Judiciário

Mãe acusada de matar bebê de 8 meses em Natal continua em liberdade

A ré confessa Josenilde Lopes de Mendonça, acusada de ter assassinado o filho de apenas 8 meses(encontrado em uma cama, coberto por um lençol, com hematomas na região do rosto), dentro do imóvel em que morava no bairro de Nova Descoberta, Zona Sul da capital, em fevereiro deste ano, continua em liberdade, após decisão da 3ª Vara Criminal de Natal.

A acusada, que havia confessado o crime, mudou a sua versão e nega o homicídio, afirma sua defesa. Josenilde, que alega ser usuário de drogas, sendo internada diversas vezes, realiza um tratamento psicológico e psiquiátrico e teve sua prisão relaxada em decorrência dos “problemas” apontados.

Nesta quarta-feira (11), a acusada participa de uma nova audiência de instrução, quando deverá ser conhecido se o caso será levado ao júri popular ou não.

Opinião dos leitores

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Que piada é esta? A demônia mata uma criança indefesa e inocente e ainda vão decidir se terá juri popular. Mas, pensando bem, não devia ter juri mesmo, pois ela devia ir direto para a penitenciária. Outra coisa que me chama a atenção é "audiência de instrução", a impressão que dá é que esta senhora está sendo muito bem tratada. Coitada da criança. Ainda bem que existe a justiça de Deusqu e ao contrário da nossa: Funciona.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *