Precatórios: Assinaturas em novos cheques não seriam de Desembargador

O desembargador Osvaldo Cruz prestou depoimento ontem durante duas horas. Ele se defendeu das acusações de integrar um esquema de desvio de precatórios no TJRN, fato que o retirou provisoriamente de seu cargo. O depoimento foi dado ao ministro relator do Superior Tribunal de Justiça, César Asfor Rocha, na sede do STJ, em Brasília.

O BLOG do BG entrou em contato hoje com o advogado do magistrado, Armando Holanda, que classificou o depoimento de ontem como “melhor impossível”. Armando Holanda também confirmou a esse blog que até amanhã estará apresentando à imprensa novas provas que inocentam Osvaldo Cruz. Apesar do advogado informar ao blog que só vai se pronunciar para a imprensa sobre novas provas amanhã. apuramos que em todos os cheques periciados, até o momento, as assinaturas não são do magistrado, portanto são falsas.

A perícia está sendo feita  perito criminal  Elinaldo Cavalcante da Silva, formado pela Academia Nacional da Polícia Federal. Em maio último, um cheque já foi apresentado.