Senado pode estender por 15 anos isenção para igreja

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Apesar da previsão de déficits de R$ 80 bilhões este ano e mais de R$ 124 bilhões em 2020, senadores podem estender, por 15 anos, isenções, incentivos e benefícios fiscais para templos e entidades beneficentes.

O PLP 55/19 teve tramitação rápida no Senado e foi aprovado por unanimidade na Comissão de Assuntos Econômicos. Seguiu para o plenário em regime de urgência. A isenção foi encerrada em 2018.

Último Segundo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    É pouco, deveria estender essa isenção por pelo menos uns 50 anos. Afinal de contas, o contribuinte sabe que o Estado é laico e sempre foi compreensivo com suas igrejinhas.

    • Diogo disse:

      Eu já acho que além da isenção, o Estado deveria destinar uma parte do orçamento para as igrejas, bem como exigir que tenham cotas no serviço públicos para pessoas que professam a fé…

    • Cristian disse:

      Os abnegados da universal do reino de deus, concordam com você.

  2. Sergio disse:

    Ninguém vai protestar?
    Não vai ter manifestação no domingo?
    Ninguém vai bater panela?
    Onde estão o Marcos Feliciano, Magnus Malta, Silas Malafaia é Edir Macedo?
    Povo honesto esse, composto de evangélicos envolvidos com politicagem.
    Comerciantes da fé. Vendilhões do templo. Túmulos caiados.

  3. manoelzinho disse:

    Vagabundagem pura dos políticos e dos religiosos.

COMENTE AQUI