Policiais militares reclamam que Governo ainda não atendeu reivindicações e anunciam greve a partir de segunda

Os policiais militares do Rio Grande do Norte entrarão em greve na próxima segunda-feira (19). De acordo com as associações representativas da categoria, o motivo da paralisação é que o Governo não teria dado nenhuma resposta às reivindicações que foram feitas nos últimos meses.  A informação foi estampada pelo Jornal de Hoje na tarde desta sexta (16). A expectativa, inclusive, é que 100% da categoria possa aderir ao movimento.

Segundo a categoria, dentre os pontos que estão sendo pedidos, está o reajuste de 15% do subsídio, que há dois anos não é feito pelo Estado, devido enquadramento dos níveis remuneratórios, pagamento do terço de férias ainda referente a 2012, integralização dos vencimentos dos que foram promovidos e ainda não recebem de acordo com a graduação, revisão da lei e reajuste da Diária Operacional, admissão de etapa alimentação como verba indenizatória, revisão do estatuto da PM em relação à carga horária e substituição do Regulamento Disciplinar da PM pelo Código de Ética.

Vale lembrar que nessa quinta (15), a CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final), aprovou cinco das seis emendas da Lei de Promoção de Praças. Na próxima segunda-feira (19) pela manhã, o CCJ irá se reunir de forma extraordinária para votar uma sexta emenda para que o projeto possa ser votado já na terça-feira.

Com informações do Jornal de Hoje

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ronald disse:

    Os Policiais não conseguem entender que o Executivo se encontra no Limite Prudencial e à beira do Limite legal da LRF e que por isso não pode conceder aumentos. Sem falar que estamos a menos de 6 meses das eleições, outra limitação legal ao aumento. Foi muito fácil conseguirem a aprovação da Lei dos Praças na AL, com dispensa de tramitação em várias Comissões e eles agora querem aumento!
    Como a solução tende a não se resolver rapidamente, é URGENTE a necessidade de a GOVERNADORA contactar o Governo Federal e solicitar, desde já, a presença da FORÇA NACIONAL e do EXÉRCITO no Estado já na segunda-feira, evitando que situações como as ocorridas em Pernambuco venham a ocorrer aqui, às vésperas da Copa do Mundo. Melhor evitar do que remediar!

    #RosalbaConvocaaForçaNacional!!

COMENTE AQUI