Câmara Criminal do TJRN mantém sentença sobre esquema fraudulento de diárias na SESAP

Foto: Reprodução

Os desembargadores da Câmara Criminal do TJRN negaram provimento aos recursos movidos pelo Ministério Público e por uma ré, então servidora estadual, a qual foi condenada após participação em um esquema com outras servidoras públicas, em dezembro de 2008, que, indevidamente, deferia o pagamento de Pedidos de Concessão de Diárias (PCDs) no âmbito da Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESAP). Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Neto disse:

    Um caso de 2008. A ampla defesa e contraditório levado às últimas consequências

    • Antenado disse:

      Ainda falta duas instâncias e uma infinidade de recursos. Viva o STF.