Força Tática da PM prende quatro homens com armas e drogas na Redinha

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

No final da tarde desse domingo (05), policiais militares da Força Tática do 4° Batalhão de Polícia Militar efetuaram prisão de quatro homens suspeitos da prática dos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo no bairro da Redinha, zona Norte de Natal.

De acordo com informações dos policiais, os militares realizavam o patrulhamento ostensivo na rua Beberibe, na Redinha, quando suspeitaram de quatro homens que estavam em frente à uma residência.

Durante a abordagem pessoal, três porções de substâncias análogas à maconha, crack e cocaína. Ainda nas averiguações, os militares suspeitaram que a residência estaria sendo utilizada como ponto de comercialização de drogas. Com a suspeita de situação flagrancial da ocorrência de ilícitos penais no interior da residência, os militares ingressaram no imóvel, encontrando três armas de fabricação artesanal nos calibres .12 e .38, além de 10 munições.

Com a constatação de indícios de materialidade e autoria dos delitos de tráfico de drogas e de posse ilegal de arma de fogo, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil para a realização dos procedimentos legais.

FOTO: Policiais militares da Força Tática apreendem drogas com trio suspeito de tráfico em Natal

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

No início da noite dessa terça-feira (30 de junho), policiais militares da Força Tática do 1° Batalhão de Polícia Militar efetuaram a apreensão 112 porções de substâncias entorpecentes com um trio suspeito de tráfico de drogas no bairro de Brasília Teimosa, zona Leste de Natal.

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública, os militares receberam uma denúncia de que um imóvel localizado na rua Boa Vista, em Brasília Teimosa, estaria sendo utilizado para o comércio ilícito de drogas e entorpecentes.

Durante as averiguações, um dos suspeitos percebeu a presença da Polícia Militar na localidade e iniciou uma fuga em cima dos telhados das residências vizinhas, tendo sido alcançado em uma residência localizada na rua Varela Santiago, no bairro das Rocas.

Segundo a PM, na residência em que o suspeito foi surpreendido, os policiais encontraram 99 trouxinhas de substância análoga à maconha, 08 trouxinhas de substância análoga ao crack e 05 trouxinhas de substância análoga à cocaína. Ainda na residência, os militares apreenderam um revólver calibre .38, além de 11 munições do mesmo calibre, duas balanças de precisão e a quantia de R$ 693,00 em dinheiro fracionado.

Na ação policial, um casal foi preso e um adolescente foi apreendido por tráfico ilícito de entorpecentes e por porte ilegal de arma de fogo.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=234376&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

PM prende suspeito e apreende drogas e dinheiro na zona Norte de Natal

Foto: PM/ASSECOM

Na manhã dessa segunda-feira (25), policiais militares da Força Tática do 4° Batalhão (FT4) detiveram um homem, de 23 anos, suspeito de tráfico de drogas no Conjunto Vila Paraíso, zona norte da capital.

Por volta das 11h30, os militares realizavam patrulhamento e ao passar na Travessa Santa Karina, um homem percebeu a presença da viatura e se evadiu pulando um muro. Acompanhado pela FT4, o infrator foi detido escondido no telhado, ao lado de uma caixa d’água, e com uma chave de uma residência. Dentro do imóvel foram encontrados cerca de 689 porções de maconha, 40 porções de crack, 01 tablete de aproximadamente 01 Kg de Pasta base, saco contendo cocaína, 03 balanças de precisão pequena, 01 balança grande, 01 simulacro de pistola 24/7, além da quantia R$ 4.264,55 em espécie.

O suspeito foi conduzido à Delegacia Especializada em Narcóticos – DENARC.

Polícia Militar apreende drogas em Nova Parnamirim

Foto: Divulgação/PM

Na noite dessa terça-feira (05), a Polícia Militar, através da Força Tática do 3º Batalhão, apreendeu drogas no bairro de Nova Parnamirim, Parnamirim/RN.

A viatura realizava patrulhamento na comunidade conhecida como “toca da raposa”, quando se deparou com alguns indivíduos, que fugiram em direção a mata fechada ao perceberem a presença dos policiais. Na fuga abandonaram cinco pequenos tabletes de Maconha e um aparelho de telefone celular.

A guarnição conduziu o material apreendido à Delegacia de Polícia Civil de plantão na zona Sul , para realização das providências cabíveis.

Polícia Militar apreende drogas no Centro de Macaíba

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

Na madrugada desta quinta-feira (30), policiais militares do 11° Batalhão de Polícia Militar efetuaram a apreensão de drogas e entorpecentes no Centro de Macaíba, Região Metropolitana do Estado.

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), os militares, por volta de 1h30min da madrugada, sob o comando do Oficial de Operações, realizavam o patrulhamento ostensivo no Centro de Macaíba, quando visualizaram um homem em atitude suspeita.

Ao avistar a aproximação dos policiais, o suspeito empreendeu fuga deixando para trás 11 pedras de substância análoga à crack e 10 porções de substância análoga à cocaína.

O material deixado pelo suspeito foi apreendido e apresentado à autoridade de Polícia Judiciária para a realização do respectivo auto de apreensão e posterior encaminhamento para a necessária perícia.

Polícia Militar fecha ponto de venda de drogas em Mãe Luiza

Foto: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

Na madrugada desta segunda-feira (27), policiais militares do 1° Batalhão de Polícia Militar realizaram a prisão de um homem de 31 anos por suspeita de tráfico de drogas e receptação no bairro Mãe Luíza, zona Leste de Natal.

Por volta de 1 hora da madrugada, os militares receberam uma denúncia sobre um possível ponto de comercialização de drogas no bairro de Mãe Luíza, em Natal. Durante a averiguação, os militares visualizaram um homem de 31 anos em frente ao local indicado.

No local indicado na denúncia, os policiais encontraram três porções de substância análoga ao crack e R$ 67,00 em dinheiro fracionado, além de duas telas e dois teclados de computadores, um notebook, uma CPU, um celular iphone e três celulares, quatro relógios de pulso, e três cadernos utilizados para fazer a contabilidade da traficância.

Conforme os policiais, o homem é suspeito de crime de tráfico de drogas e de receptação, uma vez que possuía vários objetos sem a comprovação da propriedade e que possivelmente eram produto de crime e foram recebidos como pagamento pela venda de drogas e entorpecentes.

Com a constatação dos ilícitos penais, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para a realização dos procedimentos legais quanto à confecção do Auto de Prisão em Flagrante Delito.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=229905&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

FOTO: PM apreende grande quantidade de drogas na Região Metropolitana de Natal

Foto: Divulgação/PM

No início da tarde desta sexta-feira (17), a Polícia Militar, através do 3º BPM, prendeu um homem e apreendeu uma grande quantidade de droga, na cidade de São José de Mipibu.

Segundo informações preliminares, a VTR 321 fazia patrulhamento de rotina, quando suspeitou de um motorista nas proximidades da comunidade de Passagem dos Cavalos, em uma estrada de terra, às margens da BR 101.

Ao realizar abordagem no veículo, os policiais militares localizaram 21 tabletes de cocaína e crack, dando voz de prisão ao homem, que não teve a identidade revelada.

O suspeito foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Natal, para a adoção das medidas cabíveis.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=229389&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zé Ruela disse:

    Não tem maconha, cocaina nem crack. A droga do momento é a cloroquina. E o chefe da facçāo é o Bozo.

  2. Roberto Araújo disse:

    PARABÉNS guerreiros!

  3. Dr. Veneno disse:

    Prenderam os remédios de muito neguinho da alta, q devem estar com os nervos à flor da pele, vendo seus poucos trocados se acabando nesses tempos.

FOTO: Após denúncia, PM apreende em Natal 100 kg de pasta base de cocaína e fecha laboratório de drogas

 Foto: PMRN/Reprodução

Após denúncia anônima, uma ação policiais militares do Batalhão de Choque apreendeu pelo menos 100 quilos de pasta base de cocaína foram apreendidos na noite dessa terça-feira (3) no conjunto Parque dos Coqueiros, Zona Norte de Natal. Na ocasião,  os  PMs foram até a casa onde funcionava um laboratório de drogas, e encontraram, além da substância, uma balança de precisão, tonéis, prensa hidráulica e sacos plásticos que seriam utilizados na comercialização da pasta base de cocaína.

Segundo a PM, o material ilícito abasteceria a região metropolitana de Natal e até outros estados. Ainda segundo a PM, no momento da ação, a casa estava abandonada e ninguém foi preso.

Os PMs acreditam que a droga seria de um traficante que teria sido morto na cidade de Taipu, cidade distante 54 quilômetros de Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Magnum 357 disse:

    Parabéns aos HOMENS do CHOQUE, PM-RN.,isso é o que uma grande operação!!!

    • Gomes disse:

      Prenderam alguém? Será que não atrapalharam uma investigação em andamento? Se trabalhassem em parceria com a PC o trabalho seria mais proveitoso.

FOTO: Polícia Civil apreende no Paço da Pátria, Natal, drogas e objetos suspeitos de roubos

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC), com apoio das equipes da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) e da 4ª Delegacia de Polícia (DP), realizaram, nesta sexta-feira (14), uma operação na comunidade Paço da Pátria, no município de Natal.

Durante as diligências, os policiais apreenderam aproximadamente 8 quilos de maconha, além de vários objetos que podem ser oriundos de furtos e roubos. Suspeitos que se encontravam nos dois imóveis, ao verem a aproximação da polícia, fugiram do local.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Operação Expresso: MPF denuncia 22 envolvidos em tráfico internacional de drogas no RN e Acre

Foto: Reprodução

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, nesta segunda-feira (27), vinte e dois integrantes de organização criminosa (Orcrim) de tráfico internacional de drogas, ligada à facção carioca Comando Vermelho, com núcleos de atuação no Acre e no Rio Grande do Norte. Entre 2017 e 2019, o grupo foi responsável pela comercialização de mais de 500 kg de cocaína e 120 kg de maconha.

De acordo com o MPF, os réus “se associaram para o fim de praticar, de forma reiterada e profissional o tráfico ilícito de entorpecentes em âmbito transnacional, com desenvolvimento de organização criminosa estruturalmente ordenada”. A cocaína era trazida da Bolívia e entrava no Brasil através do Acre. Já a maconha era levada para a região Norte, a partir do RN. A Orcrim também executava as tarefas de transporte, armazenamento, coleta, transformação química e distribuição das drogas. Parte do grupo é acusada, ainda, de ocultação e simulação dos valores obtidos com o tráfico.

Leia matéria completa no Justiça Potiguar clicando aqui.

PM apreende drogas em bairros distintos da zona Oeste de Natal

FOTO: PM/ASSECOM

Nessa segunda-feira(23), a Polícia Militar, através do 9° Batalhão apreendeu drogas em bairros da zona Oeste de Natal.

Por volta das 15h30, policiais militares da Força Tática do 9° BPM, realizavam patrulhamento na rua Todos os Santos, quando visualizaram um homem em atitude suspeita. Ao abordá-lo foi encontrado consigo 100g de Cocaína e uma porção de maconha.

No bairro do Planalto, por volta das 17h20, a viatura estava em patrulhamento na rua Marcos Augusto, quando abordou uma jovem apontada como suspeita de tráfico de drogas naquela região. Com ela foi encontrado 10 pedras de Crack e 06 porções de maconha.

A noite, em torno das 21h20, no Bairro da Cidade da Esperança, uma mulher foi abordada pelos militares e em sua bolsa foi encontrado 03 Porções de Crack de tamanhos variados embrulhados em papel filme.

Em todos os casos, a guarnição fez a condução dos suspeitos e do material apreendido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, para realização dos procedimentos cabíveis.

Força-Tarefa da Polícia Civil apreende 224 porções de maconha e 15 tabletes da mesma droga em Mossoró

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis que fazem parte da Força-Tarefa, coordenada pelo diretor da Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCIN), Inácio Rodrigues, e pelo delegado regional de Mossoró, Luís Fernando Sávio, realizaram, nessa quinta-feira (19), uma ação no bairro Belo Horizonte, na cidade de Mossoró.

Durante as diligências, foram encontradas 224 porções de maconha e 15 tabletes da mesma droga, além de itens para corte e embalagem da substância. Esse material seria pertencente a um homem que, ao visualizar as viaturas policiais, fugiu do local, deixando a referida droga e sua bicicleta.

O material encontrado foi apresentado na Delegacia de Plantão para apreensão e encaminhamento à Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró, que dará continuidade às investigações. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO: BPChoque prende quatro homens em residência na Zona Sul de Natal utilizada para plantações de drogas

Foto: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

Na madrugada desta quinta-feira (31), policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) efetuaram a prisão de quatro homens suspeito de utilizarem uma residência como estufa para plantações de drogas e entorpecentes.

De acordo com o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP), os policiais militares da BPChoque realizavam o patrulhamento ostensivo na Vila de Ponta Negra quando visualizaram um homem em atitude suspeita saindo de uma residência e, ao avistar a viatura policial, tentou retornar ao interior da residência.

Ao aproximar-se da residência, os policiais sentiram um expressivo odor de entorpecentes oriundo do interior da residência, configurando a forte suspeita da ocorrência de tráfico de drogas no local.

Com a suspeita e a configuração de uma possível situação flagrancial, os policiais adentraram na residência, encontrando várias mudas de Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, além de 3,5 kg de substância análoga a maconha, três balanças de precisão, uma porção de substância análoga a cocaína, um frasco com sementes de maconha e um frasco contendo um material semelhante a maxixe.

Ainda na residência foram encontrados cerca de R$ 2,5 mil, bem como vários aparelhos de celulares, mochilas escolares, e vários produtos para o acondicionamento e preparação de drogas.

Com a constatação do crime de tráfico de drogas, na modalidade de semear plantas que constituam matéria-prima para a preparação de drogas e da utilização de local que tem propriedade para o tráfico de drogas, e do crime de associação para o tráfico de drogas, Felipe Câmara da Costa (26 anos) Diego Feliciano Evangelista (25 anos), Rony Saraiva Mendes Filho (31 anos) e Fábio Marinheiro Cordenonse (32 anos) foram conduzidos à Central de Flagrantes para a realização dos procedimentos legais e as devidas perícias nas substâncias encontradas.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=216655&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

REPORTAGEM DE LEITURA OBRIGATÓRIA: Drogas de fundo de quintal se espalham e geram roleta russa para usuários

Imagem: Estevan Silveira/UOL

TopCat, N-Bomb, Smile, K2 e Quad. Ecstasy e ácido genérico, maconha sintética, heroína artificial e mais uma miríade de estimulantes e alucinógenos que a maioria das pessoas nunca ouviu falar. Nos últimos anos, a vida do usuário de drogas sintéticas no Brasil (e no mundo) virou uma roleta-russa mais perigosa que a habitual.

Com a proliferação de laboratórios de fundo de quintal pelo país afora e a descoberta de substâncias psicotrópicas em uma velocidade maior do que a capacidade das autoridades de identifica-las e proibi-las, hoje é difícil saber o que vai na droga contida naquela pílula colorida de formato engraçado. Dia sim, outro também, aparece uma novidade nesse mercado.

De 2014 até o final de 2018, Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar identificaram e apreenderam 209 novas drogas psicoativas em tentativas de traficantes de as trazerem ao Brasil ou já circulando nas ruas das principais cidades.

De acordo com o Relatório de Atividades 2017/2018 do Grupo de Trabalho para Classificação de Substâncias Controladas, concluído pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no início deste ano, a lista inclui também alguns medicamentos prescritos ou que entraram para a lista de substâncias controladas.

São consideradas novas drogas psicoativas as substâncias e compostos químicos que nunca antes tinham sido identificados e apreendidos sendo usados como drogas recreativas.

Também entram nessa lista substâncias que eram conhecidas anteriormente — como remédios de prescrição ou moléculas obscuras sintetizadas pela primeira vez nos anos 1950, 1960 e 1970 e nunca antes produzidas em larga escala, por exemplo –, mas que antes não eram usadas para “ficar doidão”.

Trata-se tanto de substitutos genéricos ou sintéticos para drogas conhecidas, como compostos que imitam os efeitos do ecstasy, da metanfetamina, da maconha e do LSD, por exemplo, até novas drogas de fato, vendidas nas ruas com nomes complicados como 25E-NBOH ou nomes comerciais como Spice, Smiles, N-Bomb e outros.

“São drogas que podem ser produzidas com estruturas simples, em praticamente um laboratório de fundo de quintal, um quartinho com poucos equipamentos e por pessoas com conhecimento técnico rudimentar”, afirma o delegado Rogério Henrique Rezende, chefe da Cord (Coordenação de Repressão às Drogas) da Polícia Civil do Distrito Federal.

“A maior parte destas novas drogas que temos visto e apreendido são substâncias caseiras, produzidas nestes moldes e de qualidade baixíssima. É uma verdadeira roleta-russa para os usuários”. Rogério Henrique Rezende, delegado da Polícia Civil do DF.

De acordo com o delegado, com um investimento baixo, algo entre R$ 30 mil e R$ 100 mil, é possível montar um laboratório caseiro de drogas. “Outra vantagem da produção de sintéticas para os criminosos é que a estrutura é fácil de montar e desmontar. Eles trocam de local constantemente e dificultam o trabalho da polícia.”

Ele usa de exemplo um caso em andamento na Cord, no qual um traficante preso pela polícia estava conseguindo sintetizar uma droga com efeitos parecidos com os do MDMA [principal composto do ecstasy tradicional] a partir de um dos ingredientes presente em qualquer xampu a venda nos mercados. “É uma situação muito difícil, neste caso estamos só encerrando o inquérito e já vamos notificar a Anvisa para incluir este componente na lista de substâncias controladas. Hoje é vendida pela indústria química sem restrições.”

Neste ano, a Cord já apreendeu o dobro de drogas sintéticas do que no mesmo período do ano passado. Até julho, foram seis laboratórios de fundo de quintal fechados só no DF.

Mais baratas, difíceis de rastrear e imprevisíveis

No caso das drogas “genéricas”, o objetivo de vendê-las no tráfico nacional e internacional geralmente atende a dois propósitos: possuem ingredientes mais baratos de produzir e obter do que seus similares tradicionais ou são novidades no mundo da química e não integram nenhuma lista de substâncias visadas ao redor do mundo.

“Ecstasy, por exemplo, é mais uma categoria de drogas sintéticas estimulantes e alucinógenas do que um composto específico”, afirma um traficante que concordou em conversar com a reportagem sem ser identificado. “Existem vários tipos de ecstasy hoje em dia, até com nomes e efeitos diferentes”, explica.

“A quantidade de substâncias diferentes tem crescido ano a ano, conforme as drogas sintéticas têm sido cada vez mais produzidas no Brasil. Até uns cinco ou dez anos atrás, todas as drogas sintéticas que rolavam no país eram importadas. Hoje, a maioria é nacional, feita em laboratórios caseiros sem controle de qualidade”, alerta o traficante.

“A droga nacional é horrorosa no geral e tem efeitos colaterais bizarros e imprevisíveis. Eu sempre aviso meus clientes e procuro ter droga importada, que custa mais que o dobro do preço. Ácido de verdade, por exemplo, é difícil de achar. Só rola os N-Bombs, que são parecidos mas não são iguais”. Traficante que pediu para não ser identificado.

Dados do Instituto de Criminalística da Polícia Civil do Distrito Federal, por exemplo, constataram que, de 2009 a 2012, 100% das apreensões de LSD [ácido lisérgico, uma droga alucinógena] eram, de fato, LSD mesmo. Depois do primeiro semestre de 2013, o número caiu para 50%. A outra metade das apreensões foi de genéricos, outras substâncias vendidas pelos traficantes ao usuário como se fosse LSD, mas não era.

Por exemplo o 25E-NBOH, que possui efeitos alucinógenos no organismo do usuário similares aos do “ácido” tradicional. A droga tem ganhado personalidade própria entre os usuários, é tanto vendida como se fosse LSD como com seu nome real.

(mais…)

FOTO: PM apreende cerca de 40 Kg de drogas em Parnamirim

FOTO: PM/ASSECOM

Na tarde desSa segunda-feira (10), policias militares da Força Tática do 3° Batalhão (FT3) apreenderam cerca de 40 quilos de entorpecentes em Parnamirim.

Os policiais abordaram um veículo tipo gol em atitude suspeita e encontraram 10 quilos de drogas e a quantia de R$ 4.000,00 em espécie sendo transportado por um homem de 33 anos. Em diligências, no bairro Cajupiranga, a polícia encontrou na casa do suspeito mais 30 quilos enterrados, totalizando 40 quilos de maconha.

O infrator foi conduzido à 2ª Delegacia de Polícia de Parnamirim.

FOTO: Operação da Polícia Civil na Grande Natal apreende drogas, armas e munições

FOTO: PC/ASSECOM

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deflagraram uma operação, na manhã desta terça-feira (21), com o objetivo de combater o tráfico de drogas e a disputa entre facções criminosas que atuam na região. Na ação, os policiais apreenderam drogas, armas e munições. Um homem foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e receptação.

Durante a operação, Francisco Rodrigues da Silva, 38 anos, foi preso quando estava no bairro Vilar de Cima, zona urbana da cidade de Macaíba. Com ele, os policiais civis apreenderam um revólver calibre 38, seis munições calibre 38, uma espingarda calibre 12, cinco munições calibre 12, 24 porções de cocaína, 45 porções de crack, uma pedra média de crack, uma balança de precisão, um aparelho celular e diversos sacos plásticos. Francisco Rodrigues já responde criminalmente por tráfico de drogas e estava solto há pouco tempo, devido a uma decisão judicial.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.