio, faz uma ligação pelo celular e, instantes depois, um carro da polícia, dirigido por José Camilo Leonel, chegou ao local.

Depois de uma conversa rápida com a estudante, o policial civil entra na loja e exige a nota fiscal do tapete. Em seguida, o policial tenta algemar o proprietário e começa a agredi-lo. Ele também ameaça o comerciante com uma arma. Câmeras de segurança registraram toda a agressão. As imagens foram divulgadas pelo Fantástico (assista ao vídeo acima).

No vídeo, é possível ver que a estudante universitária assiste à agressão e não tenta impedir o policial. “Eu penso que ela cometeu uma incitação ao crime. Ela demonstrou uma frieza muito grande. Isso me causou estranheza. Se a gente tivesse pedido a ajuda de um policial e visse esse tipo de reação, a gente não ia deixar prosseguir”, disse a advogada Maria José Ferreira.

Durante o registro do boletim de ocorrência na Corregedoria da Polícia Civil, após a agressão, o investigador disse que não conhecia Iolanda. Em entrevista ao Fantástico, ela também negou conhecer o policial civil.

Processo administrativo

Além do inquérito policial, José Camilo Leonel também responde a um processo administrativo disciplinar na Corregedoria. O comerciante iraniano Navid Saysan prestou depoimento no dia 2 de março. A advogada do comerciante, Maria José Ferreira, disse que Saysan relatou à Corregedoria como ocorreu a compra do tapete e todos os desdobramentos até a agressão dentro da loja.

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública, o processo administrativo está em andamento e poderá resultar na cassação da aposentadoria. O investigador já foi ouvido, mas a pasta não divulgou um prazo para o procedimento ser concluído.

Investigado por outros crimes

José Camilo Leonel é investigado pela Corregedoria da Polícia Civil também por sua atuação em uma ocorrência em julho de 2013, na qual duas adolescentes de 13 e 14 anos foram baleadas, segundo o G1 apurou. De acordo com o boletim de ocorrência registrado na época, houve troca de tiros entre o carro em que estavam as adolescentes e a viatura de Leonel.

No entanto, a mãe de uma das adolescentes disse ao G1 que as meninas foram baleadas na perna, mesmo sem estarem armadas, e depois de terem descido do carro e informado que não sabiam o que estava ocorrendo. José Camilo Leonel também é investigado pela Corregedoria da Polícia Civil por uma agressão em um posto de combustíveis, em 2015.

G1

Opinião dos leitores

  1. É POR ISSO QUE A TANTA VIOLÊNCIA! UM POLICIAL EM VEZ DE DAR O BOM EXEMPLO , É O PRIMEIRO A COMETER UM CRIME.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Rádio Patrulha apreende adolescente com espingarda calibre 12, sob acusação de roubos na Grande Natal

Policiais militares da Rádio Patrulha de São Gonçalo do Amarante apreenderam, na noite dessa quarta (13), uma adolescente após a prática de diversos roubos em municípios da Região Metropolitana de Natal.

Informações davam conta de que três pessoas em um Fiat Pálio de cor branca estariam realizando assaltos na capital e em cidades vizinhas desde as primeiras horas do dia. Por volta das 20h, uma viatura localizou o veículo no bairro Golandim, em São Gonçalo e, na tentativa de abordagem, seus ocupantes conseguiram se evadir pulando muros, se escondendo em residências.

A adolescente de 17 anos foi localizada escondida no banheiro de um estabelecimento comercial e foi reconhecida pelos policiais como sendo uma das ocupantes do veículo. Dentro do carro ainda foi encontrada uma espingarda calibre 12 com duas munições.

A garota confirmou que estava no veículo com outros dois homens, que não foram localizados. Confirmou ainda que realizaram diversos assaltos durante o dia.

Ela foi conduzida até Delegacia de Plantão da Zona Norte, onde foi lavrado Boletim de Ocorrência e liberada em seguida pela Polícia Civil. Já o veículo e arma apreendidos ficarão sob a custódia da Polícia Judiciária.

Opinião dos leitores

  1. Deveriam jogar da ponte certa, a de Igapó é muito baixa…quem estiver com pena leve esses menores para almoçar com vocês…

  2. E esses policiais pensam que estão onde? Na Dinamarca? Não sabem que menores tem o direito de matar, assaltar e fazer o quiserem e ai de quem achar ruim?
    Mania desses PMs quererem fazer o certo… Tem que deixar os "bichinhos" soltos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

STF suspende sessão e convoca extraordinária para decidir sobre votação de impeachment

O plenário do STF decidiu realizar sessão extraordinária nesta quinta-feira, 14, às 17h30, para analisar ADIn em que se discute a ordem de votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Para isso, a sessão ordinária foi encerrada e o presidente da Corte, ministro Ricardo Lewandowski, determinou que todos voltassem aos seus gabinetes e que sejam intimadas todas as partes e todos os interessados.

Decisão atente pedido do ministro Marco Aurélio, relator da ADIn 5.498, que alertou para a urgência da matéria, a fim de garantir a prestação jurisdicional, tendo em vista que a votação está marcada para o próximo domingo.

O ministro lembrou ainda que há dois mandados de segurança, de relatoria dos ministros Edson Fachin e Luís Roberto Barroso, que tratam do tema que carecem de análise antes da votação.

Migalhas

Opinião dos leitores

  1. Esse cara é um fanfarrão. Esta jogando completamente a favor do governo. Tudo ele se mete descaradamente.
    #Arregadosemvemvergonha

    1. O nome disso é justiça meu caro. Justiça essa livre pra deixar vc escrever essas asneiras sem prejuízos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

COOPMED-RN anuncia paralisação nesta sexta-feira

Médicos cooperados do RN se programam para nova paralisação devido a atraso de pagamento

No último dia 28 de março, a COOPMED-RN enviou uma notificação a SESAP/RN, ao Hospital Deoclécio Marques, Walfredo Gurgel, SAMU Metropolitano e Hospital Santa Catarina sobre o atraso no pagamento dos contratos referentes ao mês de janeiro de 2016.

O pagamento ainda não foi efetuado o que vem provocando um enorme insatisfação dos profissionais da Cooperativa que prestam serviço à SESAP, o que ocasiona uma dificuldade na organização das escalas dos plantões, bem como, a manutenção da prestação do serviço.

Para isso, a direção da COOMPMED-RN a acatar a decisão de uma assembleia, informa que a partir do dia 15 de abril (sexta-feira) acontecerá a suspensão dos serviços nas unidades citadas acima. Os médicos receberam dezembro com mais de 70 dias de atraso, sendo injusto que os médicos do Estado recebam em dia e os cooperados demorem mais de dois meses.

No Walfreldo Gurgel será paralisado as serviços de ortopedia, vascular, clinica geral e clinica médica. No Hospital Santa Catarina sofre a clinica geral e médica, neonatologia e obstetrícia. No Deoclécio Marques a cirurgia geral e ortopedia. Além do CRO e UTI do Walfredo Gurgel, Samu Metropolitano e Alta e média da OGE.

Os atendimentos do município também sofre com a paralisação, como a alta e média complexidade.

Opinião dos leitores

  1. Gostaria de receber msg deste blog , pois quando consigo ver alguma notícia eu gosto muito !!!! Assim me manterei sempre atualizada com o que ocorre na cidade !!!!

    1. Envieu seu fone para o nosso Zap 992122276 que cadastramos e vc passa a receber.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Câmara de Natal comemora o Dia Mundial de Conscientização do Autismo

A Câmara Municipal de Natal comemora, em Sessão Solene, nesta quinta-feira (14) o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, em cerimônia será realizada no plenário da Casa. A proposição da solenidade é do vereador Júlio Protásio (PDT).

A solenidade é alusiva ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo, que é comemorado anualmente no dia 2 de abril. Na sessão serão homenageados a Associação dos Pais e Amigos dos Autistas do RN (APAARN), a presidente da Associação Amigos do CAPSI, o Grupo Mães Corujas Batalhadoras, a APAE RN, Jobson da Silva Maia – autista cover de Roberto Carlos, Breno Daví Rodrigues Câmara de Araújo – autista formado no curso de História e autor do livro “Os labirintos percorridos por um aluno asperger: do ensino infantil ao superior”, além de pais de autistas e profissionais que militam na causa.

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que geralmente aparece nos três primeiros anos de vida e compromete as habilidades de comunicação e interação social. Em todo o mundo, cerca de 70 milhões de pessoas de todas as classes sociais e etnias são afetadas pelo autismo. No Brasil, estima-se a existência de dois milhões de portadores do espectro. Os dados são divergentes.

De acordo com o idealizador da solenidade, vereador Júlio Protásio, a Câmara de Natal acompanha as diretrizes da ONU, que comemora no mês de abril a data de conscientização. ” São ocasiões para nos conscientizar dos problemas enfrentados por segmentos da população e ainda para repensar posturas, preconceitos e, ainda, firmar propósitos de contribuir para minimizar sofrimentos de muitos”, afirmou o parlamentar.

Serviço:
Sessão Solene Dia Mundial de Conscientização do Austimo
Hora: 19:00
Local: Câmara Municipal de Natal

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Presidente do América anuncia saída do técnico Guilherme Macuglia

beto santosReprodução: Twitter, Beto Santos, presidente do América, durante anuncio nesta quinta-feira(14).

Opinião dos leitores

  1. Mais um para arrancar mais uma lapada de R$ dos clubes potiguares !!!!
    Enquanto estes dirigentes ficarem brincando de contratar e a estratégia for a de tentativa e erro, o futebol potiguar não vai a lugar algum e só se afunda em dívidas !!!!

  2. Degringolou de vez kkk dizem que em Japecanga acabou até a rapadura, a série D está chegando encarnados kkkkkkk

  3. Sem técnico, sem dinheiro, sem vencer há quase um mês, sem diretor de futebol (pagodeiro não é diretor de futebol), sem time pra ser campeão. Será vice-campeão. Mais uma vez.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

CEI Mais realiza aulão de biologia e química no domingo

AulaoOs alunos do Ensino Médio do CEI Mirassol e do CEI Zona Sul participam neste domingo, dia 17, no auditório da unidade do CEI Mirassol, de um aulão preparatório para o Enem.

O aulão, cujo tema será “A química da fisiologia humana”, abordará as disciplinas de biologia e química, ministradas pelos professores Marcos Alexander e Denis Vieira.

De forma interdisciplinar, os aulões de domingo unem duas ou mais disciplinas para analisar um mesmo tema. O objetivo é aprofundar o conteúdo ensinado em sala de aula em um formato diferente e promover a discussão de assuntos atuais, que podem ser utilizados como tema de redação no Enem.

As inscrições estão sendo realizadas até o dia 15 de abril, na coordenação do Ensino Médio.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Festas com sexo explícito são marcadas em praia naturista do Rio; frequentadores dizem que falta de infraestrutura estimula prática de orgias

2016-901015127-201604061739225024.jpg_20160406Naturistas dizem que falta de infraestrutura estimula pratica de orgias na Praia do Abricó – Fabio Rossi / Agência O Globo

Quem chega à Praia do Abricó, única que permite o naturismo no Rio, dá de cara com a advertência: “Evitar comportamento sexualmente abusivo e atos de caráter sexual ou obsceno”. O aviso está numa enorme placa que expõe o regulamento completo para quem pretende usar o espaço. O problema é que não há fiscalização, e muita gente se aproveita da autorização para estar nu como brecha para cometer abusos. Flagrantes de voyeurismo, masturbação, sexo e até de orgias são comuns, principalmente no meio da semana. A prática é antiga, mas agora ganha escala graças à internet. Fotos e vídeos das “festas” circulam livremente nas redes sociais, e tem até blog direcionado à “galera que gosta de uma boa pegação na praia e nas pedras do Abricó”. A repercussão preocupa a Associação Naturista da Praia do Abricó (Anabricó), que reclama do prejuízo à imagem e busca apoio da Assembleia Legislativa (Alerj), onde tramita um projeto de lei para amenizar a situação.

Um rápida “googlada” revela que há vídeos de sexo no Abricó em sites pornográficos. O nome da praia é usado como apelo para atrair cliques. Um blog com o nome da área naturista expõe fotos de homens nus e promove um concurso para eleger o “melhor rabo do Abricó”. Outro, chamado de “Canto do homem”, tem postagens dedicadas aos “peladões da Praia do Abricó”.

O nome do pedaço de areia reservado aos naturistas também tem sido usado para batizar festas na Zona Norte do Rio. Um suingue que se pretendia realizar na Penha, em agosto do ano passado, tinha o nome de “Festa do Abricó”.

— As pessoas estão usando o nome da praia e associando à sacanagem. Só que, neste caso da festa na Penha, eles se deram mal, porque houve fiscalização e nada aconteceu — afirma o diretor de relações-públicas da Anabricó, Claudio Haliuc.

orgia-abricoO vice-presidente da associação, Luís Carlos Muniz, conhecido como K9, tem uma barraca e trabalha diariamente na praia, algumas vezes com auxílio da mulher e dos filhos. Diz que não é raro avistar pessoas se masturbando nas pedras que levam à areia e flagrar sexo nas que separam o Abricó da Prainha, de acesso mais difícil. Às vezes, ele encontra casais mantendo relações na areia. Segundo ele, quase todas são homossexuais.

— Se eu pegar um casal fazendo sexo na área que fica à vista de todos, boto para fora da praia mesmo. Já fiz isso. E, se não quiserem sair, peço a ajuda do Direitos Humanos, um porrete que tenho na barraca — diz.

K9 explica que as cenas de sexo são mais comuns no meio da semana, quando a Anabricó não está presente. Nos fins de semana, dias em que apenas pessoas nuas podem permanecer na praia, a associação mantém segurança particular de plantão. A fiscalização ajuda a manter a paz dos frequentadores, a maioria casais heterossexuais adeptos da filosofia naturista, alguns deles acompanhados de crianças.

Os moradores de Jacarepaguá Lídia Silva e Júlio César frequentam a praia de nudismo há dez anos. Dizem que gostam do contato com a natureza e da liberdade que a nudez proporciona. Depois de uma temporada afastados, devido a episódios de flagrante de relações sexuais, eles voltaram a frequentar o Abricó recentemente.

— A gente teve que dar um tempo justamente por causa dessas pessoas que ficam deturpando o sentido do naturismo. Já aconteceu de eu estar pelada, o meu marido também, e, quando eu fui dar um beijo nele, elas ficaram olhando, achando que a gente ia fazer alguma coisa. Alguns chegaram a ir para trás das pedras se masturbar. Era só um beijo, algo natural, que acontece em qualquer lugar — conta Lídia.

Haliuc também não concorda com o sexo praticado na praia, e faz questão de salientar que a reclamação não é um ato de preconceito da Anabricó.

— O problema não é a escolha do melhor bumbum, ou quem vota em quem, mas sim ligar tudo isso ao nome da praia ou da associação. Essa é uma situação que sempre enfrentamos, só que agora a divulgação deturpada aumentou muito — reclama.

A prática de sexo livre no Abricó é atribuída por naturistas à falta de infraestrutura local. A praia fica dentro do Parque Municipal de Grumari, e é cercada por Mata Atlântica e pedras que impedem a visão de quem está na Praia de Grumari ou passa pela Avenida Estado da Guanabara. Por ser uma Área de Proteção Ambiental, é proibido construir banheiros, quiosques e até postos para os guarda-vidas em sua extensão.

— É inegável que atualmente há maior presença da Polícia Militar e da Guarda Municipal, o que agradecemos, mas todo o restante faz com que as pessoas abusem. Além do sexo, tem a sujeira. É fácil encontrar camisinhas atrás das pedras, local que as pessoas também usam como banheiro — reclama K9.

Haliuc é mais enfático ao criticar a falta de estrutura:

— É a omissão do poder público que causa isso. Onde tem o mínimo de infraestrutura, as pessoas respeitam, mas aqui em Grumari é uma dificuldade até para se conseguir uma placa.

ALERJ DISCUTE PROJETO PARA O ABRICÓ

A discussão chegou à Alerj. Em outubro do ano passado, o deputado Carlos Minc (sem partido) apresentou o Projeto de Lei 845/2015 dispondo sobre a “permanência de agentes públicos e sinalizações nas áreas de naturismo no estado do Rio de Janeiro”. A matéria, se aprovada, obriga a qualificação de agentes públicos para trabalhar em áreas de nudismo.

A proposta, que recebeu parecer constitucional da Comissão de Constituição e Justiça e favorável da Comissão Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, gerou polêmica quando entrou na pauta de votação, em fevereiro. Na época, o deputado Flávio Bolsonaro (PSC) disse que o projeto favorecia uma classe e gerou revolta ao afirmar que a presença de policiais fardados era um fetiche dos naturistas.

Minc nega que o projeto pretenda favorecer os naturistas e diz ter sugerido que a deputada Martha Rocha (PDT), presidente da Comissão de Segurança Pública e Assuntos de Polícia, faça emendas quando o projeto chegar em sua comissão.

— O projeto não obriga que se destine mais segurança para a Praia do Abricó. Ele pede que haja lá a mesma segurança disponível nas outras praias. O problema é que o agente público não aparece naquela praia porque fica constrangido. O que o projeto pede é que seja feito um treinamento específico para o agente atuar não só no Abricó, mas em todas as áreas de naturismo do estado do Rio de Janeiro — justifica.

Minc estima que em 30 ou 45 dias o projeto deve voltar ao plenário para a segunda e última votação.

— Combinei isso com a Martha Rocha, e ela deve fazer pequenas modificações em alguns termos. É para deixar a mensagem mais clara e mostrar que não pretendemos criar privilégios. Acredito que vamos conseguir aprovar o projeto — completa o deputado.

A assessoria de imprensa de Martha Rocha diz que o projeto ainda não chegou à comissão da deputada, e ela ainda não tem uma definição sobre seu parecer. Acrescenta que a parlamentar se dispôs a ajudar “no que for possível” e revela que, após reunião com os naturistas, ela encaminhou ofício à Polícia Militar e à Guarda Municipal pedindo reforço da fiscalização no Abricó.

Procurado, o deputado Flávio Bolsonaro não retornou as ligações.

A Secretaria municipal de Meio Ambiente, por e-mail, esclarece que em janeiro realizou vistoria, junto com a Anabricó, para checar a possibilidade de atender às reivindicações dos usuários da praia, no que tange à instalação de infraestrutura, principalmente para suprir a demanda de turistas esperados com a realização dos Jogos Olímpicos.

A pasta acrescenta que existe um banco de projetos na secretaria incluindo cercamento da mureta de pedras e alternativas para a instalação de banheiros, como o uso de captação de água da chuva. “O local não tem infraestrutura de água e esgoto e, por este motivo, não há condições de disponibilizar banheiro. Quanto às demais ações, por se tratar de área de parque, não é autorizada a construção de edificações”.

Claudio Haliuc, diretor de relações-públicas da Anabricó, rebate, dizendo que a Prainha também é área ambiental e tem banheiros. O esgoto vai para uma fossa séptica e é recolhido mensalmente pela Comlurb.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Lugar de sexo é entre 4 paredes e não em local público, certamente tem crianças que vão junto com os pais, falta bom censo dos frequentadores.

  2. Isso e a crise chamando o povo pra trepar na praia em modo suruba

  3. Se a suruba rola solta e a culpa é falta de estrutura, imagino como será quando isso mudar.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Preitura garante repasse de R$ 12 milhões para Hospital Municipal de Natal

23937O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, com o apoio e empenho do ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, garantiu a liberação de R$ 12 milhões do Ministério da Saúde para custeio do Hospital Municipal de Natal Dr. Newton Azevedo. O ministro da Saúde, Marcelo Castro, assinou uma portaria nesta quarta-feira (13) aumentando em R$ 12 milhões por ano o repasse de recursos para o Sistema Único de Saúde para a média e alta complexidade de Natal, levando em consideração o Hospital Municipal de Natal. Pela portaria, o Fundo Nacional da Saúde vai providenciar o repasse regular e automático de parcelas mensais de R$ 1 milhão para o Fundo Municipal de Saúde de Natal.

O secretário Luiz Roberto Fonseca destacou o empenho pessoal do prefeito, que esteve esta semana em Brasília, pleiteando a liberação dos recursos, no Ministério da Saúde e agradeceu o apoio do ex-ministro Henrique Eduardo Alves, na articulação junto ao ministro Marcelo Castro para agilizar o processo de liberação dos recursos.

“O prefeito foi pessoalmente a Brasília para garantir esse recurso, por entender a necessidade e importância que o Hospital Municipal de Natal tem para a população. Foi uma força-tarefa, com a união de forças, para garantir a liberação do recurso.

Agradecemos também o ministro Marcelo Castro que, em um dos últimos atos dele antes de pedir licença do cargo e voltar à Câmara Federal, teve a sensibilidade e cumpriu a promessa feita no dia da inauguração do Hospital em garantir o repasse. Nesses quase quatro meses de funcionamento, o Hospital estava sendo gerido apenas com recursos do município”, destaca o secretário Luiz Roberto Fonseca.

O recurso será utilizado na manutenção e custeio do Hospital Municipal de Natal, que conta com Pronto Atendimento Adulto, Infantil e de Ortopedia, além de cinco leitos de internação de psiquiatria, oito de pediatria clínica e 35 de clínica médica. O Hospital conta ainda com dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e até o final do semestre deve abrir a ala cirúrgica, com três salas de cirurgia e 22 leitos de internação.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Chance de processo de impeachment passar na Câmara sobe para 92%

impeachment_4A chance do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff passar na Câmara subiu para 92%, de acordo com análise estatística do professor de economia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) Regis Ely.

A probabilidade do impeachment ser aprovado pela Câmara subiu em dois pontos percentuais em relação a análise realizada nesta quarta-feira (13), quando as chances do afastamento da presidente pela Casa eram de 90%.

O professor Ely explica que os percentuais não mudaram muito, apesar do aumento de manifestações individuais de apoio ao impeachment em levantamento feito pela reportagem da Folha. Isso acontece porque o modelo estatístico utilizado previa que os indecisos votariam de acordo com as orientações das bancadas partidárias, o que está acontecendo.

Segundo a análise realizada pelo professor, o impeachment não passaria pela Câmara, por exemplo, se fosse registrada uma ausência de pelo menos 10% dos deputados, o que deixaria os votos favoráveis ao afastamento da presidente na faixa dos 65,9%, insuficientes para a aprovação da medida.

Para que o processo seja aprovado, são necessários votos de 342 parlamentares, ou 67% do total. A Câmara tem 513 deputados e a decisão está prevista para ocorrer no domingo (17).

A estatística considera que todos os deputados estarão presentes na votação. Cada falta implica um voto a menos a favor do processo. A partir da ausência de mais de 10% (51 deputados), cairia o número de votos favoráveis à saída de Dilma e o resultado da votação se inverteria.

O algoritmo construído pelo professor parte do princípio de que a decisão dos deputados sofre influência do partido e do Estado pelo qual foram eleitos. Com base nisso, ele infere qual será a posição dos que ainda não declararam seu voto (detalhes da metodologia podem ser vistos em regisely.com/blog/impeachment/).

Ely atua nas áreas de previsão, análise de dados, séries temporais e finanças.

EFEITO MANADA

A ordem de votação deve provocar um “efeito manada” entre os deputados, já que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), determinou que a votação começará pelos Estados do Sul. A estimativa indica que, registradas as posições do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo, o percentual de votos favoráveis ao impeachment já terá atingido cerca de 78%.

Se em algum momento a votação estiver decidida, os deputados podem mudar de opinião ou se abster.

O algoritmo foi construído como exercício de previsão com fins didáticos e de demonstração do uso de técnicas de análise de dados em problemas práticos, afirma o professor da UFPel. Contribuíram com o projeto os professores Cláudio Shikida (UFPel) e Bruno Speck (USP).

COMISSÃO

Na segunda-feira (11), a comissão do impeachment na Câmara aprovou o relatório favorável à saída de Dilma, por 38 votos a 27.

Folha Press

Opinião dos leitores

  1. Não se deve ir na onda do Já Ganhou. É isso que os petistas querem. Todos sabemos que o bicho mais fácil d$ mud$r de id$ia é político.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Facebook vive a “idade de ouro das notícias falsas”, mostra estudo

16056583Foto: Justin Sullivan/Getty Images/AFP

Mais de um ano após o Facebook anunciar medidas contra os sites de notícias falsas, que usam a plataforma para obter audiência e receita publicitária, eles dão sinais de que voltaram a crescer.

É o que indica levantamento do “BuzzFeed”, a partir de nove dos maiores sites americanos de “fake news”: “National Report”, “Huzlers”, “Empire News”, “Daily Currant”, “I Am Cream Bmp”, “CAP News”, “NewsBiscuit”, “Call the Cops” e “World News Daily Report”.

“Em muitos aspectos, é a idade de ouro das notícias falsas”, apontou o “BuzzFeed”.

Segundo o Facebook, houve queda no compartilhamento dos sites e de seus posts “desde o início das atualizações visando rebaixar os hoaxes” (fraudes) nos rankings da plataforma.

Mas o levantamento mostra que o número de engajamentos médios por post dos nove sites (“likes”, compartilhamentos e comentários), que de fato vinha caindo até dezembro de 2015, saltou de 435 para 828 em janeiro e para 1.305 em fevereiro de 2016.

Para Quentin Hardy, editor de tecnologia no “New York Times”, os números são reveladores do mundo jornalístico hoje, ao evidenciar fenômeno em que “as notícias são falsas”, mas “os anúncios publicitários são verdadeiros”.

“National Report” e demais se sustentam com os cliques nos anúncios que publicam em seus sites, dados pelos internautas que chegam até eles através de rede social.

A exemplo de sites paródicos, como “The Onion” ou “Sensacionalista”, inventam notícias com títulos chamativos, mas supostamente sérios.

O Facebook não é a única plataforma afetada por “fake news”. No ano passado, estudo de uma pesquisadora do Georgia Tech, nos EUA, apontou que “alarmantes 23,46% da corrente global de tuítes não têm credibilidade”.

Destacou então, como exemplo de notícia falsa, o “apocalipse zumbi do ebola”, originado no “Huzlers”.

Agora, o destaque é do “Empire News”, com suposta agressão ao autor do atentado na maratona de Boston, na prisão: mais de 240 mil “likes”, 23 mil compartilhamentos e 28 mil comentários.

BRASIL

Não faltam “hoaxes” também no Brasil. Nesta semana, a jornalista da GloboNews Cristiana Lôbo usou as redes sociais para negar que seja dela a voz em áudio sobre manifestações. Na gravação, a voz diz que a população deve ficar vigilante, pois estão “enfiando dinheiro na ordem de R$ 1 milhão para quem votar contra o impeachment”.

Procurado para comentar como está o programa de combate aos sites de notícias falsas no país, um porta-voz do Facebook Brasil respondeu:

“Dependemos de nossa comunidade para denunciar conteúdos que possam ter ferido nossas políticas. Conteúdos reportados como notícias falsas têm sua distribuição no Feed de Notícias reduzida”, ainda que não sejam removidos. “Desde janeiro de 2015, temos visto um declínio no compartilhamento de notícias falsas e rumores.”

Folha Press

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Inscrições para Enem 2016 começam em 9 de maio

As inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano iniciam às 10h do dia 9 de maio e seguem até às 23h59 do dia 20 do mesmo mês. As datas e as regras da nova edição do exame foram anunciadas nesta quinta-feira (14) pelo Ministério da Educação.

A avaliação é adotada como critério de seleção e ingresso na maioria das universidades e institutos federais. Também é critério de acesso ao Fies (Financiamento Estudantil) e a bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos).

Interessados em participar da nova edição do exame devem acessar o site enem.inep.gov.br/participante para efetuar as inscrições. A taxa de inscrição neste ano é de R$ 68 -no ano anterior, era de R$ 63. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos correios até às 21h59 do dia 25 de maio.

A inscrição é gratuita para estudantes concluintes do ensino médio na rede pública ou para aqueles que declararem carência.

O participante que recebeu isenção em 2015 mas não compareceu para a realização das provas não terá direito à isenção. Estudantes, no entanto, podem enviar uma justificativa para a ausência no momento da inscrição, que será analisada pelo Inep.

Assim como no ano anterior, o cartão de confirmação da inscrição estará disponível apenas pela internet. Não haverá envio dos cartões pelos correios.

DATAS E HORÁRIOS

Neste ano, as provas ocorrerão nos dias 5 e 6 de novembro. No primeiro dia, serão aplicadas as provas de ciências humanas e ciências da natureza. No dia seguinte, ocorrem as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática.

Aplicado geralmente em outubro, o Enem deste ano foi adiado por causa das eleições de 2016, medida que também já aconteceu nos anos anteriores.

Os portões dos locais de prova devem ser abertos às 12h do horário de Brasília, e fechados às 13h. Assim como no ano passado, haverá um intervalo de 30 minutos de espera entre o fechamento dos portões e o início das provas, como medida de segurança.

SEGURANÇA

A edição 2016 do exame terá um novo procedimento de segurança, com a coleta de dados biométricos, ou seja, das digitais dos participantes.

Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o objetivo é eliminar a possibilidade de fraudes e da prova ser realizada por outra pessoa no lugar de quem se inscreveu.

“É fraude zero. Cada vez mais estamos eliminando [a possibilidade]”, afirma.

Ainda de acordo com Mercadante, caso a fraude seja identificada, a prova poderá ser anulada a qualquer momento. Os envolvidos também serão sujeitos às sanções penais.

Antes da prova, também haverá checagem por meio de detectores de metais e serão disponibilizados porta-objetos para guardar pertences pessoais.

SIMULADOS E PRAZOS

O Ministério da Educação também lançou um aplicativo para os estudantes que quiserem acompanhar prazos do Enem e guardar informações sobre a inscrição. O aplicativo estará disponível para as plataformas Android e IOS.

Estudantes do 3o ano do ensino médio da rede pública e privada podem participar de simulados online oferecidos pelo MEC, por meio da plataforma “Hora do Enem”, no link horadoenem.mec.gov.br .

As inscrições para o primeiro simulado devem ser feitas até o dia 14 de abril. O simulado ocorrerá em 30 de abril, com duração de 4h. Já as notas serão disponibilizadas no dia 2 de maio.

Após a realização do simulado, o estudante receberá um plano de estudos com os exercícios e aulas que precisa acompanhar. “A hora que ele fizer o simulado ele vai ter um diagnóstico bem detalhado do que precisa estudar”, diz Mercadante.

Inicialmente, o simulado será ofertado apenas para os estudantes que estão concluindo o ensino médio. A pasta ainda avalia a possibilidade de ofertar, em outra data, o exame para outros participantes interessados.

Segundo Mercadante, a iniciativa servirá como teste para uma reformulação no exame nos próximos anos, intenção que já foi divulgada pelo governo. “Se essa experiência do simulado der certo, podemos ter um Enem eletrônico no futuro”, afirma.

O ministro lançou ainda um apelo para que as informações sobre os simulados cheguem aos estudantes em meio ao conturbado momento político. “A educação não pode se subordinar a uma crise política”, disse. “Esqueçam quem é o ministro da Educação. Estou pedindo que a gente não prejudique os estudantes que tem a grande oportunidade da vida deles neste ano”, completou.

Em 2015, o Enem recebeu 7,7 milhões de inscritos. A estimativa do MEC é que o número de interessados em participar das provas neste ano seja próximo ao registrado no ano anterior.

Folha Press

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Frente contrária a impeachment ameaça parar país nesta sexta

Protesto agendado para esta sexta-feira (15) ameaça fechar estradas em vários Estados brasileiros durante mobilização contrária ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Os atos foram convocados pela Frente Brasil Popular, que reúne mais de 60 entidades dos movimentos sindical e social, além dos partidos PT, PC do B e PDT.

A ação foi definida no ultimo dia 6 e divulgada entre os membros da Frente na “Circular 11/2016 – Orientações para a mobilização em defesa da Democracia”.

“Promover no dia 15/04 uma Jornada Nacional de Mobilização contra o Golpe, fechando estradas, fazendo paralisações e assembleias em fábricas, entre outras ações de impacto a serem definidas nos Estados”, diz o texto.

Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos Populares e membro da Frente Brasil Popular, não confirma o fechamento de estradas. Ele diz apenas que haverá um “conjunto de ações no campo e na cidade”.

“As ações desta sexta serão uma demonstração do que vai acontecer no Brasil caso o impeachment prospere”, disse. Além disso, os protestos servirão de “esquenta” para o domingo (17), data prevista da votação do processo de impeachment na Câmara.

DOMINGO

A Frente Brasil Popular prevê que levará mais de 200 mil pessoas ao vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, no domingo.

A concentração está marcada para às 10h, mas a maioria dos manifestantes deverá chegar à tarde.

A organização chegou a comunicar às autoridades a intenção de fazer seu protesto em três lugares diferentes: na avenida Paulista, na praça da Sé e no vale do Anhangabaú. Como ficou comprovado que os movimentos pró-impeachment protocolaram antes a sua intenção de usar a avenida, os movimentos de esquerda decidiram ficar no vale.

A Frente, que fez uma manifestação contra o impeachment em março na Sé, julga que a praça ficou apertada para o protesto. De acordo com o Datafolha, 40 mil pessoas compareceram.

Os organizadores do ato pró-governo de domingo se reuniram nesta quarta com autoridades da Polícia Militar, da CET e da SPTrans para comunicar a estimativa de público e tomar providências para que tudo corra bem.

Folha Press

Opinião dos leitores

  1. Se eles nunca fizeram nada na vida são desocupados mas se eles pararem no que isso vai mudar praticamente em nada

  2. Homi pode fazer o q for…só tem duas "entidades" q podem parar o impeachment…primeiro Deus a divina…depois O STF ….fora isso… " Inês tá morta"!!!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Operação Viajante desarticula associação criminosa que agia no tráfico de drogas em João Câmara; 17 são detidos

detidos na Operação apreendidosNas primeiras horas desta quinta-feira (14), a 10ª Delegacia Regional de Polícia Civil de João Câmara deflagrou a Operação Viajante e prendeu 17 suspeitos que vinham praticando o crime de tráfico de drogas no município. As cinco mulheres e os 12 homens foram detidos em cumprimentos a mandados de prisão e em flagrante delito.

O nome da Operação é uma referência ao criminoso Diego da Silva Lima, 24 anos, conhecido como “Viajante”, que mesmo estando preso, comandava de dentro do presídio, o envio de drogas de Natal para João Câmara. Diego Viajante é suspeito de ter praticado dois homicídios, três tentativas de homicídio e de ter atuado no tráfico de drogas na cidade de João Câmara em 2015, depois de ter fugido em dezembro de 2014 do Presídio de Alcaçuz.

“No mês de agosto de 2015, iniciamos a investigação de um homicídio que aconteceu em João Câmara e descobrimos que o Diego da Silva Lima era suspeito pelo assassinato e que também gerenciava o crime de tráfico de drogas na cidade de João Câmara. Verificamos que o criminoso, que não possuía residência fixa, tinha o hábito de viajar até para outros Estados, para dificultar a sua prisão. Apesar de sua estratégia, nós conseguimos prender Diego Viajante em 09 de dezembro de 2015, em São José do Mipibu, quando ele voltava de São Paulo para o RN”, detalhou o responsável por toda a investigação, o delegado titular da 10ª. DRP, Nivaldo Floripes.

Após a prisão de Diego Viajante, as investigações que resultaram em um inquérito policial de 1.200 páginas revelaram que havia uma organização criminosa composta por várias pessoas em João Câmara, que eram comandadas por Diego Viajante. Os suspeitos não atuavam somente no tráfico de drogas, mas também vinham praticando outros crimes na cidade”, explicou o delegado Nivaldo Floripes. Durante a Operação, Diego Vijante, mesmo estando detido, recebeu a notificação para cumprir mais tempo de prisão pelo cometimento de crimes novos.

A Operação Viajante – A ação policial contou com o trabalho de 180 policiais civis e policiais militares e teve apoio da Delegacia Móvel da Polícia Civil. Além das prisões, a Polícia apreendeu maconha e crack; três coletes balísticos, uma espingarda; munições calibre 12; dois revólveres, um de calibre 38 e outro de calibre 32; celulares; jóias; equipamentos eletrônicos e materiais usados para comercializar as drogas.

Lista de presos:

1. Arison da Silva Santos, 18 anos

2. Fabiana Ribeiro Vicente, 31 anos

3. Flávio Ramon Silva Andrade, 18 anos

4. Francisco Crispim da Silva, 37 anos

5. Hugo Matheus de Araújo Câmara, 18 anos

6. Israel Ezequiel Figueiredo da Silva, 19 anos

7. José Robson Lopes da Silva, 35 anos

8. Kécio Jone Izidório de Oliveira, 22 anos

9. Maria Terezinha Alves, 47 anos

10. Marilúcia Alves Gonçalves, 20 anos

11. Roberto Ferreira da Silva, 31 anos

12. Ronaldo Pinheiro da Silva, 48 anos

13. Thauani Alves da Silva, 21 anos

14. Vera Lúcia Guedes Bezerra, 46 anos

Mandados de prisão cumpridos dentro da Penitenciária:

15. Diego da Silva Lima

16. Alisson Magno da Silva

17. Bruno Cesar Barbosa da Silva

Opinião dos leitores

  1. Vcs estao d parabens… E q venha outras operaçoes em j camara para aprender outros meliantes e traficantes q nao foram preços nessa operaçao. Foco e fe q nos vamos conseguir tirar esses maginas das ruas da nossa cidade eu confio em deus primeiramente e segundo vcs q vem fazendo um trabalho brilhante.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Empresa que fará a manutenção do enrocamento em Ponta Negra será conhecida no dia 26

No próximo dia 26 de abril, a Prefeitura do Natal, por intermédio da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), divulgará a empresa vencedora da licitação que se destina a manutenção, conservação e monitoramento do enrocamento da praia de Ponta Negra. A confirmação foi dada pelo secretário Tomaz Neto nesta quinta-feira (14).

De acordo com o titular da Semov, com a abertura dos envelopes no dia 26, a previsão de início dos trabalhos é o mês de maio. “A nossa expectativa é de começarmos já no início do próximo mês. Com os trabalhos, continuaremos com o bom serviço de manutenção daquele setor fundamental para a nossa cidade e o turismo potiguar”, explicou Tomaz Neto.

Praia segura

O custo da manutenção é de R$ 650 mil reais. “Com esses serviços, toda a população será beneficiada e a contenção costeira daquela praia está assegurada”, finalizou o secretário de Obras, Tomaz Neto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

AGU entrará com ação no STF para tentar barrar impeachment

A AGU (Advocacia-geral da União) vai entrar com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) pedindo a nulidade dos atos do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff em curso na Câmara.

O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, vai conceder entrevista coletiva às 12h30 desta quinta-feira (14) para apontar os principais argumentos que o governo apresentará ao Supremo.

Cardozo disse à reportagem que essa ação trata do “vício do procedimento” do impeachment, alegando cerceamento de defesa e ampliação do objeto. Por isso, ele pedirá a anulação do processo.

Para o governo, discutiu-se “fatos estranhos” ao processo, como a delação do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) e a Operação Lava Jato que, segundo a defesa, não poderiam ser tratados no pedido de impedimento tal qual ele foi apresentado.

Entre os auxiliares da presidente Dilma há quem tema uma resposta negativa do STF, o que poderia influenciar a votação no plenário da Câmara, marcada para domingo (17). Mesmo assim, o governo não descarta entrar com outras ações nos próximos dias no Supremo.

Folha Press

Opinião dos leitores

  1. Não dá para entender qual é a do PT, o deputado Sílvio falou ontem na Câmara à noite, Alto e em bom tom que o PT teria 204 votos para Barra o impeachment, no senado a senadora Fátima Bezerra, com as arrogancias dela também falou alto e em bom tom dizendo eu duvido o impeachment passar domingo, repetiu isso várias vezes no discurso dela terça-feira à noite no senado, fica a pergunta a onde os votos foram parar? Tinha tantos votos. Por outro lado Lula fala que mesmo Jesus descendo do céu não empata dele ser candidato em 2018. Resumindo ficam ateando para tudo que é lado incentivando violências. Isso é gravíssimo estarem ameaçando os brasileiros que já estão sofrendo tanto com esse desgoverno. AGU era para está preocupada com os brasileiros que estão a mercê do PT sofrendo pressões psicológicas da ptzada e PDT.

  2. Este órgão precisa mudar de nome de AGU para AGPT ou AGD porque só defende ostensivamente os interesses do partido e da presidente.

  3. A AGU deveria defender o Brasil dessa quadrilha e não defender os interesses de um grupo político.

  4. Domingo dia 17 de Abril vai esta em jogo o futuro desse Pais " Brasil x PT "

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *