Guarda Municipal apreende em Natal equipamentos e faz notificações por uso ilegal de paredão de som durante ocorrências no fim de semana

Foto: Divulgação

A utilização ilegal de paredão de som vem sendo combatida diariamente pelo Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN), que registrou durante o final de semana cinco autos de constatação e a apreensão de um veículo utilizado como paredão de som e um equipamento de som automotivo. As intervenções ocorreram nos bairros das Quintas, Felipe Camarão e Nova Descoberta.

Os veículos notificados pelos guardas municipais foram uma caminhonete modelo Amarok (Rua dos Paiatis, Quintas), uma Pagero (Ruas Padre Raimundo Brasil, Nova Descoberta), um Fiat Uno (Rua Santa Maria Goreth, Felipe Camarão) e dois Fiat Pálio (Travessa Todos os Santos, Felipe Camarão e Rua Cel. Auris Coelho, Nova Descoberta).

Um Fiat Uno foi apreendido pela guarnição e levado ao pátio de veículos apreendidos do Detran/RN. Nesse caso, os guardas chegaram ao local e ao verem a viatura da GMN a tampa do paredão de som foi baixada e os responsáveis abandonaram o veículo no local. Os guardas verificaram a ficha do automóvel e identificaram que o mesmo estava com mais de R$ 3 mil em multas de trânsito atrasadas, além de cinco anos de licenciamento e IPVA em débito. Policiais do Comando de Policiamento de Trânsito (CPRE) foram acionados e o veículo apreendido.

Já um equipamento de som automotivo foi apreendido dentro de um Fiat Pálio nas primeiras horas da manhã desse domingo. O Paredão estava ligado na feira livre de Nova Descoberta e o responsável foi notificado pelos guardas municipais. “As viaturas do Gaam estão 24h nas ruas fazendo esse trabalho de combate a pertubação do sossego e utilização ilegal de paredões de som”, ressaltou o coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz.

A titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Mônica Santos, lembrou que no caso dos paredões de som, além de Lei Federal que prevê crime ambiental, o artigo 3º da Lei municipal nº 6.246, sancionada em 20 de maio de 2011 em Natal, versa sobre a proibição do funcionamento dos paredões de som nas vias, praças, praias e demais logradouros públicos do município de Natal e define “paredão de som” como “todo e qualquer equipamento de som automotivo rebocado, instalado ou acoplado nos porta-malas ou sobre a carroceria dos veículos”. “

O cidadão pode denunciar o uso irregular de paredões de som ligando para o telefone 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que as viaturas do Grupamento de Ação Ambiental da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia. A denúncia pode ser feita também pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil) ou 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Humberto disse:

    Só por uma questão de lógica e relação com determinados comportamentos e atitudes, perguntem a essa turma, que só tem direitos e vive criticando deus e o mundo, em quem votaram nas últimas eleições pra Presidente.

  2. Sérgio disse:

    O cara não tem dinheiro pra pagar IPVA e multas, mas tem para paredão de som.
    O ideal seria fechar as lojas que colocam esses equipamentos nos carros.
    Aliás, mania de gente cafona e sem instrução, colocar som alto no meio da rua…

  3. Gibira disse:

    Será que fosse de um desembargador a GM teria apreendido?

  4. Irany Gomes disse:

    Isso dava para fazer uma bela fogueira…

FOTOS: Polícia Civil apreende quase 900 litros de querosene de aviação furtados do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil deflagrou, na noite desta quarta-feira (15) e finalizou na manhã desta quinta-feira (16), uma operação que resultou na apreensão de aproximadamente 900 litros de querosene de aviação que foram subtraídos do Pool de Abastecimento do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. Durante a ação, cinco suspeitos foram presos em flagrante, sendo três reabastecedores de combustíveis e dois homens que seriam os receptadores do produto subtraído.

A Operação foi desencadeada a partir de uma investigação realizada pela Delegacia Municipal de São Gonçalo do Amarante. Para a realização das prisões e apreensão de todo o material delituoso foi realizada uma ação conjunta, que contou com o trabalho de policiais civis da Delegacia Geral Adjunta (DGA), 5ª. Delegacia de Polícia, Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), 1ª. e 9ª. Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) e Delegacia Especializada em Acidente de Veículos (DEAV).

“As investigações revelaram que o combustível estaria sendo furtado com o auxílio de reabastecedores, os quais estariam subtraindo uma média de 400 litros de combustível por semana. Ainda não temos uma estimativa exata do valor total do prejuízo que foi causado”, detalhou o delegado geral-adjunto, Odilon Teodósio.

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São Gonçalo do Amarante. Durante a ação, os policiais prenderam em flagrante três reabastecedores de combustíveis, Ericarlos Aldo de Medeiros Assunção, Carlos Eduardo Assunção de Barros e Silvino Guedes dos Santos, que responderão pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa.

Em duas residências localizadas em Parnamirim, os policiais prenderam em flagrante dois suspeitos de serem os receptadores do combustível furtado. Em uma casa, localizada no bairro Rosa dos Ventos, os policiais civis prenderam João Alexandre Freitas e com ele, os policiais apreenderam várias embalagens contendo combustível. “Ele será indiciado pelos crimes de receptação qualificada, associação criminosa e contrabando”, detalhou o delegado titular da Delegacia Municipal de São Gonçalo do Amarante, Valtair de Paiva.

Um outro suspeito de também ser receptador foi preso no bairro Santa Teresa, em Parnamirim. Dorgival Vieira de Lima Filho foi preso em flagrante com uma parte do material subtraído e um caminhão. Ele responderá pelos crimes de associação criminosa e receptação. Os policiais também apreenderam uma caminhonete modelo Amarok, que estava na posse de Carlos Eduardo.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bela disse:

    É muita gente desonesta nesse país

  2. Antonio Turci disse:

    Parabéns para nossa Polícia Civil.

  3. ORGULHO POTIGUAR disse:

    A Polícia Civil do RN é uma das menores em efetivo, e das maiores em resultados. Parabéns!

  4. Luciana Morais Gama disse:

    E aí tem que provocar o MINISTÉRIO PÚBLICO DO MEIO AMBIENTE, já que eles nessa operação também poluíam o local onde guardavam e manuseavam o querosene desviado, e até mesmo o lençol freático.

PRF apreende mais de uma tonelada de lagosta sem documentação fiscal em Touros, no litoral norte do RN

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na tarde dessa terça-feira (14), no município de Touros, no litoral norte potiguar, mais de uma tonelada de lagosta, sem comprovação de origem e sem documentação fiscal.

Durante fiscalização, por volta das 16h20, os policiais abordaram um caminhão do tipo 10.160, cor branca. Ao realizar vistoria no interior do veículo, foi encontrada uma carga com 1.057 kg de lagosta.

O condutor do caminhão informou que pegou a lagosta em diversas praias do litoral Potiguar e que a levaria para a cidade de Icapuí/CE.

O caminhão foi apreendido pelo IBAMA e a lagosta será doada para Instituições previamente cadastradas junto ao órgão.

A ocorrência também foi encaminhada à Secretaria de Tributação do Estado, em Natal.

Só no mês de julho foram quase duas toneladas de lagosta apreendidas no Rio Grande do Norte pela Polícia Rodoviária Federal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Thiago disse:

    Cade fisco

ZONA SUL: Semurb apreende trailer em área pública e autua condomínios por lançamento de esgotos em Natal

Foto: Divulgação

As equipes de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), em ações na Zona Sul de Natal, apreenderam um trailer irregular que ocupava uma área pública, no bairro de Neópolis. E autuaram dois condomínios por lançamento de esgoto em via pública, no bairro de Lagoa Nova. Na apreensão, os fiscais contaram com a apoio tático e logístico do Grupamento de Ações Ambientais da Guarda Municipal (GAAM/GMN) e de agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

As ações atenderam denúncias da população e ocorreram na sexta-feira (3) com a apreensão do trailer e na quinta (2) com a autuação dos condomínios. “Ao chegar no local, foi constatada a instalação de um trailer e a construção de um baldrame de alvenaria que serviria para criar uma área destinada a colocação de mesas e cadeiras para a exploração comercial do espaço, sem a devida autorização do poder público”, explica o supervisor geral de fiscalização ambiental, Leonardo Almeida.

Um prazo de 72 horas foi dado ao autuado para a remoção voluntária do equipamento no último dia 30 de junho. Como o mesmo não atendeu a determinação da Semurb, os fiscais aplicaram multa e apreenderam o trailer. Foi averiguado, ainda, que a área em que o trailer estava instalado está requisitada no programa Adote o Verde, uma iniciativa municipal para que empresas adotem e cuidem dos espaços verdes, o que vai de encontro com a proposta da privatização do espaço promovida pela instalação de um ponto comercial no local.

Já os em relação aos condomínios, após diversas denúncias junto à Ouvidoria da Semurb, a equipe de fiscalização passou a acompanhar o caso. “Desde outubro de 2019, os condomínios vinham lançando os esgotos brutos da ETE diretamente na via pública, gerando grandes transtornos para a comunidade local”, conta o supervisor de Fiscalização Ambiental da Semurb, Gustavo Szilagyi,

Os dois condomínios, um residencial e outro empresarial, dividiam a mesma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) , que deveria ser individual. “Após tentar resolver o caso com a emissão de notificações, a realização de audiências de conciliação e a concessão de prazos para a resolução do problema, sem que nada tivesse sido concretizado, não restou outra alternativa para Semurb, a autuação com previsão de multa diária em desfavor dos dois condomínios”, afirma Szilagyi.

A aplicação da multa foi em descumprimento aos termos da Lei Municipal 124/2011, que versa sobre o Plano Diretor de Drenagem da capital. O valor da multa aplicado aos condomínios foi de R$ 402,00 (quatrocentos e dois reais) por dia, que serão contabilizados até a resolução definitiva do problema.

A Semurb conta com o apoio da população para realização de denúncias pelo telefone da Ouvidoria que é o (84) 3616-9829, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, ou pelo e-mail [email protected]tal.rn.gov.br .

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Laura disse:

    Por acaso a Semurb nunca passou nas praias urbanas, em Areia Preta?
    Esgoto escorrendo diariamente nas areias das praias.
    Dois pesos e duas medidas.
    Local onde moram ex governador, ex prefeito, deputado, ex senador. Nada fizeram durante sua gestão. Isso vai continuar assim?

  2. Alfredo Paiva disse:

    Acho que o revoltado ai não sabe ler. rssssssssssssss A multa aplicada pela SEMURB para os condomínios é de 402 Reais POR DIA.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Tem gente precisando voltar para a escola.

  3. nasto disse:

    E a Av. DOS PINEIRAIS em NEOPOLIS ? Façam uma fiscalização e peçam a documentação das barracas , treilher , cigarreiras, oficinas. Tudo irregular . É só fiscalizar que encontra um verdadeira esculhambação.

  4. Paulo disse:

    Quando vão resolver a Avenida das Alagoas? Carros parando no canteiro… para comprar de tudo,,

  5. Juliano bugueiro disse:

    Venham urgente na avenida da Chegança aqui no Nova Natal, colocaram umas 20 cigarreiras nos canteiros tudo irregular.

  6. Luciana Morais Gama disse:

    Enquanto isso os canteiros das avenidas Das Alagoas e Airton Senna estão cheios de trailers, barracas, toldos, mesas… e ninguém faz nada.

    • disse:

      A Semurb de que trata a reportagem é a do Município de Natal. Se o trecho das Avs. das Alagoas e Ayrton Senna já pertencerem a Parnamirim, a secretaria já não seria a mesma… importante aferir.

  7. Revoltado disse:

    Interessante, para o trailer apreenderam, aplicaram multa em APENAS 72h.
    Já os condomínios que despejaram esgoto desde 2019, só uma multa de 402 reais.

    Ou seja, se for fazer uma merda, que seja grande, porque se for coisa "besta" você se ferra mais.
    O crime realmente compensa aqui no BR

Polícia Rodoviária Estadual autua 13 condutores e apreende veículos na região Oeste do Estado

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

Nessa terça-feira (30 de junho), o 2º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (2° DPRE) realizou mais uma operação de fiscalização de trânsito nos Postos Fiscais e nas RN’s da região Oeste do Estado.

Durante as ações, os militares fiscalizaram 65 veículos, com a confecção de 13 autos de infração por violação às normas de conduta de trânsito e oito testes de alcoolemia, além do recolhimento de dois veículos por irregularidades.

Ainda na fiscalização, foram realizadas as abordagens a doze pessoas que apresentaram atitude suspeita, com buscas pessoais, conforme permite a legislação penal e processual pátria.

Durante o serviço ordinário dessa terça, o 2º DPRE ainda registrou a ocorrência de um acidente de trânsito e uma vítima lesionadas.

O 2º DPRE vem realizando regularmente fiscalizações diárias em suas áreas de atuação, com o objetivo de inibir a ocorrência de crimes e de infrações de trânsito na região.

FOTO: Policiais militares da Força Tática apreendem drogas com trio suspeito de tráfico em Natal

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

No início da noite dessa terça-feira (30 de junho), policiais militares da Força Tática do 1° Batalhão de Polícia Militar efetuaram a apreensão 112 porções de substâncias entorpecentes com um trio suspeito de tráfico de drogas no bairro de Brasília Teimosa, zona Leste de Natal.

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública, os militares receberam uma denúncia de que um imóvel localizado na rua Boa Vista, em Brasília Teimosa, estaria sendo utilizado para o comércio ilícito de drogas e entorpecentes.

Durante as averiguações, um dos suspeitos percebeu a presença da Polícia Militar na localidade e iniciou uma fuga em cima dos telhados das residências vizinhas, tendo sido alcançado em uma residência localizada na rua Varela Santiago, no bairro das Rocas.

Segundo a PM, na residência em que o suspeito foi surpreendido, os policiais encontraram 99 trouxinhas de substância análoga à maconha, 08 trouxinhas de substância análoga ao crack e 05 trouxinhas de substância análoga à cocaína. Ainda na residência, os militares apreenderam um revólver calibre .38, além de 11 munições do mesmo calibre, duas balanças de precisão e a quantia de R$ 693,00 em dinheiro fracionado.

Na ação policial, um casal foi preso e um adolescente foi apreendido por tráfico ilícito de entorpecentes e por porte ilegal de arma de fogo.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=234376&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

Operação da Guarda Municipal e Semurb apreende em Natal carga de madeira destinada a fogueiras

Foto: Divulgação/SEMDES

Uma operação da Guarda Municipal do Natal (GMN) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) realizada nessa quarta-feira (17), apreendeu uma carrada de madeira destinada a produção de fogueiras juninas, que estava sendo comercializada na Avenida Prudente de Morais. As toras de lenha estavam sobre a calçada, expostas de forma enfileirada ao longo de um muro da via urbana.

De acordo com informações repassadas pelo patrulhamento preventivo da GMN, os guardas municipais foram acionados, juntamente com os fiscais da Semurb, por meio do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), que recebeu a denúncia da comercialização ilegal de lenha. “Fomos em apoio a fiscalização da Semurb e ao chegarmos na área indicada constatamos a denúncia, sendo toda a madeira apreendida e retirada do local”, relatou o guarda municipal J. Neto.

O ato de receber ou adquirir, para fins comerciais, madeira, lenha e outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente, e sem munir-se da via que deverá acompanhar o produto até final beneficiamento é crime tipificado na Lei Federal de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605). A punição para essa prática é a detenção de seis meses a um ano, além de multa.

Outro agravante é que neste ano está proibido, por meio de decreto do Poder Executivo, o acendimento de fogueiras, sendo punido o infrator com multa de R$ 2 mil. Também não é permitido a realização de festejo junino e utilização de fogos de artifícios, com multa de R$ 1 mil. A madeira apreendida foi retirada do local com a utilização de um caminhão da Urbana, ficando o material sob custódia da Semurb.

FOTO: PRF prende dois homens e apreende 72 quilos de maconha na Grande Natal

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no final da noite dessa segunda-feira (8), mais de 72 quilos de maconha transportados em um caminhão boiadeiro. A ação aconteceu no km 280 da BR 304, em Macaíba, região metropolitana de Natal. Dois homens foram presos.

Policias rodoviários federais faziam fiscalização na rodovia quando deram ordem de parada ao condutor de um caminhão, que faz o transporte de animais vivos, mais conhecido como boiadeiro.

Próximo ao caminhão, seguia uma caminhonete Toro que também foi abordada. O caminhão era conduzido por um homem de 40 anos e a caminhonete por um jovem de 26 anos, ambos residentes na cidade de Quixeramobim/CE.

Durante a fiscalização, os dois motoristas demonstraram nervosismo e disseram que estavam vindo de Fortaleza/CE, com destino a cidade de João Pessoa/PB, onde iriam buscar um cavalo pertencente ao patrão. No decorrer da abordagem, a equipe constatou que os dois veículos andavam juntos e que a caminhonete, exercia a função de “batedor” do caminhão.

Em uma busca minuciosa aos veículos, os policiais encontraram, em um compartimento falso, entre a cabine e a carroceria do caminhão, vários sacos brancos contendo tabletes de maconha prensada. Após a contagem, foram contabilizados 69 pacotes, totalizando 72,77 kg da droga.

Diante do flagrante, os homens foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Natal, onde foram autuados pelo crime de tráfico interestadual de drogas.

FOTO: PRF apreende em Sergipe 600 kg de cocaína – valor estimado em R$ 10 milhões – que tinha como destino o RN

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no final da tarde desse domingo(07), cerca de 600 quilos de cocaína transportados em um automóvel. A ação aconteceu no km 93 da BR-101, em Nossa Senhora do Socorro (região da Grande Aracaju).

Os agentes federais faziam o trabalho de fiscalização na rodovia quando deram ordem de parada ao condutor do veículoFiat/Toro, com placas de Minas Gerais, e encontraram no compartimento de cargas do utilitário cerca de 600 quilos de cocaína distribuídos em tabletes.

O condutor, de 39 anos, disse aos policiais que pegou o carro na cidade de Guarulhos/SP e durante um pernoite no município baiano de Vitória da Conquista, a droga foi colocada no veículo, de onde seguiria até o estado do Rio Grande do Norte.

Esta, que já é a maior apreensão de cocaína no estado de Sergipe, é mais um resultado do emprego de policiamento ostensivo qualificado orientado por inteligência. Estima-se que o prejuízo causado ao narcotráfico brasileiro ultrapasse a cifra de R$ 10 milhões.

A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil, em Aracaju.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Provavelmente era para consumo próprio .

PF apreende celular de secretário e faz buscas na prefeitura do Recife em investigação sobre compra de respiradores sem licitação; veja detalhes

Foto: Divulgação/PF

Uma operação da Polícia Federal que investiga a compra de respiradores pela prefeitura do Recife, através da Secretaria de Saúde, com dispensa de licitação, cumpriu mandados de busca e apreensão, nesta quinta-feira (28). Entre outros locais, os policiais estiveram na sede prefeitura e na casa do secretário de Saúde da capital, Jaílson Correia, que teve o celular apreendido, segundo o assessor de comunicação da PF, Giovani Santoro.

Esta foi a segunda fase da Operação Apneia, deflagrada em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União (CGU).

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, na sede da empresa que vendeu os respiradores, e Pernambuco nesta quinta-feira (28). No Recife, os mandados foram para os bairros do Recife, onde fica a prefeitura, e do Espinheiro, onde mora o secretário de Saúde.

Segundo as investigações, empresas com débitos com a União superiores a R$ 9 milhões se utilizaram de uma microempresa “fantasma”, que estava no nome da ex-companheira do proprietário de fato. A PF constatou que a firma não existe em seu endereço de cadastro, além de não ter funcionários ou bens em seu nome.

O total contratado com a prefeitura de Recife ultrapassava o patamar de R$ 11 milhões, segundo a Polícia Federal. No entanto, a empresa tinha um capital social de apenas R$ 50 mil e não poderia faturar mais que R$ 360 mil por ano. Dos respiradores comprados, 35 foram entregues.

“Pelos dados que conseguimos identificar, [a empresa] não teria condições de dar suporte a esse contrato”, afirmou o delegado federal, Daniel Silvestre.

Em nota, a prefeitura do Recife apontou que os policiais federais estiveram na Secretaria de Saúde da capital, onde apreenderam um celular. A compra dos respiradores de uma empresa de São Paulo foi cancelada na sexta-feira (22). Cada respirador foi comprado a R$ 21,5 mil

“A referida compra foi cancelada pela Secretaria de Saúde e o único valor pago, de R$ 1,075 milhão, já foi devolvido pela empresa à Prefeitura, no último dia 22. Portanto, não há possibilidade de haver qualquer prejuízo à Prefeitura do Recife. Todos os procedimentos da Secretaria de Saúde estão sendo realizados dentro da legalidade e todos os processos de aquisição da pandemia estão sendo enviados, desde abril, por iniciativa da própria Prefeitura, ao Tribunal de Contas do Estado”, afirmou.

A prefeitura afirmou, ainda, que a Secretaria de Saúde e todos os órgãos “continuam à disposição dos órgãos de controle para prestar qualquer esclarecimento”.

Os secretários municipais também divulgaram nota em apoio ao titular de Saúde, Jaílson Correia, afirmando que o colega é referência “como ser humano e como gestor público”.

“Nós, secretários da Prefeitura [do Recife], vimos a público para prestar nosso irrestrito apoio e solidariedade ao colega Jaílson Correia. Médico e cientista que tem sua competência reconhecida pelos recifenses. Conhecemos sua seriedade e honestidade. Jaílson jamais cometeria uma ilegalidade. Seu trabalho e compromisso com o povo já salvou muitas vidas nessa pandemia”, disse o texto conjunto.

Primeira fase

A primeira fase da operação foi deflagrada em sigilo na segunda-feira (25), ocasião em que a PF constatou que, dos 35 respiradores devolvidos pela prefeitura para a empresa fornecedora, apenas 25 se encontravam no depósito localizado no Recife, tendo os demais sido comercializados.

“Descobriu-se que [os respiradores devolvidos] estava em um depósito no bairro de Casa Forte, aqui no Recife. Contudo, esse depósito pertence a outra empresa, que provavelmente foi contratada pela fornecedora”, disse Silvestre.

Há indícios de que um dos aparelhos tenha sido adquirido por uma prefeitura do interior do estado pelo triplo do valor que constava no contrato com a Prefeitura de Recife. A Justiça Federal determinou que os respiradores encontrados pela PF não sejam comercializados ou transportados para outras localidades até a realização das auditorias pertinentes.

O MPF apontou que inciou a investigação após a representação do Ministério Público de Contas (MPCO), feita pelo procurador Cristiano Pimentel, e que vai analisar as possíveis evidências colhidas para dar sequência à investigação dos aspectos criminais referentes ao caso.

Caso se comprovem as irregularidades, os envolvidos podem responder pelos crimes de dispensa indevida de licitação, uso de documento falso, sonegação fiscal e previdenciária, bem como por associação criminosa e peculato.

Respiradores sem utilização

Na nota, a PF apontou que chamou a atenção o fato de que os respiradores que haviam sido comprados pela prefeitura do Recife não foram utilizados. Eles estavam parados há uma semana, “mesmo com a notória demanda pela utilização desse equipamento, e diante de uma verdadeira corrida por bens dessa natureza”.

Na ocasião, a Secretaria de Saúde afirmou que a fornecedora não comprovou a homologação da Anvisa e, com isso, os equipamentos não podiam ser usados, segundo os investigadores.

“Ao mesmo tempo, em conta de rede social do proprietário da fabricante dos respiradores, observou-se que os aparelhos, ao menos até o início do mês de maio do presente ano (quando já haviam sido entregues unidades à PCR), teriam sido testados somente em animais”, disse a PF.

Pedido de explicação

Na sexta-feira (22), a PF solicitou que a prefeitura apresentasse documentos sobre dispensa de licitação para a compra de máscaras cirúrgicas, toucas, aventais descartáveis e camas hospitalares para as ações contra o novo coronavírus. Segundo a corporação, a administração municipal assinou contratos, de mais de R$ 15 milhões, com a empresa Delta Med.

A PF informou, na sexta, que estava atuando no caso por causa de uso de dinheiro do Sistema Único de Saúde (SUS) na aquisição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Uma equipe da corporação esteve na sede da prefeitura, no Cais do Apolo, no Centro, para entregar o ofício com a solicitação.

Covid-19 em Pernambuco

Mais 794 casos e 98 óbitos devido à Covid-19 foram confirmados em Pernambuco nesta quinta-feira (28). Com isso, o estado passou a ter 30.713 confirmações e 2.566 mortes por essa doença causada pelo novo coronavírus. Esses números são contabilizados desde o início da pandemia, em março.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chicó disse:

    Digitem no Google: 242,4 bilhões !!!

  2. Luiz Antônio disse:

    As investigações vão alcançar os irmãos 701, 702 e 703… Aguardem

  3. Gibira disse:

    Que a PF faça uma devassa em todos os Estados.

  4. Véio de Rui disse:

    Duas coisas que a esquerda sabe fazer com precisão: falar mal do Bolsonaro e roubar recursos públicos

    • De olho👀 disse:

      Tá certo véio, mas falar mal das atitudes e crimes de Bolsonauro não é exclusividade da esquerda e sim das pessoas decentes.

  5. Ivan disse:

    Enquanto governantes desviam verbas que seriam usadas no combate à pandemia, vc´s ficam indignados com as falas do PR…Vão se f…vagabundos…PF nesses assassinos genocidas que roubam o dinheiro da saúde nesse momento…

    • Marcos disse:

      Quem fala, o presidente até parece que esta fazendo algo útil nessa pandemia. Sou contra o roubo, se estiverem roubando, que prendam, assim como o presidente e seus filhos. Se dependesse de Bolsonaro, o caso estaria instalado, pois, ele queria aglomeração.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Quem for podre que se quebre, seja lá quem for. E quem não tem nada a esconder também não deveria ter nada a temer, simples assim.

    • Higino disse:

      Calma ivan, vai chegar nele, é só aguardar um pouco, essa quadrilha familiar cai na arapuca. Por enquanto só alguns atos estarrecedor como compra de estejra por 44 mil reais, enquanto a população morre de covid sem assistência hospitalar. Mas pelo jeito você acha normal, né?

    • Raimundo disse:

      Se o tempo que a Globo dedica a falar mal de Bolsonaro fosse usado para conscientizar a população, talvez a pandemia já tivesse passado.

    • Manoel disse:

      E sua indignação contra rachadinhas, Val do Açaí, superfaturamento de notas fiscais de gasolina, Queiroz e etc está onde?

    • Lucas disse:

      Amigão, uma coisa não inviabiliza a outra! Você pode se indignar com a roubalheira de políticos e com as idiotices e arroubos autoritários do presidente, não é jogo de futebol!

    • Braulio Pinto disse:

      Desvio de dinheiro público é horrível, em tempos de pandemia é execrável, as penas deveriam ser aumentadas, se é que alguém será condenado por isso (não duvido de nada). No entanto, o discurso do presidente é chulo, provocador, preconceituoso, inoportuno, politica e gramaticalmente incorreto, inconsistente e abominável sob todos os aspectos, principalmente nesse momento de crise quando ele e seus ministros deveriam estar TRABALHANDO.

Polícia Civil apreende adolescente suspeito de ter assassinado mãe e filha em Mossoró

Duas investigações que estavam sendo realizadas pelos policiais civis da Delegacia de Homicídios (DHM) e pela Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Mossoró resultaram na apreensão, nessa quarta-feira (27) de um adolescente de 16 anos, suspeito de ter assassinado mãe e filha no município. O suspeito foi detido quando estava em uma residência na comunidade do Ouro Negro. Um outro adolescente que estava na casa, também foi apreendido.

Na manhã desta quarta-feira, uma equipe de policiais civis da DENARC cumpriu dois mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juizado da Infância e Juventude de Mossoró, dando continuidade às ações da Operação Resistência. Durante o cumprimento, foram apreendidos em flagrante dois adolescentes, um de 16 e outro de 15 anos. Os adolescentes, que estavam com maconha e munições de arma de fogo, foram autuados em flagrante pela prática de atos infracionais análogos à posse de drogas para consumo pessoal e posse de arma de fogo.

Durante depoimento, o adolescente de 16 anos confessou o crime cometido no dia 17 de maio, que vitimou a mãe Maria Clécia Ferreira da Silva, 49 anos e Jackeline Ferreira da Silva, de 21 anos. As duas estavam em casa, quando a residência foi invadida. Jackeline foi morta dentro de local e a mãe que tentou correr pelas calçadas da rua, foi alcançada pelo atirador e não resistiu.

Os dois adolescentes apreendidos foram encaminhados para o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Mossoró. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

PF apreende celulares e computadores de Witzel

Ao cumprir os mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Placebo, nesta terça-feira, a Polícia Federal apreendeu telefones celulares e computadores de Wilson Witzel no Palácio das Laranjeiras.

A ação teve como base duas investigações a cargo da força-tarefa da Lava Jato no Rio e do Ministério Público do estado.

Ao todo, foram 12 buscas e apreensões na operação de hoje, todas autorizadas pelo STJ.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silvio. disse:

    Tem que ser ficalizado de Norte a Sul.
    Aqui no Nordeste principalmente.
    Existe um consórcio, que em nenhuma outra região exister.
    Então, vamos virar a Biruta pra cá.
    Pode ser que tenha marmota grande aqui no NE.

  2. Jorge disse:

    Quero ver apreender o do PRESIDENTE. Moro inaugurou a justiça partidarizada e agora Brasília tá inaugurando a polícia federal partidarizada.

  3. Cigano Lulu disse:

    Tem que apreender mesmo, inclusive o do Capetão e seus comparsas. Mesmo desigual, a lei é a mesma para todos.

  4. Rivanaldo disse:

    A deixa para apreender o celular do mito já foi dada.

PM prende suspeito e apreende drogas e dinheiro na zona Norte de Natal

Foto: PM/ASSECOM

Na manhã dessa segunda-feira (25), policiais militares da Força Tática do 4° Batalhão (FT4) detiveram um homem, de 23 anos, suspeito de tráfico de drogas no Conjunto Vila Paraíso, zona norte da capital.

Por volta das 11h30, os militares realizavam patrulhamento e ao passar na Travessa Santa Karina, um homem percebeu a presença da viatura e se evadiu pulando um muro. Acompanhado pela FT4, o infrator foi detido escondido no telhado, ao lado de uma caixa d’água, e com uma chave de uma residência. Dentro do imóvel foram encontrados cerca de 689 porções de maconha, 40 porções de crack, 01 tablete de aproximadamente 01 Kg de Pasta base, saco contendo cocaína, 03 balanças de precisão pequena, 01 balança grande, 01 simulacro de pistola 24/7, além da quantia R$ 4.264,55 em espécie.

O suspeito foi conduzido à Delegacia Especializada em Narcóticos – DENARC.

FOTO: Fisco Estadual apreende carga irregular de vinhos e ração pet

Foto: Divulgação

A Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) realizou mais uma apreensão de carga devido à operação de combate ao fluxo de mercadorias ilegais nas rodovias do Rio Grande do Norte. Na madrugada desta terça-feira (12), os auditores fiscais interceptaram, na região do Alto Oeste, um caminhão que transportava 10 toneladas de ração para gatos e 2,4 mil garrafas de vinho, que estavam sendo transportadas sem documentos fiscais. Juntos, os produtos foram avaliados em R$ 124 mil e tinham como destino Fortaleza (CE).

A apreensão ocorreu durante a madrugada, quando os auditores inspecionaram o caminhão que cruzava o Rio Grande do Norte pela rodovia RN-405, na altura do povoado de Major Felipe, distrito do município de José da Pena, distante 421 quilômetros de Natal. Com a ação dos auditores, o motorista informou que os mil fardos da ração, assim como os vinhos, estavam sem notas fiscais. Toda a mercadoria havia sido adquirida na cidade de Souza, na Paraíba, e entraria no Ceará passando pelo Rio Grande do Norte.

Após a contagem e pesagem do material, a mercadoria ficou retida na 7ª Unidade Regional de Tributação (URT), instalada no município de Pau dos Ferros até o fim da manhã, quando o proprietário pagou a multa aplicada e o imposto devido e a carga foi liberada. O fluxo de mercadorias sem notas é considerado sonegação fiscal, que é um crime contra a ordem tributária.

Polícia Militar apreende drogas em Nova Parnamirim

Foto: Divulgação/PM

Na noite dessa terça-feira (05), a Polícia Militar, através da Força Tática do 3º Batalhão, apreendeu drogas no bairro de Nova Parnamirim, Parnamirim/RN.

A viatura realizava patrulhamento na comunidade conhecida como “toca da raposa”, quando se deparou com alguns indivíduos, que fugiram em direção a mata fechada ao perceberem a presença dos policiais. Na fuga abandonaram cinco pequenos tabletes de Maconha e um aparelho de telefone celular.

A guarnição conduziu o material apreendido à Delegacia de Polícia Civil de plantão na zona Sul , para realização das providências cabíveis.