Pandemia do novo coronavírus entra numa semana estratégica para contenção ou disseminação do contágio, alerta Sesap

Fotos: Demis Roussos

A pandemia do novo coronavírus entra numa semana estratégica para contenção ou disseminação do contágio. O alerta foi feito pelo secretário adjunto da Saúde Pública no RN, médico Petrônio Spinelli, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (20) para atualizar o quadro de ocorrências.

“Esta semana é estratégica e exige reflexões. O Governo do RN continua em processo de expansão de leitos para assistência a casos críticos em todo o Estado. São leitos em Natal e Mossoró, e também em cada região. A ideia é que todas as regiões tenham pontos de estabilização incluindo respiradores, seja pontos públicos ou privados. Este esforço vem dando resultados sim”, afirmou.

O Rio Grande do Norte apresenta nesta segunda-feira (20) aumento do número de internados, mas uma percentagem de ocupação de leitos críticos (em unidades de terapia intensiva e semi-intensiva) está estável (21%), devido ao aumento da oferta. Hoje há 91 pessoas internadas em leitos críticos e observação, 16 casos em UCI (Unidades de Cuidados Intermediários) confirmados e oito suspeitos, e 18 internados em leitos clínicos.

Os casos suspeitos são 2.785. Descartados 2541. Confirmados, em 46 cidades, 595 casos. São 161 pessoas recuperadas. Há notificações em 151 municípios. São 27 óbitos e sete em investigação.

“O diagnóstico de hoje é a fotografia do que aconteceu 10 ou 14 dias atrás. Nos últimos dias vimos um processo extremamente preocupante de aglomerações. E essas aglomerações de hoje terão repercussão nos próximos dias com possível aumento de casos. Não termos colapso no nosso sistema de saúde é resultante das ações normativas, dos decretos do Governo do RN tomou. E também da compreensão da sociedade que adere às medidas de proteção”, explicou Petrônio.

O secretário, entretanto, alertou: “precisamos entender que todas as medidas de mitigação foram fundamentais para o quadro atual. Mas, tudo isso pode ser neutralizado pelas aglomerações dos últimos dias. O Governo do RN tem como meta evitar mortes, salvar vidas, por isso toma medida baseadas no conhecimento científico que devem ser respeitadas. É preciso intensificar proteção aos idosos e generalizar o uso de máscaras. Isso é comprovado mundialmente”, afirma.

MUDANÇA NO PERFIL

A análise do perfil da contaminação, explicou Spinelli, mostra que nos estados em que o sistema de Saúde está em colapso, ou perto disso, como Amazonas, Ceará e São Paulo, apresentam mudança no perfil da pandemia. Antes a maior parte dos contaminados eram pessoas que viajaram. Hoje a contaminação é comunitária e chegou às periferias como está comprovado em São Paulo e aconteceu em Nova York. E está tem sido característica também no RN com a contaminação indo ao interior.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Clebson disse:

    Me impressiona o grau de "deseducação" de alguns "brasileiros-patriotas". Parece até que a Covid-19 surgiu na semana passada e aqui no Brasil. Se fosse algo tão novo assim, comentários como os vistos aqui em em dezenas de outros locais, não me espantariam. Mas vimos o que ocorreu e está acontecendo na China, Itália, Espanha, Irã, Reino Unido, Estados Unidos (pásmen!). Temos FATOS e EXEMPLOS! Do que deu errado e do que deu minimamente certo para conter a pandemia. Mas a seita que segue o atual "presidente?" é de um grau de ignorância (nos sentidos de falta de conhecimento e brutalidade, afinal, tem um mito por exemplo) que me surpreende.

  2. Pedro disse:

    Kkkkkkkk…….esse desgoverno e irresponsável e míope (sem desmerecer os últimos) muita farra, mentira, desmantelo, e desorganização. O secretário um abestalhado incompetente, uma governadora inábil e fraca.

  3. Luan disse:

    Toda semana é a semana estratégica, desde março que eles repetem a mesma conversa, estão mais perdidos que cego em tiroteio

A semana que pode salvar a Itália e dizer quando a crise vai acabar

No meio da morte, desponta uma flor: da Itália pode vir resposta para pergunta que o mundo inteiro faz Flavio Lo Scalzo/Reuters

Será que o pico está começando a passar?

Esta é a pergunta que, mesmo com todas as cautelas, paira nas mentes e corações de muitos.

Três números a sustentam, ainda fragilmente: 793, 651, 601.

Equivalem aos mortos no sábado do pico, no domingo e ontem.

Pela marcha do avanço massacrante do vírus, na segunda seria atingida a terrível marca dos mais de mil mortos, explodindo para dobrar o número de vítimas em toda a China (eram 6.078 ontem).

“É cedo demais para dizer”, insistem todos os especialistas.

“Ainda não atingimos a fase mais aguda da contaminação e os números continuam a subir”, avisou o primeiro-ministro Giuseppe Conte.

Mas cientistas como Michael Levitt, um biofísico de Stanford e Nobel de Química em 2013, estão dispostos a se arriscar.

Obviamente, com base em números.

Levitt estudou os números da China e, com base neles, dispõe-se a falar o que o mundo inteiro quer ouvir: “Nós vamos ficar bem”.

Acha que a epidemia não vai se estender durante meses e até anos, como projetam outros especialistas.

O cientista identificou a tendência na China no dia 31 de janeiro, quando as mortes passaram de 42 para 46.

Apesar do aumento, o ritmo das mortes estava diminuindo.

“Vão diminuir mais ainda ao longo da semana”, escreveu. Três semanas depois, garantiu que o pico tinha passado. Fez até uma previsão incrível: a China acabaria tendo cerca de 80 mil casos da nova doença e cerca de 3.250 mortes.

Com Wuhan finalmente saindo da quarentena, as barreiras nas ruas sendo retiradas e moradores saindo de casa para seguir as ordens de “restaurar plenamente” a produção, mesmo em meio a desconfiança nas informações do governo, a China tinha 3.277 mortes pela contagem mais recente e 81.171 contagiados registrados.

Levitt tem nacionalidade americana, britânica e israelense e muitos contatos na China por causa do trabalho da mulher, estudiosa de arte chinesa.

Entrou de cabeça no assunto quando o índice de aumento na província de Hubei estava em 30% por dia – uma fase que está sendo vivida e ultrapassada pela Europa agora.

“Não sou especialista em influenza, mas sei analisar números. Isso é crescimento exponencial”, disse o cientista ao Jerusalem Post.

Se continuasse assim, o mundo inteiro estaria contaminado em 90 dias.

Atingiu o ápice diário de 4.700 novos casos em 6 fevereiro, mas a partir do dia seguinte, começou a refluir.

“O número de novas infecções começou a cair linearmente e não parou mais. Uma semana depois, aconteceu o mesmo com o número de mortes. Esta mudança dramática na curva marcou o ponto médio e permitiu uma previsão melhor sobre quando a pandemia iria acabar”.

Os modelos exponenciais calculam que cada pessoa pode contagiar mais 2,2 e assim continuará a fazê-lo, encontrando novas pessoas.

“Mas no nosso círculo social, encontramos basicamente as mesmas pessoas”, diz Levitt.

As “novas” são em ambientes públicos. Daí a importância do distanciamento e até do isolamento.

Levitt tem outras análises fora do senso comum. Basicamente, acha que a maioria das pessoas é naturalmente imune ao vírus.

Como fazer uma afirmação dessas, ousada, perigosa ou até potencialmente criminosa?

Nas condições “extremamente confortáveis” para a propagação do novo corona no navio de turismo Diamond Princess, onde todos os passageiros e tripulantes ficaram trancados numa tétrica quarentena, “apenas 20% foram infectados”.

Em Wuhan, o índice total de infectados foi de 3%.

Com suas análises audaciosas, Levitt responde, mesmo indiretamente, a pergunta mais desesperadamente presente: quando isso vai acabar.

É, evidentemente, a mais crucial das perguntas, tanto em termos de decisões para a saúde pública quanto para a economia – e a política, claro.

Donald Trump, por exemplo, já deu sua opinião: quer retomar logo a produção ou até mantê-la em áreas pouco afetadas dos Estados Unidos, onde já há mais de 40 mil casos com testes positivos.

“A América irá, e em breve, abrir as portas para os negócios.”, disse ele ontem.

“Muito breve. Bem mais cedo do que os três ou quatro meses que estão sugerindo. Não podemos deixar a cura ser pior que o problema”.

Como decidir isso é a pergunta de quatro trilhões, ou mais, de dólares.

Minimizar o número de vítimas da epidemia e conciliar isso com a ressuscitação da economia são tarefas vitais que precisam ser respondidas ao mesmo tempo, em plena crise.

Da pequena fresta de esperança que se abriu na Itália, onde gerações de cidadezinhas inteiras de idosos estão morrendo e sendo enterrados na solidão do coronavírus, talvez despontem também as primeiras respostas.

Veja

 

“DESERTO” – (FOTOS): Avenida Hermes da Fonseca, em Natal, no que seria horário de pico neste fim de manhã, tem cenário de feriado

Fotos: Reprodução/Via Certa Natal/Hudson Silvestre

Registro do Via Certa Natal nesta quinta-feira(19) impressiona e deverá ficar marcado na história. A Avenida Hermes da Fonseca, às 12h25, em tradicional horário de pico, sem nenhum trânsito. Cenário triste, mas, ao mesmo tempo, de esperança e conscientização da população em prevenção ao contra o coronavírus.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jeane Galvão disse:

    Adv…vocês que fazem comentários ,sem fundamentos,críticas sem futuro…faça um comentário construtivo,uma palavra de apoio ,acalme der uma palavra ou frase positiva para passamos juntos essa pandemia ,isso não é hora de ter rancor e ódio ,ou colocar culpa nos outros. Fale de amor ao próximo a sua família a seus amigos ,somos todos iguais #ficaADica

  2. Leo disse:

    E o desgoverno petista aqui no RN, so fechando hospitais……….É Gópi,É Gópi…….

  3. Rafael disse:

    Culpa de Bolsonaro.kkkkk

    • Fulgêncio disse:

      Culpa do vírus chinês, jumento.
      O que Bolsonaro tem haver com isso.
      Tenha cuidado pra não pegar viu!!

  4. Everton disse:

    E o safado do presidente dizendo q é fantasia/histeria!! Na Itália não tem nem vagas nos cemitérios mais! Vagabundo safado!!!

    • Minion alienado disse:

      Fale isso do presidente não, os minions irão se manifestar. Vão ficar lembrando do petê.

    • Nica disse:

      Presidente🤮🤮🤮🤮🤮

    • François Cevert disse:

      A culpa é da China… A resposta da vez.

    • Brasil Acima de Todos disse:

      Qual foi o presidário, ops, o presidente que falou que copa na se fazia com hospitais e sim com estádios construídos pelos seus comparsas? 🤔

    • Pedro disse:

      Ceará mundão, esse rapaz aqui tá falando mal do bozoloide, vem cá e traz um pano…kkkkk

Com anúncio de Pandemia do coronavírus, Ibovespa cai mais de 10% e aciona circuit breaker pela 2ª vez na semana

Foto: Luiz Prado/Divulgação/VEJA

Pela segunda vez na semana, a Bolsa de Valores de São Paulo entrou em circuit breaker, ferramenta que para as negociações no mercado financeiro. O mecanismo foi acionado por volta das 15h14, quando o índice marcou 10,11%, aos 82.887 pontos, menor patamar do Ibovespa desde outubro de 2018. O pânico no mercado se acentuou após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar a doença causada pelo novo coronavírus (Covid-19) como pandemia. O dólar comercial subia 1,65%, vendido aos 4,72 reais.

A parada é usada como ferramenta de segurança para interromper todas as operações da B3, disparada quando ocorrem fortes quedas atípicas nos preços das ações. Após o retorno, caso caia mais 5%, um novo circuit breaker é acionado por uma hora. Se no total a bolsa cair 20%, os negócios são parados em definitivo no dia.

Na segunda-feira, os negócios foram interrompidos logo na abertura do pregão, devido à crise do petróleo e ao aumento das preocupações do coronavírus. Ao final do pregão, a bolsa caiu 12%. Na terça-feira, o Ibovespa subiu 7%, reagindo à baixa recorde da véspera.

“Estamos profundamente preocupados com os níveis alarmantes de disseminação e severidade e com os níveis alarmantes de inação. Por isso, avaliamos que o Covid-19 pode ser caracterizado como uma pandemia”, afirmou o diretor-geral da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus em entrevista coletiva. A notícia também desanimou mercados no mundo todo. Na tarde desta quarta, os índices caiam na casa de 5%.

Veja

Maple Bear Natal promove semana de incentivo à leitura e socialização entre crianças, pais e professores

Foto: Divulgação

INFORME PUBLICITÁRIO

Um momento lúdico e especial para as crianças da educação infantil e seus pais, aguardado ansiosamente pelos pequenos, está reunindo as turmas ao longo desta semana na Maple Bear Natal. É a “Pajama’s Night”, ou Noite do Pijama, evento de incentivo à leitura e literatura familiar, que mostra que ler para os filhos – além de incentivar o aprendizado – pode ser um delicioso momento em família.

O evento, na segunda semana de aulas, é também uma oportunidade de socialização entre crianças, pais e professores. Em todas as turmas da educação infantil estão sendo trabalhadas em sala de aula clássicos da literatura para crianças pequenas, em inglês e português, com diferentes grupos a cada noite, de segunda a sexta, sempre entre 18h e 19h.

Fernanda Gondim, mãe da Lara, de 4 anos, da turminha JK, e da Helena, de um ano e oito meses, conta que Lara nem dormiu a soneca da tarde ansiosa pelo evento.

“Acho excelente a iniciativa. A escola estimula bastante a leitura, e tirar da rotina de sala de aula para um momento diferente proporciona a eles curtirem a escola de outra forma”, comentou. Fernanda completa: “e a gente vê que dá para fazer um momento assim em casa com eles”.

Vendas sobem 9,9% na semana da Black Friday, aponta Serasa

As vendas do comércio de rua e shopping centers cresceram 9,9% entre os dias 29 de novembro a 1º de dezembro, período da Black Friday, comparadas ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. Na semana que antecede a data, entre 19 a 25 de novembro, foi registrada alta de 9,2% nas vendas.

“O resultado reflete a melhora já esperada pelo setor varejista e acompanhou o crescimento das duas últimas datas comemorativas do comércio [Dias dos Pais e Dia das Crianças]”, disse a Serasa.

Ainda segundo economistas do Serasa, “o período também foi influenciado pelo aumento em massa da renda da população com a liberação da primeira parcela do 13º salário e do saque do FGTS que, aliados à queda dos juros e da inflação, beneficiaram o varejo e impactaram positivamente as vendas da Black Friday”.

Agência Brasil

OPORTUNIDADE: Bancos iniciam semana de renegociação de dívidas no dia 2, com descontos de até 92%

Foto: Arquivo

Entre os dias 2 e 6 de dezembro, os maiores bancos do país vão promover a Semana de Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Federação Brasileiras de Bancos (Febraban) como a primeira ação do acordo de cooperação técnica entre a entidade e o Banco Central (BC), assinado na última quinta-feira (dia 21). Os bancos vão oferecer condições especiais para renegociar dívidas, com descontos de até 92%.

Vão participar da ação o Banco do Brasil (BB), Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander, com 329 agências bancárias em todo o país abertas até as 20h para oferecer orientação financeira, conteúdo para administrar o orçamento pessoal e possibilidade de negociar dívidas em atraso.

— Cada instituição terá sua política própria de renegociação, mas há o compromisso de que, durante a semana, haverá condições especiais de negociação, com o objetivo de se chegar a acordos sustentáveis e resgatar a capacidade financeira do consumidor — afirmou o diretor de Autorregulação da Febraban, Amaury Oliva.

A negociação ainda poderá ser feita nas agências desses bancos localizadas em todo território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições financeiras e pela plataforma consumidor.gov.br.

Nos canais digitais, também participarão da inciativa o Banco Votorantim e o Safra. A lista completa das agências participantes e o conteúdo de educação financeira está disponível na página paporetocomfebraban.com.br/negociar.

Segundo o coordenador do MBA em Gestão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV), Ricardo Teixeira, a oportunidade é boa, e os devedores devem focar em quitar as dívidas. Mas, antes de tudo, é preciso analisar o orçamento e ver qual é o valor máximo que se pode pagar:

— É importante ver o quanto o cliente pode oferecer para chegar com uma proposta de quitação com um grande desconto. Considere usar o 13° salário e qualquer recurso extra. Se não for possível quitar tudo, veja o que é possível quitar com juros maiores e parcele o resto. Mas, para não se enrolar novamente, a dívida não pode ultrapassar 20% de sua renda líquida mensal.

O Bradesco e o Itaú ainda não informaram suas condições.

Extra – O Globo

Esta e a próxima semana podem ser as mais baratas para comprar passagens tanto nacionais quanto internacionais para festas de fim de ano

Skyscanner: Rio é destino nacional mais buscado para fim de ano (Richard Santos/Riotur/Divulgação)

Esta e a próxima semana podem ter os preços mais baratos para comprar passagens aéreas tanto nacionais quanto internacionais para as festas de fim de ano. Ao menos foi assim em 2018, de acordo com um levantamento feito pelo site de busca e comparação de passagens Skyscanner, que verificou as médias dos preços cobrados semana a semana, ao longo do ano passado, para voos nos dias do Réveillon.

Para destinos nacionais, o levantamento mostrou que a semana mais barata do ano para comprar passagens de avião para o feriado de fim de ano foi entre os dias 7 e 12 de outubro, com valores médios de 922,74 reais. É uma economia de 34% em relação à semana mais cara, que é aquela da última hora: entre 30 de dezembro e 4 de janeiro, o preço médio dos mesmos voos sobe para 1.404,42 reais.

Para voos internacionais, o melhor preço deve ser na próxima semana, entre os dias 14 e 19 de outubro. Pelo levantamento do Skyskanner, o preço médio praticado nesses dias ficou, no ano passado, em 1.836,16 reais. Já os valores mais caros, para o caso de viagens internacionais no Ano Novo, ficaram na semana de 5 a 10 de agosto, custando em média 2.944,97. A economia entre a semana mais cara e a mais barata, neste caso, é de 38%.

Ainda de acordo com o Skyscanner, os destinos nacionais mais buscados para viagens no Ano Novo neste ano até aqui até são Rio de Janeiro e Salvador, seguidos por São Paulo e Fortaleza. Entre os internacionais, Lisboa e Miami lideram, seguidos por por Buenos Aires e Santiago.

Exame

Veja um pouco do que rolou de legal na Ratts Ratis nesta semana

SEMANA DE TRABALHO DA RATTS RATIS

MEGGASOLAR E RATTS CHEGAM A TERESINA

Pra onde a MeggaSolar vai, a gente vai atrás. Estamos chegando a Teresina, capital do Piauí. A empresa de energia solar que mais cresce no país é cliente Ratts Ratis.

DIA DO CLIENTE: DA RATTS E DOS CLIENTES DA RATTS

15 de setembro é o dia daquele que justifica nossa existência.É claro que a Ratts não iria deixar passar em branco. Criamos várias peças para nossos clientes.

NOVO SITE CLIUN

O novo site do nosso cliente CLIUN, a melhor clínica de urologia de Natal, e que vai agregar estrutura de marcação de consultas e integrar com as redes sociais do cliente, está no ponto pra ir pro ar. Últimos ajustes. Mais um belo trabalho da equipe da Ratts.

Quer trabalhos assim pro seu negócio? Passa um zap pra gente: 99981-1112.

Previsão da Emparn é de céu parcialmente nublado com pancadas de chuvas fracas entre esta segunda e domingo em Natal, região e interior; confira cada dia

A semana começa com predominância de céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado e possibilidades de ocorrências de pancadas de chuvas fracas e isoladas no Leste do Estado devido a atuação do sistema de brisa e essa condição predominará durante toda a semana. Essa é a previsão da Unidade de Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), para o período de 9 a 15 de setembro. Segundo o meteorologista Gilmar Bristot, as temperaturas, tanto as máximas como as mínimas deverão se manter próximo das normais que deverão variar na capital entre as mínimas de 22º C, as máximas de 29,0º C. Para o interior nas regiões serranas, as mínimas poderão chegar a 21ºC e as máximas a 35ºC.

Para a semana as revisões são as seguintes: Hoje (09/09), céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas fracas e isoladas na região leste. Amanhã (10/09), também com céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas fracas e isoladas na região leste. Na quarta-feira (11/09), o céu permanece parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas fracas e isoladas na região leste. A quinta-feira (12/09) será de céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com possibilidades de pancadas de chuvas fracas e isoladas na região leste.

Na sexta-feira (13/09) o céu fica parcialmente nublado a claro em todo o Estado, com possibilidade de pancadas de chuvas fracas e isoladas na região Leste. O sábado, dia 14, será de céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado, com possibilidade de pancadas de chuvas fracas e isoladas na região Leste. O domingo, dia 15, será de céu parcialmente nublado a claro em todo o estado, com chuvas fracas e isoladas na região Leste.

Chuvas

O fim de semana, da sexta-feira (06) até a manhã desta segunda-feira (09), foi marcado por chuvas nos municípios de Boa Saúde, Tangará, São Gonçalo e Natal, entre outros do Agreste e Leste do RN.

Veja um pouco do que a Ratts Ratis fez esta semana

Pedro Ratts
@rattscom

INAUGURAÇÃO NOVA LOJA BOMDIA SUPERMERCADO

Criamos uma estratégia com outdoor, mídia online, rádio e encartes que parou a cidade de Ceará-Mirim e encheu a loja do nosso cliente BomDia, a rede de supermercados que mias cresce no Rio Grande do Norte.

NAMING E BRANDING PARA BEEJOUX

Criamos nome e logomarca para a Beejoux, uma nova marca de bijuterias que vai conquistar os pulsos, orelhas e pescoços femininos da cidade. Em breve tem lançamento da marca.

SINALIZAÇÃO DA FROTA DA MEGGASOLAR

Fizemos toda a sinalização da frota do nosso cliente MeggaSolar, a empresa de energia solar que mais cresce no país.

Quer ideias assim pro seu negócio? Passa um zap agorinha mesmo pra gente 99981-1112.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nélio Wanderley disse:

    Melhor agência do RN. Proficionalismo em alto nível…

    • Cigano Lulu disse:

      "Proficionalismo (sic) em alto nível…" mas ainda às voltas ente "essa" e "esta" semana.

Semana da Água é aberta com seminário no Parque da Cidade

????????????????????????????????????

O Prefeito Carlos Eduardo participou na tarde desta segunda-feira, 21, no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, da abertura da Semana da Água em Natal. O evento, que começa hoje e se estende até o dia 23, é promovido pela Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico de Natal (Arsban) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e Natal Shopping.

O Prefeito Carlos Eduardo falou da importância da Semana da Água como forma de conscientização da população natalense. “Esse seminário é uma forma de conscientizar, educar e informar a população a respeito da importância da água, um bem tão precioso para todos”, afirmou. O Chefe do Executivo Municipal falou ainda sobre a satisfação do evento ser realizado no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. “Não tinha local mais adequado para realizar a Semana da Água senão aqui no Parque da Cidade. São 136 hectares da maior reserva de água dessa cidade. É um grande lençol freático protegido da poluição. É uma reserva de grande importância para o futuro da cidade de Natal”, disse o Prefeito.

Na edição deste ano, que terá como tema “Água é vida que continua: Qualidade. Universalidade. Responsabilidade”, serão realizados seminários, mesas redondas, apresentação cultural e uma série de atividades educativas e de orientação sobre a importância da água e o consumo consciente, além de ecoblitz, ecocine e ações da campanha de prevenção das doenças de veiculação hídrica, com distribuição de panfletos e hipoclorito de sódio.

A Ecoblitz, será realizada no dia 22, no Natal Shopping, das 10h às 22h; e no dia 23, na área de lazer do conjunto Panatis, das 16h às 18h. Haverá também o Ecocine, com exibição de filmes ecológicos pela UFRN, no Parque da Cidade, nos dias 22 e 23. As ações da Campanha de Prevenção de Doenças de Veiculação Hídrica serão realizadas nas comunidades Cavaco Chinês, no bairro Lagoa Azul, na zona Norte; no bairro Planalto, na zona Oeste; Alecrim, na zona Leste, e Lagoa Nova e Ponta Negra, na zona Sul.

“Nosso grande objetivo é conscientizar gestores e cidadãos sobre como utilizar e valorizar a água. Trabalharemos ao longo desses dias o tema água sobre três vertentes: responsabilidade, universalidade e qualidade. Realizaremos também esse ano, além da semana da água, diversas campanhas educativas sobre o tema”, comentou o Diretor Presidente da Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico de Natal, Cláudio Porpino.

Uma audiência pública no dia 23, às 8 horas, na Câmara Municipal de Natal (CMN), apresentará o Relatório Final do Plano Municipal de Saneamento Básico e Minuta da Política Municipal de Saneamento Básico.