Presidente da OAB vai ao STF contra Bolsonaro

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, decidiu interpelar Jair Bolsonaro pelas declarações que o presidente deu sobre o seu pai.

Horas atrás, Bolsonaro disse que “se o presidente da OAB quiser saber como o pai desapareceu no período militar, eu conto para ele”.

Santa Cruz já constituiu o advogado Cesar Brito para entrar com uma ação na STF “para que o presidente diga o que sabe” sobre a morte de Fernando Santa Cruz, ocorrida em março de 1974.

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    Esse babaca da IAB se acha a "última Coca-Cola" do deserto. …e adora holofotes.

  2. Fernando disse:

    O que o STF tem com isso, petralha babaca. Brasil não é a ditadura da Venezuela, que vocês tanto sonham para o Brasil. Aqui ninguém força a ninguém a falar nada, quanto mais um presidente

  3. #OAB🤣 disse:

    Essa OAB só defende oque NÃO PRESTA ….essa entidadezinha deveria se preocupar com os 60 dias de férias dos chefes deles ( juízes) com + 15 dias de férias forense,…..justiça lenta e essa OAB preocupada com a vaga do 5 constitucional, síndica de motorista da mais resultado para seus associados fique essa OAB

  4. Cidadão disse:

    Ficou com raivinha

TSE multa coligação de Haddad por impulsionar conteúdo contra Bolsonaro

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), candidatos à Presidência da República (Dida Sampaio/Estadão Conteúdo – Andre Penner/AP)

O Tribunal Superior Eleitoral aplicou uma multa de 176.515,18 reais a Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência da República, e à sua coligação pelo impulsionamento de conteúdo considerado negativo a Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018.

A representação foi movida pela coligação encabeçada pelo capitão do Exército contra o impulsionamento do site “A Verdade Sobre Bolsonaro”. Para o ministro Edson Fachin, o nome já sugeria conotação negativa.

O processo cita que foi veiculada no site trechos de um editorial do jornal New York Times que vê Bolsonaro como “triste escolha ao Brasil” e afirma que o então candidato do PSL tem pontos de vista repulsivos.

Em seu voto, o ministro Fachin observa que não se tratou “unicamente da reprodução de matéria jornalística amplamente divulgada”, como argumentou a defesa da coligação do PT, mas que foram selecionados apenas destaques do texto.

O ministro acrescenta que o objetivo da regra inserida pela Minirreforma Eleitoral, de 2017, não é o de coibir a veiculação de críticas aos candidatos, mas a contratação do impulsionamento desse tipo de conteúdo.

O valor foi estipulado em duas vezes a quantia que o PT pagou ao Google para impulsionar o conteúdo porque o gasto superou os 30.000 reais, parâmetro máximo da multa prevista para este tipo de infração.

Veja

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Augusto disse:

    Volta pra jaula, BOBOSSAUROS!!! Muita raivinha pra tanta besteira.

    • PT Falido disse:

      Augusto, já sei que ensinas aos filhos serem iguais ao papai Lula, não é?

  2. # LULA NA CADEIA disse:

    Esses PTralhas são tão cretinos que na campanha viviam em igrejas, missas , mudaram a cor da roupa de VERMELHO para verde ……agora NÃO PASSAM NEM NA FRENTE DE UMA IGREJA , POVO NOJENTO

  3. Victorino disse:

    PT sendo ele mesmo, o atraso desse país, partido sem compromisso com a verdade. Vergonha

    • Carla Campos disse:

      Interessante. será que a populção não está vendo o desmando do governo Bolsonaro? A inconpetência do Ministro da Educação? A falta de coerência do próprio Bolsonaro? Quando nas entrevista não tem coerência nas suas respostas? O PT não presta. Porém esse governo até agora não disse a que veio.