Polícia Civil estoura fábrica de documentos falsos em Natal

A Polícia Civil estourou agora há pouco uma fábrica de documentos falsos em Natal. O local foi durante as investigações que decorreram da prisão do professor  José Regeofran Melo Feitosa, 42 anos, que tentava fazer um saque usando documentos falsos em uma agência do Banco do Brasil no final da manhã de hoje.

Na ação coordenada pela Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (Defd) foram apreendidos vários materiais utilizados na falsificação dos documentos e duas pessoas foram presas. O local foi onde José Regeofran comprou o documento falso.

O delegado Júlio Costa, titular da Especializada começa uma coletiva logo mais na própria delegacia.

Relembre o caso

Polícia prende em flagrante homem tentando realizar saque ilegal