Promotor de Justiça também teve carteira apreendida em Blitz

Engana-se quem pensa que o bafômetro só pega peixe pequeno nas estradas.

Depois de um deputado estadual, agora foi a vez de um promotor de Justiça ter a carteira apreendida por se recusar a fazer o teste do bafômetro.

Aconteceu domingo, na volta do feriadão, na Rota do Sol, em Pium.

Os agentes da Polícia Rodoviária Estadual desconfiaram do motorista e mandaram parar. O fiscal da lei avocou as garantias constitucionais da não produção de provas contra si mesmo e recusou o bafômetro.

Nas blitze já foram apreendidas carteiras de médicos, advogados, empresários, autônomos e de muita gente sem pedigree.

Dirigir embriagado é infração de natureza gravíssima, com direito à multa, suspensão do direito de dirigir e detenção de seis meses a um ano.

Coluna de Woden Madruga na Tribuna

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Eduardo disse:

    Essa nova lei ta beirando o absurdo! O cara estaciona em local proibido, aí paga multa. OK. É facil constatar que o carro estava em local proibido.

    Aí o cidadao por deixar de fazer o bafometro é multado. Multa so por isso??? que absurdo. Eu entendo isso como a pessoa ser forçada INDIRETAMENTE  a produzir prova contra si mesma. Ta na hora do STF ser provocado p/ julgar essa lei inconstitucional.

    Mais absurdo ainda é o tal de auto de constatação. Ja pensou se a moda pega p/ se fazer um auto de constatação p/ alguem que o policial olhe p/ vc e declare que vc praticou um homicidio? P/ mim é a mesma coisa. Só que pior. Porque o sujeito se arrisca a produzir prova contra si mesmo atraves do bafometro. E se nao correr esse risco, é multado. Isso p/ mim é ditadura.

  2. Eduardo Costa disse:

    É vamos dar nomes aos bois…De promotor a deputado…Parabéns a nossa Policia Rodoviaria Estadual, principalmente ao policial que teve peito de tomar a habilitação do promotor e do deputado…ele merece uma medalha!!

  3. Jbrito5 disse:

    Nobre blogueiro só faltou o nome do ilustre Promotor!

  4. Alexandre disse:

    A diferença é que quando João do Suburbio é preso, o  nome dele estampa o jornal….

COMENTE AQUI