FOTO: Polícia Civil apreende armas de fogo e munições em desdobramento da Operação “Palazzo, na Comunidade Paço da Pátria, em Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Natal realizaram, nesta quinta-feira (10), diligências em desdobramento da Operação “Palazzo”, que teve como objetivo combater o tráfico de drogas e ações relacionadas ao crime organizado na Comunidade Paço da Pátria, localizada na Zona Leste de Natal. A ação resultou na apreensão de armas de fogo, munições e drogas.

De acordo com as investigações, um imóvel, localizado na Comunidade Paço da Pátria, estaria sendo utilizado por integrantes de uma organização criminosa como um depósito de armas de fogo. As investigações contaram com o apoio da Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado (FT-NUDEM) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

No local indicado, os policiais civis apreenderam uma carabina.40; uma espingarda calibre .12; duas pistolas, sendo uma calibre .40 e outra no calibre .9mm; um revólver calibre .38; aproximadamente 300 munições de fuzil calibre .556; 200 munições de calibres .40, .9mm, .12 e .38.

Além disso, também foram apreendidos quatro carregadores de pistola; cinco carregadores de carabina; um carregador de fuzil; 54 porções de cocaína e três coletes balísticos. Durante as diligências, os responsáveis pelo imóvel e pelo material apreendido não foram encontrados.

O nome da Operação “Palazzo” remete ao nome da Comunidade “Paço”, que é sinônimo de “Palácio”. Ela foi deflagrada em janeiro de 2019, e, desde então, já foram apreendidas 18 armas de fogo, sendo dois fuzis; 47 emulsões encartuchadas de dinamite; 23 rádios comunicadores e mais de R$ 24.600 (vinte e quatro mil e seiscentos reais) em dinheiro fracionado. Além disso, 27 pessoas foram presas. Nos últimos dois anos, foram apreendidos pela DENARC, na localidade, aproximadamente 70 quilos de drogas.

As investigações prosseguirão para identificação dos envolvidos. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou do WhatsApp da DENARC, por meio do número: (84) 981356050.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JUAILSON VIEIRA DANTAS disse:

    Me tire uma dúvida, passo da pátria, é mesmo escrito com ç?
    Paço.

  2. Justo disse:

    Pegaram só umas armas… tem outras de montão por lá ainda… e em outras favelas tb… só o cidadão de bem que não tem nem um simples 38 pra se defender…. o que dirá se machucar um bandido? Além dos outros comparsas, terá a Justiça contra a cabeça dele…. isso é Brasil…. e a bandidagem em gangue e solta nas ruas….

  3. MENOS GENTE E MAIS GESTÃO disse:

    A Polícia Civil do RN está conseguindo resultados impressionantes com um pequeno efetivo mas com uma grande gestão.

  4. Gregório disse:

    PARABÉNS a EFICIENTE LEI DO DESARMAMENTO…
    Deixou o cidadão sem capacidade e direito de defesa enquanto as armas foram parar nas mãos dos bandidos. Isso falando de revolver e pistola.
    Metrelhadora e rifle são obra dos bandidos protegidos por leis ruins aprovadas e modificadas entre 2005 a 2015.
    Alguém já soube de 01 bandido preso por porte ilegal de armas?

  5. Moura disse:

    Parabéns à Civil.