Covid-19: Sindicato dos Bancários anuncia fechamento temporário da Caixa Econômica da Maria Lacerda por descumprimento de orientações de segurança em saúde

A Caixa Econômica Federal continua descumprindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde quanto aos procedimentos a serem adotados quando há confirmação de casos do novo coronavírus. A agência da vez é a da Maria Lacerda, em Nova Parnamirim, que será fechada nesta terça-feira, 26, pelo Sindicato dos Bancários do RN.

“Cada vez que um banco insiste em descumprir as orientações internacionais de segurança em saúde, centenas de pessoas são expostas ao risco. As agências da Caixa vêm recebendo um número excessivo devido ao pagamento do auxílio emergencial. As aglomerações são constantes. Manter as agências abertas com os mesmos trabalhadores que mantiveram contato com o colega infectado é um crime contra a população do estado”, destacou o sindicato.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    BG, convide, se possível, uma autoridade que nos esclareça sobre este assunto. Eu, particularmente, não sabia que Sindicato teria tanto poder.

  2. J.Dantas disse:

    Sindicatos estão com poder de "Puliça" no RN… Viva a ditadura "incarnada" chinesa kkkkkkk Cadê a "Puliça" antifascista da nossa governadora?? Cada Estado e Município durante a crise do coronavírus receberam emancipação da federação e se tornaram países totalitários independente da federação… Graças ao stf… Parabéns!

  3. LULADRÃO disse:

    Tá de brincadeira? Sindicato pode fechar agência?

Novo decreto estadual recomenda fechamento de praias no fim de semana

Foto: Reprodução/Trecho de decreto/DOE

O Governo do Rio Grande prorrogou as medidas restritivas de isolamento social por mais 15 dias, como forma de evitar a proliferação da pandemia do novo coronavírus. O novo texto apresenta uma novidade:a recomendação para o fechamento das orlas urbanas durante os fins de semana, nos municípios potiguares – cabendo ser seguida ou não pelas cidades litorâneas.

O novo decreto estadual publicado no Diário Oficial (DOE) entrou em vigor nesta quarta-feira (20) e vale até o dia 4 de junho

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alceu disse:

    Vai proibir já já o movimento das marés. Lembrei-me de Chico “ Como vai se explicar, Vendo o céu clarear
    De repente, impunemente”

  2. Velho da praia disse:

    Não vou poder ver os boy na praia de Muriu

  3. Flávia Lemos disse:

    Não precisa de praia para se expor ao sol. Além disto o índice de radiação aqui no RN é bem alto. Conversando com qualquer dermatologista, é possível saber que bastam 10 minutos sob este sol escaldante para ter benefícios para a saúde. Se não houver fechamento dos espaços públicos, a população do RN, continua com sua habitual ignorância e não contribui em nada para a diminuição dos casos de coronavirus.

  4. natalsofrida disse:

    O Brasil virou uma china, os poderes estão aliados contra o presidente. Mas esquecem de um pequeno detalhe: O povo. Se fizermos igual nos EUA, onde o governadorcomunista, de um estado decretou lockdown. Fizeram uma carreata na praia, não teve policia que parasse. Povo instruído é outra coisa.

  5. Fabio disse:

    Qual é a competência do Estado do RN sobre terrenos pertencentes a União? NENHUMA! Os "terrenos de marinha" são imóveis de propriedade da União. Alô, MPF! Alô AGU! Vai ficar por isso mesmo?

    • Medrosos disse:

      Aqui a Governadora passa por cima de tudo e de todos. O Ministério Público e o Poder Judiciário ficam bem quietinhos com medo da Chefona. Uma vergonha, deveriam devolver as togas.

  6. Antonio Turci disse:

    Alguém me responda, por favor. Qual a autoridade que tem poder sobre as águas do mar, a partir das áreas de marinha: 1) o Estado (ente federado), a o Município (Prefeitura) ou a Secretaria do Patrimônio da União?

  7. Pedro disse:

    Absurdo isso. Se propõe a fechar a orla marítima e se permite uma feira livre funcionar. Sem fiscalização nenhuma. Todos juntos. Tenha santa paciência. Aí também já estão extrapolando.

  8. Ricardo disse:

    Puta que Pariu!! não falta mais nada! Fechar a praia? até aonde vai essa estupidez? Praia é vitamina D! Essencial ao combate do corona virus. Fiquem em casa, passando alcool gel, sem pegar sol, e fiquem com a imunidade la embaixo!!

Giselda Trigueiro fecha pronto-socorro; pacientes sem coronavírus e demais foram transferidos para o Hospital Universitário Onofre Lopes

Foto: Quezia Oliveira/Inter TV Cabugi

O Hospital Giselda Trigueiro fechou o pronto-socorro na manhã desta segunda-feira (18) com a demanda de todos os leitos separados para pacientes do novo coronavírus lotados. De acordo com a unidade, os serviços do pronto-socorro foram transferidos para o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), que passou a receber os pacientes que não são de coronavírus.

Segundo reportagem do portal G1-RN, o diretor do hospital, André Prudente, afirmou que o fechamento do pronto-socorro atendeu a uma demanda da Secretaria de Saúde, do Ministério Público e da regulação do Sistema Único de Saúde. O motivo é que os pacientes que davam entrada no pronto-socorro com sintomas do coronavírus acabavam sendo colocados em UTI, em caso necessário, passando na frente de outros pacientes que já aguardavam na lista de espera por leitos críticos. A fila, chamada pelos técnicos de “regulação”, é feita com base em classificação de gravidade de cada paciente, que vai de 1 (muito grave) a 4 (menos grave).

Agora atuando com “porta fechada”, a unidade vai atender apenas pacientes regulados, vindo de outras unidades de saúde. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, pessoas que têm sintomas graves da doença devem procurar pronto-socorros, como as Unidades de Pronto-Atendimento (UPA). Havendo necessidade de internação em um leito de UTI ou um clínico, por exemplo, o paciente passa a integrar a fila da espera da regulação.

Com acréscimo de informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Felipe disse:

    Alguém viu Fatão ?

Prefeitura de João Pessoa decreta fechamento do acesso a praias e parques

Foto: ClickPB

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (4), o fechamento da orla e das praias da Capital, assim como do Parque Solon de Lucena e Parque Parahyba até o dia 18 de maio. O decreto foi publicado em edição especial do Semanário Oficial do município desta segunda-feira (4).

De acordo com o documento, a autoridade de trânsito disciplinará a proibição de estacionamento nas Avenidas Cabo Branco, Almirante Tamandaré, João Maurício e Arthur Monteiro de Paiva, respectivamente localizadas nos Bairros de Cabo Banco, Tambaú, Manaíra e Bessa, bem como nas imediações dos parques localizados no município de João Pessoa.

Ainda na manhã desta segunda, o procurador do município, Adelmar Régis, havia falado sobre a possibilidade de interdição das praias, visto que parte da população não estava cumprindo o isolamento e as praias estavam registrando aglomerações.

Click PB

Makro Atacadista esclarece fechamento da unidade localizada em Natal

O Makro Atacadista esclarece que o fechamento da unidade localizada em Natal integra o movimento de reestruturação da empresa, já anunciado no mês de janeiro de 2020.

“Com a otimização da rede de lojas, a companhia confirma a continuidade de sua operação no Brasil, exclusivamente no Estado de São Paulo”, encerra nota.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luigi disse:

    Notícia ruim.
    Gostava muito de comprar no Makro.
    Preços boms, produtos de primeira linha, verduras sempre fresquinhas.
    E sem filas.
    Vou sentir falta da comodidade e conforto.
    É uma pena.

Fátima prorroga suspensão das aulas e fechamento de bares e restaurantes até 23 de abril no RN

A governadora Fátima Bezerra (PT) confirmou nesta quarta-feira (1º) que vai renovar o decreto que suspende as atividades de bares e restaurantes no Rio Grande do Norte por causa da pandemia do novo coronavírus. Segundo a chefe do Poder Executivo potiguar, a prorrogação vai até o dia 23 de abril.

Veja mais: Funcionamento de oficinas e restaurantes fora do perímetro urbano autorizado no RN para ajuda a caminhoneiros

A renovação do prazo de isolamento social continua valendo também para escolas das redes pública e privada do estado, e demais estabelecimentos e espaços públicos que estão na primeira publicação, de 21 de março.

Com acréscimo do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alves disse:

    Essa louca varrida vai acabar coma economia do RN. Trabalhar e produzir nunca foram características dela e dos petistas. Espero que a população saiba da a resposta nas próximas eleições.

  2. Josepe disse:

    Parabéns Governadora.

  3. Zózimo Brasil disse:

    Parabéns governadora. Ainda bem que não seguimos a loucura desse presidente.

  4. Sebastiao disse:

    O intuito da quarentena é só um: diminuir a curva de contaminação e dar tempo para novos leitos, evitando que o sistema entre em colapso.
    Aí vem a pergunta: quantos leitos a governadora criou no período? qual o hospital de campanha do Estado?
    Fechar tudo é fácil, aí ninguém adoece. E quando todo mundo sair, todo mundo adoecerá!?!?
    Viveremos, eternamente, em quarentena, Sra. Governadora?????

    • Sara disse:

      Calma Sebastiao! Ta anunciado pela SESAP um hospital para o COVID pelo custo de 37 milhoes de reais.
      Mas os hospitais desativados, nao foi anunciado pelo governo do estado a reabertura deles?

  5. Higino disse:

    HOSPITAL DE CAMPANHA COM UTI E RESPIRADORES, IRRESPONSÁVEL!

  6. natalsofrida disse:

    Vai acabar de enterrar o estado. Segue a risca a cartilha do maior ladrão do mundo. Deus nos abençoe, estamos literalmente nada mãos do criador.

    • Paulo disse:

      Parabéns governadora excelente medida. Ainda bem qua não seguimos as orientações do sem noção do presidente. Que até vídeo mentiroso posta e depois apaga.

    • Manoel disse:

      Estou sentindo falta de providências em ampliar leitos e melhor equipar os já existentes. Isolar as pessoas não resolve o problema, só adia. Eh muito blá blá blá sem providências!

    • Neco disse:

      Marcha da insensatez.

Bolsonaro diz que governadores e prefeitos que determinarem fechamento do comércio terão de pagar encargos trabalhistas

Ao sair do Palácio da Alvorada nesta sexta-feira (27), Jair Bolsonaro afirmou que governadores e prefeitos que determinarem o fechamento do comércio por conta do novo coronavírus terão de pagar os encargos trabalhistas.

O presidente disse que há um artigo na CLT que garante o pagamento para empresários e comerciantes.

“Ó, tem um artigo na CLT que diz que todo empresário, comerciante que for obrigado a fechar seu estabelecimento por decisão do respectivo chefe do Executivo, os encargos trabalhistas quem paga é o governador e o prefeito, tá ok? Fecharam tudo. Era uma competição quem ia fechar mais.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fabio disse:

    Ohh povo Insensato !!! Um vírus quem pega 2 % morrer vamos deixar de drama minha gente vamos produzir.

  2. Nando disse:

    Quem acha q o presidente tá certo, não siga as orientações de prevenção.

  3. Fábio Cardoso disse:

    Art. 486 – No caso de paralisação temporária ou definitiva do trabalho, motivada por ato de autoridade municipal, estadual ou federal, ou pela promulgação de lei ou resolução que impossibilite a continuação da atividade, prevalecerá o pagamento da indenização, que ficará a cargo do governo responsável.

    • Cidadão Atento disse:

      Vc sabe o que significa CASO FORTUITO OU DE FORÇA MAIOR, senhor advogado?
      Caso fortuito + Força maior = Fato = ocorrência imprevisível ou difícil de prever que gera um ou mais efeitos/consequências inevitáveis.
      É um impedimento, para o cumprimento de uma obrigação, ou seja, é um acontecimento imprevisível, inevitável, irresistível e que não emana de culpa do gestor, mas decorre de circunstâncias além de suas capacidades e competências para prever ou evitar.

      Portanto pedidos de indenização devido a incidente, acidentes ou fatalidades causadas por fenômenos da natureza podem ser enquadrados na tese de caso fortuito ou de força maior.
      No Código Civil temos o art. 393. O devedor não responde pelos prejuízos resultantes de caso fortuito ou força maior, se expressamente não se houver por eles responsabilizado. Parágrafo único. O caso fortuito ou de força maior verifica-se no fato necessário, cujos efeitos não era possível evitar ou impedir.

  4. Zé carlos disse:

    Os governantes da esquerda, a mídia ferrada, liderada pela globo, e os que querem a cadeira ….. A META É ACABAR COM BRASIL.

  5. Santos disse:

    KKKKKKKKKK
    Esse senhor brinca com a situação.

    • JULES disse:

      NÃO CREIO DESTA FORMA. O COMÉRCIO DEVE FUNCIONAR NATURALMENTE COM RESTRIÇÕES. SE A MÍDIA É DE ESQUERDA,QUEREM TIRAR O PRESIDENTE DO CARGO,NÃO
      IRÃO CONSEGUIR…

  6. Chicó disse:

    Está aí uma bela oportunidade dos estados mostrarem coerência. Poderiam no mínimo suspender a cobrança de impostos as empresas e a população, assim como o governo federal suspendeu o pagamento das dívidas estaduais a união.

  7. Said disse:

    Povo retardado,com uma grande recessão vai morrer de fome e do caos social crianças,adultos e idosos.
    Politicagem barata e ignorância dos desinformados,acorda enquanto é tempo de salvar o que o PT destituiu com tanta roubalheira.

  8. Ivan disse:

    Tão mandando servidor pra casa e pagando R$ 35.000,00 + Auxilio Moradia + Aux Alimentação (Juiz, Promotor, Auditor, Procurador, Defensor público, Deputado, Vereador, etc, sem falar dos barnabés)…Mandou o comércio fechar, assuma a responsabilidade de bancar o trabalhador tb…Certíssimo, e o salário do empregador, quem vai pagar????

  9. Miranda disse:

    Acho que ele está querendo acabar com os idosos pra diminuir o déficit da previdência…

  10. Rai S SILVA disse:

    Presidente tem razão, os governadores politiqueiros arke com suas demagogias e hipocrisia. Eles tentaram fuder o Brasil e derrubar o presidente.

  11. Gilson Dias disse:

    Tudo que esse kra pensa é só em confronto ao invés de união do
    País.

  12. Laura disse:

    Olha a Itália Presidente.

  13. Anti-Político de Estimação disse:

    Presidente, chega de politicagem barata, o que precisamos é da serenidade e da condução de um verdadeiro líder. Pense como um HOMEM DE VERDADE em relação ao seu País.
    Chega de molecagem !!

    • Kelly disse:

      Chega a ser ridículo uma atitude como essa, até porque se trata se força maior. Ele só esta visando o bolso. Quer mesmo é que os idosos morram pra não pagar INSS.

    • David disse:

      Protejam os de saúde debilitada e voltem a trabalhar, a sobrevivencia não cai do céu. Alguns até sobrevivem do caos,.

    • Anti hipocrisia disse:

      Quem faz política com esse problema de saúde mundial não é o Presidente, mas todos seus opositores, ele apenas tem tomado as medidas que pode.
      Você que se diz entendido em politicagem, qual a medidas que os governadores que reclamam de Bolsonaro tomaram até aqui? O isolamento? Isso é tudo?
      Qual a razão desses que reclamam e jogam contra, não terem providenciado a compra urgente de respiradores, remédios, material hospitalar e aumentado os leitos para tratar a pandemia?
      Qual a razão de Dória ser contra acabar o isolamento, mas não aceita as indústria de SP pararem? Quem é mesmo que está fazendo politicagem?

Shopping Cidade Jardim declara fechamento de atividades por tempo indeterminado a partir deste sábado

O Shopping Cidade Jardim compreende o momento de fragilidade que a humanidade, a nível mundial, vive hoje. A pandemia do COVID-19 é uma realidade, e, apesar do mall ser um espaço aberto, onde o vírus se propaga com mais dificuldade, o Cidade Jardim entende que esse é um momento de somar forças junto aos órgãos responsáveis para erradicar o novo coronavírus e poupar a vida do nosso povo.

Frente a isso, o shopping informa que, a partir deste sábado (21 de março), fecha as portas de todas as suas operações por tempo indeterminado, com exceção apenas da Casa Lotérica, e das clínicas de atendimento médico e vacinação, que funcionarão normalmente.

O Cidade Jardim reforça seu compromisso com o bem estar da população potiguar e pede que os clientes e frequentadores do mall trabalhem suas consciências e estejam atentos às orientações de saúde, higiene e responsabilidade civil, para que, juntos, possamos pôr um fim nessa situação o mais rápido possível.

O mall deseja que todos fiquem bem e que possamos em breve voltar a nos encontrar. Qualquer nova informação será transmitida através da assessoria de imprensa e redes sociais.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cabo Silva disse:

    Não vai fazer falta alguma. Kkkk

    • Souza disse:

      Não se você sabe, mas shopping centers geram empregos e sustentam inúmeras famílias. Portanto vai fazer falta sim, principalmente para os trabalhadores que correm risco de desemprego.

Governo determina fechamento de shoppings e academias na Grande SP para conter avanço do coronavírus

Governador João Doria anuncia novas medidas para conter o novo coronavírus em SP — Foto: Reprodução/Governo do Estado de São Paulo

O governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (18) o fechamento de todos os shoppings centers da região metropolitana de São Paulo para deter a propagação do coronavírus. Os shoppings tem até a próxima segunda-feira (23) para fechar as portas. O fechamento deve durar até o dia 30 de abril. A medida não se aplica a shoppings do interior e do litoral, apenas da Grande São Paulo.

Academias de ginástica na Grande SP também devem ter as operações encerradas até o próximo domingo (22), disse o governador em entrevista coletiva. O governador destaca ainda que aglomerações em praias e clubes não são recomendadas e que idosos devem evitar sair de casa.

“Não é recomendável aglomerações. A nossa recomendação é: evitem aglomerações”, disse João Doria. “O bom senso e a prudência cabem a cada cidadão. São medidas estabelecidas, decididas e fundamentadas, baseadas em informações que chegam da área médica e sanitária.”

Em relação ao fechamento de shoppings e academias, a secretária de Desenvolvimento Econômico do estado destacou que a medida foi discutida com entidades do setor.

“Essa medida foi muito dialogada com o setor e foi entendido que a prioridade é o bem estar das pessoas. O mais importante é evitar aglomerações. O foco é termos o combate ao coronavírus. Foi um trabalho dialogado e planejado para que seja feito sem pânico e priorizando o bem estar da população e o bem estar dos profissionais que trabalham nestes espaços”, disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do estado.

Também devem estar fechadas, a partir da semana que vem, todas as escolas públicas de São Paulo. A suspensão gradual das aulas teve início na última segunda-feira (16). Escolas particulares também foram orientadas a fechar as portas.

Nesta terça-feira (17) foi anunciado ainda que as delegacias de polícia vão funcionar em regime especial. O atendimento ao público será mantido apenas para registro de crimes graves.

Linha de crédito

O Governo de SP anunciou ainda o lançamento de uma linha de crédito especial para empresas dos setores de turismo, economia criativa e comércio. O valor total do crédito já disponível para os empresários do estado é de R$ 500 milhões através do Banco do Povo Paulista.

“Hoje anunciamos mais R$ 375 milhões para conter os efeitos nocivos [do coronavírus] na economia de São Paulo. Com esta decisão, nos estamos alcançando R$ 500 milhões”, disse Doria.

Além disso, o governo determinou ainda que o fluxo de visitantes em unidades do Detran e Poupatempo seja limitado, para evitar aglomerações.

Outra medida anunciada nesta quarta-feira é fruto de uma parceria com empresas de telefone. Segundo o governador João Doria, 15 milhões de pessoas serão alvo de disparos de SMS gratuitos sobre condutas e procedimentos sugeridos para evitar a propagação do novo coronavírus.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. David disse:

    O governo do RN poderia fechar nossas fronteiras, e parar tudo,isso talvez minimize e muito a contaminação, sofrimento e perdas de vidas humanas. Prejuízo financeiro já está evidente, portanto, encarar o problema de frente, e resguardar vidas

  2. gusthenrique disse:

    Mas valeu o carnaval. O cabaré vai fechar também?

  3. ALEX DE MESQUITA disse:

    MUITO BEM.

Unidade do Hiper Bompreço em Ponta Negra será fechada e inicia “queima de estoque”

Foto: Reprodução/Wikipedia

Após o fechamento da unidade na Prudente de Morais, o Hiper Bompreço de Ponta Negra também encerrará as suas atividades. A informação foi confirmada pelo Grupo Big, que adquiriu a rede de lojas.

O fechamento, inclusive, deverá ocorrer no início de fevereiro. A “queima de estoque” já foi iniciada. Em comunicado nesta sexta-feira(03), o grupo Big não detalhou o que será feito no espaço.

“O grupo Big confirma o encerramento das atividades da loja do Hiper Bompreço, em Natal. As outras oito lojas no Rio Grande do Norte, responsáveis por gerar mais de 1400 empregos diretos e indiretos, já estão recebendo investimentos e finalizam, nos próximos meses, um processo de renovação e atualização de seus ativos. Recentemente, o Grupo BIG reinaugurou as unidades do Maxxi Atacado nas cidades de Mossoró e Parnamirim com o objetivo de aumentar a participação no formato atacarejo. O estado também contará, em breve, com a chegada de mais uma loja da bandeira, em Natal”, diz a nota que foi destaque no jornal Tribuna do Norte.

Zenaide Maia comemora aprovação de projeto que evita fechamento de 43 Defensorias Públicas no país

Foto: Divulgação

O Senado aprovou nessa terça-feira (15) o projeto de lei de conversão (PLV 23/2019) que garante a permanência de 819 servidores requisitados do Poder Executivo na Defensoria Pública da União. Esses profissionais seriam mandados de volta aos órgãos de origem e a DPU ficaria sem 63% da sua força de trabalho, já que não possui quadro efetivo de servidores de apoio. A senadora Zenaide Maia (Pros/RN) lutou pela edição da Medida Provisória e comemora aprovação.

Durante as discussões de Medida Provisória anterior (MP 872/19), Zenaide Maia (PROS-RN) articulou o acordo que garantiu a edição da MP 888, que originou o projeto de lei. A senadora também fez parte da Comissão que analisou o texto da MP e ressaltou a importância do projeto para quem não tem condições de pagar um advogado particular: “Defensoria Pública é essencial, principalmente para a população mais pobre deste país, então, estou feliz com essa aprovação. Fui da Comissão Mista, lutei pela edição da Medida Provisória e agora, conseguimos garantir esses profissionais”, declarou a parlamentar.

O projeto segue para a sanção presidencial e sua transformação em lei evita o fechamento de cerca de 43 unidades da Defensoria em todo o país, inclusive as de Natal e Mossoró (RN).

MPRN requer que atos administrativos para fechamento do Hospital Ruy Pereira sejam suspensos

Governo do Estado tem três dias úteis para apresentar informações para que o juiz possa decidir sobre funcionamento ou desativação da Unidade Hospitalar Estadual de Referência no atendimento vascular-cirúrgico do SUS

Foto: Ilustrativa

Durante audiência judicial realizada na manhã desta sexta-feira (7), na 2ª vara da Fazenda Pública de Natal, a Justiça potiguar deferiu o pedido formulado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) para inserir ao processo uma petição para que, em caráter de urgência, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) suspenda a produção de novos atos administrativos que tenham a finalidade de fechar a Unidade Hospitalar Ruy Pereira, que é referência estadual ao atendimento vascular-cirúrgico do Sistema Único de Saúde (SUS).

Antes de apreciar de fato o pedido do MPRN, o juiz estabeleceu o prazo de três dias úteis para que o Governo do Estado apresente informações quanto ao funcionamento ou desativação do Hospital Ruy Pereira. Esses elementos serão analisados pelo Juízo para fundamentar a decisão quanto à suspensão dos atos administrativos ou do processo que se encontra em curso.

Segundo o MPRN, não existe na rede hospitalar estadual outra unidade com capacidade instalada para receber a alta demanda de pacientes hoje referenciada para esse tipo de cuidado no RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LUCIANO BRITO disse:

    OTIMA NOTICIA.

“Moro vai fechar a torneira da corrupção”, diz Eduardo Bolsonaro, que afirma que o pai eleito não se preocupa com vaidade

Eduardo Bolsonaro disse ao Estadão que seu pai não tem ciúme de Sergio Moro:

“Ele não se preocupa com vaidade. Se preocupa com o que é melhor para o Brasil. E o Moro tem, além do simbolismo, ele tem total competência para pôr em prática o combate á corrupção, que é o que minha geração mais abomina. O Moro vai fechar a torneira da corrupção. Ele falou em retomar as dez medidas de combate à corrupção. Vai haver um esforço grande no próximo ano para aprovar isso.”

Eduardo Bolsonaro disse que o governo vai fechar também a torneira do MST:

“O Moro definiu bem. Primeiro o que são movimentos sociais e, depois, definiu o que são essas ações criminosas. O que ocorre hoje é que grupos como o MST por vezes utilizam o seu poder criminoso para invadir terras, incendiar tratores para obrigar o fazendeiro a vender suas terras a um preço abaixo do mercado. Eles impõem o terror para ganhar um benefício por outro lado. É isso que a gente visa combater. Isso aí é terrorismo. É a intenção de levar o terror para amedrontar as pessoas. Se fosse necessário prender 100 mil pessoas, qual o problema nisso? Eu vejo problema em deixar cem mil pessoas com esse tipo de índole, achando que invasão de terras é algo normal, livres para cometer seus delitos. Esse é meu principal receio. Eu quero dificultar a vida dessas pessoas.”

Com informações de O Antagonista e Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria Reis disse:

    Por que operação Capitu? Quem conhece a personagem de Assis deve assemelhá-la ao Moro. Tem tudo a ver.

29% das empresas do RN encerram as atividades antes de completar dois anos

negócio ruimDe cada dez empresas que são abertas no Rio Grande do Norte, ao menos três delas encerram as atividades antes de completar dois anos, segundo último levantamento feito pelo Sebrae sobre a sobrevivência das empresas no Brasil. Isso acontece, na maioria das vezes, porque o empreendedor acaba cometendo erros que poderiam ser evitados. É importante saber o que não deve ser feito quando se coloca em prática o sonho de ser o próprio patrão ao abrir um negócio.

Um dos erros mais comuns é misturar despesas pessoais com as da empresa. Essa situação causa desequilíbrio nas finanças da empresa e distorce os indicadores financeiros. Assim, torna-se difícil saber quão rentável o negócio está sendo e pode ocorrer o tão indesejável endividamento.

“Ao misturar, o empreendedor fica sem controle da real situação financeira da empresa e pode levar à retirada de valores superiores ao que a empresa suporta. Isso pode levar ao fechamento do negócio”, alerta a gerente da Unidade de Orientação Empresarial do Sebrae no Rio Grande do Norte, Gilvanise Borba Maia. Segundo ela, o correto é separar as contas e ter controle de todas as despesas e receitas do negócio para identificar se há lucro.

Outra falha é não fazer a análise de viabilidade do negócio. É necessário fazer uma avaliação do dinheiro usado para começar a empresa e para tocá-la até que comece a dar lucro. É importante avaliar todos os investimentos em equipamentos, instalações e funcionários. Givalnise Maia também ressalta que o estudo da viabilidade serve também para constatar se há mercado para o produto ou serviço. “Essa análise identifica as expectativas e necessidades do mercado, o que serve para nortear os caminhos do negócio”.

A centralização é outro ponto negativo identificado entre quem está empreendendo. Muitos empresários têm dificuldade em ensinar e delegar atividades aos colaboradores. Dessa forma, centralizam muitas tarefas operacionais em si, não sobrando tempo para se dedicarem à estratégia do negócio. “A centralização limita o potencial criativo da equipe e o desenvolvimento do empresário. Sozinho, ele não vai conseguir dar conta de tudo que a empresa requer”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. [email protected] Lima disse:

    O erro mais comum amigos, é essa carga tributária altíssima que sufoca as nossas empresas, o Brasil possui um total de 85 impostos, tendo um sistema tributário burocrático, confuso e oneroso.

Ambev decide encerrar atividades da fábrica de São Gonçalo

ambevA Ambev, gigante do setor de bebidas, decidiu fechar a polêmica fábrica que funcionava em São Gonçalo do Amarante e, pelo que o blog foi informado, os primeiros cortes de funcionários começaram já nesta segunda-feira (18). Os funcionários foram pegos de surpresa com a notícia.

No final do ano passado, a Ambev anunciou o fechamento da fábrica por causa do aumento do ICMS. A fábrica era beneficiada pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proadi) desde 1993 com descontos de até 75% do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Preocupado com o fechamento dos cerca de 300 postos de trabalho no Estado, o Governo decidiu negociar. Diante das conversas, a Ambev recuou da decisão e chegou a anunciar investimentos na fábrica, mas o que se viu hoje não foi bem o que ficou acertado há bem pouco tempo.

A Ambev chegou no Rio Grande do Norte com um potencial de fabricar bebidas alcoólicas para todo o Nordeste e de empregar mais de mil funcionários, mas hoje, lá, só funcionava o engarrafamento de alguns rótulos e empregando bem menos que o prometido. A empresa hoje conta com um débito de R$ 4,152 milhões na dívida ativa fora os valores que se encontram em negociação administrativa.

Até agora ainda não houve um pronunciamento oficial da Ambev quanto ao caso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Conceição disse:

    O RN quer ver o povo na miséria literalmente…Não existe incentivo, já os estados vizinhos hoje mostra outra realidade…
    Aqui o forte é roubo, prostituição e droga infelizmente o retrato RN

  2. Carlos disse:

    Pelo amor de Deus… "de César o que é de César". A empressa recebeu incentivos de 20 anos pra instalar e crescer…. Nunca cresceu só diminuiu é agora vem fazer chantagens pra não pagar o que deve…. Oooohh Brasil bom danado de viver…… kkkkkkkkkk

  3. marcus paulo disse:

    Os proprietários da Ambev são os homens mais ricos do Brasil com fortuna de bilhões de reais e devem essa mixaria de 4,1 milhões. E uma vergonha para esses bilionários. Mas e assim que a coisa funciona. Eu culpo os governos pela incompetência de não mover ações eficientes de cobrança. A rede globo deve bilhões e nada acontece. Como e concessão fecha esta merda de tv também……

  4. Sandro Alves disse:

    O RN, é o pior estado para se estabelecer uma empresa, o governo não se preocupa com empregos do setor privado, só arrecada para funcionários públicos curtirem o veraneio. Aumentou o ICMS e o governo federal vai ressuscitar a CPMF. ACABOU O BRASIL!

  5. paulo disse:

    BG
    Isto é uma prova cabal que não se pode produzir mais nada no Brasil, uma carga TRIBUTARIA IMENSA, então o que tem feito o DESGOVERNO ptralha incentivando a produção de tudo na CHINA e os CIDADÃOS BRASILEIROS sem emprego aqui. A continuar esta teoria a coisa vai ficar cada dia pior, hoje você não consegue mais comprar um eletrodoméstico que não tenha sido produzido na CHINA é uma pouca VERGONHA deste DESGOVERNO INCOMPETENTE,MEDÍOCRE e IRRESPONSÁVEL com o futuro da Nação, temos uma população imensa DESEMPREGADA com essa politica NEFASTA deste MELIANTES descompromissados com o POVO BRASILEIRO que a unica coisa que "sabem" fazer é aumentar impostos. Agora mesmo o petroleo em baixa no exterior e no Brasil paga-se uma furtuna porque a Petrobras foi DILACERADA e agora o Cidadão é chamado para pagar a conta. Fora pt urgente antes que acabe o restinho que sobra na NAÇÃO BRASILEIRO e de seu POVO ordeiro e trabalhador.

  6. José Carlos disse:

    Vemos fechamentos de fábricas em todo Brasil, o ambiente econômico no nosso país é cada dia pior, no segundo semestre o governo quer de volta a CPMF, cada vez mais difícil produzir.

  7. Junior pinheiro disse:

    O governo deve deixar ir embora e batalhar para vim novas empresas, ganharam muito aqui, agora vaza, nós nos amamos!!!!

  8. Carvalho disse:

    Parabéns aos governos de Dilma e de Robinson Faria.

  9. FRASQUEIRINO disse:

    Querem fazer leilao com o governo???

  10. caio fabio disse:

    Governo fraco da nisso.

  11. Fabio disse:

    Essas empresas só querem venha a nós, agora o governo deve ir pra cima com todas as forças pra receber o que é devido inclusive mandar visitas da coisa, ministério do trabalho, etc

Com queda no faturamento, Casas Bahia e Pontofrio fecham 31 lojas

A Via Varejo, empresa de eletroeletrônicos do Grupo Pão de Açúcar (GPA), encerrou o terceiro trimestre de 2015 com queda de 24,6% nas vendas ante igual período do ano anterior. O indicador considera apenas unidades abertas há mais de um ano. Já levando em conta a totalidade das lojas, a receita líquida da companhia dona do Pontofrio e das Casas Bahia caiu 22,7% entre julho e setembro ante os mesmos meses do ano anterior, para 4,095 bilhões de reais.

Diante do cenário de vendas fracas, a companhia informou que seguiu com seu plano de reestruturação e decidiu fechar 31 pontos de venda deficitários no período.

Foram fechadas 28 lojas do Pontofrio e 3 das Casas Bahia, segundo a empresa. O processo de fechamento de lojas já havia começado antes e, até julho, a Via Varejo já havia informado o fechamento de 19 lojas. Além disso, a empresa tem adotado um plano de redução de despesas, incluindo cortes em marketing, aluguéis, logística e pessoal.

A Via Varejo informou ainda que decidiu converter lojas da bandeira Pontofrio em lojas Casas Bahia. Foram 36 lojas convertidas até o momento. “A Via Varejo deve acelerar o plano de conversões visando um maior crescimento de vendas e rentabilidade”, diz o GPA.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Frasqueirino disse:

    Esse é o Natal no Brasil.