Eurico Miranda dispara metralhadora. Sobrou até para Andrés Sanchez e o Itaquerão

Candidato a presidência do Vasco para a próxima eleição do clube, Eurico Miranda disparou sua metralhadora giratória contra os críticos. Ele não poupou nem Andrés Sanchez e o Itaquerão.

“Você acha que eu posso concordar que o Corinthians seja beneficiado com R$ 500 milhões do BNDES? E os outros? Você acha que o Andrés Sanchez está lá, ele diz que é pai, avô, filho, não sei mais o que do Itaquerão, você acha que ele está lá de graça? Por que eles não venderam até agora aqueles naming rights? Pergunta quem vai ganhar com os naming rights”, questionou ao jornal Estado de S. Paulo.

Perguntado pela reportagem do jornal se ele sabia a resposta da questão que ele mesmo fez, Eurico foi evasivo. “Não, sei. Apure, você tem obrigação. Eu tô dizendo”.

A crítica de Eurico Miranda ao Itaquerão foi motivada pela bronca demonstrada pelo candidato a presidência do Vasco sobre a tendência de “espanholização” do futebol brasileiro.

“Detonaram o Clube dos Treze. Distorceram o futebol. Hoje, caminhamos para a espanholização do futebol brasileiro. Querem transformar dois clubes como Barcelona e Real Madrid e deixar os outros como coadjuvantes. Esses clubes seriam Flamengo e Corinthians”.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dionísio disse:

    Raposa sabe muito bem o que tem e como cuidar do galinheiro.
    Deve falar com profundo conhecimento de causa.
    Quantas vezes esse senhor quando era dirigente do vasco saia do jogo com uma sacola de dinheiro e no outro dia ia dar parte dizendo que havia sido roubado?
    Já esqueceram daquela final entre o vasco e o são caetano?
    Ele em "sociedade" com caixa dágua, literalmente vaziam chover no futebol brasileiro.

  2. alexandre medeiros disse:

    O sr. Eurico já faz parte do folclore policial, nada mais justo do que revindicar um naco do bolo que está sendo servido nessa copa do mundo .

PM prende suspeito e apreende metralhadora em Igapó

A polícia Militar, por meio da viatura tático móvel, aproximadamente por volta das 16hs, foi acionada para atender uma ocorrência na rua Santa Luzia, Igapó.

Ao chegar ao local, um indivíduo empreendeu fuga ao avistar a guarnição da Polícia Militar, todavia, o segundo indivíduo não conseguiu se evadir, pois a equipe do 4º BPM conseguiu evitar a fuga do mesmo.

Após uma longa revista do suspeito de iniciais N.L.S , de 43 anos. Em seguida, foi realizada uma busca a residência dele, e a Polícia Militar apreende uma metralhadora Ina calibre .45, com 9 munições intactas, 7 cartuchos de .40, cartucho de 32 e um canivete. Todo o material estava na residência do suspeito.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa PMRN

 

RN do momento: Um é preso com uma Metralhadora, outro com meio quilo de Maconha.

Um pequeno retrato do momento que estamos vinvendo.

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

Um homem identificado como Wallison da Silva Napolino, 28 anos, foi preso em flagrante com munições e uma submetralhadora alemã por volta das 22h dessa quinta-feira (10), na Avenida Pompéia, situada no conjunto Nova República, Zona Norte de Natal. De acordo com o tenente Tales, a ocorrência deu início durante um patrulhamento do 4º Batalhão de Polícia Militar na região, que presenciou o acusado empurrando uma motocicleta com placa amassada para dentro de sua residência.

Segundo o tenente Tales, o início da abordagem flagrou o suspeito com cinco munições de calibre 762 em seu bolso. Em seguida, os policiais entraram em sua residência e encontraram dentro da gaveta do guarda-roupas mais 29 munições de 762, um colete a prova de balas, um capuz, 15 munições de 9 milímetros, quatro celulares, vários documentos de terceiros e, por fim, a submetralhadora alemã.

Questionado pelos policiais sob o material apreendido, o acusado confessou ter participado junto com uma quadrilha da explosão de um caixa-eletrônico no início deste ano, no município de Exrtremoz. Wallison da Silva Napolino foi encaminhado para a delegacia de plantão Zona Norte, onde até o momento não quis comentar sobre os participantes da quadrilha.

Informações do Blog de Jacson Damasceno:
Iuri Nogueira, de 23 anos, foi preso na manhã de hoje na BR-304, no posto da Polícia Rodoviária Federal. Ele dirigia um Ford Ka preto em companhia de um amigo, quando foi visto pelos inspetores da PRF. Os policiais pediram que ele parasse e fizeram uma revista minunciosa no carro. A droga foi encontrada do lado do passageiro: um tablete de maconha pesando 470g.

Iuri confessou ser o dono da droga, e disse que tinha comprado o entorpecente no bairro Guarapes. Negou ser traficante, e alegou que era viciado há oito anos, e que a droga tinha sido comprada para consumo. Ele foi levado para a delegacia de plantão da Zona Sul e acabou autuado por tráfico de drogas. O amigo dele acabou liberado.