Hélio de Mundinho lidera em Guamaré

Veja os números da pesquisa Start em Guamaré, realizado no dia 21 de setembro. Foram feitas 600 entrevistas.  A margem de erro estimada para mais ou para menos é de 4,7%, em um intervalo de confiança de 95%. A sondagem foi registrada junto à Justiça Eleitoral e Protocolada sob o nº RN 00130/2012

Na Estimulada, eis os números abaixo:

Hélio de Mundinho  – 53,6%
Mozaniel – 35,1%
Ninguém/Branco/Nulo – 9,8%
Indeciso – 1,5%

Na Espontânea, eis os números abaixo:

Hélio de Mundinho  – 51,8%
Mozaniel – 32,9%
Ninguém/Branco/Nulo – 13,5%
Indeciso – 1,5%
João Pedro – 0,3%

Candidato a prefeito de Guamaré desmente baixaria contra juízes do TRE

O candidato a prefeito de Guamaré, Mozaniel de Melo Rodrigues (PMN) entrou com recurso no Tribunal Regional Eleitoral, para garantir o registro de sua candidatura, impugnada na última quinta-feira.

Mozaniel divulgou nota desmentindo qualquer agressão à Justiça Eleitoral do Estado, conforme afirmou um blog de sua cidade: “Desminto qualquer agressão aos juízes do TRE, que merecem de mim todo o respeito pela lisura e competência dos seus integrantes. Aceitei a decisão com dignidade. Da mesma forma, estou buscando, na lei, o direito de disputar o voto do povo de Guamaré. Acredito na Justiça.” afirmou o candidato.

MP pede impugnação da candidatura de Mozaniel Rodrigues a Prefeitura de Guamaré

O Ministério Público Eleitoral de Macau deu entrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (RN) em um pedido de impugnação da candidatura de Mozaniel Rodrigues à Prefeitura de Guamaré. A ação de impugnação ao registro de candidatura é de autoria do promotor Wilmar Carlos de Paiva Leite Filho e foi protocolada na 30º Zona Eleitoral do RN.

Na petição, o Ministério Público descreve que, ao tomar conhecimento do registro de candidaturas, o órgão passou a realizar uma pesquisa junto aos meios eletrônicos para buscar informações existentes em nome dos interessados. O MP analisou as informações existentes a respeito do candidato Mozaniel Rodrigues, que foi julgado e condenado por crime praticado contra a Administração Pública. O Ministério Público denunciou o candidato Mozaniel de Melo nos autos da Ação Penal n° 0002172-83.205.8.2005.8.20.0105.

Após toda tramitação processual, o Juízo de Direito da Vara Criminal de Macau proferiu sentença de mérito, condenando Mozaniel de Melo Rodrigues. O candidato, que é ex-prefeito de Guamaré, foi nomeado para exercer um cargo em comissão de coordenador de Infraestrutura, da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, em 28 de Janeiro de 2011. O MP não identificou, até o prazo legal da Justiça Eleitoral, informações comprovantes ou documento que ateste a exoneração do candidato para fins de concorrer à Prefeitura de Guamaré.

Com base nas informações apresentadas pelo Ministério Público Eleitoral à Justiça, acabou pesando em desfavor de Mozaniel Rodrigues a hipótese de inelegibilidade, uma vez que, segundo a Promotoria, o candidato não se afastou do seu cargo público no período mínimo de três meses antes do  pleito, como estabelece a alínea “1” do inc. II do art. 1° da Lei Complementar n° 64/90.