Diversos

PAPELÃO: Em entrevista na internet, influencer conta intimidades com Juliette, com direito a motel e “beijo grego”

Foto: Reprodução

O dançarino paraibano Alê Oliveira afirmou em entrevista recente a um podcast que já ficou com a ex-bbb paraibana, Juliette Freire.

De acordo com o dançarino, eles trocaram intimidades em um encontro que aconteceu após uma live e no fim os dois foram parar em um motel.

O produtor do cantor afirmou que durante o encontro acabou rolando um “Beijo Grego”, o tão temido pelos homens.

Blog do BG PB

Opinião dos leitores

  1. Com essa BBB eu faria e recebia beijo grego, alemão, romano a mulesta dos beijos que existir. Entre 4 paredes vale quase tudo.
    Muitos aqui estão com inveja do boy ou apenas um disfarce pra dizer que é machão.

  2. Tai Zezin Tomaz e Mané fulero, com o molusco vcs dariam certo nesse negócio de beijo grego.

  3. Isso de beijo grego é nada, deve ter uns aqui que cutem de beijo grego, fio terra trifásico e fisting.
    Eita o BG agora atiçou os desejos mas ocultos do homem kkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Líder de facção criminosa que atua no RN acusado de planejar atentados contra agentes de segurança é preso em SP

Imagem: ilustrativa

Em operação conjunta realizada pelo MPRN, pelo MPSP e pela Polícia Militar de SP, Ricardo Alexandre Do Nascimento, conhecido como “Alienígena”, foi preso na cidade de São Paulo, na sexta-feira (10).

Ricardo é conhecida liderança de facção criminosa que atua no Rio Grande do Norte e vinha, nos últimos meses, como gerente de articulações do crime organizado para promover atentados contra agentes do sistema de segurança pública.

O indivíduo, foragido do Judiciário do RN, será custodiado pelo sistema penitenciário paulista, e ficará à disposição da Justiça.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

Terezinha Maia lança 3ª edição da campanha Lençol Solidário

A primeira-dama de São Gonçalo do Amarante/RN e suplente de deputada estadual, Terezinha Maia, lançou, nesta quinta-feira (9), a terceira edição da campanha do Lençol Solidário, em parceria com a ONG Vida Nova e apoio da Coteminas. Nas duas últimas edições, realizadas em 2017 e 2019, foram distribuídos mais de 38 mil lençóis nas comunidades são-gonçalenses, em hospitais e casas de apoio.

Em sua fala, a primeira-dama, que também é presidente de honra da organização não governamental, agradeceu ao presidente da Coteminas, Josué Gomes, a quem atribuiu o maior incentivo para que ação voltasse acontecer. “Visitamos para parabenizar pela eleição na Fiesp e saímos com um grande apoio. Ele vai dobrar a quantidade de lençóis arrecadados. Com isso, a expectativa é que seja a maior campanha de todas”, disse Terezinha.

As arrecadações estão sendo realizadas através de depósito na conta bancária da ONG Vida Nova (agência 4486-5 e conta 19772-6) ou pelo PIX (chave CNPJ: 07.946.653/0001-07). Ao final da campanha, a organização prestará contas das doações pelas redes sociais. “Doar lençol é um ato de acolhimento, de afeto, de solidariedade. E por onde passamos, pessoas agradecem pela doação. Muitas dizem que até roupas fizeram com o tecido. Isso é prova do quão importante é a campanha”, destacou a primeira-dama.

No evento de lançamento, realizado no Centro de São Gonçalo, estavam presentes a presidente da ONG, Milene Gomes, o diretor da Coteminas, Henrique Gadbem, vereadores e lideranças locais. Prefeito Paulinho participou de forma virtual.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

ESCÂNDALO: Consórcio Nordeste custou R$ 10 milhões apenas em 2019

Foto: reprodução

O Consórcio Nordeste custou, somente em 2019, R$ 10 milhões de reais, despesas divididas em custeio (R$ 4,9 milhões) e gastos com pessoal e encargos (R$ 5 milhões). É o que mostra o contrato de rateio entre os nove estados, assinado pelos governadores da Região.

Um detalhe é que a criação do consórcio foi e março, ou seja, os valores correspondem a um período menor que 1 ano de exercício consórcio.

“O referido Contrato de Rateio 01/2019 , foi firmado entre os nove Estados do Nordeste, tendo como objeto a definição dos valores, das regras e dos critérios de participação financeira dos entes consorciados na cobertura das despesas operacionais relativas às atividades do consórcio, para o exercício de 2019”, diz o documento assinado em julho de 2019.

Com informações do Blog do Marcelo José

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Suspeitos de matar homem de 60 anos na frente da filha morrem em confronto com a PM

Foto: reprodução/PM

Dois suspeitos de matar um homem de 60 anos, na frente da filha, em Ielmo Marinho, morreram em um confronto com a Polícia Militar. A troca de tiros aconteceu na noite dessa sexta-feira (10), na comunidade Primeira Lagoa, em Ceará-Mirim.

Os militares foram acionados para atender a uma ocorrência de assalto na região. Segundo a corporação, a dupla cometeu vários assaltos utilizando uma motocicleta vermelha.

No caminho da ocorrência, os policiais deram de frente com os homens. Houve uma troca de tiros e os bandidos acabaram baleados. Eles foram socorridos para o Hospital Dr. Percílio Alves, em Ceará-Mirim, mas não resistiram e morreram.

Com eles, a PM encontrou um revólver calibre .32 e uma espingarda calibre .12, além da motocicleta utilizada nos crimes.

A Polícia Militar informou ainda que eles são suspeitos do latrocínicio contra Josemar da Conceição, na comunidade Lajinha, em Ielmo Marinho, na noite de quinta-feira (09). O homem foi morto na frente da filha adolescente.

Na ocasião, enquanto o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN) era aguardado, um dos filhos da vítima ficou deitado e agarrado com o corpo do pai.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“Não é hora de dizer se esse ou aquele Poder saiu vitorioso. A vitória tem que ser do povo brasileiro”, diz Bolsonaro

Imagem: reprodução/Twitter/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (11) que “não é hora de dizer se esse ou aquele Poder saiu vitorioso”. Segundo ele, “a vitória tem que ser do povo brasileiro”. O chefe do Executivo afirmou que os 3 Poderes precisam ser “respeitados” e que acima deles está o “destino da nação“.

Vivemos ainda momentos um pouco conturbados, mas tenho certeza as coisas já começaram e se ajustar. Não é hora de dizer se esse ou aquele Poder saiu vitorioso. A vitória tem que ser do povo brasileiro”, disse em evento em Esteio (RS), após receber a Medalha do Mérito Farroupilha, concedida pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Em sua 1ª viagem desde os atos do 7 de Setembro, o presidente pediu para a população acreditar que o governo faz o “possível” para o país. “Confio no povo brasileiro, confio em vocês. Eu peço que acreditem que nós estamos fazendo o possível pelo nosso país. Acima de cada um de nós, acima dos 3 Poderes, está o destino dessa grande nação”, declarou.

O chefe do Executivo também afirmou que tem uma “missão de Deus de redirecionar o país” e que “aos poucos” o Brasil passa por mudanças. “Não podemos fazer da velocidade que muitos querem, mas a gente vai aos poucos redirecionando o futuro do nosso país. Temos 3 Poderes que têm que ser respeitados e buscar sempre a melhor maneira de nos entendermos para que o produto do nosso trabalho seja estendido aos 210 milhões de habitantes”, disse.

Nesta manhã, Bolsonaro participou da 44ª Expointer, feira agropecuária realizada no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). No evento, Bolsonaro enalteceu o trabalho agronegócio durante a pandemia da covid-19 e repetiu críticas às medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos na crise sanitária.

O presidente também disse que uma revisão do marco temporal da demarcação das terras indígenas será o “fim do agronegócio”. O assunto está em análise no STF (Supremo Tribunal Federal).

Ao chegar ao evento o presidente cumprimentou e tirou fotos com apoiadores. Os ministros Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência Social), Tereza Cristina (Agricultura), Gilson Machado (Turismo) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) também participaram da visita à feira.

Bolsonaro recebeu no evento a Medalha do Mérito Farroupilha, mais alta homenagem concedida pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Em abril de 2019, deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também recebeu a medalha. A medalha a ser entregue ao presidente foi proposta pelo deputado estadual Vilmar Lourenço (PSL).

Poder 360

Opinião dos leitores

  1. Presidente comprometido com a nação. Governar um país não é o mesmo que dirigir um grêmio estudantil. O presidente sabe o que faz e, se a esquerdalha está insatisfeita, é sinal de que ele está agindo de forma correta. Simples assim.

    1. Do alto da minha excelente qualidade de gestor, dono do que é meu, conseguido com esforço, nunca dependi do estado para nada, entendo que ele foi sagaz, dobrou com inteligência e conseguiu o que queria, apoio do povo, recuo de várias posições dos antagônicos, Brasil fluindo, falta de discurso da oposição, ele foi inteligente, vai ficar aí até quando quiser, os babacas vão chupar dedo e provocar, faz parte do jogo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Aplicação da 2ª dose de vacina contra a Covid predomina no país, aponta Ministério da Saúde

Foto: AGÊNCIA BRASIL/TÂNIA RÊGO

A aplicação da segunda dose contra a covid-19 no Brasil foi predominante na semana passada pela primeira vez desde o início de maio, apontam dados do Ministério da Saúde. É apenas a quarta vez que isso ocorre e a primeira em um contexto de vacinação com a primeira dose avançada no País, o que indica uma nova fase da campanha de imunização.

Além da entrega de vacinas, o avanço da aplicação da segunda dose de imunizantes contra a covid-19 no Brasil também envolve uma série de outros fatores: desde a realização de campanhas publicitárias para conscientização até a busca ativa de quem não tiver retornado para completar o esquema vacinal.

Especialistas apontam que ações como essas são de extrema importância sobretudo porque o espaço entre as doses foi expandido para alguns imunizantes no País, o que aumenta os riscos de evasão.

Para a epidemiologista Denise Garrett, vice-presidente do Instituto Sabin, vários fatores dificultam a aplicação da segunda dose no Brasil. A falta de vacinas é um deles. “Quando a pessoa vai ao posto e não encontra a vacina que precisa para a segunda dose, dificilmente irá em outro local ou voltará outro dia”, explica.

Outro ponto levantado pela especialista é o esquecimento. O intervalo entre as doses das vacinas pode chegar a 12 semanas. Muita gente fica ansiosa aguardando a data do reforço, mas outro tanto esquece de voltar ao posto. “Precisamos de algum mecanismo para lembrar a pessoa, seja uma mensagem de texto, ligação, e-mail.”

Para aumentar a adesão, ela pede que os governos facilitem o acesso à vacina. Se uma pessoa busca a segunda dose um ou dois dias antes do prazo, não deveria ser impedida de recebê-la, cita Denise. A especialista diz que ampliar o horário de funcionamento das unidades de saúde é outra forma de aumentar o acesso.

Campanhas publicitárias também podem fazer a adesão crescer. “Isso faz toda a diferença. Embora a gente tenha uma cultura pró-vacina muito forte, muitas vezes as pessoas esquecem da segunda dose.”

Intervalo

O médico infectologista e diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) Renato Kfouri acrescenta que a suspensão das 12 milhões de doses da Coronavac e o atraso na entrega de insumos para produção da AstraZeneca são problemas que precisam ser contornados, permitindo aplicar a segunda dose na população de forma mais ágil e até encurtar o intervalo entre aplicações. “Quanto mais longo é o intervalo, maior é a taxa de abandono”, explica.

R7

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra 01 morte por Covid nas últimas 24 horas; novos casos são 44

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (11). São 366.265 casos totalizados. Na quinta-feira (09) eram contabilizados 366.025, ou seja, 240 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 44 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.296 no total, sendo 01 registrado nas últimas 24 horas, em Natal. Na sexta-feira (10) eram 7.295 mortes. A Sesap registrou não registrou mortes após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.350.

Recuperados são 259.107. Casos suspeitos somam 173.292 e descartados são 723.808. Em acompanhamento, são 99.862.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 29,8%

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 29,8%, registrada no início da tarde deste sábado (11). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 105.

Até o momento desta publicação são 158 leitos críticos (UTI) disponíveis e 67 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 191 disponíveis e 38 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 34,4% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 20,4% e a Região Seridó tem 17,6%.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: RN possui 158 leitos críticos e 191 leitos clínicos disponíveis

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 12h40 deste sábado (11).

Neste período, havia 01 paciente com perfil para leitos críticos na lista de regulação e nenhum aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 158 leitos críticos e outros 191, sendo clínicos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

DEM não está discutindo impeachment e declaração de Bolsonaro à nação trouxe conforto, diz ACM Neto

Foto: Instagram/@acmnetooficial

ACM Neto, presidente do DEM, diz que o partido não está discutindo internamente o impeachment de Jair Bolsonaro. O tema entrou nas pautas de siglas como PSD, PSDB e Solidariedade após as declarações do presidente nos atos de 7 de Setembro.

“O partido compreende que existem neste momento outras pautas que são prioritárias para o debate interno do partido e do próprio país”, disse o ex-prefeito de Salvador (2013-2020), à coluna Painel da Folha de S. Paulo.

A bancada do DEM na Câmara conta atualmente com 28 deputados, e dois membros do partido, Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência) e Tereza Cristina (Agricultura), são ministros.

ACM Neto que chegou a afirmar que Bolsonaro ultrapassou todos os limites do razoável em nas falas de terça-feira (7) aos seus apoiadores, defende que é igualmente importante reconhecer que sua “Declaração à Nação” desta quinta-feira (9) trouxe “sensação de conforto e segurança”.

Sobre o grau de confiabilidade das intenções apaziguadoras contidas na nota elaborada com a ajuda de Michel Temer (MDB), ele diz que não sabe avaliar, mas que tem esperança de que se concretizem.

“Só quem pode falar o que vai acontecer é o próprio presidente. A expectativa de qualquer brasileiro que reflita com bom senso é que a carta seja uma expressão de uma postura firme a partir de agora”, diz. “Evidente que caberá ao presidente, com seus atos e palavras, confirmar ou não o que estava escrito na carta”, completa.

A mobilização de algumas legendas para discutir o impeachment de Bolsonaro foi impulsionada após manifestações do 7 de Setembro. ACM Neto afirma não acreditar na possibilidade de ruptura institucional.

“Honestamente, acho que nossa democracia passou por vários testes nos últimos anos, de 2014 para cá principalmente, com impeachment de uma presidente [Dilma Rousseff, PT-RS], as turbulências vividas com a Lava Jato, os episódios durante o governo Temer e a própria eleição do Bolsonaro”, inicia.

“Já passamos por muitas turbulências e as instituições continuam firmes, de pé, cumprindo seu papel. Não significa que elas não erram, na minha opinião todas têm erros e acertos. Não acredito em uma ruptura institucional. Espero que ao fim de tudo o bom senso e o respeito à Constituição prevaleçam”, completa o dirigente.

Ao ser perguntado se enxerga também erros por parte do Supremo Tribunal Federal na atual crise da democracia nacional, ele responde que “todos os Poderes têm errado”.

“Não vou fazer julgamento de qualificação. Mas acho que todos os Poderes têm errado. O que não quer dizer e nao justifica colocar em dúvida o respeito às decisões judiciais e a independência do Poder Judiciário no país”, conclui ACM Neto, que deverá ser candidato ao governo da Bahia em 2022

Com informações de Painel – Folha de S. Paulo

Opinião dos leitores

  1. Toninho malvadeza Neto. Saber Jogar igual ao Avo. Vai ser Governador sem gasta muito e vai colocar no Senado quem ele quiser. Política não é Poker. Já dizia Tarcísio Maia e confirmava Lavoisier Maia sorrindo,piscando olho. E ainda ensinou para alguns que quando tiver muito quente 🔥 o clima. Pesa para ir ao banheiro e vá de forma lenda para observar os amigos do adversário se estão preocupados no semblante de todos. Se estão, então mude a jogada e ganhe com a surpresa.

  2. Santa NOVA POLITICA Batman!
    Com Conselheiros como Gilmar Mendes, Temer, Collor, Roberto Jeferson, Aécio Neves…
    A coisa realmente mudou muito…
    E o Centrão comandou geral.
    kkkkkkkkkkkkkk

  3. Esticar a corda como assim Calígula? E se fosse esticada você acha que Bolsonaro ia fazer o quê? Ainda não entendeu que mesmo que o bozo queira ele não tem como dar um golpe? As forças armadas já deixaram bem claro que jamais apoiariam, ele vai dar golpe como? Com o gado que o apoia formado por velhinhas do zap e coroas do p mole? Me poupe..

    1. Quem arregou foi o presidente, isso é estratégia pra manter os idiotas com ele, aí é um urgente, bomba, amanhã ou outro dia vamos dá o tiro certo, amanhã tenho as provas… E por aí vai, sempre regando o esterco que tem na cabeça dos apoiadores. Além de patrocinar os líderes religiosos e dos caminhoneiros, enquanto os comandados e retardados sofrem verdadeiras lavagem cerebral, ainda tem os militares, esses recebeu em troca do apoio ficar de fora da reforma previdênciaria, enquanto os trabalhadores normais se estreparam. Pra isso, a fórmula usada é a mesma do pt, muito desvios de dinheiro, através da corrupção.

    2. Vcs são muito burros esquerdopatas, se vc entendessem um pouquinho de política e guerra, veriam que o presidente, estrategicamente deu uma facada nas pretensões de muita gente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *