Google cria alerta para avisar se sua conta está em perigo

Novo alerta protege conta do Google de vazamentos e ataques hacker — Foto: Divulgação/Google

Google lançou na última semana um novo alerta mais chamativo para avisar quando há atividades que afetem a segurança e privacidade em aplicativos e contas Google. A notificação surgirá dentro dos apps da empresa quando for identificado um problema grave de segurança que possa acarretar a perda do acesso à conta. Além da notificação, o Google irá sugerir soluções imediatas para a reverter a situação.

O objetivo da novidade é agilizar a resposta do usuário ao problema, já que a notificação surgirá automaticamente e não será preciso ir até o e-mail ou central de alertas do celular para conferir o aviso. Além disso, os novos alertas são protegidos contra spoofing, recurso muito utilizado no Brasil em golpes do WhatsApp, em que criminosos fingem ser conhecidos para ter acesso a informações privadas. Ou seja, será mais difícil enganar o usuário, já que as notificações serão sempre enviadas pelo Google.

O alerta surge em vermelho e pisca várias vezes no ícone de perfil, algo bastante chamativo para os usuários. Ao tocar sobre o ícone, a notificação é aberta com o aviso “Alerta crítico de segurança”, além do botão de “Checar atividade” para conferir o local e dispositivo em que aconteceu a tentativa de login suspeita. Assim, será possível contornar a situação e resolver o problema mais imediatamente.

A criação da nova tecnologia surgiu da percepção da empresa para o aumento do número de usuários que reagem às potenciais invasões. Desde 2015, quando o Google começou a usar os alertas nos celulares Android, o número de pessoas que resolvem os problemas ficou 20 vezes maior, comparado aos alertas enviados por e-mail. Com o lançamento da nova notificação mais chamatida, a expectativa é que os números aumentem ainda mais.

O Google conta com uma política de privacidade e tecnologias para proteger as contas. Por exemplo, a Navegação Segura já protege mais de 4 bilhões de aparelhos e, no Gmail, são bloqueadas mais de 100 milhões de tentativas de phishing todos os dias. Ainda este ano, a empresa divulgou também que as novas contas irão contar com serviço de apagamento automático de dados a cada 18 meses e o usuário pode, ainda, modificar como preferir e diminuir este tempo para 3 meses, por exemplo.

Techtudo, via Google, Slashgear e Engadget

Com pedido pelo portal, seguro-desemprego poderá ser recebido em conta a partir desta sexta-feira

Foto: © Arquivo/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A partir desta sexta-feira (24), o trabalhador poderá solicitar o seguro-desemprego e informar dados da conta bancária de sua titularidade e preferência para receber o benefício. A nova possibilidade de pagamento abrange o seguro-desemprego nas modalidades formal, bolsa de qualificação profissional, empregado doméstico e trabalhador resgatado.

Para solicitar o benefício na conta bancária própria, o trabalhador precisará informar, no ato da solicitação do benefício, o tipo de conta (corrente ou poupança), o número e o nome do banco, o número da agência com o respectivo dígito verificador (DV), e o número da conta de titularidade do trabalhador com DV.

A Secretaria de Trabalho, do Ministério da Economia, destaca que não devem ser informados dados de contas salários, pois nessas somente podem ser feitos depósitos e transferências de empregadores cadastrados, segundo normas estabelecidas pelo Banco Central.

A solicitação do seguro-desemprego pode ser feita no aplicativo da Carteira de Trabalho Digital ou no portal gov.br e também está disponível para quem buscar atendimento presencial nas unidades de atendimento ao trabalhador.

Antes da medida, o benefício somente podia ser pago por meio de depósito em conta poupança ou conta simplificada para correntistas da Caixa Econômica Federal; por uso do Cartão Cidadão, com saque nos caixas eletrônicos de autoatendimento desse banco; ou ainda presencialmente, nas agências da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação civil.

Essas opções continuam disponíveis, mas, a partir da mudança, passa a ser permitido o pagamento por qualquer banco integrante do sistema financeiro brasileiro, por meio de transferência eletrônica bancária (TED) para depósito em conta corrente ou poupança de titularidade do beneficiado.

A ampliação na forma de recebimento do seguro-desemprego se tornou possível por meio da Resolução nº 847/2019, do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que admitiu o novo canal de pagamento sem qualquer ônus para o beneficiário.

De acordo com a secretaria, a mudança foi operacionalizada em trabalho conjunto da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Caixa Econômica Federal e Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev).

Agência Brasil

MPF: Serra recebeu ao menos R$ 4,5 milhões em propina em conta no exterior

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O MPF (Ministério Público Federal) diz que esquema de lavagem de dinheiro envolvendo o senador José Serra teria três camadas e que o parlamentar teria recebido ao menos R$ 4,5 milhões em propina da Odebrecht entre 2006 e 2007.

A PF (Polícia Federal) fez operação na casa de Serra em São Paulo depois de ter sido denunciado por lavagem de dinheiro pela força-tarefa da Lava Jato.

“Especificamente, JOSÉ SERRA praticou, entre outros, três crimes de lavagem de ativos por ter participado, de forma consciente e voluntária, da primeira (por meio do uso da CIRCLE TECHNICAL, de JOSÉ AMARO), da segunda (por meio do uso da DORTMUND INTERNATIONAL) e da terceira camadas de ocultação e dissimulação (por meio de transferências para a FICUS CAPITAL e para a CITADEL FINANCIAL ADVISORY)”, diz a denúncia.

Primeira camada

Serra teria solicitado R$ 4,5 milhões à empreiteira e os valores deveriam ser pagos por meio da offshore chamada Circle Technical Company Inc.

De acordo com a denúncia, a empresa era controlada por José Amaro, amigo de Serra.

“Vê-se, portanto, que uma grande gama de pagamentos, feitos pela ODEBRECHT à CIRCLE em curto período e de modo fracionado, embora estivessem vinculados nos sistemas de contabilidade da empreiteira a “VIZINHO”, codinome de JOSÉ SERRA, e tivessem sido feitos por sua solicitação e em seu favor, tiveram de fato, como destinatário imediato, a pessoa de JOSÉ AMARO RAMOS. E neste diapasão, por envolverem valores de natureza espúria, relacionada a crimes de corrupção (notadamente a passiva, na modalidade solicitar) e de cartel, e por visarem a ocultá-la e a dissimulá-la, nada mais foram que atos de lavagem de ativos”, diz denúncia.

Segunda camada

Nesta fase, o MPF diz que os valores recebido pela Circle da Odebrecht foram pulverizados e que “embora os valores respectivos tenham sido movimentados pelo sistema financeiro, eles seguiam sob controle de José Amaro”.

Algumas das transferências foram realizadas à offshore Dortmund, que, segundo o MPF, é controlada pela filha de José Serra, Verônica Allende Serra.

“Assim, ao JOSÉ AMARO RAMOS realizar, a partir de contas suas, transferências vultosas em favor da DORTMUND, entre 2006 e 2007, o que se praticava eram atos de ocultação e dissimulação da natureza espúria dos valores que recebera da ODEBRECHT no período, assim, s eus reais destinatários: JOSÉ SERRA e sua filha VERÔNICA SERRA”, diz denúncia do MPF.

Segundo o texto, a offshore Dortmund serviu como uma segunda camada de lavagem de dinheiro, permitindo o recebimento de “936.000,00 euros, oriundos de três empresas de JOSÉ AMARO RAMOS, que, por sua vez, foi beneficiado, no período, por valores transferidos a partir de offshores controladas pela ODEBRECHT”.

Segundo a denúncia, o dinheiro era transferido de uma offshore da companhia para outra de José Amaro, amigo de Serra.

Terceira camada

Segundo o MPF, a Dortmund enviou ao Banco Arner um pedido de transferência U$ 25.000,00 à Ficus Capital, empresa atuante no mercado financeiro internacional, com Francisco Ravecca como um dos sócios.

O MPF diz que “assim, parte dos valores – oriundos da ODEBRECHT – que ingressaram na conta da DORTMUND por meio de transferências realizadas a partir de contas de JOSÉ AMARO foram remetidos a FRANCISCO RAVECCA”.

A denúncia aponta que, em 2014, a Dortmund liquidou os valores existentes na conta. “Dessa forma, valores transferidos a JOSÉ AMARO RAMOS, pela ODEBRECHT, por solicitação de JOSÉ SERRA e tendo este como beneficiário final, foram remetidos, a partir de diversas operações, ao controle de VERÔNICA SERRA, filha do referido agente político, sendo, ao fim, liquidados para outras contas, em uma terceira camada de dispersão patrimonial, integrante, a toda evidência, de uma cadeia de lavagem de ativos”, diz a denúncia.

O R7 tenta contato com a defesa dos citados.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. WellingtonB disse:

    Ah, ladrão sem vergonha!!!

  2. Luciano disse:

    Será que o PT tinha razão quando dizia que Moro era tucano? Ele nunca investigou a turma do PSDB, agora que saiu do governo começaram as operações pra cima da turma do bico grande, Aécio, Serra, Alckmin, Dória…

  3. Chicó disse:

    Serra Livre !!!

  4. Aécio Neves disse:

    O Moro tinha conhecimento de tudo isso, mas como estava a serviço da elite fez vista grossa para não melindrar toda a corja do PSDB.

    • Guilherme Luiz Bier disse:

      Agora após as denúncias do MPF é que o juiz aceitando as denúncias inicia seu trabalho.
      Agora inicia o trabalho do juiz .
      O ex-juiz Sérgio Moro prestou relevantes serviços ao país,assim como outros juízes.
      Não é um herói nacional e tb não é um traidor.

  5. Lucia Helena Silva disse:

    Meu Deus!Tão Santo Será possível que não escapa um?Que pais é esse?

    • Selma Nascimento disse:

      …pior é que não escapa um, mesmo. Como dizia Bezerra da Silva: se gritar pega ladrão fica um meu irmão. E o povo se matando por causa de políticos, nammm!

    • S. Silva disse:

      Já escapou.
      Jair Messias Bolsonaro.
      Zero de crimes tá!!
      Não responde a processos por desonestidade, corrupção, não é sequer investigado.
      Pode espalhar!!!
      Pura verdade.
      Vc precisa conhecer melhor esse cidadão brasileiro, cheio de erros como qualquer mortal, mas em matéria de corrupção, é zero.
      A globo, folha de São Paulo, tenta pegar, mas tá sempre com os burros n'Agua.
      Ponto final.

  6. nasto disse:

    E esse P__RR__ ainda fala em ser candidato a Presidência. Ou MAGOTE de LADRÃOOOOOOOOOOOOOOO

Hospital João Machado já conta com leitos de UTI’s em funcionamento

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio Chamamento Público Emergencial, realizou a contratação de 30 novos leitos de UTI’s da organização social Instituto Jurídico para Efetivação da Cidadania e Saúde (Avante Social), dos quais 20 leitos estão sendo abertos no Hospital João Machado, em Natal, e 10 leitos no Hospital Regional Alfredo Mesquita, em Macaíba, para atendimentos de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (Covid-19).

No Hospital João Machado estão sendo abertos 20 novos leitos, sendo que 15 leitos já estão em pleno funcionamento e 05 serão abertos até o próximo final de semana. O João Machado já conta com 05 leitos de UCI’s (unidade de cuidados intensivos) abertos pelo Governo do RN.

Já no Hospital Regional Alfredo Mesquita, em Macaíba, a organização social Avante deverá entregar mais 10 leitos para o atendimento de pacientes infectados pela Covid-19. O hospital passou por uma obra de adaptação para o acesso de ambulâncias e já recebeu todos os equipamentos necessários para a abertura dos leitos. A montagem dos instrumentos está sendo feita e, até o final desta semana, 05 leitos estarão aptos para receber pacientes. Outros 05 leitos deverão ser entregues até a semana que vem, de acordo com a Avante Social.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Darwin disse:

    O interessante é o tempo verbal. Está sendo…, fazendo…., providenciando….. Entregar algum resultado concreto é que é dificil, senão, impossível.

    • Pepe disse:

      Não é só a estrutura física,não é so ter o respirador,o mais dificil são os recursos humanos,com o devido preparo para diagnosticar,tratar e manusear os equipamentos.

Depósitos na conta de primeira-dama embasaram operação da PF contra Witzel

Comprovantes de pagamento para o escritório da primeira-dama do Rio, Helena Witzel, estão entre os elementos de prova que embasaram o pedido de busca e apreensão na residência oficial do governador do Rio, Wilson Witzel, na manhã desta terça-feira (26).

No pedido de operação na casa do governador e no escritório de sua esposa, o Ministério Público Federal afirma que provas provenientes da Justiça Federal demonstram vínculo bastante estreito e suspeito entre a primeira-dama e as empresas de Mário Peixoto, fornecedoras do estado.

Peixoto foi preso há dez dias pela Polícia Federal. A detenção ocorreu no âmbito das investigações da Operação Lava Jato sobre atos durante a gestão do ex-governador Sérgio Cabral. Mas, de acordo com a PF, a organização criminosa alvo da apuração manteve sua atuação nas contratações emergenciais voltadas para o combate à pandemia do novo coronavírus.

É atribuída a Peixoto a nomeação de cargos-chave no Detran, Cedae, Inea (Instituto Estadual do Ambiente), Loterj, entre outros órgãos da atual administração estadual. A empresa de sua família, a Atrio Rio, já firmou R$ 81 milhões em contratos com a gestão Witzel, boa parte sem licitação. Ela atua na terceirização de mão-de-obra para o estado.

O empresário também contratou, durante a campanha eleitoral de 2018, o escritório de advocacia de Lucas Tristão, de quem Witzel declarou ser sócio. O acordo foi encerrado após o início do novo governo, em janeiro de 2019.

A operação da Polícia Federal desta terça-feira, autorizada pelo ministro Benedito Gonçalves, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), mira também um suposto esquema de desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia no estado.

O inquérito no STJ foi aberto no último dia 13, com base em informações de autoridades de investigação do estado do Rio. Os mandados em cumprimento nesta quarta-feira foram solicitados pela PGR (Procuradoria-Geral da República) na semana passada.

Pela decisão do ministro do STJ, Witzel e a primeira-dama, bem como os demais investigados, deverão ser ouvidos pela Polícia Federal. A Polícia Federal apreendeu o aparelho de celular e o computador do governador.

Entre os elementos que serviram de suporte ao mandado de busca e apreensão estão o contrato de prestação de serviços e honorários advocatícios do escritório da primeira-dama com a empresa DPAD Serviços Diagnósticos, de Mário Peixoto, e comprovantes de transferência bancária entre as duas empresas.

Entre os elementos de provas apresentadas, há um email de 14 de abril de 2020, em que o braço direito de Mário Peixoto recebe do contador das empresas documentos relacionados a pagamentos para a esposa do governador.

Segundo o mandado de busca e apreensão, o MPF imputa indícios de participação ativa do governador quanto ao conhecimento e ao comando de contratações realizadas com as empresas investigadas.

Interceptações telefônicas e um ofício assinada pelo governador são apontados, no mandado de busca e apreensão, como indicativos de sua possível participação em irregularidades.

Em outubro de 2019, a UNIR Saúde —responsável pela administração em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento)— foi proibida de fazer contratos com o poder público após constatação de irregularidades na prestação de serviços.

Em março, um oficio assinado pelo governador revogou essa portaria, comprovando, segundo o Ministério Público, provável envolvimento da cúpula do Poder Executivo Fluminense.

As investigações apontam transferência no valor de R$ 225 mil feita por empresas de Mário Peixoto para o escritório do secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio, Lucas Tristão.

O Ministério Público afirma que as provas coletadas em operações anteriores indicam que, no núcleo do Poder Executivo do Rio, foi criada uma estrutura hierárquica devidamente escalonada a partir do governador que propiciou contratações sobre as quais pesam forte indícios de fraude.

Os investigadores dizem que Witzel teria o comando das ações.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bosco disse:

    Se gritar: Pega ladrão! Não fica um meu irmão.

  2. Azevedo disse:

    Esse governador safado do RJ vai ser mais um a ser encaminhado para um presídio, o bicho tá enrolado até o pescoço com a roubalheira institucionalizada no governo do RJ.

  3. Cidadão pagador de impostos disse:

    Michele Bolsonaro tbm recebeu uns depósitos na conta supostamente vindos do Queiroz

  4. Direita-Honesta disse:

    Desconfie sempre desses que fazem essa oposição irresponsável contra o presidente. E se falar "bozo… Aí já é caso patológico. Todos serão desmascarados. E o povo está vendo isso.

    • Zanoni disse:

      Desconfiem sempre, também, daqueles políticos que se utilizam de versículos bíblicos para sustentar suas falas. Por outro lado, Bolsonaro e Lula se complementam, sendo as duas faces da mesma moeda.

Em delação, Eike Batista conta que manipulava mercado com ajuda de seis bancos

Foto: Michel Filho | Agência O Globo

O prato principal da delação de Eike Batista, fechada ontem com a PGR depois de uma longa negociação, são os bancos. Provavelmente, a colaboração de Eike morreria na praia se ele não falasse sobre as operações que fazia com JP Morgan, Goldman Sachs, BTG Pactual, ItaúBBA, Morgan Stanley e Credit Suisse.

E o que Eike Batista revelou no acordo fechado ontem pelos advogados Rodrigo Mudrovitsch e Victor Rufino e que será assinado até sexta-feira?

O ex-homem mais rico do Brasil detalhou operações irregulares com esses bancos no valor total de cerca de US$ 1 bilhão. As irregularidades foram feitas feitas num longo período — tanto no seu auge, quando chegou a ser a sétima maior fortuna do mundo, como nos anos de derrocada do império X.

Por meio de uma operação financeira conhecida no mercado por P-notes, Eike comprava e vendia no exterior ações do seu grupo sem se identificar. Assim, podia fraudar e manipular o mercado, utlizar-se de inside informations e outras irregularidades.

Eike não envolveu os presidentes destes seis bancos na delação. Contou aos procuradores apenas os nomes dos diretores que participavam, na outra ponta, das operações. O que não significa que os CEOs não possam sofrer consequências, pois a partir da homologação da delação é que as investigações sobre os ilícitos começarão.

Eike, em sua delação conta apenas as operações de que participou ou autorizou. Mas há também a suspeita, por parte dos procuradores, que executivos de Eike Batista tenham feito para si próprios as mesmas operações com as P-notes.

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luis disse:

    Esse Pilantra era da gang dos petralhas!!!!

  2. Antonio Turci disse:

    Ele, o Posto Ipiranga, é um Ministro competentíssimo. Mas, caso tenha cometido coisas desonestas as investigações revelarão.

  3. Cidadão Indignado disse:

    BTG Pactual – O banco do ministro da economia – Paulo Maldoso Guedes! Nunca me enganou! Fez a reforma de previdência pensando em lucro; agora vai se afundar de vez. Aqui se faz, aqui se paga!

    • David disse:

      Vc que pensa, o Brasil vai sair mais forte, principalmente a equipe de governo, que está dosando tudo na medida certa.

    • Victor disse:

      So p constar QUE TUDO ISSO FOI NA ERA PT. E que eike era a galinha dos ovos de ouro de lula. E esses banqueiros do btg andre esteves era o que tinha de melhor, segundo lula e a cupula petista

  4. Fernando disse:

    Símbolo da "nova era" petralha. Como tudo a época, manipulava dados estatísticos a bel prazer, junto com o governo central, obama e Sérgio Cabral

Cabral afirma que fusão Brasil Telecom/OI abasteceu conta de propina para Lula

Foto: Reprodução/PT

Segundo a declaração de Sérgio Cabral enviada pelos advogados do ex-governador à Polícia Federal, a fusão entre a Brasil Telecom e a Oi abasteceu uma conta corrente de propina para Lula, informa Fabio Serapião em uma reportagem bombástica da Crusoé.

Segundo Cabral, Sérgio Andrade, sócio da Andrade Gutierrez, uma das controladoras da Oi, falou, durante uma reunião, sobre a existência da conta. Dela teriam saído valores destinados a compensar os repasses de R$ 30 milhões feitos às empresas de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, no âmbito de um contrato com a Secretaria de Educação do Rio.

Veja mais: Cabral diz que, a pedido de Lula, ajudou Lulinha a receber R$ 30 milhões, destaca reportagem

O ex-governador diz ter realizado a reunião com Andrade para confirmar a contratação de uma empresa ligada a Lulinha no curso de um contrato da Oi com a secretaria.

Mais cedo, a Crusoé noticiou que Cabral também revelou ter recebido um pedido de Lula para que favorecesse uma empresa de Lulinha. Segundo o ex-governador do Rio, o pedido de Lula resultou no repasse de R$ 30 milhões.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silva disse:

    Se não falar de Lula a delação não é aceita. Mas a conta não aparece…

  2. Roberto disse:

    De novo. Acredito não. Luladrao…
    Kkkkk. Tem gente que defende

  3. PT Nunca Mais. disse:

    É mentira foi 30 centavos !

  4. Pedro disse:

    Sérgio Cabral, António Palloci, Ricardo Saud, Alexandrino de Alencar, Léo Pinheiro, Nestor Cervero, Marcelo Odebrecht, Emilio Odebrecht, Ricardo Pinheiro, e mais ou menos 35 empresários de quilate desse país, disseram espontaneamente terem dado dinheiro a nove dedos. Só os imbecis fedorentos e pinguços dos petistas não acreditam, isso é fanatismo, o mesmo que levou Hitler a afrontar o mundo e posteriormente fazer os alemães negarem o holocausto, além disso falar em democracia e manter relações íntimas, de fundo de quintal com os maiores ditadores do mundo, financiando esses mesmos ditadores e suas famílias. No princípio eu achava Lula inteligente, como um retirante do Nordeste, que foi embora sem pai para São Paulo, consegue chegar ao mais altos cargo do país? Votei nele, agora, com tudo isso que comprovamos das suas sabedorias, tenho certeza que ele é mais inteligente que eu pensava. Depois de tudo isso, querer afirmar que foi perseguição de Moro e Delannol é piada de péssimo gosto e ainda Tem um bocado de maluquete amestrado que defende esse estorvo. Eita povo burro……..

  5. ALEX disse:

    Às 15h12min a matéria foi publicada…tic…tac…tic…tac, estamos aguardando os defensores de bandidos! Por onde andam!?
    Precisamos de contraditório!

  6. Sebastião disse:

    Não fala isso dessa família. vão dizer que eles jamais fariam isso, que tá provado por a+b que é armação. Kkkkkkk, meu DEUS, essas criaturas ainda se acham com um poder intelecto sobrenatural

Eduardo Cunha conta com Lewandowski e Gilmar para ser solto

Foto: Reprodução

A defesa de Eduardo Cunha tem se empenhado no Supremo para derrubar os únicos dois decretos de prisão preventiva que ainda o mantém encarcerado no presídio de Bangu, no Rio.

Ontem, a defesa pediu a Ricardo Lewandowski que derrube a prisão decretada pelo TRF-4, alegando que ela foi decretada unicamente com base na superada jurisprudência que permitia a prisão após condenação em segunda instância — o ministro já derrubou outras prisões do tipo.

Há duas semanas, ele pediu a Edson Fachin prioridade no julgamento de um habeas corpus que visa derrubar uma outra prisão preventiva, da Operação Sépsis, mantida pela Justiça Federal de Brasília.

O pedido foi apresentado no mesmo dia em que Gilmar Mendes retirou o pedido do julgamento virtual para discuti-lo no plenário físico da Segunda Turma — sinal de que cogita conceder a ordem.

Nesse HC, a defesa aponta que esse decreto de prisão, de 2017, não tem fatos contemporâneos, exigência da nova da Lei Anticrime para manter a prisão preventiva — nos últimos anos, Gilmar se tornou um dos maiores críticos das prisões preventivas alongadas.

Se o caso for levado ao colegiado antes da volta de Celso de Mello, bastam os votos favoráveis de Lewandowski e Gilmar para o ex-deputado ganhar a liberdade.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Curitiba Já disse:

    Cunha livre, o salvador da Patria

  2. Ivan disse:

    Cunha foi vítima de um gópi da zelite…#cunhalivre…elições sem Cunha é gópi…Não tem provas, só evidência…fora Moro, juíz parcial…kkkkkkkkkkkkk

  3. Humberto disse:

    O BOZO NÃO ERA AMIGO E DA TURMA DO CUNHA, CONFORME podemos constatar ao VERMOS AQUELA FOTOGRAFIA HISTÓRICA NO PROCESSO DE IMPEACHMENT DE DILMA?
    #SOMOSTODOSCUNHA

  4. Moro disse:

    A lei foi feita para todos, se derrubaram a prisão após a segunda instância, então soltem todos que preenchem essa condição.

  5. Ojuara disse:

    Tá bem na fita, arranjou dois companheiros a altura de suas atitudes. Com certeza logo logo o bandidão, quero dizer, cidadão Eduardo cunha estará solto.

  6. Desmoralizante disse:

    Que vergonha para o STF, corrupto declarando em quais ministro confia para ser solto.
    Olha o nível que o STF atingiu! Quando se viu tal situação nesse país.
    O STF tem essa prerrogativa na CF?
    Não é o primeiro corrupto preso que se beneficia pelas decisões do STF, a lista é extensa e de conhecimento público. Desculpem os adoradores de corrupto, mas contar com o STF para ver seus bandidos de estimação solto, é o fim a ordem legal no país.

  7. Observando disse:

    Cunha livre.

É POSSÍVEL: instalar energia solar e pagar com a economia feita na conta de luz

Foto: Ilustrativa

Uma das maiores dúvidas de quem está querendo investir em energia solar é saber se compensa o investimento, em relação à economia que será gerada. Uma empresa aqui do RN, a Megga Solar, criou um sistema capaz de garantir esta equação, ou seja, com a economia mensal na conta de energia, pagar as parcelas da instalação da energia solar, em residências ou em empresas.

Segundo o diretor da empresa, Max Assunção, “com o Sistema Megga Solar o cliente instala energia solar em casa ou na empresa e o valor das parcelas mensais será igual ou até menor do que o valor da sua conta de energia”, e complementa afirmando “ou seja: você paga a instalação com a própria economia que vai ter na sua conta de luz”.

A Megga Solar é hoje uma das empresas de energia solar que mais crescem no Brasil, e já é recordista de potência instalada no Nordeste.

Professor em Natal diz que teve conta do Facebook hackeada

Após repercussão nesta terça-feira(04) sobre supostas mensagens do advogado e professor da UFRN, Mario Trajano,  no Facebook, sobre uma comentário que falava em “revolução popular e o fuzilamento  de apoiadores do golpe de 2016 e eleição fraudulenta de 2018”, o mesmo disse que as mensagens não são de sua autoria.

Mario Trajano diz que foi hackeado no fim de semana, e que passou a ter dificuldades de acesso, só conseguindo controle adiante. Informou também que comunicará ao Facebook a invasão de seu perfil.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Justo disse:

    Quando o Presidente da República em rede nacional disse que ia fuzilar os petistas não aconteceu nada. Agora um simples Professor falar isso dos bolsonaristas em uma rede privada vira um escândalo.
    Que país é este? Onde estão as pessoas de bem? Cadê a justiça?
    Sob o pretexto econômico da elite de sempre, estamos marchando cada vez mais rápido para nos tornarmos um país cada vez mais pobre, como os países da África. Onde os ricos ficam cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres.
    Se o povo não tiver condições de compra, como as indústrias irão crescer? Para quem irão vender? Cria-se um círculo vicioso que impede o desenvolvimento do país e só favorece uma minoria que busca o lucro imediato, que não pensa no futuro. Desmatam as florestas para vender a madeira. Matam as vacas para vender a carne, e não se importam se no futuro vai faltar oxigênio e leite.
    Os países mais desenvolvidos de hoje são os em que, em algum momento das suas histórias, a população se deu conta que estavam sendo enganados e se revoltou. Não aceitou as injustiças da elite que existe em todo canto e que só quer levar vantagem em tudo. Não estaõ nem um pouco preocupados com o povo do país. A única coisa que importa para eles é o lucro imediato.

    • Safira disse:

      Disse tudo e muito bem. O dinheiro ganho pelos mega empresários é depositado em contas fora do país, na maioria na Suiça, e passa a ser investido na bolsa de valores onde os juros são bem mais rentáveis do que investir em produção pra gerar emprego e renda.
      A riqueza gerada pelos mais ricos não beneficiam necessariamente o país e nem os trabalhadores.
      Acordem.

    • CARLOS disse:

      Só podia ser Esquerdalha, quando foi que o presidente Bolsonaro disse que Metralharia petista , só se petista tem Complexo de Bandido, tipico dos Adoradores do Luladrão.

  2. Pablo Romério disse:

    Quando saiu a matéria mostrando o diálogo com o professor, fiquei imaginando em quanto tempo a "desculpa" seria lançada.
    Interessante ver essa retórica do pessoal da esquerda. Sempre que são flagrados em seus atos, sempre que a máscara cai, logo surge uma desculpa para encobrir seus feitos.
    Os corruptos processados e presos com milhões de provas apresentadas, vestem a máscara de "perseguido político" e a militância fica repetindo a mentira do "não tem prova".
    Os militantes passam dos limites, falam barbaridades, incitam desordem, verbalizam todo ódio, ficam dizendo que o que eles fazem são os outros e quando o flagrante é exposto, correm para se vitimar afirmando ser fake, obra de hackers e tantas outras desculpas preparadas e usadas.
    Não estou julgando ou culpando o professor, ele tem direito a ampla defesa, pois no mundo democrático quem deve decidir a culpabilidade é a justiça e não qualquer militância ou pessoa. Faço apenas um paralelo entre tantas ocorrências que já foram publicadas.
    É rotineiro ver isso os ataques serem transformados em retórica, até na tentativa de assassinato de Bolsonaro, devem ter apostado que Adélio seria linchado, mas como ele foi pego, trataram de torná-lo inimputável e não permitiram sequer investigar as contas bancárias, telefônica e a rede social dele. Para um desempregado, a tanto tempo, tinha uma vida pra lá de estável e fora dos padrões de um pedreiro ou pessoa sem formação que vivia de fazer bico.
    Mas isso são apenas conjecturas, fascistas, reacionários e desordeiros são aqueles que não dão suporte a corrupção e não votaram na direita, mesmo que nenhum desses adjetivos tenham ligação com as atitudes das pessoas ditas da direita.

  3. Ceará-Mundão disse:

    Isso é o que ele está dizendo. Recomendo acionar a Polícia Federal. Afinal, o assunto é MUITO sério. Ou vamos deixar passar impunemente mais uma bárbara demonstração de intolerância. MUITOS outros esquerdopatas, inclusive de "alta patente", já disseram absurdos semelhantes. Os exemplos desse tipo de absurdo são INCONTÁVEIS. Prá não falar dos casos concretos de agressões físicas e atentados. MUITOS, nem são divulgados pela mídia.

Reportagem conta superação de filha de diarista aprovada em medicina na UFRN

Fotos: Cleíldo Azevedo/Inter TV Cabugi

É destaque no portal G1-RN. Desde o resultado do Sistema Unificado de Seleção (Sisu), divulgado na terça-feira (28), a família de Raíssa Nascimento, de 21 anos, vive momentos de um sonho de infância da jovem. Moradora do bairro Guarapes, localidade pobre da Zona Oeste de Natal, e filha de diarista e pai de desempregado, ela foi aprovada no curso de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o mais concorrido da instituição.

“Eu tive muita ajuda da família, das minhas primas, dos meus professores, muito apoio. Principalmente quando se trata de uma pessoa negra, pobre e da periferia, se você não tiver ajuda de terceiros, você não vai pra frente. Foi difícil, foi. Mas a gente vai tentando e no final consegue”, disse Raíssa, que sempre estudou em escola pública.

Leia reportagem na íntegra aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Antônio Ribeiro Bastos disse:

    A mediocridade de muitos com a ignorância e a famigerada radicalização política, faz com que alguns tentem apagar o BRILHO desta grande batalhadora e vencedora Raíssa. Parabéns, siga seus objetivos e que Deus ilumine seu caminho.

  2. mauricio disse:

    A classe médica pira, pois sobquerem seus filhos filhos la, ninguem quer cotas mas tb não querem melhorar a educação, então no momento só existe essa maneira de se ter uma chance

    • Dilma disse:

      Deixa de ser idiota, conheço centenas de médico que vieram de pobreza extrema, hoje fazem parte da elite. E não tem esses objetivos equivocados

  3. Ana Maria disse:

    Parabéns, sucesso você com certeza sera uma excelente profissional, desejo toda felicidade nessa nova trajetória profissional.

  4. Mily disse:

    Parabéns Raíssa! Sucesso em sua caminhada.

  5. Verdade disse:

    Chora não Bolsominiom.

    Evidente que todos não são iguais, mesmo a lei tentando garantir. "Todos são iguais perantea lei." Art.5 da CF.

    Essas são algumas possibilidades possíveis graças as conquistas das quotas, dos incentivos dos amigos, da existência mesmo precária das escolas públicas e da educação como direito.
    Parabéns linda.

    A sua força mostra que a realidade social individual e desa família pode mudar. tem determinação de superar os obstáculos.

    • Minion de Peixeira disse:

      Essa nobre moça prova justamente que não se precisa de vitimização ou quotas.

    • Dúvida disse:

      Verdade, ninguém é igual perante a lei como diz na CF, mas se as pessoas quiserem e lutarem ai sim podemos TODOS sermos iguais, basta parar de vitimização e com esta palhaçada.

      No momento que diz que negros precisam de cotas, ai sim é onde está o racismo, pois se tiver um negro e um branco, ambos pobres, qual a diferença? o negro será menos inteligente que o branco?

      Ou se um negro que sempre estudou em escola privada, que os pais tem uma renda de mais de R$30.000,00 mensais, e o loirinho do olho azul, favelado, filho de catador de latas, com notas iguais ao do negro não entrar na faculdade/concurso por motivo de cotas.

    • Verdade disse:

      Chora não BêBê.

      Rayssa só passou em medicina devido o apoio da família, da escola pública, de seus professores e dos amigos.

      Com tudo isso sem a existir a escola pública, educação enquanto direito, e a política de QUOTAS essa menina não teria passado em medicina ou outro curso.

    • Romualdo disse:

      Ela usou duas cotas, tomem tento, competir com quem estuda no ar-condicionado e é bem nutrido é de lascar.

  6. Bento disse:

    Parabéns nao existe lutas sem sacrifício.
    Agora a Vitória para coroar o esforço dela e de todos para atingir o objetivo

  7. natalsofrida disse:

    Alguém conhece algum negro que foi impedido de estudar?
    Muda Brasil! Somos todos brasileiros, negros, brancos etc, essa ideologia de separar o Brasil, não cola mais. Conheço muitos brancos, pardos e mestiços, que passaram pelos mesmos problemas, sem essa de vitimização.
    Vamos mudar a cabeça desses jovens, essa de tentar separar os de cor dos brancos não é legal
    Parabéns a nossa conterrânea.

    • Mily disse:

      Ótima colocação!

    • JBS disse:

      Existe diferença sim…..no Natal shopping ou UFRN sou negro, só na minha vizinhança é que não tem diferença, pois somos todos pobres. Racismo e preconceito ela vai passar na UFRN sim…sou do direito e senti na pele. O Brasil nunca foi igualitário ou justo. Vai ler imbecil…

  8. BOSCO disse:

    Sou pai ! Conheço de perto uma história similar! Que Deus a abençoe e a cubra de graças! Um sonho realizado !

  9. Souza disse:

    Parabéns à essa jovem. Com certeza será uma excelente profissional.
    Pessoas como essa é que merecem toda ajuda que possa ser oferecida.

Cantor britânico Ozzy Osbourne revela que tem Doença de Parkinson

Foto: Mario Anzuoni / REUTERS

O cantor britânico Ozzy Osbourne, de 71 anos, revelou nesta terça-feira que foi diagnosticado com Parkinson II, uma forma da Doença de Parkinson, após ter complicações de saúde devido a uma queda em seu banheiro, em 2019. Na época, a mulher de Ozzy, Sharon, disse que o cantor estava sendo internado por uma gripe.

“Tem sido muito desafiador para todos nós”, disse Osbourne no programa “Good Morning America”. “Eu tive que fazer uma cirurgia no pescoço, que estragou todos os meus nervos. Descobri que tenho uma forma leve de…”

Sharon completou a frase: “… É o Parkinson II, que é uma forma de Parkinson. Existem tipos diferentes da doença. Não é uma sentença de morte de forma alguma, mas afeta certos nervos do seu corpo.”

Ozzy acrescentou: “Estou tomando uma série de medicamentos, principalmente por causa da cirurgia. Fiquei com o braço entorpecido depois dela, minhas pernas (ficam) frias. Não sei se é o Parkinson ou o quê. Esse é o problema, porque eles cortam os nervos quando fazem a cirurgia. É uma sensação estranha.”

O cantor contou que se sente aliviado por finalmente compartilhar seu diagnóstico:

“Esconder as coisas é difícil, você se sente inadequado, se sente culpado. Eu não sou bom com segredos. É como se eu estivesse ficando sem desculpas. Estou melhor agora por reconhecer que tenho um caso de Parkinson.”

Ozzy comentou ainda a frustração pelas limitações que a doença gera em seu trabalho. Após adiar as datas da turnê de 2019, ele está se preparando para voltar aos palcos. A turnê recomeça em maio.

“Vindo de uma classe trabalhadora, odeio decepcionar as pessoas. Odeio não fazer o meu trabalho. Quando vejo minha esposa indo trabalhar, meus filhos indo trabalhar, isso me deixa triste porque não posso contribuir com minha família. Estou muito melhor agora do que em fevereiro passado. Eu estava em um estado chocante.”

O Globo

Banco Central propõe ampliar possibilidades legais para brasileiros terem conta em dólares no país

Foto:(Thomas Trutschel/Getty Images)

O Banco Central encaminhou nesta segunda-feira (7) ao Congresso Nacional uma proposta de projeto de lei para ampliar, gradualmente, as possibilidades legais de brasileiros manterem no país contas em dólares. A medida valerá tanto para pessoas físicas quanto jurídicas.

A intenção de ampliar as possibilidades já havia sido anunciada anteriormente pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto.

Atualmente, as contas em dólares estão disponíveis somente para segmentos específicos, como agentes autorizados a operar em câmbio, emissores de cartões de crédito de uso internacional, sociedades seguradoras e prestadores de serviços turísticos.

O modo como o BC aplicará as novas regras, se aprovadas no Congresso, ainda será definido por regulamentação do banco.

O projeto de lei começará a tramitar primeiro pela Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a necessidade de se atualizar a lei cambial e disse que a análise do texto será ágil.

“É muito importante a modernização de uma lei muito antiga. Vamos dar celeridade a esse projeto”, afirmou Maia em podcast divulgado em uma rede social.

O BC ainda não detalhou o prazo de execução da medida nem se a meta estenderá a permissão de contas em dólares para todos os brasileiros.

Justificativa

Na exposição de motivos do projeto de lei, o BC informou que a proposta representa “passo importante na direção de aumentar a conversibilidade internacional da moeda nacional, ao simplificar tanto seu uso no exterior, quanto seu uso pelos agentes internacionais no Brasil”.

A instituição disse ainda que uma moeda aceita internacionalmente “ajuda a reduzir os custos de captação”, o que facilita o financiamento público e privado e tende a aprofundar o processo de integração financeira e econômica com outros países.

O projeto, informou o BC, lhe confere possibilidade de “gradualmente e com segurança, expandir a possibilidade de pessoas físicas e jurídicas serem titulares de contas em moeda estrangeira no Brasil, a exemplo do que já é permitido nas economias avançadas e nas principais economias emergentes”.
De acordo com a instituição, tais preceitos contribuem para que o real passe a integrar “efetivamente” os ativos dessas instituições, “expandindo o uso da moeda nacional em negociações no exterior, além de simplificar a participação de investidores internacionais em títulos públicos denominados em reais diretamente no exterior”.

Segundo o BC, o projeto também favorece o uso do real em negócios internacionais ao permitir o envio ao exterior de ordens de pagamento de terceiros a partir de contas em reais mantidas no Brasil e tituladas por bancos do exterior.

Novo marco legal

O Banco Central informa, ainda, que o projeto de lei tem por objetivo instituir um novo marco legal, “mais moderno, mais conciso e juridicamente seguro para o mercado de câmbio e de capitais estrangeiros no Brasil e brasileiros no exterior”.

De acordo com a instituição, o projeto de lei está estruturado em três pilares: consolidação, modernização e simplificação.

Em termos de “consolidação”, o BC informou que o projeto consolida em lei única mais de 40 dispositivos legais, editados desde 1920, que apresentam comandos dispersos e eventualmente obsoletos, que aumentam a insegurança jurídica do público e não contemplam as mudanças tecnológicas em curso e as necessidades atuais da economia brasileira.

Para modernizar e lei cambial, o BC diz que haverá uma compatibilização dos requerimentos legais às “exigências de uma economia inserida nas cadeias globais de produção, facilitando o desenvolvimento do comércio exterior e do fluxo de recursos e investimentos”.

Explicou que o projeto permite a adoção de novos modelos de negócios e a eliminação de exigências criadas há mais de 50 anos “em contextos econômicos superados e configuração das relações econômicas mundiais totalmente diferentes das atuais”.

No pilar de “simplificação”, a instituição informou que a proposta permite adotar requerimentos proporcionais aos valores dos negócios e aos riscos envolvidos e, também, “racionalizar” as exigências para os investimentos estrangeiros no Brasil, bem como para os investimentos brasileiros no exterior.

Combate à lavagem de dinheiro

O BC informou, ainda, que, ao tempo que avança na maior racionalidade para as operações de câmbio, o projeto, “de maneira alinhada aos imperativos de prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo”, estabelece expressamente a necessidade de avaliação do cliente e dos riscos da operação, pelas instituições autorizadas a operar no mercado de câmbio.

“No que se refere particularmente à possibilidade de acesso às informações relacionadas ao desempenho das atividades do Banco Central do Brasil, o anteprojeto tornará possível obtê-las de forma mais flexível, seletiva e eficiente aos propósitos dos trabalhos de monitoramento do mercado, de supervisão das práticas de combate à lavagem de dinheiro e de compilação das estatísticas macroeconômicas oficiais a cargo do Banco Central do Brasil”, informou.

Medida Provisória publicada em agosto pelo governo que transferiu o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) – órgão que combate o crime organizado e a lavagem de dinheiro – do Ministério da Economia para o Banco Central (BC) e mudou o nome do organismo para Unidade de Inteligência Financeira. O texto também revogou a obrigação de que o conselho de combate à lavagem de dinheiro seja composto só por servidores públicos.

G1

 

MAIS DE R$ 600 MIL ENTRE ABRIL E JUNHO: PF identifica movimentações suspeitas na conta de presos por invasão de celulares

O ministro da Justiça, Sergio Moro, teve o celular hackeado no começo de junho Foto: Márcio Alves / Agência O Globo

A Polícia Federal identificou movimentações suspeitas nas contas do ex – DJ Gustavo Henrique Elias Santos e de Suelen Priscila de Oliveira , presos na terça-feira durante a Operação Spoofing , que investiga a invasão de contas do aplicativo Telegram do ministro da Justiça, Sergio Moro , e outras autoridades. Segundo a PF, entre abril e junho deste ano, o ex-DJ movimentou R$ 424 mil e Suelen, R$ 203 mil.

A PF informou à Justiça Federal que há indícios de incompatibilidade entre a movimentação financeira de Gustavo e Suelen e as rendas declaradas por ambos. De acordo com dados cadastrais do DJ, sua renda mensal seria de R$ 2,8 mil. Suelen, por sua vez, teria uma renda de R$ 2,1 mil.

O advogado que faz a defesa de Gustavo e Suelen, Ariovaldo Moreira, afirmou nesta quarta-feira que eles não têm relação com os crimes e que os rendimentos de seu cliente se devem à operação com criptomoedas, mas são de origem lícita. Afirmou que os R$ 100 mil apreendidos pela PF em sua residência tinham origem em criptomoedas.

Além da prisão temporária do grupo e dos mandados de busca e apreensão, o juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, determinou a quebra dos sigilos bancários e telemáticos, além do bloqueio de ativos financeiros acima de R$ 1 mil. O nome do quarto preso é Danilo Cristiano Marques .

Outros três presos já haviam sido identificados na terça-feira. Eles são: Gustavo Henrique Elias Santos, de 28 anos, que trabalhava como DJ e já foi condenado anteriormente por posse ilegal de arma; sua esposa, Suelem, e Walter Delgatti Neto. O grupo foi transferido ainda ontem para Brasília, onde vem sendo interrogado.

Inicialmente, a Justiça Federal do Distrito Federal havia anunciado que levantaria o sigilo do processo, mas o juiz informou que o segredo continuaria em vigor porque os autos contêm informações pessoais que não poderiam ser divulgados neste momento das investigações. Até agora, foi divulgada apenas a decisão do magistrado.

‘Vulnerabilidade’ das operadoras

Para Vallisney de Oliveira, há indícios de que o grupo integra uma “organização criminosa para a prática de crimes e se uniram para violar o sigilo telefônico de diversas autoridades públicas brasileiras via aplicativo Telegram”.

De acordo com o parecer do Ministério Público Federal, o grupo usou uma “vulnerabilidade” das operadoras de telefonia para invadir as contas de Telegram de Moro.

“Os criminosos utilizaram uma vulnerabilidade da rede de telecomunicações comum a todas as operadoras: as chamadas em que o número de origem é igual ao número de destino são direcionadas diretamente para a caixa postal, sem necessidade de inserção de senha para acesso ao conteúdo das mensagens gravadas “, diz um trecho do parecer.

Operação Spoofing

A Polícia Federal deflagrou ontem a Operação Spoofing, que resultou na prisão de quatro pessoas . Segundo a PF, o grupo foi responsável pela invasão de contas no aplicativo Telegram do ministro Sergio Moro, do desembargador do TRF-2 Abel Gomes e de mais três autoridades.

As investigações que resultaram na operação começaram após os ataques sofridos por Moro. Há pouco mais de dois meses, ele teria sido alvo de uma tentativa de invasão de suas contas no aplicativo Telegram.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    São todos inocentes e vítimas da sociedade! Um ex DJ que nem trabalha mas aplica em CRIPTOMOEDAS ?! KKK. Ainda criticam quem acredita que a terra é plana… Eu também acredito em papai noel viu!

  2. Davi disse:

    Nem um píu dos petralhas?

  3. Delano disse:

    Cadê a petralhada compradora de hackers? Todos pianinho. Kkkkkkk

  4. Bento disse:

    Criminosos tentando incriminar um Juiz Decente Herói Nacional, cambada de FDP.
    Apertem que tem mais coisas.

DESBUROCRATIZAÇÃO: Banco Central estuda medida que pode permitir conta em dólares para brasileiros

Foto: Raphael Ribeiro/BCB

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, anunciou nesta quarta-feira (29) uma série de ações que o banco deve tomar para melhorar o ambiente de negócios no país, reduzir a burocracia e estimular a produtividade. As medidas fazem parte da agenda BC#.

Entre elas está um projeto de lei que deve ser enviado para o Congresso Nacional para simplificar a legislação cambial. Um dos pontos do projeto pode permitir contas bancárias em dólares no Brasil e também facilitar que bancos em outros países tenham contas em real.

Campos Neto afirmou, no entanto, que o objetivo é simplificar a legislação de câmbio e que o país ainda está longe do cenário de ter contas em dólares. “É um processo longo”, afirmou.

Segundo o diretor de Regulação do BC, Otávio Ribeiro Damaso, o processo deve ser feito com cautela. Segundo Damaso, atualmente alguns setores da economia já podem ter conta em moeda estrangeira no país, como a indústria de petróleo e embaixadas. “Se for permitir para outros segmentos, isso deve ser feito com cautela”, disse.

Agenda BC#

A agenda inclui ainda medida para incentivar o microcrédito, ações para educação financeira, para ampliar o crédito imobiliário e melhorar a transparência do mercado financeiro. Segundo Campos Neto, os detalhamentos das ações serão apresentados com o tempo.

Durante coletiva, Campos Neto enfatizou a importância da educação financeira. “Parte dos problemas que nós temos é falta de educação financeira”, disse. Ele citou a necessidade de apoio aos superendividados e lembrou, por exemplo, que o cheque especial penaliza mais quem ganha menos.

“Esses esforços, em conjunto com reformas estruturais promovidas pelo governo, são fundamentais para a retomada da atividade econômica e da trajetória de desenvolvimento da economia brasileira”, disse.

G1

 

24 mil reais depositados na conta de Michelle Bolsonaro seriam pagamento de dívida

O cheque de 24 mil reais depositado por Fabrício José Queiroz, ex-motorista de Flávio Bolsonaro, na conta de Michelle Bolsonaro, mulher do presidente eleito, teria sido para pagar uma dívida, publica a Crusoé. Detalhes aqui

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. O MICO disse:

    Cd o MBL, os Revoltados On Line, o Silas Malagaia, O Super Santo Moro, O Milnistro do Exército, O Dallagnoll, o Bretas, Gilmar Mendes, e todos os defensores da Moral e combatentes da Corrupção, para explicar como um motorista (isso me lembrou Henriquinho com seu motorista preso com dinheiro no carto), movimenta tanto dinheiro e da cheques tão altos a esposa do mais honesto da nação?
    Não sabia o número da conta dele, era?
    176 saques no ano?
    1,2 Milhão?
    Isso me lembra de Collor, o famoso Caçador de Marajás que tinha aquilo roxo.
    kkkkkk

  2. Ivan disse:

    Chora não bebê

  3. Pedro disse:

    Deve ser petista ou então é mentira
    Quaquaquaquaqua…..

  4. Potiguar disse:

    O buraco é mais embaixo. Trata-se de mais de R$ 1 milhão de reais movimentados pelo assessor do bozo júnior, com esse montante dar para compra um sitio em atibaia e ainda sobra dinheiro. Aguardo ansiosamente o power point do Dallagnol sobre o assunto.

  5. Khaled Meireles disse:

    O que dizer? apenas "FeliS Natal"…..hahaha é bom Jair pagando