FOTO: Com PM ainda em paralisação, comércio na Prudente de Morais começa a baixar as portas temendo arrastões

Em decorrência da paralisação da Polícia Militar, alguns comércios na Avenida Prudente de Morais começaram a baixar as portas dos estabelecimentos no fim da tarde desta terça-feira (22), por precaução, temendo por arrastões.

IMG-20140422-WA0009Foto: Cedida

Na Comjol, por exemplo, as portas foram baixadas por cerca de 40 minutos,e reabertas após a sinalização até o momento de exagero quanto a onda de violência. Contudo, a loja deverá funcionar somente até as 18h, uma hora a menos de seu funcionamento normal.

Já no Hiper Bom Preço, as portas foram baixadas e são esperadas as saídas dos últimos clientes para um possível fechamento e liberação de funcionários.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jiordano disse:

    Saudade do governo militar….Forças armadas nas ruas.

  2. Carvalho disse:

    Se for depender de Dilma e Rosalba as pessoas serão assaltadas e não terão direito à proteção estatal.
    As leis são ineficazes, o policiamento preventivo não existe, a investigação policial é falha e a justiça é lenta.
    Quem quiser garantir a sua proteção, a da sua família e a de sua propriedade tem que andar armado.

  3. Risoleide disse:

    Até quando nós, trabalhadores, pessoas de bem vamos aguentar isso? Pouca vergonha estarmos refém dos bandidos.

  4. Sergio Nogueira disse:

    Essa de encerrar o atendimento antes do fim é prática comum na Governadoria. Desde 2011 que as portas foram baixadas e esperam que finalmente tenhamos um Governo para poder subi-las outra vez.