[CEI dos Contratos] Kalazans desmente alegações do ex-secretário Tiago Trindade

O segundo depoimento do atual chefe do gabinete civil, Kalazans Bezerra, na manhã desta quarta-feira (21), na CEI do Contratos, mostrou grandes contradições entre as declarações do atual auxiliar de Micarla e do ex-secretário de saúde do município Tiago Trindade.

foto: Twitter Júlio Protásio

Durante a sua presença na comissão da CMN, Trindade afirmou que pelo menos dois dos principais contratos assinados pela prefeitura em 2010, o da locação do Novo Hotel e o da ITCI – empresa que prestaria serviços de combate a Dengue – tiveram participação direta do gabinete civil.

Kalazans negou tudo.

Em relação ao Novo Hotel, disse que não influenciou a mudança do DUCAL para o prédio de Areia Preta. Completou. Disse que não ficou nem sabendo do processo de chamamento público de preço entre as duas instalações, no qual o edifício da Cidade Alta apresentou o menor preço.

Tiago afirmou que Bezerra agilizou a mudança DUCAL/NOVO HOTEL através de reuniões, “inclusive nos finais de semana”, e “autorizou” a assinatura do certame da empresa ITCI. “Não seria assinar um contrato que podia chegar a R$ 8 milhões sem a anuidade do Gabinete”, afirmou o ex-secretário.

A CEI deve convocar acareação entre os dois e coloca-los frente a frente.

O bicho vai pegar!

Depoimento de Ana Tânia na CEI dos Contratos coloca secretários de Micarla em posição delicada

A mudança das secretarias de saúde de educação do prédio do Ducal para o prédio do Novotel foi o assunto que dominou a sessão da CEI dos Contratos dessa segunda-feira (19).

O depoimento da ex-secretária da SMS Ana Tânia Sampaio mostrou que o real motivo da sua exoneração, em abril do ano passado, foi o posicionamento da ex-gestora em manter a secretaria funcionando no prédio da cidade alta.

Mesmo pressionada pela alta cúpula da gestão de Micarla, Ana Tânia enviou um ofício para empresa que administra o DUCAL comunicando a intenção de permanecer no prédio por mais cinco meses.

Segundo a ex-secretária, o prédio do Novotel, localizado em Areia Preta, não apresentava condições para o funcionamento da secretaria. Precisava de ajustes.

O posicionamento desagradou vários integrantes da gestão verde,  que encurralada pela imprensa, convocou um chamamento público para cotação de preço.

O Ducal fez a proposta mais barata, mas perdeu a concorrência.

Ana Tânia foi exonerada, e a mudança aconteceu para o Novo Hotel, autorizada pelo gabinete civil.

Os fatos colocam em situação delicada dois interlocutores de Micarla. A ex-secretária de educação Adriana Trindade, que afirmou em depoimento a CEI, que  a mudança para Areia Preta tinha embasamento técnico. E o chefe do gabinete da prefeita Kalazans Bezerra, que disse, com todas as letras, que cada secretaria cuidava dos seus contratos. A ordem final para mudança veio do gabinete.

A oposição vai cair em cima. Pode esperar!

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Edna Dantas disse:

    Conhecendo Ana Tânia como conheco, tenho certeza que fala a verdade, pois é uma pessoa idônea que não precisa de falcatruas para se promover. Deus te proteja Ana ,sei que tudo vai dar certo pois a verdade sempre vence.