Torcedor morre de ataque cardíaco durante jogo no Itaquerão entre Argentina e Suíça

Um torcedor brasileiro morreu durante o jogo entre Argentina e Suíça, na terça-feira (1º), no Itaquerão, na zona leste de São Paulo. Antônio Ferreira, de 63 anos, tinha problemas cardíacos, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Ele foi levado de ambulância ao Hospital Santa Marcelina, perto do estádio. A morte do idoso é a segunda divulgada durante a Copa do Mundo.

No último sábado (28), um torcedor carioca de 69 anos morreu após sofrer um infarto no Mineirão durante a partida entre Brasil e Chile, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Identificado como J.O, ele foi socorrido inicialmente dentro do estádio e encaminhado por uma ambulância particular da Fifa para o Lifecenter, hospital na região centro-sul da capital mineira. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, o paciente é diabético e hipertenso. Ele teria passado mal inicialmente no estádio, devido à um pico de glicemia.

A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo informou que 145 atendimentos foram realizados dentro do Itaquerão, com quatro remoções para hospitais da região. No entorno do estádio, foram 11 atendimentos médicos. Uma pessoa foi levada ao hospital.

Na Fan Fest, até às 18h, o Ciocs (Centro Integrado de Operações Conjuntas de Saúde) registrou 28 atendimentos médicos. Uma pessoa foi encaminhada à Santa Casa, número considerado baixo, visto que todos os atendimentos foram feitos no próprio Vale do Anhangabaú pela empresa contratada pela Fifa. No local, estão instaladas duas ambulâncias básicas e uma Unidade Tratamento Intensivo (UTI).

Na Vila Madalena, onde a festa costuma prosseguir pela madrugada, foram instaladas quatro ambulâncias com dez socorristas, além de oito homens do Corpo de Bombeiros para prestar atendimento aos torcedores.

Agência Record