ABC é condenado a pagar 270 mil ao ex-médico do clube Roberto Vital

15.07.2010. treino do abc. DR ROBERTO VITAL. fotos. rodrigo sena. recentes. release.
15.07.2010. treino do abc. DR ROBERTO VITAL. fotos. rodrigo sena. recentes. release.

Está na Tribuna do Norte: a Justiça do Trabalho julgou parcialmente procedente a postulação do médico Roberto Vital e condenou o ABC ao pagamento de R$ 276.470,57. O alvinegro irá recorrer da decisão.

No entanto, o vice-presidente jurídico do ABC, Alexandre Pinto, acredita que o alvinegro chegue a um acerto com o médico independente de recurso.

“Iremos entrar com o recurso e aguardar. Mas há uma predisposição para que cheguemos a um acordo judicial. E isso pode ser feito a qualquer tempo. Todos os candidatos a presidente têm interesse que ele retorne ao clube e isso facilita muito um possível acordo”, explicou.

Segundo o documento expedido pelo juíza Luiza Eugenia Pereira Arraes, da 4ª Vara do Trabalho de Natal, “não há como negar a existência de vínculo empregatício entre o demandante e o promovido no período compreendido entre 01/07/1988 a 25/05/2015, na qualidade de médico desportivo”.

Quanto à remuneração durante o período de trabalho no ABC, o ajuste de salário na base de 10 salários mínimos também foi confirmado por duas testemunhas, além de não ter sido rechaçado pela defesa.

De acordo com a decisão, o ABC terá que pagar os valores referentes ao “aviso prévio indenizado (90 dias – Lei 12.506/2011); 13º salários dos anos de 2010 (05/12), 2011 a 2014 de forma integral, e de 2015 (08/12); férias vencidas, em dobro, dos períodos aquisitivos de 2010/2011, 2011/2012 e 2012/2013, todas acrescidas de 1/3; férias simples dos períodos aquisitivos 2013/2014 e 2014/2015, acrescidas de 1/3; e férias proporcionais (01/12) acrescidas de 1/3”, além de FGTS de todo o período contratual mais multa de 40%.

A sentença estabelece um prazo de cinco dias, contados a partir do trânsito em julgado, sob pena de multa diária de R$ 500,00 em favor do ex-coordenador médico do alvinegro.

Roberto Vital, que trabalhou no ABC por 27 anos, havia atribuído à causa o valor de R$ 957.670,87.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Césio disse:

    A dívida do ABC com o Dr. Roberto Vital era para ser assumida pelos causadores, os dirigentes devem ser punidos pelos seus erros e não o clube.

Roberto Vital deixa o ABC

É destaque no blog Marcos Lopes: o médico Roberto Vital deixou o ABC depois de ter tido uma reunião com a direção do clube, onde foi proposta a ele um período de afastamento temporário e remunerado,

Segundo Marcos Lopes,  Roberto  Vital e o Superintendente de Futebol do ABC, Rodrigo Pastana “bateram de frente” e  para tentar contornar o episódio foi proposto o afastamento remunerado do médico, que não aceitou.

Veja mais detalhes em texto na íntegra aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo Revorêdo disse:

    Nada demais, o médico do América já ficou afastado um tempinho, quem manda é o Pastrana, então tem respeitar. Temos que agradecer ao Roberto Vital, mas a vida passa. O ABC tem que ter união nesse momento, somos o 28 time do Brasil, o negócio é não cair para o inferno da C.

  2. Luciano disse:

    Absurdo!

  3. Fabio Lira disse:

    Grotesca falta de respeito a que se dedicou ao ABC por toda uma vida.
    Mas no futebol é assim, vale quem tem dinda. Quem se dedica e compromete não tem valor.
    Essa atitude deixa o ABC muito menor, se alinha as ações mais reprováveis do mundo capitalista.
    Perde o futebol e o ABC.
    Ganha o interesse e arrogância.

  4. Sérgio Dias disse:

    Olha eu sou americano e acho uma sacanagem o que fizeram com o Dr. Roberto Vital. Ele juntamente com o Dr. Maerterling são patrimônios da Medicina Esportiva do nosso Estado e tem que ser respeitados. Mas como no nosso Estado dão valor a forasteiros em detrimento ao pessoal da casa ,dá no que deu.
    Ele como médico esportivo não precisa provar nada a torcida do Abc já esse dirigente sim.