Sesap promove semana de acolhimento dos 18 médicos estrangeiros

_ReuniãoOs 18 médicos estrangeiros do Programa Mais Médicos que vão atuar nas unidades básicas de saúde do Estado iniciaram nesta segunda-feira (16) a semana de acolhimento, que irá acontecer até sexta-feira (20). As atividades serão realizadas no Hotel Praiamar, em Ponta Negra. A previsão é de que no dia 23 eles comecem o trabalho nas unidades básicas de saúde dos municípios.

As atividades de acolhimento estão sendo promovidas pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e Ministério da Saúde, com o objetivo de repassar aos médicos conhecimentos sobre o Sistema Único de Saúde (SUS) e as especificidades da realidade do local onde irão atuar.

Os municípios de Natal, Ceará-Mirim, Macaíba, Riacho de Santana, São Miguel, São Tomé, São Miguel do Gostoso e Touros irão receber os profissionais estrangeiros.  Dos 18 médicos que irão atuar a partir do próximo dia 23, há dois espanhóis, seis brasileiros com formação em outros países (Espanha, Argentina e Rússia), um boliviano com atuação na Espanha, sete cubanos, um italiano e um ucraniano com atuação em Portugal.

Os profissionais chegaram a Natal na manhã do último domingo (15) e foram recepcionados por representantes da Sesap, do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e do Ministério da Saúde.

No primeiro dia de acolhimento, foi promovida uma roda de conversas para apresentação e intercâmbio de experiências. Os participantes puderam falar sobre a atuação nos países de origem e as diferentes experiências em saúde da família vivenciadas em outras realidades. “Este momento foi uma oportunidade para cada um relatar um pouco de suas experiências e expectativas em relação ao Programa”, disse Uiacy Alencar, técnica da Sesap e coordenadora do Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab) no Estado.

Na terça-feira (17), a partir das 8h30, o encontro terá a presença do Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca, do Secretário Adjunto da Saúde Pública, Marcelo Bessa, dos secretários de saúde dos municípios que irão receber os médicos, além dos 16 brasileiros que aderiram ao Programa e já estão atuando.

A programação de acolhimento inclui, ainda, a apresentação das áreas temáticas de saúde da criança, do homem, do adolescente, do idoso, da mulher, saúde mental e saúde bucal; além das áreas de alimentação e nutrição e Práticas Integrativas e Complementares da Saúde; apresentação do perfil epidemiológico do Estado, informações sobre Atenção Básica, Vigilância em Saúde, Assistência Farmacêutica e treinamento do Programa Telessaúde.

Além dos profissionais estrangeiros, 16 médicos brasileiros já estão em exercício nos municípios de Bom Jesus, Caraúbas, Extremoz, Lagoa de Pedras, Macaíba, Monte Alegre, Natal, Olho d’Água do Borges, Porto do Mangue, Serra Caiada e Touros.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maurício Giovani disse:

    Quando é que vai ser a cerimônia de quebra das correntes e expedição de Carta de Alforria a estes sofridos escravos médicos cubanos que têm que pagar aos seus senhores maior parte dos seus salários causando expropriação e exploração indevida de dinheiro fruto do seu trabalho, com direito a nota de desagravo em favor destes contra o regime de escravidão dos tiranos ditadores irmãos Castro? Vamos aguardar a Comissão de Direitos Humanos da OAB marcar uma data para o evento, que deverá ser com pompas e circunstâncias, afinal, "a OAB abomina veementemente, violações dos Direitos Humanos". Estamos aguardando!

COMENTE AQUI