Polícia interrompe festa em Mossoró e leva mais de 100 pessoas para delegacia

Uma denúncia no município de Mossoró levou policiais militares a uma festa que acontecia em uma chácara localizada perto da sede da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), e na condução de mais de 100 pessoas à Delegacia de Plantão da Polícia Civil na madrugada do domingo (26). De acordo com a Polícia Militar, uma denúncia informou que o evento era promovido por uma facção criminosa. Na ocasião, duas armas foram apreendidas no local.

Segundo a PM, após a denúncia, diversas viaturas se dirigiram ao local em que se encontravam 36 mulheres e 70 homens, entre eles adolescentes. Durante vistoria no local, os policiais acharam e apreenderam duas armas e munições, mas ninguém assumiu a posse do material. Celulares ainda foram apreendidos para averiguação.

Apesar de toda a movimentação, ninguém ficou preso, porque a polícia não conseguiu apontar o suspeito responsável pelas armas.

Sobre o espaço da festa, o dono da chácara informou aos policiais que o local é alugado para eventos e que foi a primeira vez que a locação resultou neste tipo de desfecho. O proprietário informou que o imóvel foi alugado por 24 horas a uma moça que alegou que usaria o espaço para uma festa de aniversário para 40 convidados.