Falha no Cloudflare impediu acesso a boa parte da internet do Brasil

Se nesta terça-feira (14) você estava navegando e, de repente, não conseguiu abrir alguns sites, não precisa culpar a sua operadora e nem achar que já está na hora de trocar de celular: houve, sim, um problema técnico na internet brasileira que afetou o acesso a diversos sites hospedados no país.

O problema ocorreu nos servidores do Cloudflare, uma empresa de CDN (sigla para redes de distribuição de conteúdo) que opera no mundo todo, inclusive no Brasil. A função dela é, basicamente, fazer a ligação entre o servidor do provedor de internet do usuário e o do site que ele quer acessar, definindo qual é a forma mais rápida de entregar esse conteúdo para o usuário.

O que aconteceu nesta terça é que alguns servidores do país estão com instabilidade em suas operações (de acordo com o status da página da Cloudflare, o problema parece ter surgido no servidor de Porto Alegre), o que impediu que alguns usuários acessassem alguns sites do país.

De acordo com a página de status da Cloudflare, o problema ocorreu no servidor de Porto Alegre da companhia (Imagem: Cloudflare)

Como não foram todos os servidores brasileiros da Cloudflare que pararam de funcionar, o problema não foi algo que atingiu a todos os usuários, e enquanto alguns conseguiam navegar normalmente, outros por alguns minutos não conseguiram acessar alguns de seus sites preferidos.

No momento da publicação, a atualização de status do Cloudflare mostrava que o defeito já havia sido identificado e isolado (Imagem: Cloudflare)

De acordo com a página de status da empresa, o problema já foi identificado e isolado, e está no momento da publicação desta matéria aguardando uma correção. Enquanto isso, os outros servidores da empresa estão assumindo todas as operações de CDN do Brasil, e provavelmente os usuários não terão mais problemas em acessar qualquer site enquanto uma solução para o servidor de Porto Alegre não for encontrada.

CanalTech

Usuários da Cabo Telecom na Zona Sul de Natal reclamam de instabilidade e lentidão na internet nesta quarta

Getty Images/iStockphoto

Usuários da Cabo Telecom estão irritados com a qualidade da internet nesta quarta-feira(08). As reclamações, em maior volume, ocorrem na Zona Sul da capital, em bairros como Candelária, Neópolis e imediações.

A internet, segundo usuários, iniciou seu problema de lentidão no meio da noite dessa terça-feira(07). Durante esta quarta-feira(08), também relatos de instabilidade no sinal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JEGUEDEGUE disse:

    Essa CABOTELECOM já foi do tempo que prestou. Hj está 1 verdadeiro lixoo. Cara e ruim.

  2. DJAIR disse:

    Esse problema não e apenas na zona sul, na zona norte também estar ocorrendo, mas só que e diariamente, chegando a passar até mais de 30 minutos sem conexão ou em plena lentidão.

  3. Francisco S J Filho disse:

    Tempo de atendimento horrível, ao apresentar qq problema os telefones para reclamações/solicitações não funcionam, retorno das reclamações de insatisfação muito vagas, por vezes, desconexas. Quero ressaltar o profissionalismo dos técnicos.

  4. Jorgensen disse:

    Verdade que ela foi vendida para um grupo americano em 2015 ??

  5. Anti-Comunista disse:

    TEM QUE BUSCAR TECNOLOGIA NO VALE DO SILICIO NA CALIFORNIA ESTADOS UNIDOS.

  6. JACKSON disse:

    A cada dia que passa o serviço prestado pela cabo telecom esta piorando.

MISTÉRIO NA WEB – (FOTO): Tênis cinza ou rosa? Teste de cor volta a fazer sucesso na Internet

Foto: Reprodução/Girlsmouth

A polêmica da cor do tênis (“verde e cinza ou rosa e branco?”) está de volta. A brincadeira, que viralizou em 2017, voltou a aparecer, nesta sexta-feira (3) no TwitterFacebookInstagram e em correntes do WhatsApp. A discussão é parecida com a do vestido que muda de cor, viral de 2015, que ninguém sabia ao certo se era azul e preto ou branco e dourado. Depois disso, outros mistérios dividiram a Internet.

Desta vez, o desafio do tênis vem acompanhado de uma informação a mais, sobre o suposto motivo para que as pessoas vejam cores diferentes na mesma foto. De acordo com a mensagem que circula nas redes sociais, a razão seria o lado predominante do cérebro de cada um.

No Google Trends, ferramenta que monitora as buscas na Internet, o aumento do interesse pelo desafio começou na segunda-feira à noite, por volta das 21h. O pico das pesquisas sobre o assunto, até o momento, foi às 11h. No Twitter, usuários reproduzem o meme e questionam seus amigos sobre as diferentes interpretações da ilusão de ótica.

Em 2017, o TechTudo descobriu a verdadeira cor do tênis com a ajuda de um aplicativo. O PicsArt, app grátis para iPhone (iOS) e Android, conta com uma ferramenta de edição de imagem, que permite selecionar as cores e vê-las em uma escala. Ao fazer isso, o aplicativo aponta para a tonalidade real. Assim, o mistério foi resolvido: o tênis, na verdade, é da cor cinza e verde-água.

Na corrente que está viralizando desta vez, o texto traz uma informação a mais: o suposto motivo para que as pessoas vejam cores diferentes. “Já viram esse teste? Pessoas com dominância do lado esquerdo do cérebro enxergam tênis cinza e verde. As com dominância do lado direito enxergam rosa e branco”, diz a maioria das postagens.

Imagem que mostra as funções do lado direito e do lado esquerdo do cérebro viralizou junto com a foto do tênis — Foto: Reprodução/Facebook

De acordo com o médico Rafael Monteiro, neurologista do Hospital Samaritano, a corrente é baseada em uma teoria que não tem qualquer comprovação científica. “É mais ilusão de ótica do que a ver com os hemisférios do cérebro. Há uma parte do cérebro que é mais analítica e outra mais emocional, mas isso não tem como a pessoa controlar”, explica.

Segundo o neurologista, é possível que você consiga visualizar a cor verdadeira após descobrir qual tom pertence realmente à imagem. “A gente visualiza as cores quando a luz do objeto é captada pela retina que, depois, vai para o córtex visual – parte do cérebro que pega as informações que o olho enxerga e transforma em formas e cores. Ou seja, é só uma questão de percepção de cor”, finaliza.

Techtudo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Um saco de pipoca de isopor para quem assinalar a resposta certa.
    – O tênis acima pertence a:
    a) Ministra Damares
    b) Gove do Góipi
    c) Gerentona Dilma
    d) Comediante Danusa D'salles
    e) Ex-bbb Jean Wyllys

Milhões de dados de usuários do Facebook são expostos na internet

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Milhões de dados de usuários do Facebook foram encontrados expostos ao público na internet, sem qualquer tipo de proteção, revelaram especialistas da empresa de cibersegurança UpGuard nessa quarta-feira (3).

O grupo de pesquisadores descobriu dois conjuntos separados de dados, armazenados em servidores da Amazon. As informações podiam ser acessadas por qualquer pessoa, sem a necessidade de senha.

O maior bloco de dados estava vinculado à empresa mexicana Cultura Colectiva, que armazenou publicamente na nuvem mais de 540 milhões de dados de usuários coletados no Facebook, incluindo comentários, reações e nomes de perfis.

O segundo conjunto de dados, ligado ao extinto aplicativo do Facebook At the Pool, era significativamente menor, mas continha, entre outros dados, fotos e senhas de 22 mil usuários.

A UpGuard acredita que as senhas eram para acessar o aplicativo, e não a conta do usuário na rede social, mas a sua divulgação coloca em risco internautas que costumam usar as mesmas senhas em várias contas, alertou a empresa.

Segundo o Facebook, todas as informações expostas já estão seguras. “Uma vez alertados sobre o problema, trabalhamos com a Amazon para derrubar os bancos de dados. Temos o compromisso de trabalhar com os desenvolvedores em nossa plataforma para proteger os dados das pessoas”, afirmou um porta-voz em comunicado.

A nota diz ainda que a empresa está investigando o incidente e busca descobrir por que esses dados foram armazenados em servidores públicos. “As políticas do Facebook proíbem o armazenamento de informações em bancos de dados públicos”, disse.

Segundo a companhia, os usuários serão informados se forem encontradas evidências de que as informações expostas na internet foram mal utilizadas.

A exposição desses dados não é resultado de um ataque de hackers aos sistemas da rede social, mas é mais um exemplo de como o Facebook permite que terceiros coletem grandes quantidades de dados de usuários, sem controlar a maneira como essas informações são usadas ou protegidas.

“Os dados expostos não existiriam sem o Facebook, ainda assim esses dados não estão mais sob o controle da rede social”, afirmam os pesquisadores. “Em cada um desses dois casos, a plataforma facilitou a coleta de dados sobre indivíduos e sua transferência para terceiros, que se tornaram responsáveis por sua segurança.”

Nos últimos anos, o Facebook se viu envolvido em vários escândalos relacionados à gestão da privacidade dos dados dos usuários, que mancharam consideravelmente a imagem pública da empresa.

A maior polêmica que teve que enfrentar começou em março de 2018, quando foi revelado que a companhia de consultoria britânica Cambridge Analytica utilizou um aplicativo para compilar milhões de dados de usuários da plataforma sem o seu consentimento e com fins políticos.

A empresa se serviu de dados da rede social para elaborar perfis psicológicos de eleitores, que supostamente foram vendidos à campanha do presidente americano, Donald Trump, durante as eleições de 2016.

O Facebook é a rede social mais usada no mundo, com 2 bilhões de usuários mensais. Além disso, a empresa é dona do WhatsApp e do Instagram, também utilizados por bilhões de pessoas.

Agência Brasil, com informações da Deutsche Welle (agência pública da Alemanha)

 

Ministério da Justiça e Segurança Pública divulga dados de operação no país contra pornografia na internet; subiu para 141 o número de suspeitos

Operação policial prendeu 141 pessoas suspeitas de crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Subiu para 141 o número de suspeitos de cometer crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet presos em flagrante durante a quarta fase da Operação Luz na Infância, deflagrada nessa quinta-feira (28), em todo o país. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (29), em Brasília, pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Conforme já havia antecipado, ontem, o delegado Alesandro Barreto, coordenador do laboratório de Inteligência Cibernética, da Secretaria de Operações Integradas, do ministério, a maior parte das prisões ocorreu no estado de São Paulo, onde foram detidos 61 investigados – e não 63, número inicialmente divulgado.

Em seguida, aparecem os estados de Goiás e Minas Gerais, com dez prisões cada. No Acre, foram cumpridos seis mandados de detenção, mesmo número que no Paraná.

Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso e Rio de Janeiro registraram cinco ocorrências, cada.

Quatro prisões em flagrante foram cumpridas em Mato Grosso do Sul – mesmo número que no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. No Pará, houve três mandados de prisão.

Em Alagoas e em Pernambuco houve duas detenções em cada estado. Por fim, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe registraram, cada um, uma prisão.

Mandados judiciais de busca e apreensão

Além das detenções em flagrante, foram cumpridos 266 mandados judiciais de busca e apreensão em endereços ligados aos investigados em todo o país. Mais de 1,5 mil policiais civis dos 26 estados, além do Distrito Federal, participaram da nova fase da Operação Luz na Infância.

Segundo o delegado Alesandro Barreto, a maioria dos presos é do sexo masculino, tem entre 19 e 29 anos, vive em estados da Região Sudeste e pertence a diferentes classes sociais. Já entre as vítimas, há crianças a partir dos 2 anos de idade.

“São crianças que são abusadas por parentes, por pessoas próximas. Nas operações anteriores, vimos que a parte mais importante deste trabalho é identificar vítimas e tirá-las da situação de abuso e exploração”, disse Barreto, destacando a capacidade das polícias estaduais e federal de identificar quem comete crimes cibernéticos.

A produção, a guarda e a disseminação de material digital contendo cenas de pornografia infantil foram identificadas por equipes do Laboratório de Inteligência Cibernética, da Secretaria de Operações Integradas, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Punição

A pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de um a quatro anos de prisão. Já quem compartilha pode ser condenado a uma pena de três a seis anos.

A produção de conteúdo relacionado a crimes de exploração sexual de crianças e adolescentes pode ser punida com quatro a oito anos de detenção. Somadas, as três primeiras fases da Operação Luz na Infância resultaram em mais de 400 prisões e instauração de vários inquéritos.

Ontem, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que operações semelhantes voltarão a ser realizadas.

“A operação revela os propósitos da criação da Secretaria de Operações Integradas, com todo o poder de coordenação e operações entre as polícias estaduais; entre as polícias estaduais e federais e entre as forças federais”, comentou Moro.

“Já foram feitas operações semelhantes a esta no passado, mas não com esta envergadura. Certamente, vamos realizar novas ações desta espécie”, acrescentou.

Segundo ele, as investigações vão continuar e, a partir da análise do material apreendido, será possível identificar a eventual rede de conexões existente entre os investigados e outros internautas.

“Este é um crime muito grave e que nos traz um desgosto por atingir muito fortemente a nossa infância e adolescência”, acrescentou Moro, garantindo que as autoridades não vão tolerar práticas criminosas.

Agência Brasil

Ministério da Justiça e Segurança Pública coordena operação nacional contra abuso e exploração sexual infantojuvenil praticados na internet; Força-tarefa envolve Polícia Civil do RN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte participa, nesta quinta-feira (28), da Operação Luz na Infância 4, que cumpre um mandado de busca e apreensão em um alvo no Estado. A força-tarefa, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSP), envolve Polícias Civis do Distrito Federal e de 26 Estados. Desde as primeiras horas da manhã, as equipes procuram acusados de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. Mais informações serão divulgadas ao longo do dia.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do MJSP, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva. Esse conhecimento produzido foi repassado às Polícias Civis – em especial às delegacias de proteção à criança e ao adolescente, e de repressão a crimes informáticos – que, por sua vez, instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais para expedição dos mandados de busca e apreensão.

As ações simultâneas mobilizam um efetivo de mais de 1500 policiais em todo o país. A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Inteligência e a Diretoria de Operações, ambas vinculadas à Secretaria de Operações Integradas do MJSP. Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE), oferecendo cursos e capacitações que subsidiaram as quatro fases da Operação Luz na Infância.

Deputado Fábio Faria propõe classificação etária para vídeos na internet, destaca imprensa nacional

O deputado Fábio Faria, do PSD do Rio Grande do Norte, apresentou um projeto de lei para alterar o Estatuto da Criança e do Adolescente e incluir o aviso de classificação etária em vídeos disponibilizados na internet.

A ideia é que conteúdos considerados inadequados para crianças recebam um alerta dos provedores.

“O objetivo da medida é assegurar aos pais e responsáveis um instrumento efetivo de defesa das crianças contra programações que atentem contra os valores éticos e sociais da pessoa e da família. Cenas de sexo e nudez, violência, drogas ou vocabulário inadequado para o público infantil vão determinar a classificação etária dos conteúdos”, comenta o parlamentar.

O projeto foi apresentado na Câmara antes de Jair Bolsonaro postar, no Carnaval, um vídeo em que um homem urina na cabeça de outro.

O Antagonista

O Brasil é a segunda nação mais ‘viciada’ em internet do mundo

(Foto: Reprodução)

Desde que você acordou hoje, quantas vezes você já utilizou a internet? De acordo com o relatório Digital 2019, uma pessoa passa em média mais de um quarto da vida online. Este número é ainda maior entre os brasileiros.

A média mundial

O estudo foi realizada pelo Hootsuite, em parceria com a empresa We Are Social, e mostra que estamos gastando em média 6 horas e 42 minutos online por dia. Metade deste tempo é gasto em dispositivos móveis.

Fazendo um cálculo de longo prazo, isso equivale a mais de 100 dias de tempo online todos os anos para cada usuário da Internet no planeta. Isso representa pouco mais de 27% de todos os anos das nossas vidas.

A média nacional

As 6h42min é a média mundial, no Brasil, o segundo país mais viciado em internet do mundo, a média é de 9h29min, de acordo com o relatória da Digital 2019. O nosso país fica atrás apenas das Filipinas, onde a média diária é de 10h02min, enquanto o Japão aparece em último lugar, com apenas 3h45min.

Desta forma, fazendo um cálculo de longo prazo, os brasileiros passariam pouco mais de 144 dias do ano online, todos os anos. Isso representa pouco mais de 39% de todos os anos das nossas vidas.

Outros números

O estudo também revelou que o número de usuários de Internet está crescendo a uma taxa de mais de um milhão de pessoas por dia, e cerca de 5,1 bilhões de pessoas agora possuem um dispositivo móvel. Confira:

Já somos 5,11 bilhões de usuários de dispositivos móveis únicos no mundo hoje, um aumento de 100 milhões (2%) em relação ao ano passado;

Há 4,19 bilhões de usuários de internet em 2019, um aumento de 366 milhões (9%) em relação a janeiro de 2018;

Existem 3,48 bilhões de usuários de mídia social em 2019, com o total mundial crescendo em 288 milhões (9%) desde o ano passado;

Em 2019, somos 3,26 bilhões de pessoas usando mídias sociais em dispositivos móveis, com crescimento de 297 milhões de novos usuários, representando um aumento anual de mais de 10%.

Por outro lado, o Digital 2019 afirmou que houve um leve declínio em relação aos números do ano passado, sugerindo que iniciativas de empresas como o Google e a Apple, que auxiliam os usuários a passar menos tempo no celular, possam estar ajudando as pessoas a passar menos tempo na internet.

Para desenvolver o Digital 2019, foram usados os dados coletados pelo GlobalWebIndex, GSMA Intelligence, Statista, Locowise, App Annie e SimilarWeb. Para conferir o relatório completo, clique aqui.

Olhar Digital, via 9to5mac

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sueldo disse:

    Os jovens brasileiros estão se transformando em zumbis. Vivem pelos cantos com a cara enfiada no celular. Estão fundidos.

VÍDEO com tortura de rato viraliza e causa revolta na internet

Um vídeo que viralizou na internet causou revolta, nesta semana, ao mostrar um rato sendo torturado. O animal, que está com as patas amarradas, recebe diversas pancadas na cabeça.

O homem que tortura o animal não foi indentificado. Nas imagens, o suspeito fala: “Você invade a casa dos outros, o fogão, a pia… Chama teus amiguinhos pra fazer festinha. Agora você esta na ideia, maluco.”

O pequeno rato tenta se soltar das amarrações, mas o homem insiste e continua batento na cabeça do animal.

Esta não foi a primeira vez que um rato foi duramente torturado por um ser homem. Em 2013, um palestino amarrou e torturou um animal que havia comido parte do salário dele.

Na ocasião, quando notou que o rato havia roído o dinheiro dele, à época, 200 shekels, o equivalente a R$ 375, o morador da cidade de Gaza decidiu se vingar. Em seguida, postou a seção de tortura numa rede social.

Assista ao vídeo do rato sendo torturado:

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Calixto Silva disse:

    Essa revolta foi igual a que eu vi aqui no blog do BG, só vi um comentário de revolta aqui, talvez a pessoa esteja com sarcasmo, kkkkk. Eu acho também que o blog do bg deve tar também com sarcasmo, não possível que o bg também esteja revoltado com a tortura deste pobre animal indefeso kkkkkkkkk. É cada coisa que a gente vê neste mundo de meu Deus, acho que os revoltados devem fazer parte de uma religião que adora ratos, os adeptos desta religião construiu um templo exclusivo para eles, se eu não me engano é na Índia que existe esta religião, em que as pessoas quando visualizam um rato elas se curvam diante dele, oferecem oferendas pro rato e fazem suas rezas.

  2. Beto Araújo disse:

    Para! O poste começou a mijar no cachorro.

  3. Cr disse:

    Poderia muito bem se essa pena f fosse aplicada em politicos…

  4. O Pensador disse:

    Não vamos matar mais o Aedes Egypit, por que é uma tortura esquarteja-lo. Não vejo ninguém que defende criando ou tendo em sua casa uma infestação dessa praga. Lá vcs convidados a retirar-se? Sei não.

  5. Bezerra disse:

    Revolta? O rato é uma praga urbana, e ele nem sabe que está sendo torturado. Se o sujeito soltasse ele imediatamente ele iria voltar a roer coisas na casa do mesmo. Isso é só abundância de criatividade do sujeito.

  6. Glauber disse:

    Vixe. Ontem eu pisei em uma barata. Graças a Deus que não filmei. Já pensou se cai na Internet?

  7. Andinho disse:

    Cadê a turma da Rouanet para fazer campanha pró ratazana, com o já tradicional mexeu com uma, mexeu com todas!!!!!

  8. Raimundo Junior disse:

    Daqui a pouco vou ser preso por ter em casa uma ratoeira que degola o rato. Aquela mesma, presente em todas as histórias infantis..

  9. Ems disse:

    Vamos criar uma ONG ! O nome será: "Salvem os ratos" !!! Deve ser falta do que publicar.

  10. Cidadão Indignado disse:

    Você deve ser uma criatura repugnante. Deve ter um íntimo repleto de doenças….tenho muita pena de você!

  11. Sandro Rosado disse:

    Causando revolta em quem? Deixem de tanto mimimi , meu povo. Rato é uma praga. Agora que o vídeo é hilário, isso é. Kkkkkk.

    • Cidadão Indignado disse:

      Causando revolta em quem coração, seu monstro desgraçado…

    • Everton disse:

      Não existe praga maior para terra do que a humanidade!

      Ninguém tem direito de torturar um animal, não é atoa que esse é um dos primeiros sintomas observados em psicopatas!

    • Nilson disse:

      Bom mesmo seria torturar a bunda do seu pai.

    • Deisi disse:

      Que bancada. Tô passada.

Seguro-desemprego poderá ser solicitado pela internet; benefício 100% pela web sem a necessidade de comparecimento a um posto de atendimento

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Os trabalhadores brasileiros poderão solicitar o seguro-desemprego pela internet a partir desta quarta-feira (19), às 18h, pelo portal Emprega Brasil.

O chamado seguro-desemprego 100% web permitirá que o benefício seja concedido sem a necessidade de comparecimento a um posto de atendimento. O serviço foi lançado nesta tarde, pelo Ministério do Trabalho.

Pelo portal, o trabalhador poderá consultar também oportunidades de trabalho e cursos de qualificação profissional que estejam sendo ofertados próximos ao local onde reside.

O trabalhador que quiser o benefício deve acessar o portal Emprega Brasil e seguir o passo a passo informado. Deve informar os dados pessoais e responder um breve questionário sobre a vida laboral e previdenciária.

O sistema irá checar se as informações necessárias constam nas bases de dados do governo. Caso não haja necessidade de complementação, o benefício será concedido em 30 dias, mesmo prazo necessário caso o trabalhador vá diretamente a uma agência. Caso contrário, será necessário o comparecimento a postos de atendimento.

O Ministério do Trabalho estima que um em cada quatro trabalhadores desempregados possa receber o seguro apenas com o acesso on-line.

“Queria estar tratando do seguro emprego e não do seguro-desemprego, mas, infelizmente, devido à questão da rotatividade, do desemprego, a questão econômica, aparece essa ferramenta que tem como finalidade garantir uma subsistência ao trabalhador no período em que está completamente desativado da sua função”, disse o ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, no discurso de lançamento da nova modalidade.

Segundo a pasta, há atualmente 600 mil requerimentos mensais do benefício. A estimativa é que com a possibilidade de pedido pela internet esse número cresça. De acordo com os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país tem 12,5 milhões de desempregados.

Podem receber o seguro-desemprego trabalhadores que foram dispensados de trabalhos formais, com carteira de trabalho assinada. Atualmente existem cinco modalidades para pagamento do seguro-desemprego. Pelo seguro-desemprego formal, os trabalhadores recebem entre R$ 954 e 1.677,74. Há ainda as modalidades pescador artesanal, empregado doméstico, trabalhador resgatado e bolsa de qualificação profissional.

Agência Brasil

 

MP eleitoral aponta favorecimento de Gleisi Hoffmann em esquema de compra de elogios fake na internet

Foto: Evaristo Sá/AFP

Na ação judicial que move contra o deputado Miguel Corrêa (PT) por abuso de poder econômico, o Ministério Público eleitoral de Minas Gerais afirma ter encontrado indícios de que a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, teria sido beneficiada diretamente pelo esquema de compra de elogios na internet durante a campanha. A petista, que disputou uma vaga na Câmara dos Deputados, teria utilizado a rede clandestina de influenciadores digitais criada por Corrêa para impulsionar ilegalmente conteúdo favorável a candidatos petistas durante a eleição.

Como O GLOBO revelou na sexta-feira, o deputado petista, pivô do esquema de compra de elogios, tornou-se alvo de uma ação do MP eleitoral por abuso de poder econômico. Revelado pelo GLOBO , o esquema comandado por Corrêa prometia dinheiro a influenciadores digitais que ajudassem a propagar na internet conteúdos favoráveis a candidatos petistas e desfavoráveis a adversários do partido. O MP eleitoral pede na ação que o petista seja declarado inelegível pela Justiça.

Como a atuação do MP mineiro impede a adoção de medidas contra políticos de outros estados, o procurador regional eleitoral Angelo Giardini de Oliveira afirma, no documento, ter compartilhado as provas colhidas na investigação de Corrêa com a procuradoria regional do Paraná e de outros dois estados, para possibilitar que Gleisi e os petistas Wellington Dias, governador do Piauí, e Luiz Marinho, candidato petista ao governo de São Paulo, também respondam pelo uso ilegal de ferramentas para propaganda durante a campanha.

“Importante registrar, desde já, que a adoção das medidas listadas acima (quebra de sigilos das empresas de Miguel Corrêa, dos usuários que baixaram os aplicativos e também dos responsáveis pelas contas no Twitter que divulgaram conteúdos favoráveis às campanhas) resultou na identificação do beneficiamento de candidatos em São Paulo (Luiz Marinho); Piauí (Wellington Dias); Paraná (Gleisi Hoffmann); por exemplo. Ante tal constatação, houve o compartilhamento dos elementos reunidos no PPE (Procedimento Preparatório Eleitoral) com as Procuradorias Regionais Eleitorais respectivas, pois falece, a este signatário, atribuição para promover as medidas cabíveis contra tais pessoas”, escreveu o procurador.

O Ministério Público Eleitoral no Paraná confirmou ao GLOBO que há uma investigação sigilosa em andamento sobre a suspeita de pagamento para impulsionamento de campanha de Gleisi, eleita deputada federal pelo estado. A investigação, porém, foi aberta com base em uma denúncia de um cidadão. Desde que o caso dos elogios fake veio à tona, todos os três petistas negam irregularidades em suas campanhas.

“A minha campanha não sabia e não contratou o tipo de postagem denunciado e nem pagou por qualquer deste tipo de divulgação e por isto mesmo foi encerrado o contrato”, afirmou o governador do Piauí, por meio de nota.

Também por meio de nota, a assessoria de Gleisi disse que a afirmação da Procuradoria Eleitoral de Minas é falsa: “A senadora Gleisi Hoffmann não recebeu nenhum tipo de serviço por parte das empresas citadas na ação e fez sua campanha para deputada dentro da legalidade”. A defesa de Marinho não retornou o contato da reportagem.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rosa disse:

    Oxi, não entendi, é essa gleise mesmo? a baluarte da campanha contra fake news? Não acredito. Mentira?

Post polêmico de Rita Lee sobre Bolsonaro ressurge e vira assunto na internet; cantora fala de caso, e ainda insinua interesse do político em outro “colega de classe”

(Reprodução/Veja SP)

Na guerra de posts contra e a favor do polêmico presidenciável Jair Bolsonaro – que já envolveu de Sasha Meneghel a Rachel Sheherazade -, um tuíte inusitado acabou entrando no centro da controvérsia e disparando na lista de assuntos mais comentados nas redes sociais, na manhã de quarta (19).

Internautas recuperaram um tuíte antigo de Rita Lee envolvendo o candidato à presidência da República. Nele, a cantora relata, em tom jocoso, ter tido um “caso” com o deputado, no entanto o romance não teria dado certo porque o presidenciável estaria interessando em outro “colega de classe”.

“Bolsonaro e eu tivemos um caso. Ele não era muito chegado na coisa, se é que me entendem. Terminamos porque ‘Bolsinho’ tava de olho num colega de classe”, escreveu Rita em sua conta oficial do Twitter em 17 de maio de 2011. A cantora não usa a rede social desde novembro de 2013. Confira:

Depois da ‘escavação’ virtual que levou ao tuíte, vários outros posts da cantora sobre Bolsonaro foram recuperados por internautas e o assunto tomou conta da rede Neles, Rita fala sobre ‘segredos íntimos’ do candidato. Ela não se manifestou sobre o caso.

Veja SP

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jan Luis Mozol disse:

    Pera…quer dizer que ela tava traindo o Roberto de Carvalho? é isso? ah tá …muita moral pra falar do Bolsonaro.

  2. Leandro Costa disse:

    Fico muito feliz de ver que eles estam desesperados…..que Rita Lee entre na fila…….ela é muito insignificante. ……..só quem ouve ou ouviu músicas dessa viciada que talvez soubesse que ela estava viva…………lave essa boca imunda para falar de um homem como o nosso presidente. ………BOLSONARO

  3. Mario disse:

    Que matéria top em bg? E acreditar nas idiotices dessa velha Gaga tem quer ser muito burro. Ela estava sumida e resolveu aparecer. Fim de carreira é fora. B17

  4. Katia disse:

    Como essa Rita Lee é doente! Que mulherzinha mais sem rumo na vida e perturbada…
    Esperava qualquer coisa dessa maluca, mas não chegaria a imaginar que a figura conseguisse ser mentalmente tão baixa, infantilizada e ridícula.

  5. Katia disse:

    Cada vez fica mais claro para mim de que lado estão os ordinários e de que lado estão as pessoas decentes. Essa Rita Lee sempre foi baixa, mas agora desceu aos esgotos de vez.
    É nisso que dá fumar muito baseado na vida. Ficou lelé de vez, a velha…

  6. Marílial disse:

    Amigo seu português não está muito bom não, deveria ter aproveitado a oportunidade quando o PT teve no poder e ter estudado mais, pois a expansão das universidades e Institutos federais foi grande.

  7. François Cevert disse:

    Ummmm… #Granola

  8. manoel disse:

    EU JA TINHA VISTO DESESPERO AO EXZTREMO MAIS ESSES CANALHAS DO PT O LIMITE É O INFERNO PODEM ESPERNIAREM BANDEO DE SATANAZ MAIS O BRASIL JA DECIDIU NAO ADIANTA INVENTAR O DIABO NAO VAO ATENGIR O BOLSONARIANO UMA DOIDA DESSA QUERENDO APARECER TU NAMOROU O CAPETA BESTA FERA É 17 NA CABEÇA

  9. Marcílio disse:

    O desespero das bixinhas está grande demais!
    Quem estava saboreando a perseguida da baranga era Casagrande, mas não aguentou a noia e deu um "chute nela".
    É melhor JAIR se acostumando

  10. Sheran disse:

    #BOLSONARO 17-

  11. Mimimi disse:

    Tem de saber o que ela tinha fumado ou cheirado antes deste post. Está ficando feio o nível de apelação dessa esquerda e o pior é bando de seguidores cegos caminhando juntos para o abismo.

  12. Marília disse:

    O verdadeiro Pitbicha. kkkk

  13. Decepcionado disse:

    Pense numa pessoa que tem moral. Uma drogada porra louca que vive sendo presa por desacato e desordem. Os esquedopatas estão em pânico mesmo. A farrinha da bandidagem está perto do fim. É melhor JAIR SE ACOSTUMANDO. kkkkkkk

  14. Arcanjo disse:

    O desespero da esquerda só aumenta. Ainda vão publicar muita asneira até as eleições. Cada vez mais tenho convicção para votar no MITO.

    • Leo disse:

      Isso foi em 2011, anjo desnorteado.
      Nao confunda as coisas. O post só prova a incoerência e hipócrisia do seu candidato.

    • Ceará-Mundão disse:

      Afinal, quem dá alguma credibilidade a essa anciã, quando se trata de assunto sério? Agente consegue agrupar os tipos de pessoas com grande facilidade, não é mesmo? Uma pessoa com os hábitos dessa senhora só poderia ser mesmo contra o Bolsonaro. Ou alguém imaginaria o contrário? As "tribos" se atraem. Talvez devessem fazer como ela fazia em seus antigos shows: reunir a turma em um ginásio coberto e acender um baseado. Ai começar a falar mal dos "fascistas", dos "coxinhas", dos "golpistas" enquanto torram o dinheiro que seus pais ganharam com muito esforço. Assim é boa parte da esquerdalha. Vamos lá. 17 neles!!!!

  15. Tião disse:

    Falam do capitão das nossas forças armadas com tanto ódio, que até acho uma violência desnecessária. E ele coitado tá indefeso, frágil. Pra que isso?

  16. Arthur disse:

    Eu já desconfiava, quem muito desdenha quer comprar, deve ter tido uma desilusão e humilha os homossexuais para tentar se afirmar como macho, se ele for homem suficiente pra sair do armário, ganha meu voto!

  17. Armando Cruz de madeira disse:

    Num eventual segundo turno com Bolsonaro….todos se coligariam contra ele…se for Ciro ou haadad e um deles ganhando, estes soltariam lula..e após nomeariam ele como ministro da casa civil, Rogério fraveto como ministro da justiça, Guilherme Boulos para reforma agrária e por fim Adelmo bispo como diretor a PRF e ainda João Vacari como diretor do BANCO CENTRAL. A lava jato de acabaria em pitza.

  18. Lutemberg disse:

    E a imprensa, juntamente com os "artistas" e "intelectuais" não param de criar manobras visando denegrir a imagem do Bolsonaro. Aliás, grande credibilidade tem essa senhora decrépita, outrora talentosa. Uma maconheira, arruaceira e criminosa, bem conhecida das páginas policiais. 17 Neles, rumo à vitória.

  19. Ricardo Carvalho disse:

    A cada dia eu tenho mais nojo dessa esquerda escrota, podre e corrupta! #Elenãoécorrupto #Elenãoapoiabandido #Elenãoestápreso #Elenãomorreu #EleSim

  20. Paulo disse:

    Tá explicado tanto ódio.

  21. Vitor disse:

    Bolsonaro só tem dois assuntos: armas e homossexuais.
    Na questão das armas ele está completamente equivocado, como mostram todos os estudos sérios. Aliás, se Bolsonaro vencer, a primeira coisa que vou fazer é comprar armas e munições até os dentes para me defender dos valentões que vão aparecer de todos os lados.
    O outro assunto tá explicado porque tanto interesse.

    • Claude disse:

      Que “estudos sérios”? Os mesmos que diziam que o “Estatuto” ia acabar com o crime?

  22. Seu Peru disse:

    Narôôô… É da irmandade. Vocês são muito bobinhos. Eu já sabia.

  23. eli disse:

    Vixe…O mito de vestido?…kkkkkkkkkk

  24. Rosa disse:

    Tás vendo como o bolsa não é homofóbico, deixou de ir numa catraia véa pra ir no viadin da corporação

  25. Joaquim disse:

    Pior, esses jornalistas se acham os donos da verdade

  26. Hugo disse:

    Falta inventar mais o quê??? não pegaram nada contra o cara e agora até chamá lo de gay estão inventando, ora bolas, aceitem que ele vai ganhar e mudar esse País corrupto.

    • Arthur disse:

      Inventar o quê? O post é de 2011, Baitonaro nem xingava mulher, ainda. E se ele for gay, qual o problema? Você vai deixar de votar nele?

    • Ceará-Mundão disse:

      Como não haveria problema algum se isso fosse verdade (a sexualidade alheia não me interessa), porque um troço de 2011 apareceu de repente em 2018, em plena véspera de eleição? Qual o objetivo disso? Obviamente, é apenas mais hipocrisia dessa esquerdalha. Essa gente mesmo é preconceituosa e tenta usar essa coisa antiga apenas para tentar prejudicá-lo. Quanta incoerência, não é mesmo? Acusam o cara de ser homofóbico mas tentam "denegrir" (só pode ser esse o objetivo) sua imagem dizendo que ele seria gay. Ué?!

  27. Leo disse:

    Um cara vidrado em gays, lesbicas e afins é sempre assim: gay enrustido.
    Tdo esse ódio de Bolsonaro contra gays está explicado.

    • Thiago 12 disse:

      Além de tudo, queima rosca kkkkkkk ainda vão dizer que é mentira, só relembrando que o post é de 2011!

    • Ceará-Mundão disse:

      Cara, pense em dois sujeitos parecidos. Como é que vocês acusam o candidato de homofóbico e usam esses termos chulos para se referir à uma pseuda preferência sexual dele? Espero que ao menos vocês estejam recebendo pelas bobagens que postam.

  28. Luiz disse:

    É deprimente ver o nível do jornalismo que temos, um jornalista que se presta a esse tipo de reportagem não merece respeito, infelizmente!

OAB aguarda retorno da Anatel antes de ação contra alteração na internet

internetO presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deu um prazo de até 15 dias para que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) se posicione sobre o ofício enviado pela organização, que requer a suspensão imediata da medida que altera o serviço de internet banda larga no país. Claudio Lamachia afirmou que, em caso de negativa da Anatel em recuar, vai entrar em uma briga jurídica.

“Se não recebermos uma posição da Anatel nos próximos dias sobre esse ofício, a OAB estuda judicializar esse tema. Acho que um prazo de 10, 15 dias é absolutamente razoável. Mas digo que já estamos estudando todas as medidas que possam ser tomadas no âmbito judicial sobre esse assunto”, afirmou ele em entrevista coletiva nesta quarta-feira (20) em Porto Alegre.

Uma decisão cautelar publicada no Diário Oficial da União pela Anatel na última segunda (18) impõe às empresas telefônicas condições para implantar novo modelo de prestação de serviços. A medida impede temporariamente as operadoras de internet fixa de reduzir a velocidade ou suspender a prestação do serviço de banda larga após o término da franquia prevista.

A decisão vale até que essas empresas forneçam aos consumidores ferramentas que permitam, por exemplo, acompanhar o uso de dados de seus pacotes. Ou seja, dentro de alguns meses, as operadoras vão voltar a ser liberadas para fazer os cortes de sinal – se isso estiver previsto no contrato com os clientes.

Para a OAB, duas leis estão sendo descumpridas pela Anatel: a Lei Federal n° 12.965/2014, conhecida como Marco Civil da Internet, e o Código de Defesa do Consumidor. Segundo ele, nenhuma norma ou resolução institucional pode se sobrepor ao que define a legislação.

“É um verdadeiro absurdo, um desrespeito com os consumidores. A Anatel está ensinando as operadoras como elas devem fazer para cobrar mais e mais dos clientes”, criticou Lamachia. “É inacreditável, inaceitável e inexplicável”, continuou Lamachia.

Ele pondera ainda que o prejuízo não se dá apenas aos usuários de serviços de streaming, como Netflix, grandes consumidores de dados. Cursos de educação à distância também serão afetados.

Fonte: G1

Anatel sinaliza fim da era da internet ilimitada no Brasil

economia-anatel-joao-rezende-20120322-01-originalO presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, explicou que a era da internet ilimitada está chegando ao fim. Apesar de cautelar da agência publicada nesta segunda-feira ter proibido por 90 dias as empresas de banda larga fixa de reduzirem a velocidade da conexão ou cortarem o acesso, Rezende afirmou que a oferta de serviços deve ser “aderente à realidade”.

“Não podemos trabalhar com a noção de que o usuário terá um serviço ilimitado sem custo”, afirmou Rezende. “Em nem todos os modelos cabe ilimitação total do serviço, pois não vai haver rede suficiente para tudo.”

O presidente da Anatel reconheceu, porém, que a culpa, nesse caso, é das empresas, que “deseducaram” o cliente. “Acho que as empresas, ao longo do tempo, deseducaram os consumidores, com essa questão da propaganda de serviço ilimitado, infinito. Isso acabou, de alguma maneira, desacostumando o usuário. Foi má-educação”, afirmou.

Para Rezende, é importante que a Anatel dê garantias para que não haja um desestímulo aos investimentos pelas companhias nas redes. “Acreditamos que isso é um pilar importante do sistema. É importante ter garantias para que não haja desestímulo ao investimento. Não podemos imaginar um serviço ilimitado.”

Uma das principais obrigações que as empresas terão que atender, conforme determinação da Anatel, é criar ferramentas que possibilitem ao usuário acompanhar seu consumo para que ele saiba, de antemão, se sua franquia está próxima do fim. Se a opção for criar um portal, o cliente poderá saber seu perfil e histórico de consumo, para saber que tipo de pacote é mais adequado.

Além disso, as empresas terão que notificar o consumidor quando estiver próximo do esgotamento de sua franquia e informar todos os pacotes disponíveis para o cliente, com previsão de velocidade de conexão e franquia de dados.
Uma vez que a Anatel apure o cumprimento dessas determinações, em 90 dias, as empresas poderão reduzir a velocidade da internet e até cortar o serviço se o limite da franquia for atingido. Para não ter o sinal cortado ou a velocidade reduzida, o usuário poderá, se desejar, comprar pacotes adicionais de franquia.

Fonte: Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorge disse:

    Isso tem lobby das empresas de televisão por assinatura. O crescimento do netflix e similares põe risco aquelas empresas!

  2. Brasil, Meu país NÃO será dos fascistas! disse:

    Essa é a livre concorrência q o empresário brasileiro adora.
    Os parasitas se juntam no cartel e definem parasitar e extorquir os consumidores.

    • paulo disse:

      E esse DESGOVERNO ptRALHA, omisso e CONIVENTE.

    • Ceará Mundão disse:

      Cabe ao governo regular o assunto. Prá que serve a ANATEL, então? Só prá dar emprego a "cumpanhero"? É mais uma demonstração da incompetência do PT no governo: custa caríssimo e não serve prá nada.

    • Rômulo disse:

      Está achando ruim? Vá chorar no colo do Temer e do Cunha! Essa é a "autorregulação" do livre mercado que os neoliberais tanto pregam! Capitalismo selvagem!

  3. Renato Miller disse:

    Não existirá serviço de internet ilimitada aqui no Brasil, absurdo, mais um luta e motivo de manisfestações contra a Anatel e presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende quie está sendo conivente com este absurdo, provavelmente porque devem estar pagando alto para o mesmo tomar tal decisão.
    Vamos para rua, isto sim é um golpe em milhões de consumidores.

  4. Coxinha de Mortadela disse:

    Jajá vai ser ilegal respirar sem pagar. VENDIDO!

Potiguar desenvolve plataforma online com serviços de hospedagem

Uma plataforma online que reúne opções de hospedagens em Natal. Com essa ideia, o empresário Franklin Bezerra desenvolveu o projeto do Natal Hospedagem.

Potiguar de nascimento, mas morando na Europa há seis anos, Franklin disse que a ideia surgiu após vir a Natal em férias, notar grande demanda por boas hospedagens e também por opções de lazer. “Tenho dois imóveis em Natal e com frequência os hóspedes me perguntavam o que fazer na cidade para se divertir onde comer bem dentre outras coisas”, disse.

O objetivo do Natal Hospedagem é ser um guia online para quem tiver planejando visitar Natal e esteja já em busca de uma hospedagem com qualidade. Além disso, também vai permitir que o internauta anuncie não só no site da ferramenta como no Facebook.

Tudo isso com equipe profissional e especializada em marketing digital. “62 milhões de pessoas acessam o Facebook no Brasil diariamente. Isso mostra a força que as redes sociais conquistaram ao longo dos anos e o Natal Hospedagem procura atuar bem dentro disso”, comentou.

A plataforma se diferencia por oferecer não só opções de hospedagem como também sugestões de lazer e gastronomia na capital. “Hoje com a internet, o cidadão quer agilidade no menor tempo. Então, o Natal Hospedagem tem essa virtude de oferecer esse serviço direcionado aos que querem curtir dias de férias em Natal”, disse.

Para conhecer mais o Natal Hospedagem, acesse www.natalhospedagem.com.br. Veja também as redes sociais:www.facebook.com/NatalHospedagem e instagram: @natalhospedagem. Mais informações podem ser obtidas no email [email protected]